História A princesa e o plebeu (um conto NaruHina) - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Byakugan, Hinata, Hyuuga, Naruhina, Naruto
Exibições 359
Palavras 2.831
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Voltei!
Naruto vai ter que se mostrar muito Maduro ai!
Boa leitura.

Capítulo 28 - O primo Tanaka


Fanfic / Fanfiction A princesa e o plebeu (um conto NaruHina) - Capítulo 28 - O primo Tanaka

O casamento de Ino foi a cara dela, o salão estava todo enfeitado com flores, velas e fitas de cetim, as maiores frescuras e enfeites estavam presente, Ino obrigou as amigas a trabalharem duro para contribuir para o seu dia tão especial.

 No meio da cerimônia, Hinata Hyuuga sentiu uma pontada na barriga, por um momento se assustou, mas algo dentro dela lhe dizia que tudo estava bem quando sentiu outra. Não eram pontadas, eram chutes!

 - Oh. – murmurou Hinata afagando a barriga.

 - Que foi, Hina? – perguntou Naruto preocupado.

 - Me dá a sua mão, amor. – Hinata pegou a grande mão do namorado e colocou sobre o lado direito de sua barriga bem na hora de outro chute.

 Naruto arregalou os olhos e sorriu lindamente, Hinata pôde notar lágrimas nos olhos do amado.

 - Isso foi... ? – perguntou emocionado.

 - Foi. – respondeu Hinata.

 - Shhhi, vocês dois! – disse Sakura sentada ao lado de Hinata.

 - Sakura-chan, ele chutou! – disse Hinata emocionada!

 - Mentira! Me deixa sentir. – disse a rosada colocando a mão na barriga da amiga e sentindo um – Isso é maravilhoso!

 Kakashi Hatake pigarreou e os três notaram que Ino lhe lançava um olhar raivoso e ressentido, abaixaram nas cadeiras.

...

 Hinata avançou sobre Naruto e começou a beijá-lo, era maravilhoso ter alguns minutos sozinhos depois de tanto tempo, mas Naruto a afastou com delicadeza.

 - Não, amor. – disse se levantando da cama.

 Hinata suspirou frustrada.

 - Há semanas não me toca, Naruto-kun. – disse a morena envergonhada – Sei que não se sente mais atraído por mim.

 O Uzumaki corou se ajoelhando aos pés da namorada, segurou suas mãos.

 - Isso não é verdade. – disse – Eu desejo você todos os dias a todo momento, a questão é que essa barriga já está bem grande e eu não quero machucar o meu filho.

 - Está bem. – Hinata desviou o olhar, a barriga de cinco meses já começava a pesar mesmo.

 - E outra, hoje é o aniversário do Teme, Sakura vai nos matar se chegarmos na festa surpresa dele depois dele. – disse Naruto a puxando para um abraço.

 - Achei que Sasuke-kun não gostasse desse tipo de coisa. – disse Hinata pegando seu casaco.

 - E não gosta, mas você conhece a Sakura-chan. – disse Naruto - Vamos?

 Hinata já não tinha tantas opções de roupa, tivera que comprar novas pois as velhas não lhe serviam mais. Naquela noite optou por um vestido cor-de-rosa com gola branca e sapatos pretos confortáveis, Naruto jurava de pé junto que ela estava linda.

 Chegaram a casa dos Uchiha e encontraram todos os outros, se aproximaram de Neji e Tenten.

 - Você soube, Hinata-sama, o tio Hiashi fez as pazes com a tia Hana. – comentou Neji.

 - Jura? – a morena sorriu – Depois de tanto tempo enfim se resolveram?

 - Quem é Hana? – perguntou Tenten sem entender.

 - A irmã mais nova de Hyuuga Hiashi e Hizashi, uma mulher alegre e nossa tia preferida. – disse Hinata – Ela é casada com um comerciante do país dos pássaros e vinha pouco pra cá até que se desentendeu com o meu pai. Ela não concordava com o jeito que meu pai levava o clã... Por isso ela não veio ao meu casamento com Akon.

