História Your angel - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Visualizações 11
Palavras 1.577
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - A Protetora - XIII


     -Então tá... Olá eu sou o rei, me chamem de Mark ! - ele fala cumprimentando os meninos com um aperto de mãos.

-Olá ! - eles falam

-Yangmi? - uma garota vertida de empregada se aproxima. Ela é coreaninha tipo k-idol magra, com pele bem clara

-Majestade ?! - se corva diante a Mark

-Leve os convidados para os seus devidos quartos

-Sim senhor.. - fala se corvando novamente -

Vamos senhores? - falou olhando para os meninos apontando a direção dos quartos. Os meninos foram na direção apontada e iria com eles porém Mark puxa meu braço

-Precisamos conversar! - Mark falou entre sussurros

-S/N vc vem? - Jungkook perguntou com aquela carinha de criança

-É.... - olho pra Mark e para Kook - Pode ir na frente!

-Tá bom.... - ele falou parecendo desanimado

-Bem gente eu também vou porque eu não quero FICAR DE VELA! - Bambam falou a última parte com entonação para que Kook ouvisse - Vamos Youngjae ! Vamos deixar o CASALZINHO em paz! - ele colocou o braço sobre o ombro de Youngjae

-Tem razão vamos deixar os dois "conversarem" em paz - falou passando do lado Jungkook e o mesmo olhou pra eles com ódio. -Tchauzinho ! Se eu fosse vc eu sairia também, vc não sabe oq esses dois fazem quando estão sozinhos - falou pra Jung e eles se retiram. Jungkook olhou pra mim

-Pode ir Kook! Eu te encontro em meia hora no seu quarto.

-Em meia hora dá pra fazer muita coisa - falou sussurrando, mas eu pude ouvir perfeitamente. Solto meu braço da mão de Mark e vou em direção dele, seguro seu rosto entre minhas mãos e beijo seus lábios de forma calma, depois de uns segundos paro o beijo

-Eu te amo! - ele fala colocando a mão sobre a minha em seu rosto e a outra em minha cintura me puxando pra mais perto do seu corpo

-Eu também te amo.... - dei-lhe um selinho rápido - Mas por favor Jung! Confie em mim! - falei acariciando sua bochecha

-Está bem.... - ele me beija novamente

-Cof* Cof* - Mark fingi tossir e nós paramos o beijo

-Tchau - ele se afasta de mim

-Tchau! Até mais tarde! -falo, ele sorrir e sai correndo pra alcançar os outros

-Bem S/N quanto tempo...

-É realmente muito tempo.

-Me siga ! - ele fala andando para um corredor enome e eu vou atrás.

Após passar alguns MINUTOS andando em silêncio pelo imenso castelo decido perguntar:

-Aonde estamos indo?

-Para um lugar mais reservado - ele fala e finalmente para em frente a uma porta abrindo-a, entrando no cómodo e dando passagem para q eu fizesse o mesmo. Entro no cómodo que parece ser o quarto dele, ouço barulho de uma fechadura sendo trancanda e olho para Mark

-Oq está fazendo ?

-Calma eu só quero conversar ! - ele fala de forma maliciosa e eu ando pra trás - Não tenha medo minha anjinha! - ando mais um pouco e sinto a cama atrás de mim, acabo tropeçando e caindo deitada na cama

-Ma-Mark? - perguntei quando ele se deitou sobre mim na cama

-Sabia que eu fiquei muito irritado quando vi vc beijando aquele moleque - ele me deu um beijo em meu pescoço, fiquei completamente sem reação. Ele é casado ! É uns dos meus melhores amigos há séculos ! Por que disso agora?


           Jungkook POV*

    Alcanço eles e a moça me aponta meu quarto, achei ela gentil e um pouco simpática.  Entro no meu quarto e dou uma olhada em volta é realmente grande, com a decoração clássica e antiga, parece que saiu direto de uma conto de fadas da Disney. (link do quarto na descrição).

Começo a explorar os móveis, todos parecem frágeis e delicados, como se um toque meio desastrado, podessem quebra-los apesar de estarem em um ótimo estado. Sento na cama, ela é macia e confortável, deito, me esparramado na mesma, começo a olhar para o teto, tentando não me preocupar tanto. Ouço vozes dentro da minha cabeça, isso me tira a concentração e me faz sentir algumas dores que vão se intensificando aos poucos, as vozes dizem meu nome acompanhado de sussurros, é uma voz masculina. Começo a me contorcer na cama, apertando minha cabeça entre as mão pedindo pra que as vozes parassem. Acabo caindo na cama, ainda me contorcendo, me levanto indo em direção a porta, acabo esbarrando em alguns móveis fazendo com que saissem do lugar e outros quebrassem, minha tentativa foi falha e tropeço nos meus proprios pés caindo. Fecho os olhos com força, e tudo qua há em minha volta começa a girar.

