História A Policial e o Serial Killer- Imagine Jungkook - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 145
Palavras 815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Policial, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem por não ser maior, fiquei sem criatividade

Capítulo 3 - Existe primeira vez pra tudo


Fanfic / Fanfiction A Policial e o Serial Killer- Imagine Jungkook - Capítulo 3 - Existe primeira vez pra tudo

Acordei o dia ja estava claro e jk não estava lá

S/n: Desgraçado fugiu!- Disse rindo, espera por que estou rindo?

Jk: Quem dera! Realmente estamos perdidos- disse se sentando do meu lado e me dando um susto

S/n: Parabéns JK! Nem pra matar você serve, você iria matar a menina e voltar pra casa como? Se não sabe o caminho de volta

Jk: É dessa vez não foi um crime perfeito como os outros

S/n: Acho que se eu não fosse policial eu seria criminosa 

Jk: por que?

S/n: Eu gosto do perigo, adrenalina, trocar tiros, é legal sabe?

Jk- Eu entendo, eu também gosto- ele riu

S/n: Olha pra um psicopata até que você é bonitinho

Jk: Pra uma policial até que você é bonitinha

S/n: Onde você foi?

Jk: Tentar fugir ué

S/n: E você ainda admite na minha cara?

Jk: Eu não minto s/n

Minha barriga começou a roncar alto e me fez ficar com vergonha e jk começou a rir de mim

Jk: Está com fome?- disse rindo

S/n: N-não 

Jk: Olha tem umas frutas em algumas árvores, se você quiser vai lá pegar, porque eu não vou não

S/n: Por que?

Jk: Porque eu não me importo com você

S/n: Aish que grosso- digo me levantando e tentando subir em qualquer árvore. Quando eu consigo descer da árvore e olho pra trás um policial estava com a arma apontada para jk, o policial estava de costas pra mim, fui até ele e peguei outra arma que tinha em sua cintura e atirei no mesmo por impulso, matei uma pessoa

Jk: Por que fez isso? Agora você é tão foragida quanto eu

S/n: Eu m-matei uma pessoa e a minha carreira?

Jk: Ta acabada, agora somos dois fora das leis- disse rindo -Agora eu não preciso mais matar você s/n

Eu sai correndo dalí fiquei tanto tempo correndo que consegui achar a rua, tentei seguir o caminho de casa correndo porém quando olhei pra trás tinha uma viatura da polícia me seguindo tentei correr o mais rápido ainda, ai apareceu um carro preto ao meu lado e quando consegui ver quem estava dentr.. JK?

Jk: Entra ai, a polícia ja está atrás de você

S/n: Eu sou a polícia e eu não vou entrar 

Jk: Ou você entra ou você é presa, você que decide 

S/n: Aaaaish - acabei cedendo e entrando 

Ele acelerou o carro muito rápido, a viatura que estava atrás da gente começaram a atirar em nós 

Jk: Toma isso e atire neles - falou me estendendo uma arma

S/n : Eu não vou atirar nos meus colegas 

Jk: Mas eles estão atirando sem dó em você, ou você mata ou você morre! É a lei da vida- falou estendendo a arma mais uma vez e eu peguei e atirei tanto neles que a viatura acabou capotando

S/n: Pra onde a gente vai agora?

Jk: Pra qualquer lugar longe deles

S/n: Minha carreira acabou!!- abaixei a cabeça e coloquei as mãos no meu rosto e comecei a chorar

Jk: Olha pensa pelo lado bom, agora eu não vou mais te matar- Disse rindo

S/n: Eu fui muito bem treinada pra isso não acontecer, bom agora que eu me lasquei mesmo, será que da pra falar seu nome?

Jk: Não sei se devo

Enfio minha mão em um bolso da calça dele e pego sua identidade 

Jk: Filha da mãe!

S/n: Então senhor Jeon Jungkook- disse rindo e olhando pra ele

Jk: Você me paga, quem permitiu você colocar a mão no meu bolso?

S/n: Eu não preciso de permissão, estava muito curiosa 

Jk: Mulheres...

S/n: Agora fala pra mim kookiezinho, onde vamos

Jk: O que?? Me chamou de que? Garota você gosta mesmo de perigo né? Eu sou o Serial Killer mais procurado do mundo, me leve a sério!

S/n: Não da! Não parece que você é um psicopata, você parece um adolescente- ri

Jk: Minha cara é meu disfarce, você também parece uma adolescente

Quebra de tempo

Jk:Chegamos

S/n: Que casa medonha é essa? Jungkook você é um vampiro ou algo do tipo?

Jk: Sim e eu vou te morder hahahahaha- arregalei meus olhos e ele começou a rir

S/n: Nossa que idiota- revirei os olhos e ele riu

Jk: Entra logo

S/n: Por que sua casa é tão gótica?- disse entrando

Jk: Sei lá, eu gosto dessa cor

S/n: Eu não acho que você seja um psicopata 

Jk: Quer que eu te mostre meu lado obscuro?

S/n: N-não ta muito bom como ta

Ele riu 

Jk: Meu humor nunca está bom, mas eu nunca ri tanto quando estou com alguém quanto estou rindo com você, garota você é hilária

S/n: Você deveria me levar a sério sabia? Eu sou a policial que vai te prender

Jk: Não vai sabe porque?- Disse se aproximando enquanto eu recuava pra trás, até Jungkook me prensar na parede

S/n: P-por que?

Jk: Porque sua carreira acabou, e agora nós dois somos foragidos e a única pessoa que você pode confiar agora sou eu 

S/n: Eu nunca falhei nas minhas missões 

Jk: Existe primeira vez pra tudo- disse rindo, e ainda me prensando na parede olhando fixamente nos meus olhos como se enxergasse minha alma

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...