História A Primeira Vista - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alice In Chains, Pearl Jam
Personagens Eddie Vedder, Jeff Ament, Matt Cameron, Mike McCready, Personagens Originais, Stone Gossard
Tags Amizade, Grunge, Pearl Jam, Romance
Visualizações 9
Palavras 813
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Repetindo foto porque sim!!

Capítulo 39 - 39


Fanfic / Fanfiction A Primeira Vista - Capítulo 39 - 39

Acordei no meio da madrugada, me sentindo desconfortável. Agora com cinco meses a barriga resolveu crescer disparada, segundo a médica ela seria uma bebê comprida e pelo jeito que mexia em minha barriga, seria bem agitada também.

Stone estava sofrendo com as oscilações de humor, mas eu não conseguia controlar, parecia que eu vivia em uma eterna TPM. Mas ele, sempre paciente, entendia e me deixava quieta quando via que meu humor não estava dos melhores.

Comecei a ter alguns inchaços nos pés o que me fez parar de correr, pois já não estava mais confortável, o que não me impedia de caminhar pelo parque, com Judith, Daisy ou  Stone sempre por perto.

Meus pais desembarcariam pela manhã e eu estava louca para vê-los. Morria de saudades deles e eles estavam mais do que empolgados com a chegada da primeira neta.

- O que foi amor? – Stone fala atrás de mim.

- Perdi o sono, de novo. – respondo, sentindo sua mão fazer carinho na minha barriga, enquanto nossa neném mexia para o pai. Ela sempre ficava agitada quando ouvia a voz dele e ele como o pai babão que é ficava se achando.

- Tem algo errado? – ele fala já se sentando na cama e colocando uma das minhas pernas em seu colo, enquanto começa uma massagem na mesma.

- Não amor. Tudo bem – falo já relaxando com seu toque - só o sono que foi embora mesmo.

Além de todas as alterações que a gravidez tinha me trazido, uma que eu não reclamava nunca era meu desejo por Stone, e era algo incontrolável. Antes já era grande mas agora era o tempo inteiro. Talvez porque o via sempre tão cuidadoso comigo, ou a culpa é dos hormônios mesmo, mas eu olhava para ele e meu coração disparava.

- Por que você tá me olhando assim? – ele fala me tirando dos meus pensamentos.

- Assim como? – falo tentando disfarçar. 

- Assim como se eu fosse água no deserto.

- Amor vem cá – eu peço e ele sorri sapeca para mim.  

- Se você continuar assim, vamos ter um segundo bebê em tempo recorde.

- Tá achando ruim?

- Eu não! Estou achando é muito bom! – ele responde quando eu já começo a distribuir beijos pelo pescoço dele e minhas mãos a puxarem sua camisa do pijama.

- Então fica quietinho, não se nega desejo de grávida. – falo ouvindo a risada dele como resposta.

__

                E no dia seguinte, no meio da manhã, meus pais chegaram. Com olhos marejados eles pareciam não acreditar que eu estava grávida. E me mimavam como nunca, e eu estava adorando a atenção.

                Stone estava em pânico, achando que meu pai iria dificultar sua vida, mas eu sabia que não, e em pouco tempo eles já estavam conversando como se fossem velhos amigos. Eles ficariam no meu apartamento, mas durante o dia ficaríamos juntos resolvendo os últimos detalhes do casamento e, começando a preparar o quartinho da nossa neném.

                Eu ia menos à livraria, e contratei Rachel, que já era minha ajudante, como gerente da mesma. Dessa forma eu não precisava ficar por lá o tempo inteiro e só passava no fim do dia para saber como havia sido o movimento, pelo menos até conseguir conciliar uma criança pequena e o trabalho. Mas já havia deixado claro para Stone que logo voltaria a trabalhar. E não estava em discussão o assunto.

                E entre paparicos, reuniões com as meninas que agora incluíam minha mãe, minha sogra e cunhada, e últimos preparativos para o casamento, chegamos as vésperas do casamento e a minha marca de seis meses de gravidez.

   - Uau, parece que o tempo passou como um borrão no último mês – escuto Stone falar enquanto deito ao seu lado na nossa cama.

- Nem me fala, acho que nunca tive tanta gente ao meu redor como agora.

- Em dois dias você será Sra. Gossard! Está pronta para isso? – ele fala se divertindo.

- Tem como não estar? Eu não consigo acreditar que em dois anos minha vida mudou tanto. – falo enquanto aninho no corpo dele, procurando minha posição confortável para dormir. Ele me ajuda vendo minha busca pela posição confortável ajustando seu corpo ao meu.

- Como vocês vão dormir amanhã, sem mim aqui de travesseiro? – ele fala provocando.

- Não vamos né. Não sei para que essa tradição de dormir separado na noite anterior. Isso não deve valer de nada para quem já pulou a etapa e engravidou a noiva antes do casamento – falo resmungando.

- Se te serve de consolo eu também não vou dormir sem vocês duas encostadas em mim – ele fala enquanto passa uma mão de leve no meu braço e  a outra faz desenhos sem sentido na minha barriga.

- Posso te sequestrar amanhã?

- Pode! Eu prometo não resistir – ele fala divertido antes de deixar um beijo em minha testa e adormecermos juntos.


Notas Finais


Stone ta aí né, pronto para realizar os desejos da Ana... eita nós!
E agora vamos entrar na reta final da história, últimos capítulos.
E já começo a ficar com saudade....
Deixa aquele comentário maroto para mim, ok?
Beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...