 - Sim. – disse Neji – Parece que se resolveram depois que ela ficou viúva há três meses. Ela virá para o meu noivado oficial e ficará até o casamento! O chato é que ela trará aquela mala sem alça com ela.

 - Não fale assim dele, Neji, ele tinha um gênio difícil, mas é nosso primo. – disse Hinata docemente.

 - Quem? – perguntou Naruto boiando na historia.

  - Tanaka Hiroshi. – disse Neji – Ele era péssimo quando éramos crianças, se sentia superior apenas por ter um pai rico, era insuportável. Ele nem se parece conosco, não tem nossos olhos.

 - Você sabe que que apenas os homens passam os olhos adiante, nii-san, é genético e ele possui o Byakugan. – disse Hinata defendendo o primo distante.

 - Você sempre o defendeu, Hinata-sama. – o moreno revirou os olhos.

 - Parece enciumado, Neji. – zombou Naruto bem-humorado.

 - Tambem devia estar, Naruto, afinal Hiroshi sempre gostou de Hinata-sama. – disparou o jovem Hyuuga.

 - Hein? – espantou-se Naruto – Isso é sério, Hina?

 - Éramos criança, amor, não sabíamos de nada. – disse Hinata amenizando.

 Naruto lançou a ela um olhar penetrante e desconfiado.

 - Atenção todos! Ele está vindo. – disse Sakura que já era perceptível estar grávida.

 As luzes se apagaram e todos ficaram em silêncio. Lentamente Sasuke Uchiha abriu a porta de casa e retirou a máscara de águia da ANBU, quando acendeu a luz tomou o maior susto da vida

 - Surpresa!!!

 Soltaram festins e estouraram balões, gritaram parabéns e desejaram felicidades. O Uchiha se fez ainda mais pálido, ele mesmo tinha esquecido de seu aniversário, fazia 20 anos naquela noite.

 - Sakura. – foi tudo o que disse.

 A esposa divinamente vestida de vermelho se aproximou envolvendo o pescoço do marido.

 - Feliz aniversário, azedinho – sussurrou.

 Todos riram do moreno quando ele corou.

...

 As cinco Kunoichis estavam na loja de tecido mais uma vez, escolhiam o tecido para o casamento de Tenten e Neji.

 - Eu acho que esse. – Sakura levantou um tecido branco e vinho.

 - Talvez azul. – disse Temari olhando um rolo da mesma cor.

 - Meninas. – disse Ino chamando atenção – Tenho uma coisa pra contar.

 - Fala de uma vez, Ino-san. – disse Tenten sem saco.

 - Sakura, Hinata e Temari não são mais as únicas grávidas em nosso grupo. – ela sorriu.

 - Não me diga... – Sakura andou até a amiga loira e lhe deu um abraços.

 Todas soltaram curtos gritinhos.

 - Sim! – confirmou a loira – Sai e eu descobrimos ontem! Tenho um mês...

 - Então foi antes do casamentos! – disse Temari sorrindo.

 - Haha, eu serei a única pura e casta desse grupo de perdidas. – disse Tenten ironizando.

 - AHAM! – disse Temari – Pelo que me lembro, quando aquela confusão toda de gravidez começou o Neji-kun também achou que podia ser pai.

 Tenten corou e riu maliciosamente.

 - Estou feliz por você, Ino-chan. – disse Hinata com doçura – Ao que parece, nossos filhos irão estudar juntos na academia!

 - Sim. – Ino já estava emocionada.

 Todas começaram a se perder em conversas triviais quando Naruto e Neji entraram na loja.

 - Precisamos ir, Hinata-sama, logo a tia Hana chega. – disse Neji – Ta pronta, amor?

 - Hai. – disse Tenten e Hinata juntas.

 - Meninas, não se esqueçam do jantar de amanhã! – disse Tenten pegando a mão de Neji.

- Hai! – disseram todas juntas.

  Sairam da loja e começaram a andar.

 - Mais alguma coisa que eu precise saber sobre esse Hiroshi? – pergunto Naruto em tom frio – Preciso me preocupar?

