História A Princesa e o Alien - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Alfa, Beta, Bts, Fuffly, Hoseok, Jihope, Jimin, Jungkook, Namjoon, Ômega, Personagens Originais, Rap Monster, Seokjin, Sugamon, Taehyung, Taejin, Tortura, Vjin, Yaoi, Yoongi
Exibições 360
Palavras 1.645
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


CAPÍTULO COM CONTEÚDO SEXUAL EXPLICITO!
SMUT / LEMON / SEXO / FODA
COMO CÊS QUEIRA CHAMAR
SÓ QUERIA AVISAR ISSO MESMO, FLW

boa leitura

Capítulo 13 - Chapter thirteen


Fanfic / Fanfiction A Princesa e o Alien - Capítulo 13 - Chapter thirteen

A Princesa e o Alien

Capítulo 13:

Chapter Thirteen

Autor Pov’s On

 

Namjoon sorriu mínimo, e se aproximou de Yoongi, levando suas mãos até o rosto pálido e pequeno do mesmo, puxando para perto do seu, e unindo ambos os lábios em um casto e simples selinho.

 

- Não entendi porque demorou tanto para se confessar. – O loiro sussurrou, com um sorriso com covinhas.

 

- Então você gosta de mim?! – Yoongi perguntou e afirmou, dando um sorriso gengival.

 

- Sim... Mas eu pensei que você gostasse de outra pessoa, já que nunca falava comigo. – Namjoon confessou baixo. – E depois que a gente passou a conversa, eu só tive mais medo ainda de ser rejeitado. Desculpe não ter falado logo, e ter deixado esse medo bobo de lado, Suga. – Murmurou, abraçando o outro.

 

Yoongi apenas deu um sorriso calmo e grande. Talvez a partir daquele momento sua vida daria certo dali para frente. Estava feliz, e esperava que isso só fosse o começo, porque de sofrimento ele já tinha muito...

 

다른 커플

 

 

Jimin puxava Hoseok em direção a algum quarto que fosse longe dos outros moradores da casa, para que ninguém se incomodasse e viesse interromper o momento íntimo de ambos. Abriu a porta, e empurrou o alfa para dentro do quarto, a fechando e trancando logo em seguida. Foi em direção ao banheiro com aquela caixa preta em mãos, com um sorriso grande nos lábios finos.

 

Hoseok se sentou na cama, suspirando, e imaginando o que Jimin estava aprontando. O ruivo era sempre cheio de ideias, e sempre queria realiza-las, com o tempo o alfa se acostumou com isso, e até gostou de algumas.

 

Jimin saiu do banheiro, parando em frente a Hoseok.

 

O ruivo possuía um pequeno e malicioso sorriso nos lábios rosados. Passou os dedos finos pelos fios ruivos, e os puxou levemente encarando Hoseok que prestava atenção em cada mínimo movimento que Jimin fazia. O menor trajava uma fantasia erótica de coelho, que contrastava bem com seu rosto inocente e angelical. As pequenas orelhinhas de coelho bem ajeitadas sobre os fios cor de fogo, as meias 7/8 brancas quase transparentes indo até o meio das coxas fartas. Usava uma calcinha branca fina, e na parte de cima uma blusa branca também fina e colada 

 

Jimin sorriu cafajeste ao se aproximar mais ainda de Hoseok, passando seus braços em torno do pescoço do moreno, e se sentando no colo do parceiro, aproximando sua boca do ouvido do outro.

 

- Hoje eu serei seu coelhinho, daddy. – Jimin sussurrou no ouvido de Hosoek, mordendo o lóbulo da orelha desse logo em seguida.

 

Hoseok estremeceu dos pés à cabeça, sentindo um leve aperto em seu membro. Levou suas mãos até as coxas fartas do menor, e as apertou, deixando o local avermelhado com a forma de seus cinco dedos. Levou sua boca até o pescoço de Jimin, lambendo o local vagarosamente. O ruivo gemeu ao sentir a língua quente de seu parceiro deslizar por sua pele sensível. Inclinou seu pescoço, deixando-o ainda mais exposto.

