História A Pirata Pérola Rosa - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Visualizações 37
Palavras 1.190
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Capitulo X


Sakura estava acordada, havia acordado de um pesadelo, em que se encontrava no meio de uma ilha com dez tubarões brancos à volta da ilhota quando de repente o céu escurece e o mar agita com enormes ondas e é comida de seguida por uma Megalodon. A Capitã rosa, vagueava pelo barco do Uchiha com uma lanterna de vela na sua mão direita olhou na direção da porta do camarote do Uchiha, suspirou rodou a maçaneta devagar apagando a vela da lanterna, adentrou no camarote privado do Uchiha sorrateiramente, pousou a lanterna num canto do chão e às escuras com a iluminação da lua que clareava o camarote, aproximou-se em bicos dos pés da cama de Sasuke mirou o rosto adormecido do Capitão, sentou-se na cama assustando de seguida a si mesma quando o Capitão remexa na cama:

- Meu Deus eu não acredito que estou a fazer isso... - sussurrou e deitou-se ao lado de Sasuke abraçando-o e adormecendo em seguida com os seus braços enrolados em Sasuke.

Na manhã seguinte, o tempo amanheceu com sol, mas nada impedia de o mar estar agitado, Sasuke acordou por um calor estranho que emanava no seu corpo, abriu os seus olhos devagar olhou ao seu redor e notou uns braços em sua volta, passeou as suas mãos pelo peso que estava em volta das suas costelas confirmando que realmente estava enroscado por uns braços e pela espessura femininos, virou-se ficando de cara a cara com a figura feminina. Quando notou quem era a pessoa que estava ao seu lado na cama abriu os seus olhos assustados por intuito afastou-se não acreditando quem estava ao seu lado caindo de costas no chão fazendo um pequeno estrondo, quando se levantou olhou para a cabeleira rosa que se encontrava dormindo tranquilamente na sua cama. Sasuke mirou-a, buscou nas suas memórias se havia acontecido alguma coisa entre eles durante a noite e o moreno só se lembrava que ambos haviam discutido e que cada um havia ido dormir para os seus respectivos camarotes, a pergunta que agora não queria se calar era, como Sakura havia parado à sua cama sem o mesmo ter notado. O Uchiha levantou-se do chão acomodou melhor os cobertores na Sakura recebendo da mesma um gemido, pegou nas suas vestes de pirataria saindo de seguida do camarote.

Mais tarde, Sakura abre os seus olhos devagar, pestanejou olhou ao seu redor e notou que estava no quarto do Capitão Uchiha apalpou o sitio vazio ao seu lado arregalando os olhos, se ele não estava ao seu lado é bem provável que ele a viu na sua camra, corou levantando repentinamente da cama saindo às pressas do camarote, por sorte ou azar dá de caras com Sasuke a olhar para a porta com um olhar sério, suas mãos estavam na cintura e o Uchiha já se encontrava com as suas vestes azuladas vestidas, a Haruno o olhou de cima abaixo será que se vestiu quando a mesma estava no quarto dormindo? Sakura olha para o rosto do Capitão e dá um sorriso desconcertante:

- Ahoy... - acenou para o Capitão com a maior descaramento estampado no seu rosto, Sasuke permanecia em silêncio com uma expressão de avaliador e com as suas sobrancelhas levemente franzidas - Pode me dar licença? - falou tentando desviar do Capitão, mas foi impedida por um braço largo.

- Não vais a lado nenhum sem me dares pelo menos alguma desculpa esfarrapada acerca o que aconteceu, entre por favor... - abriu a porta do camarote empurrando Sakura lá para dentro, a mulher enrolou-se mais na sua camisa de dormir e em como pensar em algo - Podes pelo menos explicar porque foste para a minha cama ontem? - perguntou Sasuke mirando a mulher com um ar zangado.

- Não sei... Acho que sou sonambular, me lembro de pegar no sono no meu camarote, e quando acordei deparei-me aqui... - fez um gesto com as mãos de forma inocente.

- Eu sei que isso é mentira... - indagou o Capitão - Caramba pregas-te-me um susto valente, porra já estava já pensando em mil e uma coisa! - rosnou Sasuke encarando a mulher mais de perto, olhando ligeiramente para o pequeno decote que a camisa de dormir  de Sakura, levando logo de seguida uma bofetada.

- Não sejas perverso! Pelo menos a dormir não és assim... - discutiu Sakura levando a sua mão direita ao peito na tentativa de esconder, Sasuke estava com a mão na zona dorida e franziu o cenho.

- Ah! Até que enfim te revelaste! O que quiseste fazer agora para aqui? Querias abusar de mim enquanto eu dormia! - falou Sasuke quase com o rosto colado na Haruno.

- Eca! Achas mesmo! Achas que eu sou alguma violadora! Não me chamo Sasuke Uchiha, oh verme! - gritou Sakura. No lado de fora do camarote ouvia-se perfeitamente a briga entre os Capitães e todos ali que passava ficavam parados ouvindo a conversa e em que ponto aquilo ia dar, algumas das mulheres olhavam entre si com olhares e sorrisos perversos, quando a porta foi aberta bruscamente pela Capitão, quando a mesma depara-se com a tripulação a coscuvilhar franziu o sobrolho de tão zangada - Vocês todos desapareçam da minha vista e começam a trabalhar fofoqueiros! - rosnou Sakura ordenando para toda tripulação trabalhar - Essa mania de ter ouvindo a conversa dos outros vai acabar! Foda-se! - resmungou Sakura batendo com os pés no chão até ao seu quarto, quando foi a vez de Sasuke aparecer na porta.

- O que ainda fazem aí? Não ouviram a Capitã?! Todos ao trabalho! - reclamou o Uchiha, fazendo toda a tripulação estremecer indo de seguida para as suas tarefas quotidianas. Sasuke para em frente do camarote de Sakura e bate fortemente - Fica sabendo que a partir de hoje o meu camarote ficará trancado a sete chaves! Ouviste Baderneira?! - gritou Sasuke.

- Vai te pró caralho! - retrucou Sakura, o Capitão Uchiha esfrega as suas mãos no rosto de impaciência respira aceleradamente tentando acalmar os seus nervos com a Capitã Cor-de-Rosa.

- Ainda por cima manda-me para outro lado, ela vai ver com quem se meteu! - resmungou Sasuke para si mesmo subindo as escadas saindo de seguida para a proa.

Numa caverna doze piratas estavam reunidos, a estudar um mapa qualquer, quando de repente aparece o Capitão:

-Senhor, a embarcação do Uchiha está seguindo rumo para o Oceano Indico. - falou um capitão cuja as metades de suas faces era preto e branco.

- Eles vão procurar o Pirata Lendário, o meu palpite é que vão para a Índia - confirmou o pirata de cabelo alaranjado.

- Ótimo, estou ansioso por reencontrar o meu velho amigo... - falou o Capitão Pérola Negra - E também apanhar a filha do Pérola Rosa, alguma informação acerca dela? - perguntou o Capitão Negro.

- Sim... - falou uma pirata - Seu nome é Sakura Haruno, tem vinte e um anos, estatura esbelta não muita alta nem muito baixa, cabelos rosas e olhos verdes.

- Ótimo Konan... Agora é só seguir rumo, porque eles irão ter uma surpresa... - riu sarcasticamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...