História A Persistent Love - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, V
Tags Baby, Bangtan, Bts, Daddy, Depressão, Kim Taehyung, Oppa, Tae, Taehyung, Taetae, Your Crush
Visualizações 13
Palavras 1.422
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


~ Esqueça de tudo, e divirta-se comigo~

Capítulo 2 - Forget Everything, and have fun with me


Fanfic / Fanfiction A Persistent Love - Capítulo 2 - Forget Everything, and have fun with me

(S/N moment) Next Day

08:20 da manhã

(Taetae): Acorda.

(Me): Acordei à uns cinco minutos.

(Taetae): Te busco em meia hora.

Seus olhos estavam meio inchados por ter chorado ao deitar, antes de dormir.

(Taetae): Você vem, né?

(Me): Estou desanimada..

(Taetae): Pra isso que vamos sair. Quero te fazer esquecer de todos os seus problemas junto comigo.

(Me): Sabe que vai estar desperdiçando seu fim de semana, não é?

(Taetae): *Emoji virando os olhos*. O que te decepcionou tanto pra que você seja tão fria em relação ao amor?

(Me): Não quero tocar no assunto.

(Taetae): Tudo bem. Mas caso pense isso, não sou como ele.

(Me): ...

(Taetae): Tão seca *Emoji com uma lágrima.* Vai tomar banho, te dou meia hora pra estar pronta.

(Me): Sim senhor.

(Taetae): É sério baby, vai.

(Me): Sem baby.

(Taetae): Como quiser.

Ela levanta da cama, e calça as pantufas.

(Me): Não sei o que vamos fazer. O que devo vestir.

(Taetae): Você está sempre linda.

(Me): Mas eu não compro roupas a muito tempo. O dinheiro pra roupas aqui é gasto sempre com os melhores looks da minha mãe.

(Taetae): Você não precisa de um melhor look. Até nua, fica maravilhosa. *Emoji safado.*

(Me): Vai se fuder.

(Taetae): Tá esperando o que pra ir se arrumar?

(Me): Se aparecer pra você como uma mendiga, não precisa ligar.

(Taetae): Você sempre vai ser uma princesa.

Mais uma vez, ela suspira com o princesa, mas contém seus sentimentos.

"Não posso gostar dele. Não posso amá-lo."

A frase ecoava na sua cabeça, e fazia a mesma manter sua ideia cada vez mais firme.

~

Após ela se aprontar, os dois saíram, e com algumas horinhas, eles chegaram na casa de praia do Taehyung.

Volta e meia na viagem, ela chorava um pouco, ela não sentia mais ânimo pra sair de casa, mas mesmo assim, não queria ficar lá.

"Eu não me entendo, mas as pessoas também não me entendem."

Ele acariciava a mão dela quando via a lágrima na sua bochecha.

Taehyung: Já estamos quase chegando. – Tentava acalmá-la na viagem.

~

O maior guarda a bolsinha dela em um dos quartos, e quando se vira, a vê sentada na cama, com as mãozinhas postas uma sobre a outra no próprio colo, enquanto encarava o chão.

Th: Esse quarto é seu o final de semana inteiro, e sempre que quiser vir aqui.

A garota apenas afirma com a cabeça.

Th: Conversa comigo, S/n, eu sei que não é só isso.

Ela pode o ver ficando de joelhos na frente dela.

S/n: Não é nada Tae, eu juro que é só isso.

Th: Você sabe que não me engana, né?

Um suspiro profundo sai de dentro da garota.

Th: Tudo bem, você não precisa se não quiser.

Taehyung levanta, mas ela sobe a cabeça, o olhando.

S/n: Não! Converse comigo.. E-eu não tenho ninguém pra isso.

Um sorriso se abre na boca dele, e o mesmo se senta do lado dela na cama.

Th: Você tem a mim, e pode me contar tudo. 

S/n: Eu só tô cansada Taehyung.. As coisas não são mais as mesmas pra mim..

Th: Como assim?..

S/n: Eu sinto que todos estão mudando comigo. Todas as pessoas estão me abandonando, e eu consigo me imaginar em um futuro não distante, não tendo ninguém pra contar. Pois eu sei que todas as pessoas que eu coloco em primeiro lugar, não me tem em primeiro lugar..

Os olhinhos dela já estavam cheios de lágrimas, e ele a encara com atenção, entristecido por ver sua amada daquela forma.

Th: E esses hematomas no seu braço, S/n?

O garoto arregala os olhos, pegando o braço dela pra sí.

Th: O que é isso?

S/n: N-não é nada.

Th: Que nada, garota. Isso tá roxo!

Seu tom de voz era elevado, o que fez a mais sensível chorar, e cobrir o rosto com as mãos.

Ele a abraça, tomando ela no seu peito.

Th: Quem fez isso com você?

S/n nega com a cabeça.

Th: Quem foi, S/n!!??

Ele grita.

S/n: Não grita comigo..

Th: Desculpa.. – O garoto a aperta mais, a abraçando forte.

Th: Como ela fez isso..?

Sua voz parecia mais calma e controlada.

S/n: Ela estava estressada, não a culpe.

Th: Isso não justifica, S/n. Eu estou estressado, você está estressada, e estamos abraçados agora.

S/n: Mas ela só me apertou.. Isso.. Isso não foi uma pancada.

Ele passa o dedo dele carinhosamente no local levemente arroxeado.

Leva sua boca até ali, e dá um beijinho carinhoso.

Th: É horrível mesmo assim. 

~ S/n's flashback. ~

S/m: Você não vai à lugar nenhum, não com esse garoto!