 

Hoseok sorriu mínimo com o ato do outro, levou suas mãos até a cintura do baixinho, onde começou a apertar, e foi com os lábios até o ombro começando a distribuir selares e mordidas. Retirou aquela camiseta branca, contemplando a visão do dorso nu de Jimin. Ao ver a pele alva sem qualquer marca, Hoseok quis enchê-la de marcas, e foi isso que fez, começando a distribuir mordidas pelo corpo do outro. Para ficar de mais fácil acesso, lançou o outro na cama, e ficou por cima do mesmo.

 

Levou seu rosto para mais perto do corpo de Jimin, e foi deixando beijos molhados, quando chegou até os mamilos, o lambeu, e em seguida chupou, fazendo Jimin gemer um pouco mais alto, rodou-o com sua língua e puxou de leve, ouvindo mais gemidos da parte de Jimin. Dirigiu uma de suas mãos livres para o outro mamilo de Jimin, apertando e puxando, fazendo o ruivo soltar ainda mais gemidos.

 

Parou de brincar com aquele ponto, indo para o abdômen liso e magro, deixando beijos molhados, fazendo assim uma pequena trilha até chegar a calcinha do mesmo. Esta estava transparente e molhada. Jimin tinha as bochechas coradas, e a boca entre aberta, estava em total expectativa esperando que Hoseok fizesse qualquer coisa. Seu membro latejante estava causando uma dor incomoda para si aguentar.

 

O moreno puxou a calcinha de Jimin de modo lento, ouvindo longos suspiros de alivio do mesmo. Sorriu ao terminar de tirar, vendo o outro encarar com um olhar pidão. Aquilo tinha o deixado extremamente fofo, mesmo que o momento fosse inconveniente. Porque Park Jimin com as bochechas extra mentes coradas, cabelos grudados na testa, lábios entre abertos e totalmente exposto era a visão mais que perfeita para Hoseok.

 

O mais velho suspirou, passando a mão pelas coxas do ruivo, ouvindo alguns muxoxos. Aproximou sua boca delas, e foi deixando mordidas, as vezes fortes, as vezes fracas. Segurou o membro do mesmo entre os dedos, e colocou na boca, ouvindo um gemido alto de Jimin, que automaticamente segurou os lençóis com uma força desnecessária. O ruivo sentiu seu corpo relaxar, os gemidos que antes estavam presos em sua garganta saiam livremente a cada movimento que Hoseok fazia consigo em sua boca. Em um movimento rápido, colocou sua mão sobre a cabeça de Hoseok, puxando levemente seus fios negros.

 

Em minutos, Jimin se derramou na boca de Hoseok, puxando os fios do parceiro com certa violência, enquanto deixava um gemido alto e rouco escapar de sua garganta. Após isso, tinha a respiração completamente ofegante, e as bochechas ainda mais coradas – Se possível. – Hoseok apenas sorriu breve, dando um tapa na coxa de Jimin, que gemeu mais uma vez.

 

Agora o ruivo estava totalmente exposto. Seu lubrificante natural estava começando a escorrer abundantemente. Hoseok ficou ainda mais excitado com isso, afinal, com isso acontecendo o cheiro doce de canela de Jimin ficava ainda mais forte, e o ômega ficava ainda mais entregue. O moreno sentiu sua calça apertar cada vez mais, chegando a ser tortura aguentar vendo Jimin daquele modo.

 

Tirou aquela camiseta que só servia para deixar seu corpo ainda mais quente. Tirou também a calça e a box negra, seu membro estava completamente duro e escorrendo pré-gozo. O moreno se posicionou na entrada de Jimin, que já estava completamente encharcada. O ômega tinha as pupilas dilatadas em excitação. O alfa apenas o adentrou, gemendo em sincronia com seu pequeno ômega. Começou com movimentos calmos, prestando bem atenção nas expressões faciais de Jimin, com aquelas brancas e fofinhas orelhinhas de coelho.

 

- Baby, você está parecendo um híbrido de coelho, extremamente fofo e fodivel. – Hoseok sussurrou rouco no ouvido de Jimin, que estremeceu, gemendo em resposta.

 

- Hmm, então me fode mais forte daddy. – Jimin pediu fechando os olhos.

 

Hoseok apenas sorriu ainda mais cafajeste, começando a estocar Jimin de maneira, forte, violenta e rápida. Ambos gemiam sem parar, enchendo o quarto com barulhos eróticos; a cama rangendo, os gemidos desenfreados e altos, o barulho dos corpos se chocando. Enfim, aquilo parecia um autêntico filme pornô.

