História A queda de Zeus - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Artemis, Atena, Frank Zhang, Hazel Levesque, Hefesto, Jápeto, Jason Grace, Leo Valdez, Nico di Angelo, Percy Jackson, Personagens Originais, Piper Mclean, Poseidon, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Thalia Grace, Tyson, Will Solace, Zeus
Tags Os Herois Do Olimpo, Percabeth
Visualizações 29
Palavras 2.023
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eai, Tudo bem com vocês? Me desculpem por não estar postando mais diariamente, agora vou postar semanalmente. Porque eu não tava dando conta de escrever tanto em um dia. Leiam até o fim esse cap ta surpreendente.

Capítulo 7 - Decidi oque fazer


POV-Annabeth

Nós estávamos indo tomar café depois do ”banho” mas antes de chegarmos lá me deparei com a minha mãe vindo até mim. Não tinha a mínima ideia do que ela faria quando chegasse

-filha você está bem –Atena disse extremamente feliz, mas parou de sorrir quando o viu minha cara de desgosto

 

Eu ainda estava irritada minha mãe ela teve uma quantia de culpa por eu ter sido banida ao Tártaro

-Não graças a você –respondi com frieza

-Sinto muito filha, sinto muito mesmo, não queria eu só estava irritada por você estar namorando um filho de Poseidon, embora agora eu veja que não posso culpar mais Percy pelo que o pai dele fez

-Ei. Eu não fiz nada de errado –gritou Poseidon do outro lado da sela, e Atena bufou

-Seja como for. Eu não vou mais interferir no relacionamento de vocês dois –disse Atena –Agora vão comer e depois discutiremos sobre seus próximos passos

Então fomos comer e enquanto estávamos comendo perguntei a Percy:

-O que exatamente aconteceu com minha mãe?

-Ela me perdoou quando eu enfrentei Zeus –Respondeu Percy

-Meus deuses esse mundo está ficando cada vez mais estranho

-Nem me fale

Terminamos de comer e Percy foi falar com Tyson ele deu aquele famoso abraço inicial que deixava qualquer um roxo. Fiquei bastante curiosa pois Tyson e deu mais um abraço em Percy dava pra ver que eles estavam bastante alegres mas logo Percy interrompeu e conversaram mais um pouco. Fui perguntar a Percy o que ele havia falado com Tyson e ele respondeu “nada demais”, claro que não acreditei, mas resolvi deixar pra lá por enquanto. Fomos ver qual seria o plano

-Já estão todos aqui –disse Atena –Então vamos começar

Ela falou para alguns dos deuses continuarem procurando aliados pois era isso que nos precisaríamos para derrotar Zeus, falou para Hefesto acelerar a produção de armas e que Apolo nos levasse ao acampamento para explicarmos o que exatamente estava acontecendo para os outros campistas. Fomos até o acampamento com dois hipocampos

-Já pensou em como vamos dizer a Quíron sobre tudo isso? –Percy perguntou preocupado –acha que ele vai nos apoiar?

-tenho certeza que sim cabeça de alga. –Vi que ele se acalmou um pouco

Chegamos a casa grande sem encontrar muitos outros semideuses no caminho, fomos até Quíron ele estava em sua cadeira de rodas não sabíamos porquê. E ele arregalou os olhos quando nos viu

-Como? –Quíron perguntou incrédulo –achei que tivessem morrido –ele disse vindo nos abraçar –vocês estão bem?

-Estamos bem –eu disse depois dele nos soltar –mas nós precisamos conversar sobre uma coisa importante

-já até estou imaginando o que está acontecendo, o Sr.D sumiu sem avisar a alguns dias e o céu está estranho. Zeus está irritado não é?

-sim –eu respondi explicando exatamente o que estava acontecendo e a reação de Quiron não foi muito boa

-Meus deuses vocês iniciaram uma guerra para tirar Zeus do poder –disse ele mais surpreso que zangado –isso foi extremamente arriscado e...-Percy interrompeu ele

-Desculpe Quiron mas isso tinha que ser feito Zeus está ficando loco com seu poder. Ele já tem direito a 3 votos no conselho e eu sei que ele deve sair do poder. Atena nos disse que ele estava planejando matar todos os 7 porque ele achava que nós seriam um perigo pro olimpo.

