História À quem possa interessar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Confissões, Revelaçoes, Vida
Visualizações 4
Palavras 236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Introdução. A quem possa interessar, inclusive a mim mesmo, dedico essa narrativa, a qual retrata a complexa teia de sentimentos em mim, que ficava maior a cada dia.

Capítulo 1 - O Começo de Tudo e Mais um Pouco


A quem possa interessar, inclusive a mim mesmo, dedico essa narrativa, a qual retrata a complexa teia de sentimentos em mim, que ficava maior a cada dia. Tudo começou aproximadamente em meus 15 anos, especificamente em que momento não sei dizer. Praticamente tudo antes daqueles conflitos que se iniciavam era um borrão em minha memória, e de certa forma, inútil. Mal sabia eu que a teia ficaria cada vez mais complexa no decorrer da minha vida, mostrando sua natureza hostil e bela, características de um belo e complexo mosaico, feito por um artista incompreendido e desconhecido. Ela começava a tecer-se nesse momento, que como já disse, não sei encaixar na linha temporal, demonstrando pela primeira vez sua delicadeza tênue, pendendo ora para desespero, ora para a libertação, nunca alcançando um ou outro de fato. 
   No início, púbere, porém, ainda com resquícios de ingenuidade, tudo era muito novo e quase normal. Não medi as consequências do que começava a ser formar e, com um ato de bel prazer (meu primeiro), confirmei minha adolescência. Jovem e inconsequente, não me contive e nem me questionei, olhava descaradamente, mas com certa cautela, para outros garotos, um olhar malicioso, por conta do desejo impresso nele, e ao mesmo tempo puro, quase infantil. Pureza, que como disse, iria logo se corromper, quando me desse conta do que acontecia e viria acontecer comigo. Era esse o início de tudo e mais um pouco.


Notas Finais


Espero que tenham apreciado tanto quanto eu apreciei escrever, desabafar. Me ajudou a me sentir um pouco melhor contar um pouco da minha história e dos meus sentimentos. Desculpem por qualquer erro de grafia e qualquer dúvida ou sugestão basta comentar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...