História A princesa hibrida - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Criaturas Miticas, Elfo, Espada, Feitiçeira
Exibições 2
Palavras 1.699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi gente linda do meu core, passado mil anos astou de volta com um capitulo novo, espero que gostem ^_^

Capítulo 8 - Proteção


*Elaine on*

Seguimos o caminho que Trent nos indicou, estava quase noite e todos estávamos cansados

Elaine - aii estou com fome

Ryan - normalmente uma princesa seria mais educada não achas? - começou com as críticas desnecessárias

Elaine - à quase uma semana de viagem e ainda com essa conversa senhor Ryan?

Ethan - sabes o que se costuma dizer "velhos hábitos nunca mudam" - enquanto todos discutíamos Azrael como sempre continuava em silêncio, acho que nunca o vou entender

Azrael - acho melhor pararmos por aqui, está a escurecer e é perigoso - finalmente o senhor silêncio falou

Ryan - tsh vocês são uns fracos

Elaine - se queres morrer problema teu

Ryan - hunf só vou parar porque estou com fome - então paramos e acendemos uma figueira e senta-mo-nos em sua volta para nos aquecermos pois estava a ficar frio, de repente ouço um barulho estranho

Elaine - rapazes ouviram algum barulho?

Ryan - não porquê? a princesinha esta com medo é?

Elaine - não não estou com medo - então ouvi alguma coisa de novo

Ethan - desta vez sim ouvi alguma coisa

Azrael - sim eu também ouvi

Ryan - devem estar a ouvir coisas - então um lobo saiu dos arbustos a correr com um ar nada bom - olha um lobo

Elaine - LOBO?

Ethan - Elaine fica atrás de mim, eu protejo-te - ele pôs-se em minha frente de forma defensiva

Elaine - mas eu também quero lutar

Ryan - não, tu não podes lutar, tens que ficar a salvo até chegarmos a Aragon

Elaine - mas....

Ethan - mas nada tens de ficar a salvo - não disse mais nada, o lobo estava cada vez mais proximo

Ryan - vou assar-te e comer-te ao jantar - disse lançando uma bola de chamas - mas não o atingiu

Ethan - assim não vais longe - disse correndo até o animal com a sua espada em mãos tentando acerta-lo sem socesso

Ryan - ei onde está o Azrael? Porque é que ele não vem ajudar-nos?

Azrael - estou aqui mesmo - disse de sima do ramo de uma arvore com o seu arco e flecha apontado em direção ao lobo disparando a e acertando-lhe

Ethan - porque é que demoraste tanto para isso

Azrael - porque um certo alguém estava demasiado próximo do meu alvo

Ryan - bem isso não importa agora temos lobo para o jantar, podemos poupar mantimentos

Ethan - essa sim foi uma boa ideia - enquanto todos conversavam distanciei-me deles e sentei-me de baixo de uma árvore

Elaine - hunf eles estavam melhor sem mim assim não teriam ninguém para "proteger" tsh - sussurrei para mim mesma, Ethan começou a assar o lobo no lume, o Ryan começou à briga com ele a tentar convencê-lo a assar a carne com fogo magico por ser mais rapido - tsh que idiotas.....ainda nem perceberam que desapareci...

??? - eu percebi

Elaine - ai que susto Azrael, queres matar-me é?

Azrael - claro que não

Elaine - hum ok.....

Azrael - Elaine o que se passa? Sabes que podes falar comigo

Elaine - não é nada.....

Azrael - Elaine....

Elaine - eu também quero lutar, posso ser uma rapariga mas se sinto-me inútil apenas ver-vos sacrificarem-se por uma pessoa tão insignificante como eu

Azrael - isso não é verdade, tu não és inútil nem insignificante, mas nós temos de proteger-te, és uma princesa, e tens que guardar a tua energia para a batalha final, ai sim poderás finalmente lutar

Elaine - tu não entendes, não sabes o que é ser protegido toda a tua vida sem poderes fazer nada que te possa magoar, desde que nasci aue é assim, quando os meus pais disseram que iria partir numa viagem, pensei que finalmente podesse saber o que é estar em perigo, não como nas batalhas do reino mas como na vida selvagem, ser livre, mas isso nunca vai acontecer

Ethan - EEEI VOCÊS OS DOIS VENHAM COMER

Azrael - anda vamos - ele estendeu a mão pata me ajudar a levantar

Elaine - não estou com fome

Azrael - mas tens de comer, ou vais ficar sem forças

Elaine - vez o que estava a falar? É sempre assim, eu não quero ser protegida, deixem-me ser eu a proteger alguém uma vez na vida

Ryan - VANOS CIMER SEM VOCÊS

Elaine - QUERO LÁ SABER FAÇAM O QUE QUISEREM EU VOU DORMIR - fui até perto do fogo peguei o meu cobertor que estava numa mochila e deitei-me no chão perto do lume

Ethan - Elaine? O que se passa?

Elaine - deixem-me em paz - tapei a cabeça e adormeci, depois disso não sei o que aconteceu

*narrador on*

Após Elaine adormecer os rapazes perguntaram a Azrael porque ela estava assim e ele explicou-lhes tudo

Ethan - mas ela tem de perceber que não pode gastar a sua energia antes de chegar ao nosso destino - Ryan aproximou-se da rapariga que dormia naquele momento

Ryan - não podemos fazer nada quanto a isso, desculpa Elaine, eu queria pode ajudar-te, mas preocupo-me de mais contigo.....nem sabes o quanto - sussurrou, acabaram de comer e foram dormir também.

