História A Prostituta — Imagine Kim Namjoon - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Rap Monster
Tags Bangtan Boys, Bts, Festa, Hentai, Imagine, Imagine Bts, Namjoon, Sexo, Você
Visualizações 1.391
Palavras 1.195
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu queria agradecer a Liga das capistas por ter feito a capa da minha Fanfic. Muito obrigada suas lindas ❤_❤

Olá meus amores, tudo bem com vocês? Estava ansiosa de mais para começa essa Fanfic então vamos lá rsrs

MÚSICA DO TEMA DA FANFIC VAI SER = The Weeknd - Or Nah

Gente do céu, vocês tem que ouvir essa música traduzida, sério 😂

*Acho que é só isso mesmo que tenho a falar*

Boa leitura =

Capítulo 2 - Prazeres.


Fanfic / Fanfiction A Prostituta — Imagine Kim Namjoon - Capítulo 2 - Prazeres.

Para algumas pessoas fazer sexo pode ser em forma de amor, para outras só porque sente tesão, mas para mim é ter que fazer os desejos dos homens na cama. Eu não sei o que é sentir desejo na cama, não sei o quê expressar na hora que estou transando. 

Até hoje nem um homem conseguiu me satisfazer na cama, nem um homem conseguiu me proporcionar desejo quando estou transando. Mas para eles já é ao contrário, eles sempre gemem, gritam, chama por meu nome, só o quê consigo sentir nisso tudo são dores.

Alguns homens são carinhoso, tentam não me machucar, sempre perguntam se quero continuar e essas coisas que homens educados fazem. Agora outros já são violentos, deixam marcas por meu corpo, chegam até a me bater, isso me deixa com um pouco de medo. 

Antes de alguns deles me trazer para a cama, eles tem que assinar um termo aonde devem cumprir tudo o quê se encontra lá, resumindo, eles não podem me agredir, mas às vezes eles não fazem isso, e a empresa toma certas medidas com isso.

  Eu não queria ser uma prostituta, não queria isso para minha própria vida. Mas minha mãe me vendeu para a maior empresa de prostituição então fui obrigada a ser isso, hoje eu sou uma das melhores prostitutas dessa empresa.

Minha mãe me vendeu porque estávamos precisando de dinheiro e achou isso na casa de prostituição, ela aceitou a proposta deles e com dezesseis anos fui vendida, não a culpo por nada, não tenho nada contra ela, eu até que acho essa vida boa, lá eles não me deixam passa fome, estão sempre preocupados com meu corpo e essas coisas.

Eu e as meninas moramos no mesmo apartamento, não na mesma casa, só no mesmo apartamento. Quando assinei com os termos da empresa eles disseram que dariam todos os benefícios para suas garotas, cuidariam bem delas, e estão mesmo fazendo isso. Por isso acho essa vida boa, por mais que queira sair dessa casa de prostituição, não consigo. Se eu deixar essa empresa, eu não vou ter para onde ir, não terei mas nem um emprego.

Minha mãe também fala para nunca abandonar a empresa, diz que não posso deixar essa vida, às vezes eu acho ela doida. Certo dia ela disse que tinha orgulho do que faço. Mas eu sei que ela só fala isso porque realmente não quer que deixe a empresa, afinal quem trás todo dinheiro para casa sou eu. Metade do dinheiro que recebo vai para minha mãe e meus irmão conseguirem sobreviver.

Meu pai nós abandonou para viver com outra mulher, ele traia minha mãe, e quando ela ficou sabendo disso meu pai a deixou para morar com a outra vadia, ele quem trazia todo dinheiro para casa, mas quando saiu dela tudo acabou e a fome chegou. Por isso que hoje tenho raiva dele, por isso que nunca mais quer olhar na cara dele. 

— Você transa bem, mas porque não gemeu uma vez se quer? — Me perguntou.

— Porque até hoje procuro por alguém que me faça gemer na cama. — Levantei da cama e fui em direção da minhas roupas. 

Vesti minha lingerie, seguida por minhas roupas, calsei meus saltos e olhei para o homem que tinha acabo de transar. Ele ainda estava deitado naquela cama com sua respiração ofegante. Idiota. 

