História A Profecia da Filha do Dragão. - Capítulo 19


Escrita por: ~ e ~Mel_Zoldyck

Postado
Categorias Originais
Tags Axelique, Profecia Do Dragão, Shipps
Exibições 46
Palavras 2.578
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Hey minas!!!!!
Como vcs vão?!
Eu vou MT bem...
...
...
...
Gente semana passada vcs comentaram d+, amei saber o que vcs achavam da fic...
Por pedidos de minhas leitoras vou mandar um salve para:
Ana_gameh
Larya-chan
LanaDelReyMin
GabrielaSF
Gente se tem alguém cujo o nome não está aí, peço que comentem para que eu possa colocar.
Bom. Aproveitem o cap!!

Capítulo 19 - Cap. 19


Fanfic / Fanfiction A Profecia da Filha do Dragão. - Capítulo 19 - Cap. 19

               Angelique onde:

      Há mais ou menos um dia de viagem desde que saímos da aldeia, Axel me perguntou que dia era.

-Hum...Oitavo dia de Décimo. Porque?- vi que ele ficou agitado e se afastou. Ethan me olhou confuso e eu apenas de ombros indo até Axel.- Hey, o que houve?

-Você se importa se mudarmos a rota? Apenas por alguns dias, logo vamos voltar ao percurso normal só...

-Ei. Tudo bem.-o conforto.-Mas porque?

-É coisa de dragão... olha, vamos para uma montanha um pouco longe mas depois disso é questão de dias até a Montanha Flying Dragon.

-Tudo bem então.-digo e ele sorri deixando um beijo em minha testa logo se virando e indo conversar com Ethan.

       (...)

      "Hey, vamos parar por aqui?"- a voz de Axel me fez levantar os olhos do mapa que eu acompanhava.

-É por aqui?- ele apenas concordou balançando a cabeça e resmungou.- Tudo bem, ache um lugar para pousar.-pedi.

      Já haviam se passado cinco dias desde a partida da aldeia de Ethan, havíamos andado a pé durante um dia inteiro e nos últimos desde que mudamos nossa rota Axel insistiu em voar sem descanso. Olho para Ethan que dormia com a cabeça encostada em minhas bolsas.

-Ele tá dormindo...-murmuro e Axel grunhi algo.

           "Esse garoto só dorme."

-Você tá reclamando porque não dorme a uns três dias? Eu mandei você dormir não mandei?...Uh olha ali!- apontei para uma parte grande da floresta que sobrevoávamos que tinha uma sutil abertura coberta pela copa das árvores. Axel penetrou por entre a abertura que revelou uma área plana e vazia , o mesmo pousou no chão e nem tive tempo de pular de suas costas antes de seu corpo começar a brilhar e nós cairmos na grama, Ethan acordou com o impacto e logo se sentou com uma adaga sacada.

           Olhei para Axel e me apressei em sua direção ao ver que ele estava deitado no chão ofegante, ao me ajoelhar a seu lado vi seu rosto muito vermelho, me inclinei colando nossas testas e pude deduzir que estava com febre levando em conta sua temperatura alterada.

-Ethan pegue minha bolsa preta, a maior!- exclamei pegando a cabeça de Axel e a colocando sobre meu colo.

-Aqui.- abro a bolsa e pego dentro da mesma a coberta de lã que eu sempre levava, coloquei ela no chão e pus a cabeça de Axel em cima da mesma, me inclinei e olhei em seus olhos que tinham uma cor dourada opaca.

-O que você tá sentindo?-pergunto o vendo tossir.

-Minha cabeça...uh...e meu corpo...doem...-ele murmurou com a voz fraca.

-O que pode te ajudar...?-dou leves tapas em seu rosto quando o vejo fechar os olhos.

-Ethan...lembra o que...eu te disse...-ele disse para o loiro que concordou.

-Ethan.-minha voz saiu assustadora até para mim, os dois me olharam temerosos.-o que ele te disse?- o loiro olhou de mim para Axel que negava antes de falar.

-Uh... No topo daquela montanha tem uma flor azul chamada erva do dragão...-ele apontou para a montanha á alguns metros atrás de nós.- ele tem que tomar um chá dessa flor...

-Porque? O que ele tem?- questiono vendo Ethan dar de ombros.

