História A Princesa Das Flores - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Visualizações 13
Palavras 541
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Fantasia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie, sei que faz tempo que não posto um capítulo, mas eu estava sem PC, estou escrevendo esse capítulo pelo celular, espero mesmo que vocês gostem.

Capítulo 5 - Capítulo 4 - Segredos


Coloquei as mãos na janela da carruagem, e segurei bem firme ao sentir a mesma dando um pequeno solavanco.

― Não se preocupe Sakura, isso é normal ― Falou meu avô.

Como isso pode ser normal, eu estava em uma carruagem que estava sendo puxada por pôneis!

― Ainda não estou acostumada com isso.

Vi um pequeno brilho passar em seus olhos, ele estava se divertindo com o meu medo. Olhei para Aika que tinha um pequeno sorriso no rosto, e logo percebi que minha avó também se divertia com a situação. Se ambos  achavam divertido o meu desespero, imagine os meus pais.

Respirei fundo e inspirei, fiz isso mais umas duais vezes na tentativa de me acalmar.

Não funcionou.

― Essa é a maneira mais rápida de viajar. ― Falou a minha mãe.

Antes que eu pudesse dizer algo, fui interrompida por meu pai.

― Você sempre diz isso, mas sabemos que não é Mebuki.

― Pare com isso Kizashi, não é sua primeira vez em uma carruagem real, até a Sakura está enfrentando isso melhor que você.

Eu e meu pai nos olhamos, e... ele estava roxo. Eu tinha certeza que estava igual a ele.

― Minha filha... você está se sentindo bem? ― Perguntou o meu pai, e nesse estante minha mãe e meus avós soltaram uma gargalhada.

― Quanto tempo vai durar essa viagem? ― Perguntei. 

― Sete horas querida - Respondeu minha avó com um olhar de pena. Arregalei os olhos assustada, e seu olhar passou a ter um brilho divertido.

Voltei a respirar e inspirar novamente.

-------------------------------------------------------------------------------

Depois de algumas horas de viagem, eu e meu pai estavamos muito mais calmos, e menos enjoados. Meus avós faziam questão de saber tudo sobre a minha infância e sobre meusua pais.

― E você Kizashi? Conseguiu aquele escritório de que nos contou? ― Perguntou meu avô.

― Não verdade ele passou por uma reforma que nãose mostrou tão boa, e devido ao problemas que encontraram no forro, ele precisou passar por outra reforma. ― Respondeu meu pai.

― Como o senhor sabe sobre o escritório Ichiro? ― Perguntei, pois essa situação no trabalho do meu pai vem acontecendo há meses.

― Você ainda não conversou com ela minha Mebuki? ― Meu avô perguntou de maneira séria.

― Não pai, não tive tempo. ― Respondeu minha mãe, e pude notar que ela não o olhou nos olhos.

De repente o clima ficou tenso.

Outro solavanco vez a carruagem balançar,  porém ninguém disse uma palavra.

― Então... ― Pensei em algo para quebrar aquele silêncio ― Não vi muitas carruagens durante a viagem. - Falei a primeira coisa que me veio à cabeça, que cai entre nós, não foi uma pergunta muito boa, se é que foi uma pergunta.

― Carruagens são apenas para a família real e nobres. ― Respondeu minha avó.

― Carruagem é realmente a maneira mais rápida de viajar? ― Perguntei, ao lembrar do que meu meu pai disse agora pouco.

― Não, podemos usar portais, porém seria um desrespeito com outra família real, se chegássemos através de um, principalmente se tratando de um evento tão importante como esse.

― E que evento seria esse? ― Perguntei.

― O casamento de um herdeiro ao trono. 


Notas Finais


Desculpem pela falta do travessão, assim que eu estiver em um PC, eu corrijo.
Vou postar um capítulo amanhã também.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...