 - Não. – disse Hinata – Ele era um garoto como os outros de treze anos, coberto de espinhas, tinhas dentes tortos...

 - Isso sem falar que as penas eram mais longas que o corpo. – zuou Neji.

 - Isso bom. – Naruto relaxou.

...

 Estavam todos na sala apenas esperando a chegada da caçula entre os mais velhos. Hinata tinha muitas lembranças agradáveis da tia, ela sempre estava sorrindo e dizendo coisas engraçadas, falava sobre garotos com Hinata que não tinha a mãe por perto. Hinata sentia sua falta.

 - A senhora Hana... – anunciou Ayo.

 Hana Hyuuga era uma mulher linda, tinha longos cabelos castanhos até a cintura com pontas encaracoladas, os olhos perolados tinham um perfeito delineado natural que os realçavam, vestia um luxuoso kimono cinza e rosa que lhe caia muito bem.

 - Nii-san. – ela estendeu os brçaos para Hiashi que a acolheu em um abraço caloroso demais para seu gênio, até sorriu o que era muito raro.

 A mulher se virou para Neji e sorriu.

 - É você, Neji? O pequeno Neji? – perguntou apertando as bochechas do moreno – Como está grande! É um homem lindo!

 - Ohayou, tia Hana. – disse Neji esfregando as bochechas – Essa é Mitsashi Tenten, minha noiva.

 - Ah! – exclamou Hana – Que linda moça, escolheu muito bem, meu querido sobrinho. Sou Hana, como vai, querida?

 - Muito bem, senhora. – disse Tenten sem jeito.

 Hanabi se adiantou parando na frente da mulher Hyuuga.

 - Oi tia. – disse ela sorrindo.

 - Hanabi! – Hana a abraçou com força – Por Kami-sama, você tinha apenas sete anos quando a vi pela última vez! Já é uma moça.

 - E uma ótima Kunoichi também. – disse Hanabi.

 - Eu tenho certeza. – sorriu a mulher.

 Enfim ela se virou para Hinata que se colocou de pé. Cada gota de sangue do rosto de Hana desapareceu, era como se ela visse um fantasma. Tirando os olhos perolados, Hinata era Ayumi sua mãe todinha, mas logo os olhos de Hana desceram até a volumosa barriga da sobrinha.

 - Hiashi! – gritou – Não acha que se esqueceu de me contar algo?

 - Me desculpe. – disse Hiashi.

  - Oi tia Hana. – disse Hinata sorrindo.

 A mulher mais velha se aproximou de sua sobrinha preferia e tocou sua barriga, pelo tempo devia estar de cinco meses e meio no mínimo.

 - Minha querida, como está linda! – disse sorrindo – É uma cópia fiel de sua mãe e... Nossa. É do seu marido?

 - Eu não sou mais casada, tia, é uma longa história, mas meu casamento com o príncipe foi anulado. – disse Hinata sorrindo – Depois lhe darei os detalhes, mas ele não é o pai.

 - Eu sou. – Naruto se levantou – Como vai senhora? Sou o noivo de Hinata.

 - Mas que belo rapaz, Hinata! – exclamou Hana olhando o belo loiro de cima a baixo – Escolheu muito bem! Como é seu nome, meu jovem?

 - Uzumaki Naruto. – respondeu o loiro.

 - Uzumaki Naruto? Aquele Uzumaki Naruto? – perguntou – O herói da quarta guerra e salvador do mundo? Nossa! É uma prazer conhecê-lo, Naruto.

 - O prazer é todo meu. – Naruto sorriu.

 Um jovem passou pela porta. Tinha cabelos castanhos bem aparados e olhos azuis, alto e forte vestia roupas pretas com camisa branca, sorriu ao ver todos. Naruto não encontrou as espinhas os dentes tortos ou uma desigualdade em suas pernas.

 O homem cumprimentou todos e parou na frente de Hinata.

 - Kami-sama, Hiroshi! – exclamou Hinata soltando Naruto e abraçando o príncipe – Como você mudou.

