História A Princess Without A Crown - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~LehLarryShipper

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Amizade, Drama, Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Incesto, Magia, Morte, Novela, Originais, Romance, Vampiros
Exibições 10
Palavras 1.358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie ^^, sei que demorei muito, desculpa! Espero que gostem :)

Capítulo 11 - Simplesmente Deu No Que Deu.


Fanfic / Fanfiction A Princess Without A Crown - Capítulo 11 - Simplesmente Deu No Que Deu.


Na manhã seguinte...


- Mickaela acorda, vamos nos atrasar.
- Awn? O que aconteceu?- Digo tentando me levantar do chão.
- Eu não sei. Depois que eu fui embora não tive mais noticias de você, seu irmão que me deixou entrar.
- Se vocês conseguirem se arrumar em 20 minutos eu consigo levar vocês, vão se atrasar, claramente. - Diz Natsu me pegando pelos braços me levantando.
Dei uma de minhas respostas super "educadas" e pegue uma toalha qualquer que estava pendurada na cadeira e foi para o banheiro.
 - Acho que estou gostando dessa minha nova irmãzinha. Bem...te espero no carro, mamãe. - Diz a criatura sorrindo pegando sua mochila.
- Muito engraçado K-K-K.
- Mas não é?
- Quem te contou?
Natsu dá um pequeno sorriso meio estranho e seus olhos automaticamente mudam de cor.
-Deixa pra lá. - Diz saindo.
- Vamos embora logo porque eu já cansei de ouvir vocês falando. -Disse ao sair do banheiro.
- Nossa, quem é você? - Diz miley rindo.
- O pior pesadelo de qualquer um que entrar no meu caminho. -Sussuro em seu ouvido.
Olhei para o Natsu sorrindo, ameaçando morder o pescoço de Miley que estava abraçada a mim.
- Não inventa. - Diz ele congelando o tempo, deixando apenas nós dois.
Sim, infelismente ele tem esse poder. 
-Por que não, irmãozinho?- Faço voz fofa indo até ele.
- Quantas vezes eu já havia falado para não se desligar!? - Segura meu braço com violência.
- Awn... Deixa eu contar. 
Fiz como se estivesse contando com os dedos e começo a rir de repente. E acabei levando um tapa dele. 
- Para de ser imbecil, garota!
Sorri e soltei meu braço de suas mãos. Acabei dando um beijo nele... Juro que não era intenção.
- Não me toca.
- Okay, mas pelo jeito que você está, pela minha...pequena mudança, acho que vai ser difícil VOCÊ não me tocar. - Disse mordendo seu lábio com força.
Na Escola...
 

P.O.V Nicolas
A um mês eu perdi minha namorada, meu melhor amigo e a Mickaela. Parece que o universo está brincando comigo...
 Agora eu to sozinho. Minha banda me largou, meus pais me expulsaram de casa, estou indo de mal a pior na escola e tenho risco de perder meu guardião pra sempre...
Caralho, tá foda.
- Hey, Quem é aquela? - Perguntei a Rachel que estava sentada atrás de mim.
- Eu sei lá, criatura!
- Eu vou me sentar ali. - Diz a ruiva apontando para cadeira a minha frente.
- Tem certeza? - Miley pergunta
- Claro. - Responde sorrindo olhando pra mim logo depois.
- Okay, eu vou me sentar perto da Rosa.
A ruivinha veio em minha direção e se sentou na cadeira a minha frente. Porra, eu tava curioso de mais pra saber quem essa gata era.
- Oi novata! - Disse me aproximando da carteira dela. 
- Novata? - Ela diz se virando pra mim.
- Sim, nunca tinha te visto na escola.
- Awn! 
- Não vai me dizer seu nome?
- Prazer, Mickaela. Eu tinha pensado que você já sabia.
Peraí? Eu morri e nasci de novo ou  eu era cego a um mês atrás?
- Você tá..
- Diferente? É eu sei. - A ruiva disse se virando.
 Eu não sei se eu fico assustado ou impressionado com isso! 90% dessa mudança física é minha... já até to vendo a merda que vai dar.
 No Tempo Vago...
 

