História Love makes me stronger - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 9
Palavras 1.017
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bora ler!

Capítulo 2 - O palácio dos escolhidos


MARIA ON

Eu ignorei a carta pensando que era uma brincadeira boba das minhas amigas.Eu me arrumei para ir até a escola, receosa eu coloquei a chave no bolso e o colar na mochila para depois da aula verificar se a porta era de verdade ou não.

Eu fui até a escola e não rapidamente encontrei com minhas amigas Cloe e Julie :

- Posso saber o que vocês estavam fazendo 00:00 batendo na minha janela e colocando está chave lá?-Eu falei com um ar estressado mostrando a chave a elas.

-Olha fofa, você pode até pensar que eu te dei está chave brega de brincadeira mas nós não fizemos isto ok?-Disse Julie convencida de que estava falando a verdade.

Engraçado, se não foram elas quem foi?

Na escola somos populares e as pessoas vivem querendo entrar na nossa "panelinha".Tem um garoto chamado Jack, ele é tão bonito! Todas as meninas da nossa turma gostam dele, eu não gosto dele pela beleza e sim pelo jeito dele de ser.

JACK ON

A aula tinha terminado e eu encontrei aquela linda garota a quem sou apaixonado desde a terceira série.Eu estava falando com meus amigos Rafa e Lucas quando a patricinha da Cloe veio falar comigo:

-E aí Jack,você não quer me levar ao cinema amanhã? Todo mundo vai!

Ela me abraçou mas eu me afastei.Corri até Maria que estava vendo alguma coisa enquanto andava. Conheço aquilo de algum lugar.

-Será que eu poderia lhe acompanhar até sua casa?

Ela olhou para mim envergonhada respirou com um sorriso fofo e disse:

-Claro!Mas você se importaria de passar em lugar comigo antes?

-Claro que não! Ande você for eu vou!

Nós caminhamos conversando sobre várias coisas quando ela parou em frente a casa de sua amiga falecida Clara que a anos me ajudava a me aproximar de Maria.

MARIA ON

Eu olhei atentamente para a velha casa de minha melhor amiga.Jack colocou a mão em meu ombro e foi ao meu lado.Eu retirei a chave do bolso e fui até o jardim.

Jack me seguia a cada passo que eu dava.Eu olhava descontroladamente ao meu redor e mexia e remexia nas plantas:

-Está procurando algo?-ele perguntou confuso.

-Uma porta!Ela deve se abrir com esta chave-Eu mostrei a pequena chave de ouro para ele que olhou entendo tudo.

-Pode deixar,vamos  acha-la!

Por cerca de uns 20 minutos procurávamos desesperados pela porta.

-Eu desisto nunca vamos encontrar...

Neste momento eu esbarrei no muro de pedraque fez um pequeno barulho de madeira.Eu tentava retirar os musgos grudados no lugar e Jack veio me ajudar.Quando conseguimos retirar uma parte dele eu passei a mão e comecei a chutar o lugar.

-Já sei não saia daí!

Jack correu até uma lojinha alí perto e voltou com uma tesoura de poda.Ele violentamente retirou todo o musgo que cobria a pequena porta. Encontrei o que queria!

-Muito obrigada Jack!

-Não tem de quer!

Eu peguei a chave e encaixe na fechadura, girei-a três vezes e ela se abriu.Minha mochila começou a brilhar como um arco-íris eu a abri e o colar estava cintilando e fazendo um barulho como raios de magia.Jack olhou para mim encantado como se eu fosse alguém muito especial.

-Vamos temos que ir!

Ele trancou a porta colocou a chave no meu bolso,me pegou pelo braço e me arrastou até em casa.Quando chegamos ele me abraçou e partiu sem mais nem menos.

Eu passei o resto da tarde pensando em tudo o que ele fizera de repente é em toda aquela magia do cordão que coloquei embaixo do meu travesseiro.

A noite eu fui dormir e novamente um indivíduo que decidiu implicar com meu sono começou a jogar pedras na varanda do meu quarto.Eu de pijama fui olhar quem era e para minha surpresa era Jack.Quem diria que o menino mais perfeito de olhos azuis e cabelos loiros bem claros seria um garoto que gosta de atrapalhar o sono dos outros.

-Eu preciso que você venha comigo!-Ele disse animado

-Para onde?

-Você vai ver!

Eu vesti um vestido amarelo e uma sapatilha,prendi os cabelos.Peguei uma bolsinha dourada e dentro coloquei a chave e o cordão:

-Ande você quer me levar a 1:00 da manhã?

-Teriamos saído a 00:00 se você não tivesse demorado tanto para se vestir!-Ele falou me questionando.-Vamos rápido!Antes que alguém nos pegue no flagra!Se isso acontecer ela não vai ficar feliz!

-Ela quem Jack?

-Sem tempo para perguntas toma ponha isso nos olhos.-ele me deu uma venda.

-Para que?-Ele me olhou sem paciência.Então eu peguei a faixa e ele amarrou em meus olhos.

-Antes que eu faça qualquer coisa, você confia em mim?

-C-Claro!

Ele pegou minha mão e entrelaçou seus dedos entre os meus.Me puxava descontroladamente quando paramos eu respiro fundo e perguntei:

-Podemos parar com este mistério agora?

-Claro!-Ele disse retirando a venda de mim.

Quando eu percebi estávamos no jardim da casa de Clara em frente aquela portinha.O colar brilhava e ele segurava a chave de ouro.

-Por que pegou a chave de minha bolsa?

-Eu não peguei!Está que estou segurando é minha!-Ele me olhou certo do que estava fazendo.Colocou a chave na porta e a destrancou.

-Você está mesmo preparada para qualquer coisa?

Eu olhei para ele com dúvida.Nunca fui medrosa mas não sabia o que viria depois disso:

-Depende,você vai estar comigo?

-Sempre!

Ele abriu a porta onde só se via branco,um branco brilhante.Os cintilantes sons de raios mágicos contagiavam meu coração.Eu olhei para Jack que afirmou com a cabeça eu então entrei na porta de mãos dadas com ele.

Quando toda a magia sessou estávamos em uma floresta fria  congelada praticamente.Eu estava com um belo vestido azul que parecia ser enfeitado apenas de gelo mas eram cristais.Uma bela coroa dourada com cristais azuis, em meus pescoço o pelo cordão de cristais coloridos.O azul brilhava constantemente.

Jack estava com um lindo terno branco de príncipe com lindos detalhes azuis que combinavam muito com seus olhos.E lê assim como eu havia uma coroa mas a dele como a de um rei com cristais coloridos como meu cordão.

No final de um estreito caminho de gelo havia um belo castelo de cristal.De não muito longe podiamos ver uma bela carroagem branca com lindos cavalos brancos(Sim tudo é branco!).A carroagem chegou perto e o cocheiro nos mandou entrar.

Dentro da carroagem aviam duas fadinhas que ficaram mexendo em meus cabelos.Ao chegarmos no castelo vários príncipes e princesas aplaudiam e gritando para mim "Vida longa a princesa Maria!"


Continua...








Notas Finais


E aí gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...