 - Hinata-hime, é possível estar mais bela? – perguntou ele sorrindo, ele colocou as mãos na barriga da morena – Por Kami! Está grávida?

 - Não, Hiroshi, apenas engordei um pouco. – ironizou a Hyuuga rindo com desenvoltura.

 Algo se agitou no estomago de Naruto, Hinata não era tão a vontade nem com ele, ela sempre gaguejava ou sussurrava, mas não com Hiroshi, eles pareciam muito próximos e as mãos dele na barriga dela irritavam o loiro.

 - Hiro, esse é Uzumaki Naruto. – disse Hinata finalmente se lembrando do namorado – Meu noivo e pai do meu filho.

 - Como vai? – Naruto estendeu a mão.

 - Bem. – Hiroshi não foi muito acolhedor, apertou a mão de Naruto rapidamente sem tirar a outra da barriga de Hinata e voltou a ignorar o loiro – Nossa, isso foi um chute bem forte.

 - Ele gosta de você. – sorriu Hinata.

 - Vai ser ótimo em taijutsu. – brincou.

 Naruto Uzumaki cruzou os braços decidindo que não gostava daquele cara.

...

 No outro dia, Hinata se arrumava para o jantar de gala e contava tudo sobre Akira e Akon.

 - Mas que homem horrível! – disse Hana escovando os cabelos da sobrinha – Se eu tivesse aqui, daria um soco na cara dele antes de te deixar casar com ele. Hiashi é tão duro pra umas coisas e tão mole pra outras.

 - A culpa não foi do papai, tia. – disse Hinata – Eu quis proteger nosso clã.

 - Humpf! – desdenhou a mulher mais velha – Você acha que tem esa obrigação por causa da criação do Hiashi. Se sua mãe estivesse aqui...

 - Eu queria que ela estivesse. – sussurrou Hinata tristonha.

  - Sei que ela estaria eufórica com a ideia de ser avó. – disse Hana terminando com o cabelo da sobrinha – Sabe, eu me lembro da vez que você me contou sobre um garoto da sua turma na academia... Era ele? O Naruto?

 - Hai. – disse Hinata voltando a sorrir – Eu sempre o amei, desde criança e só depois de velho ele notou. Dei sorte dele também me amar.

 - Não querida, ele deu sorte de você amá-lo por tanto tempo. – disse ela – Hiashi me disse que ele é o mais forte candidato pra ser o próximo Hokage. A vida da mulher de um homem poderoso é difícil, ainda mais de um Kage, além dele cuida de você ele precisa cuidar de uma vila inteira. Está preparada pra isso, Hinata?

 - Por Naruto-kun faço tudo, tia. – sorriu Hinata.

 - Ah, como é bom estar apaixonada. – disse Hana nostálgica – Há quanto tempo não me sinto assim...

 - Não era apaixonada por seu marido? – Hinata se virou na penteadeira para olhar a tia.

 - Ken era um ótimo homem, um bom marido pra mim e um bom pai pro Hiroshi, mas eu nunca me apaixonei por ele nem ele por mim. – disse Hana parecendo satisfeita – Éramos cumplices, mas amantes não. Ele era bom... Fazia um sexo maravilhos!

 - Tia! – Hinata sorriu constrangida – Mas nunca se apaixonou.

 - Ah sim. – Hana começou a procurar algo entre as joias de Hinata – E eu entendo perfeitamente sua paixão por Naruto uma vez que fui apaixonada pelo pai dele.

 - Nany? – perguntou Hinata.

 - Na minha época de academia eu era perdidamente apaixonada por Namikaze Minato. – disse Hana sorrindo – Eu e todas as garotas da nossa classe. Ele era um gênio nato, não havia matéria que ele não fosse expert além de ser muito bonito, mas ele nunca ligou para garotas. Até que a Uzumaki chegou e roubou o coração dele.

 - Eu ia morrer sem saber disso. – disse Hinata incrédula – Alguém sabia?

 - Ninguém além de Mikoto. – disse ela.

