História A Piramide Vermelha - outro lado da historia - - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~SashDaBatata

Visualizações 2
Palavras 2.304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


capitulo mais ou menos grande
*-*

voa leitura

Capítulo 3 - Finalmente estamos todos juntos


Fanfic / Fanfiction A Piramide Vermelha - outro lado da historia - - Capítulo 3 - Finalmente estamos todos juntos

~  Pov  Neftis off ~

~ Pov  Zia on ~

 

Acordei com uma cutucada na bochecha, resmunguei por 5 minutos ate acorda totalmente, nem tinha percebido que estava no portão de desembarque, saio pra pegar minhas malas e logo vejo duas mulheres loiras com uma placa enorme escrita nela ZIA E STEIN ,  sorrir e mordo o lábio olhando pro papai esperançosa, ele sorriu pra mim e fui correndo ate elas pulando em cima das duas abraçando elas .

- mãããããeeee !!!! naaaaaaaatthh !!! - gritei com os olhos marejados sorrindo morrendo de alegria, logo a nath me abraça forte me tirando do chão, não percebi antes mas agora percebi o quanto ela mudou e cresceu...antes ela era do meu tamanho e agora ela estava bem maior e mais atletica, seu corpo estava completamente definido....bunda redondinha e empinada, peitos fartos e redondos, pernas grossas e grandes, seu quadril era um pouco largo ma sua cintura era fina, ela tava muito gostosa naquele short jeans branco de cos alto com blusa do nirvana e uma jaquetinha por cima....parecia uma adolescente revoltada....ninguem dava 19 anos a minha irmã....sim uns 17...18...ela tinha a cara de novinha....novinha gostosa.....mas perai....desde quando eu presto atenção no copo na nat ???? caralho o que deu em mim ??? 

- maninhaaaaaaaaa !! - gritava minha irmã dando pulinhos de euforia rindo e chorando ao mesmo tempo, rir dela e abracei de novo, ela me abraçou também me tirando do chão novamente, eu rir com isso, enquanto nós nos abraçávamos e chorávamos rindo, via pelo canto dos olhos papai e mamãe se beijando apaixonadamente, sorrir vendo a cena dos dois, eles iriam se curti muito durante essas ferias....muito mesmo....( aquela carinha ).

- eu senti tanto sua falta minha ruiva !!! não sabe o quanto me martilizei por você não poder vim no meu niver !!! - a nat me abraçava mais forte espremendo minha cara entre seus peitos, empurrei um pouco ela a procura de ar e respirei fundo quando ela finalmente me largou. 

- quer me matar asfixiada ??? - digo rindo e ela sorrir abraçando meu pescoço .

- não minha baixinha ! - me arrepio toda ao ouvir ela praticamente sussurra perto da minha boca, olho sua boca e seus olhos azuis meio esverdeados, sorrir besta e sou tirada de meus pensamentos quando papai fala que hoje anoite iríamos festejar nossa chegada numa pizzaria e depois iríamos sair pra um restaurante japonês já que eu e a nat adorávamos comida japonesa, sorrir com a noticia e logo fomos para o carro, papai conversava com a mamãe sobre coisas do trabalho e eu ficava em silencio segurando a mão da nat, ela adorava segurar minha mão " adoro brincar com suas mãos ruivinha !! elas são frias e macias, como você....adoro isso em você sabia ?? " eu sempre me lembrava dessa frase quando ela tocava em minha mão, ela disse isso quando eu tinha 8 anos, nunca iria me esquecer disso. 

Nos entramos no carro e logo papai nos levou pra " casa " da mamãe...na verdade aquilo não era uma casa...e sim uma mansão! eu estava deitada com a cabeça no colo da nat enquanto ela fazia cafuné, estava lembrando de todos os feriados que fiquei sem ver ela e lembrei de todos os seus aniversarios que faltei e que presenciei. 

- tenho presentes pra você minha ruiva !! - a nat me tira de meus pensamentos e sorrir abrindo os olhos sentindo ela mexer em meu cabelo, olhei pra ela animada.

- serio ?? o que ?? - ela deu um sorriso travesso e mordi o labio pra não rir .

- vc vai saber linda !! logo logo saberá !! - disse provocando minha curiosidade fazendo suspense, sorrir aceitando que ela não me falaria e volto a fechar os olhos sentindo suas caricias em meu cabelo e adormecendo

logo acordei num quarto deitada vestida em um pijama com a nat deitada lendo um livro do meu lado com mais um de seus famosos pijamas de panda, ela adora pandas e ursos e animais, e só tem pijamas de animais. rir ao ver a cena e sorrir vendo ela me olhar travessa, ela pula em cima de mim me fazendo cosquinhas. Começo a rir desgovernadamente dando risadas nasais que fazia ela dar gargalhadas fofas empurro ela quase me mijando de tanto rir e ela senta do meu lado parando de rir e me olhando . 

