História A primeira inscrita - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Felipe Z. "Felps", Flavia Sayuri, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Alan Ferreira, Felps, Flavia Sayuri, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellbit, Cellbits, Felipe Z, Felps, Flavia Sayuri, Rafael, Rafael Lange, Sasa, Sayu, Sayuri
Exibições 80
Palavras 551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 41 - '' Eu te amo ''


  Nós saímos do carro, fomos andando por aquela fazendo, nós estávamos rodeados de tratores e plantações, era muito grande ali, elas ficavam conversando enquanto eu ficava encostado na parede isolado de todos tentando entrar em contato de novo com meu pai.

  - Rafa! - Alguém me chama, eu olho e era a Flávia 

  - Oi 

  - Por que não está lá com a gente? - Ela perguntou.

  - Foi mal, é que estava tentando entrar em contato de novo com meu pai - Respondi um pouco para baixo.

  - E conseguiu? - Ela me olha com um sorriso, eu suspiro e olho para ela de novo.

  - Não... Continua ocupado - Falei demonstrando estar sério, aquele sorriso dela para de existir.

  - Eu sinto muito - Eu coloco meu celular no bolso.

  - Tudo bem... - Disse não olhando para ela, mas sim, para seu irmão que estava chegando - Temos mais alguns minutos e depois iremos ter que voltar nas pressas - Nós vamos andando, ela apresenta cada parte da Fazenda, não conseguia tirar aquilo da cabeça, meu pai simplesmente mudou completamente, eu fiquei no mundo da lua por um momento, até que ouço alguém me chamando.

  - Rafa!!! - Gritou e era a Flávia que tinha percebido que eu estava ali pensativo, no mundo da lua - Anda, temos que ir embora

  - O-Ok - Falei tentando retornar ao estado normal, fomos andando até o carro, nós entramos e fomos até a casa dela e lá paramos novamente.

  - Agora temos que ir, vó - Disse Flávia.

  - Tudo bem, obrigado pela visita - Elas se abraçam, ela olha para mim - Você é um garoto de ouro, obrigado por ter feito nós se reencontrarmos de novo, sucesso na sua carreira - Ela falou sorrindo.

  - O prazer foi todo meu - Eu sorri, nós entramos no carro, na janela do carro a Flávia acenava para sua vó enquanto o carro andava e dava para ver uma lágrima escorrendo pelo sei rosto - Calma, você vai vê-la ainda - Ela encosta sua cabeça em meu ombro e começo a sentir aquelas lágrimas molhadas pelo meu ombro.

  Passou-se horas, ela se recuperou e já estávamos voltando para o hotel, nós chegamos e a van já estava ali com os pessoal dentro.

  - Bora gente! Agiliza!! - Apressou Felps, nós subimos rapidamente para o nosso quarto, pegamos as malas e descemos de novo, entramos na van e fomos, eu e a Flávia estávamos sentados nos bancos de trás ela apoiava sua cabeça em meu ombro, até que ela se levanta e olha para mim.

  - Sério, obrigada de verdade por ter proporcionado a chance de ver minha vó de novo - Ela olha para mim e sorri.

  - Tudo para te ver feliz - Eu sorri colocando minha mão em seu queixo, ela da uma pequena risada.

  - Eu... - Ela fica em silêncio e eu a olho - Te amo - Ela sorri e eu sorrio com seu sorriso.

  - Também te amo - No momento não entendi em que sentido ela quis dizer com o '' Te amo '' Afinal, ela tinha deixado claro que somos somente amigos, nós se abraçamos, logo em seguida eu passo meu braço por ela e ela encosta sua cabeça em meu ombro novamente...


Notas Finais


O que acharam? Deixem ae!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...