História A poison called love - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Tags Jimin, Sadomasoquismo, Você
Visualizações 19
Palavras 1.749
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii voltei~
Bom espero que gostem desse capítulo~
Desculpem qualquer erro...
Boa leitura 🐼

Capítulo 3 - O primeiro castigo...(um +18 leve)


Fanfic / Fanfiction A poison called love - Capítulo 3 - O primeiro castigo...(um +18 leve)


(Jimin on~)

Desgraçado, Min Yoongi você irá me pagar muito caro, agora mesmo que não permitirei esses dois aqui e a s/n também irá  pagar por me fazer passar por isso.

Limpo o sangue de minha boca e levanto indo para meu quarto, quando adentro o mesmo e penso em uma forma de punir a S/n, abro meu armário e avistei um par de algemas logo me vem o que posso fazer...

(Jimin off~)

(S/n on~)

Tenho que avisar aos meninos que o Jimin não concordou, ah isso não será fácil, meu coração dói, parece que alguém o pegou e esmagou com suas próprias mãos porém ainda amo o Jimin e quero que ele corresponda esse sentimento, sinto que algo irá acontecer entre nós dois... Estou com mal pressentimento.

Como ainda estava cedo e eu queria espairecer, chamei os meninos para irem ao parque da cidade comigo e eles concordam, vamos andando mesmo para aproveitar o tempo que estaríamos juntos para conversar, eles começam a falar sobre quando éramos pequenos...

-Acho que a S/n ainda é toda boba pro lado de garotos._ Yoongi diz batendo levemente em meu ombro esquerdo _

-Por que você diz isso?_hobi perguntou...

-Ah sei lá, lembra de quando éramos mais novos e ela odiava falar sobre meninos e sobre sexo.Novamente o Yoongi diz debochando e eu corei

-Verdade minha maninha é uma santa.

-Parem com isso, naquela época eu era mais nova, e se vocês pensam que garotas também não pensam merda, estão muito enganados!_ Digo dando as costas e andando mais rápido que eles.

-Espera s/n...Depois quero conversar com você._ Hoseok fala em um tom mais sério.

-Pode falar...

-Deixa para quando estivermos a sós pois é uma pergunta pessoal.

-Está bem.

Então continuamos caminhando até que chegamos no lugar desejado, nos sentamos no gramado, um carrinho de algodão doce passa e como sou apaixonada por algodão doce, fico eufórica para comprar, mas lembro que saí sem dinheiro o Yoongi percebe,me oferece um e é claro que imediatamente eu aceito, após comprar o algodão doce, continuamos sentados ali olhando a bela paisagem e as crianças a se divertir...

-Eu tenho que ir ao banheiro, já volto._Diz Yoongi se levantando _

-Volte já!-Exclamei para ele _

-Por quê? Vai sentir minha falta?

-Claro palerma!

Ele sorriu, deu as costas e seguiu em direção de uma lanchonete no mesmo instante o hobi me puxa para mais perto, olha em meu olho e faz a pergunta mais vergonhosa que um irmão pode fazer...

-S/n Você é virgem?

-É O QUÊ???_ perguntei de olhos arregalados _

-Sou seu irmão e tenho o direito de saber.

-E onde fica minha privacidade nisso?

-Só me responda...

-Erh...

-Você não é?_ Ele diz arregalando os olhos _

-Erh..Eu sou.Coro no mesmo instante.

-Ah maninha, é tão difícil dizer isso?

-...

Fico um tempo calada olhando para o nada, verdade eu ainda sou virgem, meu primeiro amor é um cara que está pouco se fodendo para mim...

Logo o Yoongi volta e peço para irmos embora daí que lembro da decisão do Jimin e decidi contar logo a eles.

-Meninos o Jimin não concordou.

-Bom eu já esperava isso.Yoongi disse virando-se de lado e acelerando um pouco seus passos, Yoongi estava estranho ele não estava assim antes isso está me preocupando algo me diz que ele sabe de alguma coisa que não deveria, só de pensar que terei que ficar sozinha com o Jimin hoje a noite me deixa aflita não sei o que mais ele pode dizer, o quanto mais ele pode me machucar, continuamos andando de volta para casa e em um devido momento nos separamos, Hoseok e o Yoongi despediram-se de mim e cada um foi para um lado...

°·°·°·°·°·°Quebra De Tempo°·°·°·°·°·°

Chego em casa e me dou conta de que todas as luzes estavam desligadas, porém tinha uma luz vermelha que vinha do quarto do Jimin, a casa estava "vazia" bem isso era o que eu pensava, vou até a escada e subo a mesma receosa ao chegar no andar de cima escutei  barulhos vindos também do quarto do Jimin resolvo ir mais perto para ver se descubro algo e ao chegar no mesmo a porta se abre lentamente e eu adentro o quarto ao mesmo tempo fiquei paralisada com o quarto dele, sinto mãos frias segurar  meus pulsos para trás e logo sinto algo gelado prendendo os mesmos antes que eu pudesse dizer algo essa pessoa me empurra na cama ficando sobre mim e foi aí que percebi que estava algemada olho para o maior e vejo que Jimin estava sorrindo de canto…


-O que você está fazendo Jimin?!


-Ah S/n não me diga que está com medo?


-Jimin! Não estou brincando solte-me.

_ Ele segura meu pescoço fazendo uma leve pressão que tirava meu ar _


-Ji..Jimin! Não estou conseguindo respirar..*Arfa* para com *respira fundo*..Com isso.

_ Ele solta meu pescoço _


-S/n, está vendo essa ferida em minha boca… sabe o quanto eu odeio me machucar? Eu ganhei essa ferida por sua culpa então não é mais que sua obrigação pagar por isso! Não reclame de seu castigo senão será pior.


-Jimin! O que você pensa em fazer?