- quer ver seus presentes minha linda ?? - ela perguntava charmosa, ja basta ela me chamar de " minha ruiva " ou " ruivinha " agora é " minha linda " rio internamente e sorrir confirmando com a cabeça . 

- quero muito minha deusa - sorrir e vi ela abrir a boca e tentar falar mas não saiaa som, por ela ser gaza –loira, branca, amarela, parda– deu pra perceber o rubor em seu nariz, sorrir percebendo que estava envergonhada e chego mais perto dela sussurrando em sua orelha - mostre o que tem para mim minha deusa.- falo rouco e lento no final e ela rir sem graça levantando rápido. 

- vem logo !! - ela falava enquanto saia do quarto e ia ate um quarto de hospedes entro logo em seguida dela e ela m liga a luz mostrando tantas e tantas caixas e pacotes de presentes - como eu tava com certas duvidas...comprei de tudo que achei que você gostaria...- dizia ela com os ombros encolhidos olhando o chão, sorrir forte e abracei ela beijando varias vezes suas bochechas .

- por isso que te amo minha deusa !!! - eu a vi corar e sorrir me olhando nos olhos e então seu sorriso se transformou em uma expressão seria .

- então quer dizer que me ama só por eu te dar presentes caros ??? - ela pergunta fingindo indignação e rio fraco . 

- claro que não sua boba !!! eu te amo por você ser do jeito único que e !! por ser minha ex baixinha !! e minha loira gostosa !! - digo rindo e ela me abraça dizendo um " eu também te mo minha ruiva " sorrir com seu ato de carinho e ela me solta mandando eu ver os presentes.

Longas horas se passaram enquanto eu provava as roupas e ria das caras e bocas que a Nat fazia. eu dei um surto quando ela me mostrou o celular o notbook e os acesssorios finalmente eu ganhei um not e um cell novo, dei pulos de alegria, cai rir chorei briguei com ela por comprar do mais caro e agradeci quase de joelhos por te me dado, ela sempre ria e brincava comigo falando idiotices, dei altos surtos ao provar as roupas brinquei com ela falando que ela teria de comprar um babador pois estava se melecando toda de baba, a gente riu e se bateu, não sei que horas fomos dormi, acho que ja tinha amanhecido, eu tava tão animada que nem percebi que ja eram oito da manhã estava caindo de sono e a nat também, fomos pro quarto e logo adormecemos abraçadas.

 

 

 

~ zia off ~

~ nat on ~

do nada perco os sentidos e sinto a escuridão toma conta do local, tudo não passava disso ate que escuto uma voz me chamar e então é como se estivesse saindo de meu próprio corpo, sinto uma coisa estranha e do nada me vejo dormindo abraçando a zia na cama, acho estranho mas a voz continua a me chamar, estranhando tudo vou atras da voz que era parecida com a da minha mãe chego num local e me deparo com uma mulher de cabelos negros e vestido azul ela estava de costas pra mim....isso...é impressão minha ou estou em um bosque ? não sei....não conseguir ver pois imagens da zia se passava pela minha frente, e eu ?? corri atras dela...não corri...flutuei, e então dou de cara com uma zia estranha, seus olhos eram vermelhos iguais a de um corvo e seu cabelo estava muito mais vermelho que o normal, ela tinha a boca num tom roxo meio preto...estava estranha com um vestido de seda e o longo, vejo ela passar por uma garota e escuto uma conversa mas não entendo nada pois estavam abafada as vozes, a garota loira era eu ??? não sei....só sei que tudo ficou distante e eu senti como se estivesse retornando ao meu corpo. Acordei assustada e suada sentindo falta de ar, o que tinha acabado de acontecer ??? que loucura...quem era aquela mulher...e porque a zia estava daquele jeito ?? balancei a cabeça que doia um pouco e vejo minha ruivinha dormindo como um anjinho, sorrir e beijo sua testa, levanto e vou em direção a minha suite, retiro meu pijama de panda e tomo um banho demorado em minha banheira gigante, sorrir e começo a viajar nos pensamentos lembrando de quando minha ruivinha apareceu, reconheci ela na hora !!