 - Uchiha Mikoto? – Hinata não parava se surpreender.

 - Eu a conhecia antes dela ser uma Uchiha. – disse Hana – Éramos um trio, Mikoto, Ayumi e eu, éramos inseparáveis. Minha relação com Ayumi deu uma estremecida quando ela resolveu se apaixonar pelo meu irmão mais velho, pode não parecer, mas eu tinha muito ciúme dos meus irmãos mais velhos.

 Hinata sorriu ao imaginar as três mulheres, mas logo se entristeceu ao saber que Hana era a única viva daquele trio.

 - Sua mãe era a melhor pessoa do mundo, querida. – disse Hana percebendo a tristeza da sobrinha – Ela era tão doce e compreensiva que chegava a me irritar. Ela ia adorar passar por tudo isso com você.

 - Obrigada por me dizer isso, tia. – disse Hinata sorrindo.

 - Agora vamos, você está linda. – disse ela.

...

 Todos conversavam e riam pelo salão secundário dos Hyuuga, era uma festa agradável, todos se divertiam.

Naruto estava sentado junto com o casal Uchiha e sua namorada, conversavam sobre missões.

 - Boa noite. – disse Hiroshi ao se aproximar.

 - Ah, Hiro. – disse Hinata sorrindo – Esses são Uchiha Sasuke e Sakura. Gente, esse é Hiroshi.

 - Olá. – disse Sasuke apertando a mão do moreno.

 - Senhora Uchiha, está linda está noite. – soou respeitoso.

 - É muito gentil, Hiroshi-kun. – disse Sakura sorrindo.

 - Hina, quer dançar? – perguntou Hiroshi a prima.

 - Eu não sei se devo. – Hinata afagou a barriga.

 - Ora, vamos! – pediu com insistência – Está grávida e não doente, a música é lenta. Faz tempo que não dançamos.

 - Eu não sei, nii-san... – disse Hinata corando.

 - Você se importa, Naruto-san? – perguntou Hiro com sarcasmo.

 Sim, ele se importava, não queria que sua mulher dançasse com aquele cara, mas o olhar de Hinata o amoleceu.

 - Claro que não. – mentiu.

 - Está bem. – disse Hinata aceitando a mão do primo e indo dançar.

 Naruto pegou seu Martini e virou de uma só vez.

 - O que foi isso? – perguntou Sasuke olhando pro amigo.

 - Não gosto desse cara. – bufou Naruto.

 - Ele me pareceu tão gentil e encantador. – suspirou Sakura.

 - Nós já entendemos, Sakura. – disse Sasuke enciumado.

 - Eu vou tomar um ar. – Naruto deixou a mesa em direção ao lado de fora.

...

 Estava lá há muitos minutos, mas Hinata não fora procura-lo e isso só irritava mais Naruto. Imaginar que ela ainda estava dançando com aquele boçal o acendia em fúria.

 - Achei que fosse encontrá-lo aqui. – disse Neji se aproximando com duas taças nas mãos e entregou uma a Naruto – Vi Hinata-sama dançando com Hiroshi.

 - Eu não gostei desse cara, Neji, ele parece devorá-la com o olhar. – Naruto socou o balaústre.

 - Eu também nunca gostei dele. – disse Neji – Ainda bem que as negociações do casamento deles nunca saíram do papel...

 - Nany? Casamento? – perguntou Naruto sem entender.

 Então Neji soube que falou demais.

 - É, há muito tempo houve um plano de juntar a casa primaria com a terciária casando Hinata-sama com Hiroshi. – disse Neji – Mas não deu certo...

 Naruto nem terminou de ouvir, voltou ao salão e encontrou Hinata sorrindo com Ino ao canto.

 - Oi amor, onde estava? – perguntou Hinata assim que ele se aproximou e notou seu rosto vermelho – O que houve?

 - Porque não me disse que ia se casar com o Hiroshi? – perguntou Uzumaki Naruto.

 Hinata arfou.


Notas Finais


Inojin a caminho pessoas!
E esse primo ai hein?
Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...