— Você já vai? — Perguntou quando acendeu seu cigarro.

— Preciso voltar para a empresa. — Coloquei os brincos.

— Acabamos de transar e você já quer ir para a cama com outro? 

— O dinheiro me chama meu amor, agora pode me levar? 

— Tudo bem. Irei vestir minhas roupas, enquanto isso me espere lá em baixo, não gosto que me olhem quando estou trocando de roupas.

Revirei os olhos e então segui para a porta saindo do quarto e de seu apartamento. Pedi o elevador e esperei um enquanto ele chegava. Fiquei-me pensando na fama que ganhava sempre que chegava em um apartamento novo acompanhada de um homem.

 Olha, ele trouxe uma prostituta com ele. 

Ela só serve para satisfazer os prazeres dos homens.

Como ele tem coragem de transar com uma qualquer.

Soltei algumas risadas enquanto lembrava do que as pessoas falavam quando me viam passando com um homem, mal sabem elas o que eu posso fazer com um homem na cama, talvez elas nem saibam mas eu já posso ter transado com o marido delas.

O elevador chegou, entrei nele e apertei para descer, mais algums minutos dentro daquilo e então ele chegou no solo. Sai do mesmo e fui para fora do apartamento. Esperei ele lá fora enquanto via várias pessoas passando pela rua. Quanda felicidade elas carregavam no rosto. 

Senti um beijo em meu pescoço e braços passando por minha cintura me puxando para trás. Empurrei ele para trás tirando de cima de mim. 

— Que isso gatinha, só estou sendo carinhoso.

— Vamos logo por favor.

— Está bem. — Pediu seu carro. 

O mesmo chegou, entrei pelo banco da frente enquanto ele dava partida no carro saindo dali. Fiquei o caminho toda calada, até porque não tinha nada para falar com ele, já transamos, já fiz tudo que ele queria na cama, então já acabou. 

Alguns minutos depois chegamos na empresa, abri a porta e quanto ia sair do carro o mesmo me chamou atenção.

— Quado vou poder transar com você de novo? 

— É so trazer o dinheiro que transamos de novo gatinho. — Pisquei para o mesmo e sai do carro. Ele deu partida no mesmo é saiu.

Olhei para trás e vi Amanda na porta da empresa me esperando com um sorriso no rosto. 

— É então, como foi? — Perguntou curiosa.

— A mesma coisa de sempre. Sem prazer.

— (S/N), você já está aqui a um ano e nunca se satisfez com alguém.

— Você já? 

— Algumas vezes a pessoa consegue me satisfazer.

— Sei.

— Lá dentro já está lotado de pessoas, vamos? 

— Temos que ir não é? Então vamos lá para mais uma noite normal na vida da (S/N).

Sorrimos uma para outra e então entramos para dentro da boate. Já se encontrava com bastante gente lá dentro, várias prostitutas estavam com os homens. Amanda foi para um lado e eu fui para o outro, a festa rolava tranquilamente.

Me sentei em um bar, é Então pedi uma vodka, enquanto via as prostitutas se comendo com os clientes. Parece que as coisas vão ser fracas hoje. 

A vodka chegou, peguei ela e tomei um pouco. Senti uma pessoa sentar ao meu lado, mas não liguei muito, talvez estivesse acompanhado já.

— Quero o mesmo que o dela. — O homem dizia para o garçom.

Não liguei para aquilo e continuei olhando para o nada, esperando alguém chegar para irmos logo com esse inferno.

— Olá. — Olhei para o lado e vi que era o homem que tinha pedido a mesma bebida que eu. 

— Olá.

— Me chamo Namjoon. Está sozinha? 

— Esperando alguém chegar.

— Então acabou de encontar seu cliente. Vamos? 

Sorri para o mesmo, peguei minha bebida e despechei na boca. 

— Você vai pagar minha bebida? — Olhei inocente.

Ele sorriu para mim e então pagou o garçom. O mesmo segurou minha mão e me puxou para saímos dali.


Notas Finais


Só vou dizer uma coisa "🌚"

Outra coisa, vocês sabem que eu amo ler é responder os comentários de vocês, então comentem ai 💕

Beijos é até o próximo capítulo 💞

Meu perfil: @StayGirl


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...