História A primeira inscrita - Capítulo 72


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Felipe Z. "Felps", Flavia Sayuri, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Alan Ferreira, Felps, Flavia Sayuri, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellbit, Cellbits, Felipe Z, Felps, Flavia Sayuri, Rafael, Rafael Lange, Sasa, Sayu, Sayuri
Exibições 39
Palavras 490
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 72 - Família da '' Amada ''


  Eu entro no carro, me sento nos últimos bancos junto com a Maethe e Alan, fico mexendo em meu celular, o trânsito estava tenso, nos trânsitos conseguia ver pessoas em bares usando camisas com as cores verde claro e escuro, eles levantavam uma bandeira, parecia dia de jogo, o barulho deles era muito grande, gritavam somente um nome, mas deixei para lá quando finalmente o carro começou a andar.

  Faltava alguns minutos para chegarmos, Maethe estava cochilando no  ombro de Alan, eu olhava e sorria para aquilo, eles eram muito fofos, era uma rodovia em que estávamos, de longe conseguia ver o Aeroporto, era gigante, logo chegamos, íamos descendo, o Alan acordava Maethe, andamos até dentro do Aeroporto e esperamos em um portão que ela disse para o Felipe, ficamos esperando ali naquele portão, esperamos muito tempo, ninguém saia, estava muita gente ali, eu começava a ficar sem paciência, mexia no celular e nem via o portão, até que ouço o Felipe.

  - Gabi!!! - Gritou feliz e todos olham para ele, eu, Alan, Maethe e sua mãe finge que não conhecemos ele, porque realmente, chamou a atenção de todo mundo, ele a abraça, tinha um rapaz  mais velho e uma senhora, tinha ela, um garoto pequeno e uma garota aparentando ter a minha idade, seu cabelo era liso e loiro, seus olhos era um azul bem claro, não vou negar, ela era bem atraente, ele o cumprimenta todo mundo, conhece sua família, logo vêem em nossa direção e por sorte ninguém mais prestava atenção, ele nos apresenta a família, como estava tarde, fomos direto para o carro e irmos para a casa do Felipe e ficarmos lá por um tempo.

  Nós íamos andando para o carro, eu gentilmente segurava a mala da '' Garota dos olhos azuis '' O Felipe carregava de sua '' Amada '' E Maethe e Alan carregava dos pais da Gabi, chegamos no carro, eu me sento no fundo, eu esperava Alan e Maethe sentar também, mas quem se sentou foi ela, o que aparenta ser a irmã da Gabi, ao seu lado aquele garoto, eu continuava mexendo no Celular.

  - Acompanho muito seu canal - A garota que estava ao meu lado falou.

  - Fico feliz por isso - Falei saindo da tela do celular e olhando para ela e sorrindo e ela sorri de volta, eu olho para o garoto, ele assistia um jogo de Futebol, algo que eu não curto muito, mas queria ser amigo deles - O que ele está assistindo? - Perguntei bem baixo para não ouvir.  

  - Um jogo do seu time favorito, a Chapecoense - Respondeu. Fico meio confuso e ela percebe - É um time ai que ele tanto ama, ele diz que está fazendo história no Futebol, que os jogadores são heróis, algo assim, eu não entendo muito bem, então não sei direito - Continuou. 

  - Ah... - Eu volto para meu celular, estávamos quase chegando...

  


Notas Finais


O que acharam? Deixem ae!

Eu não sei se ficou curto ou não, mas não estava muito no clima para fazer algo, eu que amo o Futebol, após ouvir que ocorreu um acidente com o time da Chapecoense e que o time titular e reserva todo morreu, foi de partir o coração.

Eu assisto mais o Futebol Europeu, mas da mesma forma, foi bem triste, ele e Leicester City, mostrou para o mundo que devemos lutar pelos nossos sonhos, não importa se somos pequenos, desacreditados ( Como foi para esses dois clubes ) Devemos lutar e finalmente conseguiu.

Pois é, a Chapecoense tinha o sonho de ser reconhecido na América, e eles conseguiram mais, agora são reconhecidos pelo mundo, muitos times grandes como o Barcelona, Real Madrid, Benfica entre outros, estão ajudando nessa causa, o Real Madrid ofereceu o Time B para a Chapecoense para ela se reerguer, o Libertad ofereceu até seus jogadores titulares, os times Brasileiros fazem o mesmo, e isso é uma prova que Futebol é mais que um jogo, o Futebol é algo incrível!!!

Mas dando outro recado, minha família está em péssimas condições financeiras e, com isso, infelizmente iremos cortar a Internet, então, se não tiver capítulos por alguns dias ou semanas, já sabem o porque ;)

Era isso, só queria falar isso para vocês, comentem ai, ficarei muito feliz :)

Até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...