P.O.V Mickaela
Até que essa mudançinha está me fazendo bem.
- Agora, fique quieto, okay? Não quero ser obrigada a te matar. Você até que é legalzinho. - Disse me sentando na pia do banheiro e puxando o menino que estava comigo para mais perto.
- P-por favor, n-não me machuca.
- Você é bem desobediente, queridinho. Ou melhor... era. - Disse sorrindo e saindo daquele lugar.
- Oi, Micka! - Disse Kamille passando do meu lado.
- Até onde seu nível de falsidade vai em garota?
- ...
- O que foi, perdeu a fala?
- É o que.. eu não to te entendendo!
- Não se faça de idiota. Nós éramos melhores amigas e no momento em que eu mais precisei de uma companhia você me deu as costas.
- Ahh, aquilo, foi só uma pequena brincadeira, não estava falando sério.
- Você acha que isso é um tipo de brincadeira que se faz?
- Desculpa, não sabia que você iria me levar a sério.
- Você acha mesmo que eu vou te perdoar? Tá criando muita ilusão na sua cabeça. - Disse a pegando pelo pescoço.
- Larga ela, Mickaela.
-Haha me poupe né, Enzo.
- Já mandei largar.
- Me obriga!
- Deixa de ser infantil Mickaela, larga a garota logo.
- Com prazer!
Joguei Kamille no chão com um pouquinho de força a fazendo bater a cabeça... tadinha. :)
- Agora entendi...você desligou.
- É tão mais divertido, é uma vida sem preocupações.
- Só agora, quando você ligar...não vai ser mais a mesma coisa.
- Eu nunca faria uma idiotice dessa. Agora preciso ir, tenho 2 corpos pra esconder, licença.
Morri?

 

P.O.V Nicolas
- Nicolas vê se para um pouco, você está muito inquieto. 
- É claro que estou Rachel, claro que estou, minha melhor amiga está parecendo uma rockeira problemática.
-  1° Ela não é sua amiga e 2° Talvez ela só quisesse mudar o estilo dela.
- Claro que não, nem um pouco.
- HAHAHA  acredita no que quiser só não se desespere por nada.
- Rachel vem, temos que ir antes que o intervalo comece. - Grita Raquel.
- Tá eu já vou!
- Tchau, gatinha!
- Nos vemos amanhã Nick. - Diz ao beijar minha bochecha.
 

P.O.V Mickaela
Acordo amarrada em uma cadeira na sala do Enzo. Porque eu to aqui? Não acredito que aquele desgraçado fez isso.
- Aleluia que você acordou, já estava ficando sem paciência. - Diz agachado a minha frente.
-  Me tira daqui agora ou você vai se ver comigo!
- Você não pode fazer nada...sou seu guardião, tenho autoridade sobre você.
- O que você quer pra me tirar daqui?
- Vai continuar ai por quanto tempo eu quiser, gatinha!
- Ahhhhh. - Bufei
- Fica tranquila, não vou fazer nada com você! Só se quiser. - Se levanta ainda  a minha frente.
Penso e o olho sorrindo.
- O que você acha de... um acordo?
 

P.O.V Nicolas
Consegui inventar uma desculpa para não participar da aula de Ed. Física. Disse que estava com dores no corpo, sorte que acreditaram e me mandaram sentar na arquibancada, só que a cada segundo um professor vem me perguntar se eu to bem, e minha resposta sempre é: “ Acho que estou melhorando”. Não tem nada de bom pra fazer mas eu prefiro ficar aqui a fazer a aula desse professor chato pra caralho pra não dizer  outra coisa. Acho que estou à 1 hora escutando essa mesma música, essa musica me lembra alguém, e vocês já sabem quem é...
Um dos meus fones e puxado. Provavelmente não foi alguém que me conhece, por que essa é a coisa que eu mais odeio. Olhei para o lado com raiva nos olhos e vi Mickaela sorrindo. Fiquei mais tranquilo... bem, eu acho.
- Desculpa, eu não quis te incomodar. Eu também não gosto que tirem meus fones, mas eu só queria te avisar que se você quiser ir lá pra casa amanhã para fazer o trabalho...tá liberado. - Ela disse e colocou meus fones de volta.
Ela sorriu, me deu um beijo na bochecha e desce as escadas da arquibancada.
- Micka, que horas?
- Pode ser as sete e meia da noite, tá bom?
- De boa.
Ela sorriu novamente e foi embora.
- Por que a noite? - Sussurei.
 

P.O.V Mickaela
Talvez ele tenha estranhado o horário que escolhi. Pois bem, talvez pretenda não deixar o Nicolas voltar pra casa, e como vai estar de noite, eu posso causar uma grande tempestade e ele terá que ficar na minha casa. E também... acho que tenho planos para nós dois.
- Até mais, princesa.
De repente, tudo apagou....
Continua...
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...