História A quarta filha de Michael Jackson - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Michael Jackson, Originais
Personagens Michael Jackson, Personagens Originais
Visualizações 153
Palavras 1.406
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Morfina na veia


Fanfic / Fanfiction A quarta filha de Michael Jackson - Capítulo 20 - Morfina na veia

No almoço de domingo a família parecia cansada.

Michael ficava olhando de canto de olho para Paris o tempo todo, a menina estava fingindo que não via, ficava quieta e engolia as caretas que o pai fazia quando ela pegava no celular, pois queria fazer um pedido a ele é para obter o sim precisava manter o pai calmo.

Paris sentia o celular vibrar no bolso o tempo todo, estava conversando com seu namorado.

Era o seu primeiro namorado e ela estava muito nervosa, na noite anterior tinha dado o seu primeiro beijo e eles estavam marcando de se encontrar novamente.

Mas como iria conseguir a raridade de sair  de casa sem o pai na cola e beijar o menino?.

Resolveu pedir ajuda a Prince que estava girando o seu cúmplice de tudo, mandou uma mensagem para o menino.

- Hey, preciso da sua ajuda Prince!.

Prince pegou o celular e olhou para o pai, Michael estava mexendo no seu IPAD distraído então nem viu oque os filhos estavam fazendo.

Prince olhou para irmã e digitou.

- Oque quer?.

Paris: Precuso sair de casa sem o papai!.

Prince: Oque vai fazer?.

Paris: Encontrar o Victor!.

Prince: Am...posso levar a Kendall?.

Paris: Am...pode,mas já tem uma ideia?.

Prince: Vamos falar pro papai que marcamos de ir ao cinema com uns amigos do Colégio!.

Paris: Tabom, mas afinal não estamos mentindo, a Kendall e o Victor estudam no nosso Colégio mesmo!.

Prince: Tem razão!.


Paris chamou Michael.

- Papai!.

Michael olhou para filha e perguntou:

- Sim?.

- Am... Eu e Prince pensamos em ir ao cinema com uns amigos da escola, podemos ir?.

- Acho melhor não!

 - Mas papai, porque?.

- Porque... um menino de 13 e outra que vai fazer 12 vão ao shopping ver filme sozinhos?.

- Não, uns amigos vão estar conosco! 

- Posso saber que amigos são esses?.

- Am...Kendall e Victor!.

- Ai, eu tenho quanto tempo para pensar?.

-  Até as cinco!.

- Está bem!.

Michael levantou e foi até o trailer dos seguranças, bateu na porta e disse.

- Posso entrar Bill?.

- Claro, Senhor Jackson!.

O homem entrou e disse.

- Bill, Javon, preciso da ajuda de vocês!.

Os dois seguranças olharam com interesse para o chefe, Michael cruzou os braços e disse.

-  Preciso que sigam Prince e Paris, os dois vão ao cinema no shopping, não quero que eles vejam vocês, entenderam?.

Os dois assentiram e Michael completou.

- E quero informações com detalhes, vou estar ligando para vocês o tempo todo!.

Os dois assentiram.

Michael entrou na casa novamente e disse.

- Pensei!.

Prince olhou para o pai e perguntou.

- Sabia que não ia deixar mesmo!.

- Podem ir!.

Prince e Paris levantaram e abraçaram Michael e foram correndo para cima.

Prince que estava na banheira ligou para Kendall.

Chamada.

Kendall: Alô?.

Prince: Oi, tudo bem?.

Kendall: Tudo, e ai seu pai deixou?.

Prince: deixou, e os seus pais?.

Kendall: Papai contestou mas mamãe deu um jeito, mas a Kylie vai junto ao namorado dela está bem?.

Prince: Sim, tudo certo, ontem nem nos falamos direito!.

Kendall: Verdade, mas hoje vamos nós ver bastante né?.

Prince: Sim, muito!.

Kendall: Oque vai vestir?.

Prince: Não sei, oque sugere?.

Kendall: Aquele blazer Preto que eu gosto!.

Prince: É, e você pode usar aquele vestido Preto que eu gosto!.

Kendall: Sei qual é, vou usá-lo!.

                         ...

Os dois irmãos desceram arrumados e cheirosos.

Michael estava na ponta da escada, entregou a cada um, um cartão de crédito e disse.

- Juízo, cuidado e não falem com estranhos!.

Os irmãos assentiram, deram um beijo no pai e entraram no carro.

                             ....

Blanket estava em seu quarto jogando online, Becky estava dormindo.

Michael andava de um lado para o outro  na sala com o celular na mão.

O celular tocou, Michael atendeu.

Michael: Alô?.

Bill: Olá, senhor Jackson!.

Michael: Olá Bill!.

Bill: Paris e Prince acabaram de se encontrar com a Kendall,Kylie e dois meninos, agora Paris beijou um deles!.

Michael: Na boca?.

Bill: Não,quem beijou na boca da Kendall foi Prince!.

Michael: Esse menino vai ouvir quando chegar em casa!.

Bill: Kylie beijou um menino e está de mãos dadas com ele, Paris está abraçada com Prince e...agora Paris está de mãos dadas com o menino e Prince de mãos dadas com Kendall!.