*narrador offlaime on*

Seguimos o caminho que Trent nos indicou, estava quase noite e todos estávamos cansados

Elaine - aii estou com fome

Ryan - normalmente uma princesa seria mais educada não achas? - começou com as críticas desnecessárias

Elaine - à quase uma semana de viagem e ainda com essa conversa senhor Ryan?

Ethan - sabes o que se costuma dizer "velhos hábitos nunca mudam" - enquanto todos discutíamos Azrael como sempre continuava em silêncio, acho que nunca o vou entender

Azrael - acho melhor pararmos por aqui, está a escurecer e é perigoso - finalmente o senhor silêncio falou

Ryan - tsh vocês são uns fracos

Elaine - se queres morrer problema teu

Ryan - hunf só vou parar porque estou com fome - então paramos e acendemos uma figueira e senta-mo-nos em sua volta para nos aquecermos pois estava a ficar frio, de repente ouço um barulho estranho

Elaine - rapazes ouviram algum barulho?

Ryan - não porquê? a princesinha esta com medo é?

Elaine - não não estou com medo - então ouvi alguma coisa de novo

Ethan - desta vez sim ouvi alguma coisa

Azrael - sim eu também ouvi

Ryan - devem estar a ouvir coisas - então um lobo saiu dos arbustos a correr com um ar nada bom - olha um lobo

Elaine - LOBO?

Ethan - Elaine fica atrás de mim, eu protejo-te - ele pôs-se em minha frente de forma defensiva

Elaine - mas eu também quero lutar

Ryan - não, tu não podes lutar, tens que ficar a salvo até chegarmos a Aragon

Elaine - mas....

Ethan - mas nada tens de ficar a salvo - não disse mais nada, o lobo estava cada vez mais proximo

Ryan - vou assar-te e comer-te ao jantar - disse lançando uma bola de chamas - mas não o atingiu

Ethan - assim não vais longe - disse correndo até o animal com a sua espada em mãos tentando acerta-lo sem socesso

Ryan - ei onde está o Azrael? Porque é que ele não vem ajudar-nos?

Azrael - estou aqui mesmo - disse de sima do ramo de uma arvore com o seu arco e flecha apontado em direção ao lobo disparando a e acertando-lhe

Ethan - porque é que demoraste tanto para isso

Azrael - porque um certo alguém estava demasiado próximo do meu alvo

Ryan - bem isso não importa agora temos lobo para o jantar, podemos poupar mantimentos

Ethan - essa sim foi uma boa ideia - enquanto todos conversavam distanciei-me deles e sentei-me de baixo de uma árvore

Elaine - hunf eles estavam melhor sem mim assim não teriam ninguém para "proteger" tsh - sussurrei para mim mesma, Ethan começou a assar o lobo no lume, o Ryan começou à briga com ele a tentar convencê-lo a assar a carne com fogo magico por ser mais rapido - tsh que idiotas.....ainda nem perceberam que desapareci...

??? - eu percebi

Elaine - ai que susto Azrael, queres matar-me é?

Azrael - claro que não

Elaine - hum ok.....

Azrael - Elaine o que se passa? Sabes que podes falar comigo

Elaine - não é nada.....

Azrael - Elaine....

Elaine - eu também quero lutar, posso ser uma rapariga mas se sinto-me inútil apenas ver-vos sacrificarem-se por uma pessoa tão insignificante como eu

Azrael - isso não é verdade, tu não és inútil nem insignificante, mas nós temos de proteger-te, és uma princesa, e tens que guardar a tua energia para a batalha final, ai sim poderás finalmente lutar

Elaine - tu não entendes, não sabes o que é ser protegido toda a tua vida sem poderes fazer nada que te possa magoar, desde que nasci aue é assim, quando os meus pais disseram que iria partir numa viagem, pensei que finalmente podesse saber o que é estar em perigo, não como nas batalhas do reino mas como na vida selvagem, ser livre, mas isso nunca vai acontecer

Ethan - EEEI VOCÊS OS DOIS VENHAM COMER

Azrael - anda vamos - ele estendeu a mão pata me ajudar a levantar

Elaine - não estou com fome

Azrael - mas tens de comer, ou vais ficar sem forças

Elaine - vez o que estava a falar? É sempre assim, eu não quero ser protegida, deixem-me ser eu a proteger alguém uma vez na vida

Ryan - VANOS CIMER SEM VOCÊS

Elaine - QUERO LÁ SABER FAÇAM O QUE QUISEREM EU VOU DORMIR - fui até perto do fogo peguei o meu cobertor que estava numa mochila e deitei-me no chão perto do lume

Ethan - Elaine? O que se passa?

Elaine - deixem-me em paz - tapei a cabeça e adormeci, depois disso não sei o que aconteceu

*narrador on*

Após Elaine adormecer os rapazes perguntaram a Azrael porque ela estava assim e ele explicou-lhes tudo

Ethan - mas ela tem de perceber que não pode gastar a sua energia antes de chegar ao nosso destino - Ryan aproximou-se da rapariga que dormia naquele momento

Ryan - não podemos fazer nada quanto a isso, desculpa Elaine, eu queria pode ajudar-te, mas preocupo-me de mais contigo.....nem sabes o quanto - sussurrou, acabaram de comer e foram dormir também.

*narrador off*


Notas Finais


Bye bye gente kissus 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...