-Sei lá, ele disse que é coisa de dragão.- me levantei pegando meu arco e uma aljava de flechas.-epa...onde você vai?- coloquei a bainha da espada na cintura e o olhei.

-Vou buscar a flor...-respondo e ele se levanta.

-Nada disso, ele não te contou porque sabia que você ia querer  buscar as ervas. Eu vou Angel e você...- olhei para ele sobre o ombro lhe oferecendo meu olhar mais assassino.

-Eu Vou, Você Fica.-sussurro com intensidade o vendo engolir em seco.

-T-tudo bem... mas e se ele...-me virei e deixei um beijo  na bochecha de Axel seguido de um tapa no rosto.

-Eu me viro com ele quando acordar. Agora coloque compressas no rosto dele e troque a cada dez minutos e por Black não o deixe sozinho.- digo antes de entrar na floresta.

      O ar frio do final do dia passeava pela floresta trazendo um leve cheiro de Margaridas, a montanha tinha um tamanho considerávelmente...elevado parei a frente do pé da montanha depois de alguns minutos atravessando a floresta.

       "Malditos dragões e suas asas..."- praguejo enquanto coloco o arco atravessado a meu peito e me preparava mentalmente para subir a montanha.

      Peguei apoio em uma concavidade da montanha e pus meu pé em outro buraco vendo que dava para subir sem muito perigo, comecei minha escalada(LENTAMENTE).

       Quando cheguei a uns 15 metros de escalada da montanha encontrei uma trilha consideravelmente estreita mais caminhável, fui subindo pela trilha de lado como um caranguejo (>.<). Depois de alguns minutos caminhando o último raio de sol brilhou no céu e logo a floresta caiu em um silêncio e  escuridão desconfortáveis. Me agacho no chão procurando um galho ou algo do tipo...mas não achei nada, suspiro passando as mãos pelo cabelo sentindo os fios se enrolarem em algo. Os puxo vendo eles puxarem uma das flechas da aljava, sorrio desenroscando a flecha e admirando seus desenhos tribais e sua extensão de madeira...

                "Madeira?"

     Analiso a flecha com mais atenção vendo que ela realmente é de madeira.

-Fagasy...-sussurro vendo minha mão se acender e o fogo azul consumir a flecha... mas sem a queimar, a mesma emitia uma luz forte e um cheiro confortador. Sorrio e volto a andar usando a flecha como ponto de iluminação para subir a montanha que parecia ficar cada vez mais distante... até que parei ao ouvir algo suspeito...

        "...Vozes? No meio da montanha?"-apaguei a flecha e recomencei a andar com mais cautela.

       Havia uma caverna há poucos metros de mim, me aproximei vendo uma fogueira no meio de algumas pessoas cercadas por crianças.

-Hey Logan! Onde está Sam?- um moreno perguntou.

-Hum...-o tal Logan bebeu um grande gole de sua caneca antes de responder.-ele foi caçar, daqui a pouco chega...-fiquei alerta.

          "Há outro aqui fora? Tenho que sair daqui..."- dei um passo para trás, seguido de outro mas ao me virar  travei ao ver um par de olhos azuis me fitando com curiosidade. Nos encaramos em silêncio, eu podia ver o brilho de sua adaga no cinto e em sua mão ele levava três lebres negras,... então ouvimos passos.

-Hey Sam...o que?- a voz de Logan quebra o silêncio alarmado, por reflexo saco o arco a aponto a flecha para o tal Sam.

-Epa...calma gatinha...-ele levantou as mãos em sinal de rendimento- Logan fica aí...-ele disse mas eu notei quando o ar pareceu ser cortado e no momento em que eu desviei um machado se alojou na parede rochosa ao meu lado.

       Desviei de outra investida de Logan abaixando o arco e desviando novamente, sinto quando Sam se aproxima ao mesmo tempo que Logan mas só consigo parar o ataque de um, o que resulta em uma pancada em minha nuca que me deixa tonta e desorientada, me fazendo tombar para o abismo da montanha mas uma mão forte segura minha cintura me puxando.

-Quem é ela?-Longan pergunta, sou levantada e jogada sobre o ombro de alguém.

-Não sei...-sinto a temperatura mudar quando começam a andar.-...mas gostei da cor do cabelo.-sinto meus dedos formigarem mas espero mais um pouco.