S/n: Ótimo, agora não posso sair.

S/m: Você deveria estudar pras suas próximas provas, isso sim. Quer continuar sendo uma inútil até quando crescer?

Ela segura o braço da filha com força.

Aquelas palavras doeram mais do que o aperto. 

S/n: Eu já passei o dia inteiro estudando, não é o bastante?

S/m: Prevejo você tirando notas baixas nesse semestre.

S/n: Não vou.

S/m: Não quero que saia.

S/n: Não quero ficar aqui.

S/m: Eu sou a mãe aqui, posso decidir se vai ou não. 

S/n: Mas, eu não saio faz tempo..

[...]

~S/n's flashback off~

Th: Ela te disse mais alguma coisa?

S/n: Você não vale o que come, ela disse.

Ele balança a cabeça negativamente, com raiva.

Th: Como eu queria cuidar de você, S/n. Você tem emagrecido tanto..

S/n: Não tenho culpa se não tenho fome.

Th: Eu sei que não tem.. Mas faça isso por mim.

Ela confirma com a cabeça, com a mesma baixa.

Th: Olha pra mim.

Levanta o rosto dela pelo queixo.

Th: Eu vou ser seu psicólogo. Vou te ajudar a sair de tudo isso, ok? Depressão é coisa séria, eu sei.

A testa dela é beijada por ele, que começa a encarar a menina de forma carinhosa.

S/n: O que foi?

Th: Eu não me contento em você não acreditar no amor.

S/n: Ele já me quebrou muito.

Th: Quer falar sobre?

S/n: Já me apaixonei várias vezes.. Mas da última vez..

Ele olhava, apreensivo.

S/n: Me apaixonei por alguém virtualmente. Ele disse por meses que me amava.. Mas no fim, descobri que estava mentindo pra mim.

Ele continuava ouvindo.

S/n: Ele dizia que me amava, que gostaria de viajar do outro estado pra me conhecer.

Th: E então?

S/n: Ele era uma garota.

Taehyung arregala os olhos.

Th: O quê?! Como descobriu!?

S/n: É uma longa história.

Th: Que filho da puta.. Ou filha.

S/n: Tudo parecia muito verdadeiro Tae. Ele dizia que jamais mentiria pra mim, que eu era a melhor coisa que havia conhecido, e que eu era importante, mas eu fui enganada.

Th: Não foi sua única desilusão, não é?

S/n: Não..

Ela limpa os olhos.

Th: Eu até estou com medo de dizer que te amo. Definitivamente você não vai acreditar.. 

A mesma permanece calada.

Th: O que eu preciso fazer pra convencer você?

S/n: Nada, só precisa ficar aqui comigo, e dizer que tudo vai passar.

~

*mensagem da S/m*

(S/m): Garota, onde está?

Taehyung pega o celular, e logo começa a digitar. Você arregala os olhos.

(Me): Ela está comigo.

(S/m): ??

(Me): Taehyung.

(S/m): Ooi, Taetae. Como está? :)

(Me): Eu e S/n estamos bem, e vamos passar o final de semana na minha casa de praia com alguns de nossos amigos.

(S/m): S/n não tem amigos.

(Me): Ela tem a mim.

S/n: Kim Taehyung, o que está fazendo? Garoto, me devolve isso!!

Ela tenta tomar o aparelho, mas ele recoa.

S/n: Filho da puta.. – Sussurra.

(S/m): Tá ok, cuidado com minha filha, você está responsável.

(Me): Cuido bem dela, ela merece meu carinho e meu respeito. 

Ele sorri, depois de soltar.

(S/m): Tudo bem, vou indo.

S/n: Pqp, me dá isso!.

Ela voa em cima dele, e eles começam a brigar pelo celular.

S/n: Te odeio.

A menina fala, após conseguir recuperar.

S/n: O que disse pra ela?

Th: Que estava comigo.

S/n: Mas ela praticamente não ligou, não é?..

Sua voz parecia triste.

Th: Bom..

S/n: A verdade.

Th: Praticamente sim.

S/n: Ela nunca liga.

Ele desiste de falar alguma coisa, e só abraça ela, fazendo a menor rir um pouco.

Th: Fiz você sorrir pela primeira vez no mês, tenho certeza. Isso é um progresso pra você.

S/n: Que história é essa de amigos? Tem mais alguém aqui?

Th: Não, mas e se ela achasse isso ruim?

S/n: Estarmos só eu e você aqui?

Th: Sim.

S/n: Não, não. Ela não iria se importar. Mas já que já disse, tudo bem.

Th: Mas é isso, somos os únicos aqui.

S/n: Que bom. Eu não gosto de companhia.

Th: Nem da minha?

S/n: Da sua sim, eu não tenho mais ninguém.

Th: Ter a mim, já basta.

Ela revira os olhos.

~

Casa de praia do Taehyung 

21:00

Já era noite, e os dois haviam passado a tarde tentando cozinhar, já que só a S/n sabia, por sua mãe muitas vezes sair, e obrigá-la a fazer o almoço pra todos. Então foi difícil pra ela ter que ensinar para Tae, até mesmo as coisas mais básicas.

Eles estavam agora sentados na areia da praia.

Taehyung sentado, e S/n sentada na frente dele, entre as suas pernas.

Th: Vamos voltar?

S/n: Aqui está ótimo..

O vento frio batia no rosto dos dois, e pela primeira vez em tempo, S/n estava tranquila, e sem preocupações.

Th: É tarde.

S/n: Tudo bem..

Ele beija a cabeça dela, e a mesma ri, logo, ambos levantando.


























Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...