História A Policial e o Traficante - Capítulo 24


Escrita por: ~ e ~K-chan98

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Assassinato, Drogas, Policial, Romance, Sexo, Traficante, Vingança, Violencia
Visualizações 23
Palavras 1.117
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Agradecemos a todos que estão acompanhando e comentando

Boa Leitura

Capítulo 24 - Capitulo 24


- você nunca vai me ouvir Janny? – perguntou sua mãe, desde que se tornara policial seus encontros com sua mãe sempre eram assim.

- se vai tentar me convencer a deixar de ser policial e voltar com a ideia de ser modelo, então não eu não vou te ouvir mãe. – disse enquanto pegava um vestido na loja em que estava.

- não vou discutir sobre isso apenas me deixe te arrumar para esta noite, é tudo que te peço. – pediu sua mãe.

- esta bem. – respondeu permitindo que sua mãe escolhesse sua roupa e a arrumasse para uma festa em que iria com as amigas.

 

Olhei novamente para o papel em minhas mãos e respirei fundo antes de finalmente ter coragem para ler ele por fim.

Janny eu sei que você deve estar me odiando agora por ter te mandado embora e não ter nem dado à decência de explicar o porquê estou fazendo isso. Mas agora eu posso lhe dizer em poucas palavras que farei o que puder para sair logo daqui e ficaremos em um lugar seguro, Jeon que estava junto comigo ate agora já sabe o que eu planejo fazer e ele vai lhe explicar detalhadamente, mas ate lá eu espero que confie em mim e que possa me perdoar por ter a proibido de vir aqui, só não a quero envolvida mais ainda em problemas. Eu te amo Janny e em breve estaremos juntos.

Eu não acredito que ele tenha me mandado embora apenas para me proteger, aquele idiota acredita que poderá me deixar de fora assim? Assim que Jeon estiver em minha frente eu farei questão de perguntar exatamente tudo o que você planeja Kenichi, agora que vamos ter um filho você vai sair desse lugar o mais rápido possível mesmo que para isso eu tenha que me tornar a maior assassina fugitiva do país. Resolvi por fim tomar meu banho e depois me joguei na cama acabando por adormecer rapidamente, acordei com a voz de Veronica um pouco alta conversando com alguém. Me levantei e coloquei um roupão por cima da camisola e fui ate a sala ver o que estava acontecendo, ao entrar na sala vi Veronica dizendo para Jeon ir embora.

- Jeon. – chamei atraindo a atenção dos dois para mim. – você saiu quando da cadeia? – perguntei.

- sai hoje de manha e vim direto para cá. – respondeu.

- Janny conhece ele? – perguntou Veronica, suspirei.

- sim, ele é o namorado da Anna e amigo do K, deixe-o entrar, por favor. – pedi e ela deu passagem para ele entrar. – eu vou trocar de roupa e depois vamos conversar em particular Jeon, acredito que você tem algo importante para me contar. – disse saindo da sala e voltando para o quarto já escolhendo as roupas para trocar. Me arrumei e fui de encontrou a Jeon o chamando para dentro de meu quarto. – vamos direto ao ponto, o que o Kenichi esta tramando para sair da cadeia? – perguntei assim que fechei a porta, por sorte Anna ainda estava dormindo.

- Kenichi conseguiu um jeito de te avisar antes de eu chegar, bom vou resumir um pouco do que planejamos mais o Kenichi não quer que você se envolva. ­–respondeu Jeon, suspirei.

- é melhor você me contar antes que eu desconte a minha raiva e frustração em você e olha que não faz bem para uma mulher gravida guardar tanta raiva, faz mal para o bebe. – disse o olhando.

- gravida? Você esta gravida? – perguntou.

- sim, contei para o Kenichi ontem e ele nem pareceu tão feliz assim com isso. Ate por que me expulsou dela, agora me conte que eu quero ajudar de alguma forma. – pedi o fazendo se sentar sobre minha cama.

- agora que esta gravida ficaria ainda mais difícil para você se envolver, alguém pode acabar morto ou ate você pode perder o bebe e o Kenichi iria me matar se algo acontecesse a você e a essa criança. – respondeu.

- você ama a Anna não é? É capaz de tudo por ela? – perguntei e ele assentiu. – então você pode me entender, eu amo o Kenichi e não quero ficar longe dele. Kenichi me ensinou muitas coisas e abriu um mundo novo ao qual eu estou gostando cada vez mais de me envolver, eu não ligo se tivermos que viver o resto de nossas vidas nos escondendo se pudermos ficar juntos e que nosso filho possa ter uma vida normal sem que ninguém saiba exatamente o que seus pais fazem. Então por favor, me conte qual é o plano para tirar ele de lá e em que eu posso ajudar. – meus olhos já estavam marejados e Jeon suspirou derrotado.

- esta bem, mas você não pode contar para ninguém nem mesmo para a Anna. Ela não aceitaria isso de modo algum. – disse abaixando a cabeça.

- por que ela não aceitaria? – perguntei.

- por que esse plano pode acabar com a vida de um de nos vamos ser cautelosos para não acabarmos mortos. Mas você sabe que com a policia não se pode brincar. – disse me olhando.

- eu entendo, não vou contar nada a ninguém. Agora pode ir falando. – pedi, ele assentiu e começou a falar.

Minutos depois...

- então é isso, você vai mesmo participar? – perguntou Jeon enquanto eu ainda processava os detalhes do plano.

- vou sim, quando faremos isso? – perguntei.

- planejamos isso para o próximo final de semana, vai estar um pouco tumultuado lá devido à revisão das selas. – disse Jeon.

- ok, estarei pronta ate lá e conseguirei tudo o que me pediu. Não vai ser muito difícil com as pessoas que eu conheço. – respondi dando um sorriso.

- Janny não esqueça que acima de tudo você precisa tomar cuidado para não sair machucada, você vai ficar com o mais fácil para não correr riscos. – disse Jeon.

- eu sei apenas me mantenha informada e se for visitar o Kenichi não diga a ele que eu vou participar desse plano, nem mesmo diga a ele como eu estou. Ele vai aprender a não me deixar de fora das coisas, eu sou uma garota muito vingativa e ele sabe muito bem disso. – disse dando um largo sorriso.

- às vezes eu tenho medo de você, ainda não sei como Kenichi se apaixonou por você. – disse se levantando o olhei furiosa.

- você quer morrer e deixar a Anna viúva antes mesmo do casamento? – perguntei estalando os dedos.

- retiro o que disse você é ainda mais assustadora quando esta irritada. Eu vou ver a Anna. – respondeu Jeon saindo praticamente correndo do meu quarto, sorri. Me levantei e peguei um casaco e minha bolsa, precisava acertar algumas coisas antes desse plano acontecer.


Notas Finais


^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...