História A profecia entre mundos - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 36
Palavras 671
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


LEIA AS NOTAS FINAIS <3

Capítulo 13 - Capítulo 13


Capítulo 13

 Estava no meio da noite, Anthony dormia tranquilo junto a Bastian. Mais cedo eles haviam empurrado as camas para que ficassem juntas, assim Anthony dormiria melhor, mas Bastian não estava conseguindo dormir.

 " Será que eu desaprendi a dormir?"- pensou Bastian. Porém, Bastian sabia exatamente o por quê de não está conseguindo dormir, ele estava pensando demais, em diversas coisas ao mesmo tempo.

 Bastian olhou Anthony dormir, ele estava próximo a si, no entanto, parecia que estava longe. Bastian se levantou da cama, sentindo uma pequena pontada no ombro.

 " Até lá isso já deve se curar. Não foi muito inteligente fazer com que ele atirasse em mim, mas foi necessário."- Bastian passou a mão de leve pelo ombro ferido e desnudo pelo manto, e então, foi em direção ao pergaminho que ele estava escrevendo mais cedo e o abriu.

 Os símbolos eram registros de um contra feitiço, com a ajuda de Órion Bastian era capaz de ver o progresso da fenda sem precisar estar lá, mas agora que só faltam algumas etapas, Bastian precisa fazê-las lá, pois uma vez que a fenda for aberta, quando ela se fechar não se abrirá novamente, no entanto, as últimas etapas serão as mais difíceis para Bastian, já que criou um laço com Anthony e não esperava se abrir tanto a ele, Anthony inclusive sabe suas fraquezas.

 Bastian foi para a entrada da gruta lendo os símbolos do pergaminho, listando na mente as etapas restantes.

- Órion.- chamou em voz baixa.

 A coruja veio de trás da gruta voando por cima de Bastian e pousando no seu braço direito.

- Não estou totalmente recuperado, para chegar lá terei de ir a pé.-disse Bastian.- Quanto tempo até a fenda?

- Dois dias.- disse Órion com sua voz melódica como sempre.

- Direi para Anthony que partiremos amanhã, vou dizer que quero mostrar-lhe algo.

- Mestre, você tem condições com seu ferimento?

- Sim, e se não se curar totalmente até a passagem, outros cuidarão disso.

- Está ciente do que pode acontecer a Anthony e as circunstâncias que ele estará?

- Estou, sei o que isso irá causar a ele, provavelmente vai me abominar.- Bastian riu.

 Órion ajeitou suas asas e ergueu o pescoço.

- Conheço o senhor, mestre. Nunca agiu deste modo antes.

- O que quer dizer?

- O senhor sabe muito bem.

 Bastian ouviu sons de passos e colocou o pergaminho na boca de Órion, mandando-a embora em seguida.

 Anthony só ouviu o bater de asas e a coruja sumindo dentro da floresta.

- Está acordado.-disse Bastian.

 Anthony coçou um pouco os olhos e bocejou.

- Eu notei que você não estava lá, então vim procurar. Não consegue dormir?

- Parece que esqueci como se faz isso, então resolvi vir aqui fora e ficar com Órion para não te acordar por acaso.

 Anthony riu.

- Thony, amanhã iremos a um lugar um pouco longe.

- Por que? Você está machucado.

- Eu tenho que ir, ou você prefere que lhe deixe aqui por dois dias?

 Anthony pensou.

- Se é assim, nós vamos, mas você não pode se esforçar muito. Então, vamos voltar para a cama, já que vai ser um lugar longe.

- Boa ideia.

 Os dois voltaram para dentro da gruta e Anthony esperou Bastian se deitar para então cobri-lo com cuidado.

- Para dormir você fecha os olhos e relaxa. É simples.- disse Anthony subindo em sua cama ao lado de Bastian.

- Tudo bem, então.

 Anthony observou Bastian por um tempo.

- Bastian, aconteceu alguma coisa para você estar assim?

- Assim como?

- Não sei, você está diferente.

- Não se preocupe, não é nada. É que eu lembrei do meu tutor.

- Sinto muito, eu fiz você se lembrar dele.

- Não, tudo bem, é passado.

 Anthony se aproximou de Bastian e se aconchegou na cama.

- Durma bem, boa noite.-disse Anthony pegando a mão de Bastian e a apertando.

- Boa noite.- disse Bastian, mas não retribuiu o aperto de mão de Anthony.


Notas Finais


Esse é o último por hoje, o capítulo 14 é o último que já está pronto, a partir do 15 irei fazer em tempo real, e provavelmente será um capítulo por dia, ou talvez não. Mas essa história não está nem no seu começo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...