-Você verá vádia.


Ele se levanta e vai  até seu guarda-roupa onde pega um cinto de couro,uma corrente um tanto grande e uma mordaça, ouço seus risos perturbadores enquanto ele caminhava de volta para mim, então o mesmo me levanta bruscamente da cama me pondo de joelhos à sua frente, pegou a corrente e prendeu na algema suspendendo meus braços e os prendendo em um suporte logo depois ele me amordaça e se afasta me encarando com uma cara meio que assustadora…


-Sabe s/n.. Quero deixar essa brincadeira um pouco mais intensa.


-Hurhn*Tenta falar amordaçada*


-Ah desculpe não dá para te ouvir.


Ele debocha, porém o que ele quis dizer com -Deixar a brincadeira mais intensa? O que será que ele tem em mente, estou começando a ficar com medo…

Ele vem para perto de mim e rasga minha blusa fazendo-me ficar apenas de sutiã em sua frente -Ah que visão esplêndida s/n, nunca pensei que teria um busto tão..Caralho que vontade de chupa-los _ ele diz me encarando com um olhar sombrio de um predador que está prestes a devorar sua presa…


-Acho que deveríamos te despir mais…


Ele novamente diz com um olhar sombrio, fazendo-me debater para tentar me soltar, ele se aproxima e segura meu rosto com uma mão dizendo -Agora vamos ver o que você esconde embaixo desse bojo- eu tentava me soltar porém nada estava adiantando, ele leva sua mão a fechadura do meu sutiã abrindo o mesmo e logo ele estava jogado em um canto do escuro quarto…


-Aish S/n porque você é tão gostosa? Caralho estou ficando excitado apenas ao te olhar assim, presa a mim como uma cadelinha a seu dono.


Olho para a calça do Jimin e noto uma leve ereção ali, ele se aproxima novamente de mim mas continua de pé pega seu cinto de couro e libera várias chibatadas em meus seios o que estavam deixando os mesmos vermelhos e doloridos me fazendo fechar os olhos com certa força, depois que ele viu que meus seios já estavam ficando inchados e vermelhos de mais, e de ter me arrancado lágrimas ele para e se ajoelha em minha frente, agarra um com uma de suas mãos e o outro ele abocanha ferozmente o que faz o mesmo doer e me arranca um grito abafado por causa da mordaça, logo aquela terrível dor estava se transformando em sensações inexplicáveis, se transformando em prazer o que me fazia gemer muito abafado pela mordaça, ele tira sua mão de meu outro seio e a leva até minha intimidade onde ele começa a fazer uma torturante massagem por cima do fino pano de meu shorts juntamente com minha calcinha, sinto um líquido quente molhar a mesma, e essa foi a primeira vez que eu fiquei tão excitada ao ponto disso acontecer ele sente e logo para se levanta em minha frente e retira a mordaça o que me faz suspirar de alívio, eu já estava fraca e totalmente entregue ao Jimin..


-S/n agora eu vou foder sua boca!


-Jimin..Não por favor não…


Ele entrelaça seus dedos em meus cabelos e puxa os mesmo para trás com tamanha força, porém eu estava me estranhando não estava mais tão assustada quanto antes parece que meu corpo estava sentindo prazer naquilo, porém eu não queria chupar o Jimin isso é nojento...

Ele abaixa sua calça logo depois sua cueca, ao ver o tamanho de seu pênis fiquei com medo, mas o mesmo estava tão ereto e tão vermelho e inchado que me parecia doer, mas não quero fazer algo assim e muito menos nessa situação, ele se aproxima de mim… -S/n cara eu odeio você mas estou com tanta vontade de foder essa sua boca, quero te ver chupando todo meu amiguinho, me faça alcançar o céu se é que você é capaz.

Ele volta a entrelaçar seus dedos em meus cabelos fazendo um desengonçado rabo de cavalo se aproxima do meu rosto e diz que ira me soltar, ele solta as algemas da corrente porém não as abre, ele pediu para que eu o masturbasse primeiro mas eu me recusei o maior se irritou e segurando meu cabelo mais forte penetrou minha boca com seu pênis, eu me senti tão imunda, com tanto nojo que lágrimas desceram em meu rosto, ele começa a estocar cada vez mais fundo e rápido, fazendo seu membro ir até o fundo de minha boca encostando em minha garganta me fazendo engasgar, e novamente ele pega o cinto que estava ao seu lado e volta a me bater com o.mesmo deixando todo o meu corpo marcado e dolorido, do nada ele começa a ir mais rápido ainda com suas estocadas, eu tentava pará-lo mas não adiantava, ele jogava sua cabeça para trás e gemia alto _ Isso vadia, deixe-me foder sua boca _

Sempre liberando tapas e chibatadas em mim, logo senti um líquido vistoso  invadir minha boca, ele me obriga a engolir tudo mas eu não consegui o gosto era tão ruim, ele não gostou e com o cinto bateu em minha bunda tão forte que me fez gritar de dor, ele se senta no chão para recuperar suas forças, depois disso ele me levou ao seu banheiro e tomamos banho pois ele não queria tirar as algemas de mim, depois o maior se vestiu e me vestiu em uma blusa branca simples dele me levou para meu quarto jogou-me na cama e ao sair do quarto me deixou trancada no mesmo... A cena do que havia acontecido voltava várias e várias vezes em minha cabeça me fazendo ter nojo de mim mesma e do Jimin também, começo a chorar sem perceber e adormeço...





                  CONTINUA??             


Notas Finais


Desculpem-me qualquer erro de ortografia...
O que acharam???
Dêem suas opiniões por favor...
Espero que tenham gostado...
Gente só relembrando que está Fanfic será sobre sadomasoquismo...
Obrigada por ler~
Bjus~🐼💙💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...