História A pessoa certa! - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Happy, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Sting Eucliffe
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Lucy Heartphilia, Nalu, Natsu Dragneel
Visualizações 158
Palavras 1.009
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oooiiie!! Tudo bem?
Aqui estou eu de volta com um capítulo bônus, depois de mais de um ano, aqui estou eu!
Espero que gostem, boa leitura!

Capítulo 18 - Bônus!


*15 de Abril de 2102, 20:01. Maternidade: xxx, Seul, Coreia do Sul*

Autora On. 

Naquele momento nascia duas lindas crianças, em quartos vizinhos. Ninguém sabe, mas essas crianças se conhecem, de uma outra vida, onde foram almas gêmeas, destinadas a passar a eternidade juntas, ambas almas não sabem quem são e tudo o que passaram juntas, almas as quais eram chamadas de Natsu e Lucy... 

(...)

Yang Mi e Kim Wooju... Seus novos nomes, mas de alguma forma eles não pareciam combinar com a garota de cabelos e olhos escuros, e o garoto loiro de olhos verdes...  Tudo estava diferente, menos seus olhos, continham o mesmo brilho de antes. Alguns dias depois do nascimento, seus pais os levaram para casa, estavam muito felizes, sorriam e davam gargalhadas quando olhavam seus filhos.  
Os anos se passaram, e o primeiro encontro dos dois aconteceu, a primeira troca de olhares, que fez seus corações se aquecerem e baterem de forma rápida, não sabiam o que era aquilo, afinal ainda eram pequenos demais para saber o que era aquele “sentimento”. O primeiro encontro foi em um parque, as duas crianças se aproximaram e passaram a tarde brincando, trocaram palavras enroladas e algumas outras que apenas crianças conheciam. 

(...)

Assim como o primeiro encontro, o segundo também aconteceu de forma inesperada, foi em uma biblioteca, ambos com 14 anos, novamente seus corações aceleraram assim que seus olhares se cruzaram, ambos entenderam que ali, entre eles havia um sentimento, mesmo sem saberem quem haviam sido em suas vidas passadas, reconheceram o brilho no olhar alheio. Novamente passaram a tarde juntos, dessa vem sem palavras enroladas e desconhecidas, apenas sinceras palavras, lindos sorrisos e gargalhadas contagiosas. Quando a hora de se despedir chegou, uma tristeza veio junto dela, como um adeus, o garoto selou os lábios da outra, foi apenas um singelo beijo, mas continha sentimentos que ambos não sabiam que tinham, seus lábios se separam e cada um seguiu seu caminho.  

(...)

Após anos, o terceiro encontro aconteceu, agora tinham 25 anos, adultos seguindo as profissões de seus sonhos, mas sentiam que algo estava faltando. Kim Wooju, se tornou policial, já Yang Mi se formou em letras, dava aula em uma simples escola em Seul.  
Um dia, a garota voltava de seu trabalho, já havia escurecido e as ruas estavam desertas. Foi aí que houve o terceiro encontro... 

Yang Mi On. 

Já se passava da 22h quando sai do trabalho, havia ficado até tarde corrigindo algumas provas. Tentei caminhar o mais rápido possível para casa, as ruas estavam escuras. Estava quase chegando em casa quando um homem de capuz se aproximou, antes que eu pudesse correr, ele tampou minha boca e prendeu meus pulsos. Percebi o cheiro de bebida em seu hálito e me desesperei, algumas lágrimas já saiam de meus olho, enquanto o homem beijava meu pescoço, de repente, o homem caiu no chão, foi acertado por um soco, senti meu corpo ser segurado, olhei para a pessoa, era um policial, ele estava com raiva, tive a sensação de que já conhecia ele, mas ignorei isso. Ele me colocou sentada no chão com cuidado, e partiu para cima do homem. 
O homem foi preso, o policial me levou para casa, em nenhum momento trocamos palavras, apenas tímidos olhares. Assim que chegamos na porta de minha casa, olhei para o policial e falei: 

- Muito obrigada, a propósito meu nome é Yang Mi- sorri para ele que retribuiu. 

- Me chamo Kim Wooju, ele te machucou?- ele me olhou de forma preocupada. 

- Não, você chegou antes que ele pudesse fazer alguma coisa..,-suspirei, nos despedimos e eu entrei em minha casa. 

Autora On. 

Os dias foram passando, e a proximidade deles aumentava dia após dia. Depois daquele dia, Wooju a convidou para sair, logo após o encontro, começaram a passar horas e horas conversando. E aos poucos se apaixonando. 
O segundo beijo dos dois, ocorreu durante um de seus encontros, estavam em um parque, durante um piquenique, depois daquele beijo, tudo mudou. Ambos perceberam que estavam completamente apaixonados um pelo outro, o pedido de namoro aconteceu duas semanas depois, não foi uma coisa grandiosa, mas foi apaixonante, nunca haviam se sentido daquela maneira. Obvio que os dois já tiveram outros relacionamentos, mas nenhum era como aquele, tudo era incrível e perfeito, até pareciam almas gêmeas, de certo modo eram, haviam sido destinados para viverem juntos muito antes de seus nascimentos. 

                               ~5 anos depois.~

  Wooju On. 

           Já se fazia 5 anos desde que eu e Yang começamos a namorar, era tudo perfeito, logo ia pedir ela em casamento, estava quase tudo pronto, faltava apenas escolher o anel, passei dias procurando, até que achei um perfeito, era simplesmente lindo. 

(...)

Finalmente havia chegado o dia, convidei ela para jantar, fomos até um lindo restaurante, assim que chegamos, abri a porta para ela e conduzi para dentro do restaurante. Durante o jantar, conversamos e rimos, como sempre. Mas estava chegando a hora do pedido, comecei a suar frio e ficar ansioso, peguei o anel em meu bolso e me ajoelhei perto dela. 

-Yang, quando te vi pela primeira vez, tudo fez sentido, quando nos beijamos pela primeira vez, tudo ficou mais colorido e alegre, quando começamos a namorar, tudo ficou perfeito. Você é a pessoa mais importante para mim, quero passar o resto de minha vida ao seu lado. Eu amo você mais que tudo, quero construir uma família com você e viver com você até meus últimos segundos... Yang, quer casar comigo?- Ela estava com lágrimas nos olhos, se ajoelhou perto de mim e me abraçou chorando. 

-Claro que aceito meu amor! Tenho uma coisa para te contar...- Ela me olhou secando as lágrimas. 

-O que?- sorri de lado. 

-Estou grávida!- Fiquei em choque por alguns segundos, mas logo a beijei de forma lenta. Agora sim estava tudo mais que perfeito... 

Autora On.  

Assim como na outra vida, eles ficaram juntos, foram muito felizes. Tudo de certo modo aconteceu do jeito certo para que eles pudessem ficar juntos, e no final, tudo ficou bem, feliz e perfeito... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Cometem o que acharam e favoritem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...