Michael: Quando eles chegarem em casa vão ouvir, e muito!.

Bill: Amm...estão na fila para do cinema, agora Paris está cumprimentando uma mulher e acho que é uma professora da escola, am uau, nossa!.

Michael: Que foi?, oque houve?, falaaaa!.

Bill: Que beijão!.

Michael: De quem?, quem beijou Bill?, É minha filha ou meu filho?, quem é?, oque houve?.

Bill: Peraí senhor Jackson, eu e Javon estamos tentando ouvir a conversa deles!.

Houve um momento de silêncio, o coração de Michael batia descompensadamente, o homem estava quase fazendo um buraco no chão de tanto e andava de um lado para o outro no mesmo local.

Michael perguntou.

- Bill, oque está acontecendo?.

Bill: Nada não, estávamos comprando as entradas, o senhor mesmo disse que éramos para ficarmos de olho nas crianças, e eu adoro Annabelle!.

Michael: Ridículo, mas é ai oque estão fazendo agora?.

Bill: Javom está comprando a pipoca encapuzado para a ninguém perceber que é ele!.

Michael: Mas oque Prince e Paris estão fazendo?.

Bill: Paris está com a mão no traseiro de Prince!.

Michael: Am?.

Bill: Agora Prince está com a mão no traseiro da irmã...agora mudou, Paris levou um tapa no traseiro de Victor!.

Michael: Oque?, eu vou matar esse garoto, eu vou...

Bill: Agora pegaram a pipoca e...outro beijo!.

Michael: Beijo de quem?.

Bill: Prince e Kendall e Paris e Victor e Kylie e o menino magrinho!.

Michael: Vou ter uma conversinha com o Bruce Jenner, uma conversa de homem para homem, pai para pai, e ainda vou conhecer o pai desse...Victor!.

Bill: Nossa, que cavalheiro!.

Michael: quem?.

Bill: O menino Victor viu que a menina Paris estava com frio e tirou a jaqueta e deu para menina!.

Michael: pelo menos isso!.

Bill: Bem...agora vou desligar, tenho um filme para assistir!.

Michael: Insolente!.

Bill: Senhor eu....

Pi pi pi pi pi.

Michael desligou na cara do segurança.



Quando o dia começou a escurecer Michael estava nervoso, foi até seu quarto e aplicou Morfina na veia, deitou na cama para tentar relaxar.

Não deu certo então começou a tocar piano em uma salinha de instrumentos musicais.

Ouviu o som de um violino, quando olhou para trás viu sua pequena Becky tocando.

Ficou todo bobo, olhou para filha e disse.

- Não, não, não, deixa o papai te ajudar, essa música é em tom G# e você está tocando em E#!.

Becky sentou a frente do pai, tocou em G# e Michael Ficou todo bobo.

- Isso filha, agora sim, como aprendeu?.

- Eu te via tocar e aprendi!.

- Você é minha garota!.

- Eu sou sua garota!.

Michael riu e abraçou a menina, colocou o violino num canto e colocou a filha no colo, é ficou tocando piano.

Michael estava no meio de uma música quando Becky tocou em uma tecla, Michael começou a tocar uma nova música que era metade de um trabalho que ele não tinha terminado, do nada ele gritou.

- É isso Becky!.

- Isso oque papai?.

- Obrigada, você me ahmjudou a terminar a  melodia, o próximo álbum já tem o primeiro Sing! 

- Que bom né, mas...você ainda nem terminou de lançar esse papai!.

- Mas o próximo já está programado!.

- Papai, o senhor está usando drogas?.

- Claro que não, eu não gosto dessas coisas!.

- Mas se entope de analgésicos e calmantes!.

- Filha...olha aqui pro papai!.

- Estou olhando!.

- O papai pode até ser meio diferente, mas... você acha que o papai é realmente " Wacko Jacko"?( Jack o louco).

- Não, você é diferente, eu sou diferente...todo mundo é diferente, é não é porque pensamos e agimos diferente um do outro quer dizer que somos loucos, minha professora de Filosofia que disse, se fosse louco não perguntaria se é louco, apenas seria louco, entende?.

- Sim!.

- Se ser louco quer dizer ser que nem você, eu quero ser louca também, eu te admiro papai, eu te amo!.

E lá estava Michael chorando mais uma vez, o astro abraçou bem forte a filha e disse.

- Blanket, sabe oque ele está fazendo?.

- Dormiu com a cara no teclado do computador! 

- Eu vou lá!.

Michael levantou e foi até o quarto do filho, pegou o menino e levou para cama, cobriu, desligou o computador e apagou a luz.

Desceu e assistiu um filme com Becky, a menina acabou dormindo no meio do filme.

Michael levou a menina pro quarto e olhou no relógio, eram 20:00 horas, Prince e Paris já deveriam estar em casa.

Quando pegou o celular para ligar para Bill ouviu o barulho de carro estacionando.

Michael estava furioso, ficou no meio da sala de braços cruzados esperando os filhos mais velhos entrarem.

Paris e Prince entraram sorrindo mas ao verem a cara do pai fecharam a cara, Michael apontou para o sofá indicando que era para os dois sentarem.

Prince e Paris engoliram em seco e sentaram, Michael sentou a frente dos filhos e...











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...