 

O moreno levou uma de suas mãos até a orelha de coelhinho de Jimin, e a puxou levemente, ouvindo um muxoxo mesclado com gemido do ômega abaixo de si. E o que Hoseok fez foi rir, e continuar fodendo aquele ser extremamente fofo, que tinha os gemidos completamente excitantes.

 

O pequeno ômega estava duro novamente, quase chegando em seu limite. Gritava inúmeros palavrões, enquanto chamava o nome de Hoseok em completo êxtase. Se sentiu vir pela segunda vez a noite, molhando todo seu abdômen e de Hoseok. O moreno aumentou o ritmo das estocadas, também estava próximo de seu limite. Jimin virou levemente a cabeça, expondo seu pescoço novamente, e isso foi o que fez Hoseok ter seus olhos castanhos alterados para a cor vermelho-carmesim, as presas normais cresceram ficando parecidas com a de algum animal selvagem, e foi nisso que as levou até o pescoço de Jimin, as cravando ali, ouvindo o ômega dar um pequeno grito de dor e susto. Aos poucos sentiu o gosto metálico de sangue em seus lábios e nas suas presas.

 

Agora Jimin era seu ômega legitimo, nada poderia os separar. Ambos estariam ligados até o fim de suas vidas, como um só. Jimin resmungou algumas palavras reclamando sobre a dor que sentiu. O alfa ainda não poderia sair de dentro de Jimin, porque eles formaram o nó, o ato que ajuda o ômega engravidar mais rápido, e é ainda mais útil no cio, quando o ômega está fértil.

 

Após o nó se desfazer, Hoseok se retirou de dentro de Jimin, e se jogou ao lado do mesmo, puxando o ruivo para dormir abraçado consigo. Deixou um casto selar na testa desse, e puxou a coberta, os cobrindo.

 

- Te amo, meu coelhinho perfeito. – Hoseok sussurrou abraçando seu ômega de forma forte e apertada.

 

- Também te amo, daddy. – Jimin respondeu, retribuindo o abraçado, e se ajeitando ao lado de Hoseok.

 

E assim, ambos dormiram abraçados a noite toda.

 

다른 커플

 

JungKook estava sentando em sua cama, enquanto abraçava seus joelhos, enquanto olhava para a lua cheia no céu estrelado. Tudo que tinha acontecido até agora era só para estragar seus planos, felicidade e a sua vida. Primeiro, TaeHyung tinha se apaixonado por SeokJin, que nem ao menos gostava dele, agora, ele tinha perdido tanto a amizade como as chances de conquistar o acastanhado.

 

Sua vida estava dando indícios que ela só pioraria.

 

- Eu não queria ser o vilão... – JungKook sussurrou. – Mas você      quem foi que pediu isso, SeokJin. Agora eu serei o vilão, e não importa o que aconteça, eu irei tirar TaeHyung de você, assim como todos que você ama. – O beta sorriu de canto.

 

Talvez não fosse uma maneira certa, mas o faria. Ele faria SeokJin sentir tudo aquilo que está sentindo, mesmo que demore...


Notas Finais


Desculpa ;-;
Eu to me odiando por ter feito, mas tá
É essencial para a fanfic isso...
Mas bem, rolou uns negócio, meus pais quase se separaram, mas tão bem de novo, o que é tecnicamente uma merda, porque eles vivem brigando '-'
Meu pai maravilhoso (SARCASMO E IRONIA EM MOD 100%) vai tirar minha internet ¬¬
E EU QUEM VOU ME FODER. ODEIO ESSA CARALHA
ENTÃO, ESSE VAI SER O MOTIVO SE EU ATRASAR OS CAPÍTULOS, PORQUE EU TO SEM A PORRA DA INTERNET. TO PUTA? MAGINA!
TAMO COM 166 FAVORITOS PORRA! QUASE 200
AI MEU SENHOR AMADO QUE TÁ NO CÉU
E EU PENSANDO QUE IA FLOPAR
AMO VCS, SEU LINDOS
OBRIGADAAAAA
VCS SÃO NOTA 100.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000
E OS ZERO ACABA PQ O TECLADO BUGO... '-'
Era só isso mesmo...
Amo vocês
Bjss...
E comentem o que acharam!
Favoritem também #RumoAos200FAVS #FLW


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...