Abro novamente os olhos e estou em um lugar completamente preto, com apenas holofotes apontados pra mim. As vozes em minha cabeça finalmente desaparecem e as dores também. Não consigo enxergar mais nada

-Grande Jungkook! - uma voz ecoa por todo lugar

-Quem é você ? - ouço passos em minha direção

-Calma ! Não há motivos pra ter medo! - sinto vultos passarem perto de mim, me assusto, não consigo controlar os batimentos do meu coração - HAHAHA! - o desconhecido solta uma risada arrepiante e mais vultos passam por mim cada vez mais perto. Ouço agora uma voz feminina

-HAHAHA... -Ouço agora uma voz feminina o vulto vêm em minha direção - Olá.... Gracinha! - uma mulher surge na minha frente, dou uns passos pra trás. Ela é incrivelmente pálida, com olhos vermelho e boca vermelha com um filete de sangue no canto

-Nós não estamos aqui pra te machucar Jung - ela fala com calmaria limpando o sangue que escorria

    -Nós estamos aqui... - um outro vulto aparece do lado da garota, era um homem alto, loiro e pálido igualmente a mulher

   -Não se aproximem! - falei indo passos pra trás

    -Calma querido! - a garota se aproxima de mim numa velocidade absurda ficando ao meu lado, lambendo minha orelha, a empurro e me afasto mais dos dois. Eles apenas voltam a rir

       -Pequenino Jungkook! - Ele falou sorrindo e apoiando o braço sobre o ombro da garota - Tome cuidado com a S/N! - eles mudaram rapidamente suas expressões sorridentes por uma séria e indiferente.

    -Oque?

    -Sim! Ela, quando você menos esperar vai deixar que acabem com sua alma!- ela falou fazendo gestos com as mãos

    -Ata ! É claro que vocês estão mentindo ! Eu não vou cair nessa!

   -Haha.... - eles olharam um para o outro e riram novamente - Acha mesmo que ela arristaria a vida por voce? Você realmente acha que entre ficar, novamente, como a heroína da história ou salvar sua vida miserável, ela vai escolher salvar sua vida ? - ela falou andando em minha volta com uma áurea sombria. Não respondo nada e ele prossegui 

    -Se ela tiver que te matar para salva a vida de qualquer um dos amigos dela, ela não vai se quer hesitar em pirar sua vida! - falou ainda mais sério que antes. Ela não seria capaz de me matar... Ou seria?  A minha visão fica embasada e lágrimas escorrem pelo meu rosto. Os dois se aproximam de mim e mordem meu pescoço. Queria reagir mais foi todo muito rápido. Novamente todo a minha volta começa a girar. Quando abro novamente os olhos estou no quarto. Me levanto do chão meio tonto, toque meu pescoço pra ter certeza q isso aconteceu, sinto dois furinhos em cada lado do meu pescoço.


                  S/N POV*

        -Sabia que eu fiquei muito irritado quando vi vc beijando aquele moleque - ele me deu um beijo em meu pescoço, fiquei completamente sem reação. Ele é casado ! É uns dos meus melhores amigos há séculos ! Por que disso agora?

    Seja lá a razão da sua atitude eu o imporro pra longe com uma força um pouco exagerada e ele cai de bunda no chão. Me levanto rapidamente ajeitando minha roupa, olho pra ele com um olhar de reprovação e decepção, sem dizer uma única palavra me retiro do quarto, começo a andar, quase correr, entre os corredores. Eu sei que na situação atual, discutir seria inútil, além de precisar da aliança e do apoio dele por ser o rei, eu não quero perder ele com amigo. Do nada me vem na mente a imagem de Joker rindo malevolamente e uma forte dor no peito, agora sim! Eu estou correndo!

       Vejo a mesma garota de mais cedo conversando com os guardas, me aproximo deles

    -Olá... - falo um pouco tímida. Eles fazem uma expressão de sei lá... Tipo... Olha que incrível

    -Senhorita S/N ? - concordo com a cabeça - É uma honra! - eles se curvam diante a mim

   -Não precisa... É.... Você pode me dizer oncorredorormitório do Jungkook? É o que tem cabelo preto e estava com uma blusa branca...

    -Oque chegou depois?

    -Isso!

    -É o último quarto à esquerda do terceiro corredor da direita - repete pq eu buguei - Se quiser que eu te acompanhe...

   -Não será necessário! Obrigada ! - falei e fui indo em direção ao quarto.

   Terceiro à direita... Espero está certa... Vou correndo até o final do corredor, chego no quarto e encontro algumas coisas fora do lugar o Kook olhando fixamente pro chão, corro até ele e ficou na sua frente, porém ele não move um músculo. Balaço ele pelos braços para chamar sua atenção, ele finalmente olha pra mim mas com o olhar meio sombrio e frio. Oque está acontecendo?


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...