-Uh! Sam essa é a caçada?- ouço passos se aproximando depois uma mão tocou em meu cabelo descendo até meu rosto...

       "Espera...espera...Agora!"- quando sua mão chegou a minha bochecha virei o rosto conseguindo prender seus dedos com os dentes, mordi com força sentindo o gosto metálico de seu sangue em minha boca seguido por seu grito que soou pela caverna.  Sam que me carregava ficou surpreso por eu estar acordada e esses segundos de surpresa lhe renderam uma joelhada no tórax que o fez me soltar no chão onde eu também um pouco tonta, saquei a espada vendo que Logan segurava meu arco.

-Você...cof, cof...é bem fortinha Né?- um garoto de olhos azuis perguntou, quando eu vi sua mão sobre o peito não pude evitar a surpresa.

             "Esse é o Sam?"

       Tinha cabelos ruivos alaranjados que desciam pelas orelhas em lindos cachos, seus olhos tinham um brilho brincalhão e ao mesmo tempo perigoso com um pingo de malícia. Logan dá um passo a frente e eu aponto desordenada a espada para ele...

    "Como a espada pode fazer parte de mim, se eu nem consigo usá-la?"-me repreendo.-"Vou depender de feitiços pra sair daqui..."-automaticamente me vem a memória o último treino que tive com Axel...

        *Lembrança on:

-Angel quero que feche os olhos e se concentre...-Axel estava a minha frente vestindo apenas uma bermuda de couro e botas, fechei os olho um pouco relutante.-você é muito teimosa...- sua respiração em meu ouvido me arrepiou, abro os olhos e me afasto.

-Praga, como você chegou aqui?- exclamo sabendo que eu estava vermelha mas decidi ignorar esse fato, o moreno olhou das próprias pernas para mim antes de responder.

-Tenho pernas, usamos elas para andar, eu vim andando até você.-reviro os olhos o ouvindo rir.-Vamos feche os olhos, e se concentre...-obedeci respirando fundo, sentindo todo meu corpo relaxar...-Quero que busque em sua mente um lugar onde você possa descansar sem ser interrompida...

        A voz de Axel aos poucos foi se tornando suave como o vento e logo eu deixei de ouvi-lá. Abri os olhos não evitando a surpresa, eu estava em um santuário a margem de um lindo lago, eu vestia uma túnica branca e vermelha e sentia a grama molhada em meus pés.

-...Mas então algo acontece...- a voz de Axel penetrou em meus ouvidos, ao mesmo tempo em que grandes e nebulosas nuvens surgiram no céu.-sua paz é ameaçada...Abra os olhos Angel.- abro os olhos vendo uma criatura feita de terra e lama segurando estacas de madeira.-O que você vê Angel? Você está em perigo como vai se salvar?- a criatura vem na minha direção com a estaca levantada. Minha mente formula vários golpes para que eu possa escapar mas no meio de todos aqueles golpes vejo um que me manda se abaixar no chão o tocando e recitar a palavra que se destacava em minha cabeça...

        *Lembrança off:

Suspiro colocando a espada de volta na bainha e olhando para Sam que junto com Logan me rodeava esperando algum ataque, me limitei a sorrir quando os vejo se preparar para atacar. Ajoelho no chão me lembrando do feitiço, no instante em que eles correm em minha direção toco o chão e com os olhos azuis recito o feitiço:

-Proterrer...-sussurro vendo ter o efeito que eu esperava.

       No momento em que eles chegariam em mim, uma grande esfera de fogo me cercou criando uma barreira entre eu e eles. Os dois bateram na barreira caindo no chão em seguida com o impacto, vi os dois se levantarem e me olharem antes de avançar novamente, mas uma senhora de cabelos brancos com poucos fios negros os impediu me olhando com receio e curiosidade.

-Você é a criança da profecia...?-sua voz antiga e arrastada, hesitei um pouco antes de abaixar a esfera e me levantar espalmando as mãos na calça para tirar a terra.

-É o que dizem...-respondo limpando as mãos, a mulher me olha de cima a baixo antes de se virar e sussurrar um "venha".
       Me virei e fui até Logan pegando meu arco e depois fui atrás da senhora vendo-a sentada em um tronco velho cercada de crianças que observavam meu cabelo com diversão, me sentei a sua frente.

