História A outra Sakamaki - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Tags Misterios, Sakamakis
Exibições 181
Palavras 787
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Cap 1


Fanfic / Fanfiction A outra Sakamaki - Capítulo 1 - Cap 1

Em algum escritório no centro de Tóquio.

Karl: Maya,se acalme.

Eu: Para de me chamar de Maya,Eu sou Juliet.

Karl: Eu sei.

Eu: Não você não sabe,você não aceita,a Maya morreu,e por mais que eu pareça com ela,eu não sou a Maya e não sou sua filha.

Karl: Você é-

Eu: Não eu não sou,eu sou filha de outro,porque você permitiu isso,você não pode protegê-la disso.

Karl: Por que você se arrepende tão amargamente de existir ?

Eu: Porque eu não deveria ter nascido,ela não queria isso e você também não.

Karl: Vem cá.

Ele abriu os braços e eu fui correndo para abraça-lo.

Karl: Mesmo você não tendo o meu sangue,você carrega meu sobrenome então você é sim minha filha.

Eu: Você amava ela não é,a minha mãe ?

Karl: Muito e de um modo diferente,eu queria que ela me amasse,me escolhesse para amar.

Eu: Eu queria ser sua filha.

Karl: Você vai ser minha nora.

Eu: Não tenho tanta certeza disso.

Karl: Ah vai,meus filhos te adoram.

Eu: Isso foi quando ainda eramos crianças,eles cresceram e eu também,eles viraram sádicos e eu uma assassina profissional,além disso adorar não é amar e não sei se aceitarei casar-me com um de seus filhos.

Karl: Ou sobrinhos.

Eu: Por que você quer tanto que eu me case comum deles ?

Karl: Eu já te disse isso.

Eu: Eve blá blá blá Adam blá blá blá poder,entendi,e porque você não manda eles pararem de caçar Eve's ?

Karl: É divertido e a existência de uma Eve vampira,você,não deveria ser possível.

Eu: E por isso eu sou muito poderosa e especial e preciso encontrar o meu Adam.

Karl: Muito especial - ele tirou minha  franja do rosto - e tem os olhos da Maya.

Eu: Já disse que te amo ?

Karl: Hoje,só umas 20 vezes.

Eu: Então,eu te amo pai.

Karl: Adoro quando você me chama de pai.

Eu; É porque eu te considero meu pai.

Karl: E eu t considero minha nora.

Eu: Ha ha,vai sonhando.

Me levantei e fui em direção á porta.

Karl: Eu quero netinhos !!! Gritou

Eu: Vai se fuder. Gritei de volta.

Karl: Também te amo.

Ri,ah,desculpe não ter me apresentado antes,sou Juliet Sakamaki,filha adotiva de Karlheinz,tenho aparentemente 18 anos,tenho um corpo que muitos chamariam de perfeito,sou uma Eve vampira puro-sangue,divertida e carismática,mas também sou uma perfeita assassina sádica e extreme masoquist,meus olhos são vermelho-vinho,meus cabelos são negros lisos e longos.
Estarei em breve morando na mansão Sakamaki mas por enquanto vou entrar na escola deles,tanto os Sakamaki's quanto os Mukami's só me viram algumas vezes na nossa infância,tenho muito apego ao Karlheinz,até pq ele salvou a minha vida várias vezes,passo a maioria do tempo fazendo "serviços" pro Karl,o que eu adoro,sou masoquista mas não fico me cortando,embora eu não recuse uma sessão de tortura,geralmente o Kino que me tortura e ele adora fazer isso.
Eu sei basicamente tudo sobre a vida dos Sakamakis e Mukamis e tenho uma "permissão especial" pra fazer o que eu quiser com eles,sinceramente,eu sou bem pervertida,tenho algumas tatuagens,não sou nenhuma santa,geralmente só coro com coisas fofas,sou virgem até porque,provavelmente,o Karl quer que algum filho ou sobrinho dele tire isso de mim,aff,mas eu meio que me sinto na obrigação de corresponder a todas as expectativas que ele tem sobre mim,ah,eu sei tocar piano,flauta,violino,violão e ainda to aprendendo a tocar guitarra,ei atirar,arco e flecha,dançar e cantar muito bem.
Tenho uma cobra de estimação Cobra Real Mexicana Negra,adoro teatro,livros,musica,chá's e amo,adoro Tango,paso doble e valsa,adoro provocar,gosto de romance e comédia,fico mordendo o meu lábio inferior o tempo todo,o que acaba ficando bem sexy,mas eu não faço de propósito,é uma mania,eu também fico mordendo a língua quando rio.

Como eu acho que vai ser eu morando lá na mansão ?
Pura diversão e zueira,por enquanto eu moro na segunda mansão Sakamaki,menor e mais moderna,pra finalizar,sou manhosa,imatura,inconsequente,sexy e adoro irritar as pessoas.

Voltando á realidade.
Agora eu estou num carro,voltando pra casa,eu estava dirigindo,mas deixei o Kino dirigir e fui pro banco de trás,dormi.

[...]

Kino: Ju,chegamos.

Eu: Mas já !?

Kino: Preguiçosa.

Eu: Valeu pelo elogio.

Me levantei e saí do carro.
Fui direto pro meu quarto,tomei um banho,me taquei na cama e dormi sem roupa mesmo.

[...]

Ouço alguém bater na porta.

Karl: Está vestida ?

Eu: Não.

Coloquei um roupão e abri a porta.

Eu: Que foi ?

Karl: Escola.

Eu: Tinha esquecido.

Karl: Você tem umas duas horas pra se arrumar.

Eu: E por que você me acordou faltando duas horas pra escola ?

Karl: Hum,pq vc é mulher.

Eu: Bom motivo.

Karl: É,já pode começar a se arrumar,tchau.

Eu: Tchau pai.

Ele saiu e eu comecei a me arrumar.

 

 

Continua depois pq to com dor de cabeça



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...