História A rainbow after the storm - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Daddy, Daddy's Little, Sadomasoquismo
Exibições 10
Palavras 605
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


À pequenos pedidos

Capítulo 4 - Beijo forçado


*Alan narrando*

Cheguei em casa e vi Lorena vendo televisão. Entrei com varias sacolas de compra e ela me olhou, impressionada.

- O que é tudo isso? - Perguntou

- Pra você. Roupas, sapatos, maquiagens, perfumes...

- Wow, que daora! - Correu pra me abraçar e eu retribuí.

- Calma pequena - Riu de mim

- O que você tá fazendo por mim, jamais fizeram. Muito obrigada, mesmo! Obrigada por salvar minha vida, obrigada por me dar o básico e muito mais. Obrigada por ser meu anjo. - Me abraçou de novo.

Aquelas simples palavras derreteram meu coração. A abracei forte e lhe entreguei as sacolas.

- Espero que tenha acertado o tamanho. - Sorri

- Eu conheci um garoto legal hoje. - Falou

- Quem?!

Merda, eu estava aqui pra proteger ela, não deixar ela dar papo pra esses moleques.

- O nome dele é Matheus, mora naquela casa azul ali do lado. Ele é legal, e tem 17 anos também. Legal, né?

- Hm... É, legal. Fico feliz que faça amizades - Menti

*Lorena narrando*

Fui até o quarto, abrindo o guarda-roupas e guardando minhas lindas roupas novas. Vesti uma blusa verde, soltinha e curta e um short branco. Eu estava tão linda. Guardei as maquiagens, pois nunca gostei de usar. Calcei meu chinelinho novo e chamei Alan.

- Oi, pequena - Entrou

- Posso decorar o quarto como eu quiser?

- Claro, é seu agora! Quer de que cor?

- Roxo!

- Tudo bem, em 1 dia eu consigo arrumar tudo! Você vai amar.

- Eba! - O abracei - Agora, me ajuda a desembaraçar meu cabelo?

- Claro.

Ele pegou a escova nova, rosa, e com calma foi penteando meus fios rebeldes.

- Então, a minha princesa tá com fome?

- Sim! Sempre - ri

- Então eu vou fazer o almoço. Já comeu macarronada? - Perguntou

- Sim, quando eu morava com a minha mãe.

- Por que não mora mais com ela?

- Fugi. Faz dois anos. Depois te conto a história. - falei, triste

- Tudo bem... Mas ei, não fica triste, agora eu tô aqui com você. - Me deu um beijo na testa - Já terminei de arrumar o cabelo.

Me olhei no espelho. Agora sim, perfeito!

- Muito obrigada!

Ouvi a campainha tocar e Alan desceu, dizendo que já ia voltar. Concordei e continuei guardando minhas roupas.

*Alan narrando*

Abri a porta e vi um garoto novo, que sorriu pra mim e perguntou de Lorena.

- Você que é Matheus? - Perguntei

- Sim. Fico feliz que ela tenha falado de mim. Ela pode dar um passeio pelo condomínio comigo?

- LORENA!! - A chamei - VISITA!!

A menina desceu a escada e olhou pra porta.

- Oi, Matheus - Sorriu

- Ele te chamou pra passear, chega em casa daqui a 1 hora, okay?

- Tudo bem. - Ela me deu um beijo na bochecha e saiu.

**

Olhei no relógio, marcava 14:17h. Ela já era pra ter chegado. Desliguei o forno com o macarrão já quente e resolvi sair pra procurar Lorena.

*Lorena narrando*

Estávamos sentados no banco, perto das quadras. Matheus segurou minha nuca e me puxou pra perto de si.

- Ei, para! - Falei - Eu não quero te beijar, eu sou sua ami...

Ele me cortou, juntando nossos lábios. Tentei o afastar mas ele era mais forte.

- LORENA! - Ouvi a voz de Alan.

Matheus se afastou, rindo. Corri pra Alan, mas ele não me abraçou dessa vez.

- Ele me beijou, eu não queria, não fica triste comigo! - Pedi

- Vamos pra casa, Lorena.

Andamos em silencio até a casa. Entrei primeiro, chateada por Alan estar triste e ele entrou depois, com um olhar de raiva que eu nunca vou esquecer. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...