-Meu nome é Lyra, sou a Anciã dessa tribo de Guerreiros...-ela disse olhando para os homens atrás de mim.-Qual seu nome...?

-Lyra eu não aceito que você converse com essa estranha.-disse Logan se ajoelhando a frente da senhora.-...hoje em dia muitos sabem fazer magia... não acredito que ela  seja a criança esperada há 19 anos e a não ser que ela saiba as palavras não permitirei que ela fique aqui.- ele disse me fazendo revirar os olhos, vejo um menino que estava em volta de Lyra me olhar com um sorriso tímido abro os braços para ele  que vem até mim com passos lentos e cautelosos até parar a minha frente, sorri para ele e o puxei para meu colo em seguida fiz cócegas em sua barriguinha ouvindo sua risada.

-Pala, hahaha...-parei um pouco para que ele pudesse respirar e olhei em seus olhos vendo um brilho azulado familiar e curtos cabelos ruivos...

-Você é irmão do Sam?- ele concordou sorrindo.-Você é muito mais bonito.- sussurro para ele que ri alto e me abraça pelo pescoço.

-Eu sei, tudu mundu dizi isso.-rio baixo e beijo sua bochecha.

-Lyra. Ela está apenas enrolando, deve ser uma impostora e...

-Amor, Negro, Guerra, Espada e Liberdade.-digo já irritada por eles suspeitarem de mim e posso ver seus olhares de surpresa e descrença enquanto Lyra e o pequenino sorriam para mim.

-Quau seu nomi?- o pequeno perguntou.

-É Angelique Black, mas você pode me chamar de...

-ANGI!!- ele exclamou sorrindo, não posso evitar não sorrir. Fazia tempo que alguém não me chamava de Angi, ou Gelique... beijo sua bochecha.

-Você pode me chamar do que quiser... e você qual seu nome?-ele inflou as bochechas.

-Meu nomi é Joshua.-sorrio.

-Hum...onde está seu dragão?- pergunta Sam e nessa hora eu me lembro o porque de eu estar ali.

-MEU BLACK!!- exclamo olhando para anciã.-Lyra eu preciso de uma erva...

-A erva do dragão?-concordo.-Ah...já estamos nessa época então?...-ela fala sozinha me confundindo.

-Época do que? O que está acontecendo com ele?- questiono.

-Calma pequena, Logan pegue a bolsa... mas voltando criança, nessa época do ano todos os dragões começam a se sentir sobrecarregados e isso eleva a temperatura de seus corpos...-Logan deu a ela uma bolsa pequena para a senhora que tirou 4 ervas de dentro da mesma e deu para mim.-... Mas peço que você corra criança porque poucos dragões sobrevivem a essa época.- arregalei os olhos e me levantei colocando o pequeno no chão e olhando para a mulher.

-Me desculpe Lyra mas eu tenho que ir.-digo vendo a mulher abrir uma bolsa que estava a seu lado e tirou de lá uma luva curta branca de tecido leve com renda também branca.

-Guardo isso para você há 70 anos...-ela diz me dando a luva com um sorriso e voz emocionada.-Agora corra, você ainda tem muito o que fazer nessa profecia.- me inclino e deixo um beijo em sua testa antes de começar a andar para a saída mas paro e volto deixando vários beijos pelo rosto de Joshua.

-Nos vemos por aí ruivinho.-sussurro antes de voltar a andar em direção a saída da montanha.

       O sol nascia a minha frente o que me fez lembrar que quando eu usava o segundo feitiço o tempo passava mais rápido, o que também me alertou me fazendo correr trilha abaixo. A descida da montanha pareceu mais longa enquanto eu tentava descer o mais rápido possível, e quando cheguei ao chão não me lembro de ter corrido mais do que eu estava correndo.

      Meus pulmões pareciam querer explodir em meu peito, e minhas pernas protestavam de esforço. Então quando cheguei no acampamento e vi as sombras de Ethan e Axel não pude evitar o sorriso, mas assim que Ethan olhou para mim triste e com pesar eu soube que havia algo errado.

-Angel...eu sinto muito...-foi tudo o que ele precisou dizer para que eu parasse ali mesmo e deixasse minhas lágrimas caírem.


Notas Finais


Eai?
Como ficou?
Espero que tenham gostado, me digam pfv!!!
Comentem amo qnd vcs comentam.
Bjos de dragão!!
Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...