Quiron ficou pensativo por um tempo mas disse

-Você tem razão Zeus deve sair do poder. Mas como vocês já sabem ele está mais poderoso do que nunca. Isso vai ser extremamente difícil. Apenas digam o que está acontecendo para quem vocês confiam

-Sim. Obrigado Quiron –eu disse –vamos cabeça de alga

 Procuramos nossos amigos e todos estavam em um banco (Frank, Hazel, Leo, Piper, Jason, Nico e Calipso que havia sido resgatada de Ogigia por Leo) com cara desanimada, nos aproximamos e Percy disse:

-Hey galera porque estão todos tão desanimados até parece que dois amigos seus foram até as profundezas do Tártaro

Todos olharam pra nós abismados. Hazel foi a primeira a falar:

-Eu sabia que vocês não tinham morrido eu sentia isso –disse ela com um enorme sorriso e deu um pulo seguido de um abraço em Percy.

  Não senti ciúmes algum, eles sempre faziam essas coisas de ficar se jogando um no outro mas como Percy e Hazel disseram eles apenas são melhores amigos. Eu e Frank acreditamos pois era verdade nunca houve nada entre os dois. Depois de todas as perguntas e abraços explicamos o que estava acontecendo com os Deuses

-Vocês não podem ficar 1 minuto sozinhos e conseguem provocar uma guerra entre os deuses –Disse Jason irritado

-A próxima vez que sua namorada for banida ao Tártaro sem motivo, você pode falar –disse Percy

-Tá bom você ganhou- disse Jason com as mãos pra cima em sinal de rendição –eu faria a mesma coisa que você

-Serio Jason? –perguntou Piper

-Claro Pipes, eu te amo –Piper o puxou pela gola e deu um beijo nele

-Também não precisa dessa melação toda –Leo disse enquanto separava os dois

Depois disso conversamos um pouco mais com Quiron e ficamos de bobeira com nossos amigos e quando chegou a hora fomos cada um pro seu chalé já era duas da manhã e não conseguia dormir pensando que poderia ser fulminada por Zeus. Quando finalmente dormi tive um pesadelo com Tártaro e acordei suando frio. O engraçado é que não tive pesadelo algum noite passada, e já sabia porquê. O motivo era Percy.

POV-Percy

  Não estava conseguindo dormir pensava em como estava encrencado, eu estava morrendo de medo achava que em qualquer momento eu levaria um raio na cabeça, mesmo com Quiron ter nos dito que Zeus não poderia saber que eu ou Annie estávamos aqui, mas mesmo assim evitei chamar muita atenção. A lembrança de Annie ferida quando cheguei no Tártaro também não ajudava. Eu estava desconfortável na minha cama que dormi a tantos anos e nunca tive problema, ela era confortável, grande o suficiente pera duas pessoas dormirem sem dificuldade, meu travesseiro era ótimo mas faltava algo ou alguém. Até que... TOC TOC

Dei um pulo da cama, então levanto e vou ver quem está batendo a essa hora. Abro a porta e nada, saio um pouco pra fora pra ver se via alguém ou escutava alguma coisa. Mas não vi nada. Volto pra dentro tranco a porta quando vou ir pra minha cama e me deparo com uma Annie com olho inchado, ela deveria ter chorado antes de vir pra cá ela estava com seu boné dos yankees que a deixava invisível e um pijama manga curta e a parte de baixo que mostrava suas cochas. Não podia culpa-la estava um calor enorme ultimamente

-Annie, o que está fazendo aqui? –perguntei surpreso e confuso mas calmo

-Não estava conseguindo dormir então lembrei que ontem estava bem porque eu... eu estava com meu cabeça de alga do meu lado –ela explicou meio envergonhada, e isso foi extremamente fofo

-Sinceramente eu também não estava conseguindo dormir estava pensando em...

-Zeus –ela me interrompeu

-isso mesmo. Mas você veio mesmo fazer o que aqui? –perguntei não de maneira rude, mas confusa

-Meus deuses como que você consegue ser tão lerdo? –ela disse bufando –estou aqui sentada na sua cama com roupa de dormir o que acha que eu vim fazer aqui

-haaa –respondi entendendo –mas isso não é contra as regras do camp?

-Sim é explicitamente proibido, mas não me importo desde que eu esteja com meu cabeça de alga –ela disse, pegando minha mão para deitar com ela

-Quem é você? E o que fez com a minha sabidinha?

Ela me deu um beijo e nós fomos dormir de frente um pro outro. Acordei as 4:30 da manhã com Annie me olhando com seus olhos tempestade que me hipnotizavam. Ficamos apenas nos olhando, cinza no verde.