~ flash back on ~ 

vejo uma ruiva de longe, não tem como não reconhecer !!! ela estava linda como sempre foi. vejo ela falando com um homem alto e musculoso, ele era ruivo e usava oculos, claro, era o papai, e então do nada senti um peso cair sobre meu corpo, só ai que percebo que minha ruivinha me abraçava fortemente, sorrir e abraço ela a levantando do chão, antigamente ela era maior que eu mas agora, haha eu estou maior !!! conversamos muito, rimos muito, choramos também, e eu só percebi o quanto que seu corpo evoluiu quando tirei sua roupa no quarto pra lhe dar um banho, ela avia dormido em meu colo no carro, eu não queria acorda la então como ela alem de ter um sono pesado ela dorme que nem uma pedra, não se move a noite. vi o quanto seus peitos e pernas aviam crescido, vi a largura de seu quadril que aumentou, antes ela era magrinha, tinha belas curvas mas mesmo assim era magra, mas agora ela ta muito gostosa....meu deus....ainda bem que ela ainda não tem namorado !!! perai....ou ela tem ??? hmm.....quando tiver a oportunidade eu pergunto. e assim terminei de banha la e arruma la, a botei na cama com um simples pijama e fui toma banho, vesti meu pijaminha de panda que eu tanto amo  –tenho varios !!!! VARIOS !!!  deles– e me deitei na cama, liguei o abajur e comecei a ler um livro que tinha pego na biblioteca, depois de alguns minutos percebo que a ruiva acordou logo quando escuto uma risada, olho pra ela sorrindo travessa e pulo em cima da minha linda fazendo cocegas nela, escuto suas risadas e começo a rir quando ela solta uma risada nasal, dou gargalhadas altas, sinto ela levantar o corpo e me empurrar de leve parando de rir, sorrir parando de rir também, nos conversamos por um tempo mas ai ela me chama de deusa e sinto meu rosto queimar, sorrir nervosa sem conseguir falar tentando falar, ela se aproxima de mim e fala uma frase provocante, oh my god !!! essa vaca quer me enlouquecer !!! como ela pode fazer isso ??? rio sem graça e levanto rapido saindo apressada chamo ela e vou pro quarto de hospedes, mostro a ela seus presentes e ficamos numa troca de carinhos, briguinhas sem noção e risadas. passamos horas la com ela provando as roupas sapatos bones tudo !! afinal....ela gostou de tudo !! –não vou citar a parte que fiquei admirando ela escondida....tão escondida que ela percebeu–

~ flash back off ~ 

termino o banho com um sorriso de orelha a orelha na cara, me visto e começo a me arrumar para sairmos, minha ruivinha não estava mais no quarto quando sai do banheiro, talvez ela tenha ido comer alguma coisa, vejo ela entrar no quarto só de toalha e com o cabelo úmido. E cara se pessoas tivessem sangramento nasal toda vez que se excitasse eu teria que ficar muito longe dela se não ficaria anemica...mas voltando ao caso eu comecei a me arrumar e a observar ela se vestindo, ela vestiu uma roupa simples sua roupas intimas pretas e uma blusa do tio bob junto  a um short jeans branco desfiado, ela usava um colar em seu pescoço e um all star preto de cano alto nos pés, ela arrumou o cabelo e me olhou sorrindo pelo espelho . 

- to bonita nat ??? - ela perguntava olhando pra mim esperando sua resposta, sorrir e abracei ela por trás . 

- ta perfeita minha ruivinha !!! - disse beijando sua bochecha e a soltando, eu estava com minha botinha, meu short preto de cos alto, com uma blusa branca de renda e uma jaqueta de couro por cima com uma touca cinza, realmente estava perfeita !! só faltava uma coisa....maquiagem...e então começamos a nos maquiar, terminamos em cima da hora, papai e mamãe ja estavam prontos e com sorte nós também. fomos a pizzaria e jogamos papo fora, mamãe conversava com a ruivinha e com o papai, e o papai conversava comigo e com a mamãe. passou uma, duas , três horas conversando naquele local, papai percebeu que zia tava emburrada por não ter ido no restaurante japones então ele pagou a conta e nos levou pro restaurante, comemos bebemos rimos choramos e nos divertimos, ficamos das sete e meia da noite ate as uma da manhã na rua comendo bebendo e rindo...papai contava cada historia !! mas então mamãe citou no parque de diversões que estava afim de ir. E então como um bom cavalheiro, o papai disse que iria pagar pra todo mundo a entrada amanhã. chegamos em casa mortos de cansados. mas eu não conseguia dormi, nem a zia ficamos ali deitada em nossa cama conversando sobre coisas nada haver ate pegarmos no sono.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...