-Percy, preciso voltar pro meu chalé

-Fica mais um pouco, tá muito cedo –perguntei dando um selinho nela

-Eles acordam muito cedo lá, não posso arriscar –ela me explicou

-Por favor, você não dormiu quase nada e eu também, se você sair eu não vou conseguir dormir –disse fazendo a melhor carinha de cachorro abandonado que conseguia – e o que você acha que eles vão fazer se não te encontrarem la? Você sabe que eles não contariam pra Quiron

-Está bom, não resisto a essa carinha, mas 6:00 tenho que ter saído daqui, só Malcolm acorda esse horário e ele não falaria nada

Dormimos mas um pouco eu realmente me sentia bem dormindo com ela, eu me sentia seguro, calmo e mais leve como se o peso do mundo tenha saído das minhas costas no qual de certa forma realmente estava

Quando acordo novamente me deparo com Annabeth se secando no banheiro, será que ela não sabe fechar a porta? Não que eu não goste de ve-la assim, o se gosto, mas ainda não me acostumei. Já estava a um tempo olhando então virei pro lado antes que ela percebesse que eu tinha acordado. Tarde demais.

-já ti vi faz tempo cabeça de alga

Rapidamente corei

-porque não falou pra eu parar? –perguntei

-porque não me importo –disse ela com um sorrisinho –pode olhar

Virei pra voltar a olhar, mas foi mais desesperado do que eu queria e fiz ela ficar vermelha

-desculpe –disse também corado

-tudo bem. Mas também não fica muito animado, eu estou com pressa preciso voltar rápido ao meu chalé

-Meus deuses como que eu estou namorando essa garota? –sussurrei pra mim mesmo enquanto olhava pra ela daquele jeito, mais saiu mais alto do que eu esperava

-porque você é o melhor namorado que alguém poderia querer e qualquer uma teria sorte de ter você

-Exagerada –respondi debochando

-Tem razão, estou exagerando –ela disse irônica –qualquer um segura o céu por uma garota, ou se joga duas vezes no Tártaro por ela

-De qualquer forma você é inteligente, na verdade extremamente inteligente, corajosa, forte mentalmente e fisicamente e gostosa, me corrijo de novo extremamente gostosa

Então nós temos sorte de ter um ao outro. Certo? –ela disse e eu assenti

Fiquei conversando com ela sobre coisas banais e mal percebi quando já estava de roupa. Ela me deu um selinho quando estava saindo

-te amo sabidinha

-também te amo cabeça de alga –ela disse saindo –Até o café

Ela saiu e eu tentei voltar a dormir, mas não consegui, fiquei pensando em como alguém pode ser tão dependente de outra pessoa. Eu não queria ser apenas namorado dela, queria ser algo mais. Foi exatamente sobre isso que estava falando com Tyson no palácio do meu pai

Flashback- on

-Já volto Annie, vou conversar com Tyson –Disse dando um selinho nela

Estava chegando até Tyson e ele me deu aquele abraço que destrói as minhas costas:

-Calma ai grandão tá doendo –eu disse já roxo

-Desculpe, o que você veio me falar?

-Eu meio que queria que você fizesse duas alianças de casamento

-Pra quem? –perguntou Tyson. Realmente a lerdeza é por parte de pai

-para mim e Ann... –Não consegui terminar ele já estava me esmagando de novo mas logo interrompi

-Espera, não quero que ela saiba ainda, ainda estou pensando quando vou pedir

-tudo bem, não falo nada, mais elas já estão prontas

-como assim? –perguntei extremamente confuso

-Papai havia dito pra eu fazer quando você saiu na última missão pra resgatar ela do Tártaro

Dessa vez fui eu que dei um abraço nele

-Obrigado você é o melhor irmão da mundo

-Quer vê-las?

-Claro. Mas me mostre depois Annie já está nos olhando desconfiada

-Tudo bem

Depois ele me mostrou. Deuses eram lindas um tinha um desenho de uma coruja escrito “sabidinha” e a outra tinha um tridente escrito “cabeça de alga”, a minha tinha uma pérola cinza cor de tempestade e a de Annie tinha também uma pérola verde-mar. Tyson disse que era pra nós nunca se esquecermos dos olhos um do outro. Agora ele tinha se superado, aquilo foi a melhor coisa que ele tinha feito por mim. Pedi a ele pra me entregar.

Flashback-off

Estava decidido iria pedir ela em casamento hoje na noite na praia

 

 

 


Notas Finais


Buaaaaaaa (rizada maligna.. Pelo menos eu espero que seja) vão tem que esperar mais uma semana. Fiquem tranquilos já sei oque eu vou fazer no pedido de Percy. Até semana que vem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...