História A Razão Da Minha Loucura - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Abuso Sexual, Incesto, Maiores De 18anos, Pedófilia Incestual
Visualizações 161
Palavras 575
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


LEIAM por favor

Eu ia postar este capítulo bem à noitinha, porém, não consegui me conter e tive que postar.

Estou bem feliz por estarmos com quase 10k de visualizações.

O 1° capitulo da 2 PARTE vai ser postado dia onze ( sexta feira), pois faz dois meses que a história começou, e amanhã ( quinta feira) vou publicar a Sinopse da 2 Parte e fazer um Especial de Perguntas para vocês. Por isso, amanhã gostava que comentassem e respondessem às perguntas 😅.

Alguma pergunta que tenham ou se quiserem falar comigo (até para desabafar 😂 ) podem me mandar por mensagem privada ou pelo meu Twitter ( que criei faz hoje mesmo ) @BabyDakk, estarei sempre disponível.

Bom amores, esse é o final da primeira parte.

Capítulo 26 - FIM DA PARTE 1 - Ida


Luanna dormia calmamente, enquanto, eu olhava para o seu rosto angelical e lágrimas se iam formando nos meus olhos.

Tinha que ser, não podia abusar dela.

Quem diria que ela fazia 16anos hoje.

Calmamente, ela abriu os olhos e sorriu mesmo estando com a cara totalmente amassada.

-Parabéns novamente. - disse depois de me lembrar que a acordei à 00:00 para lhe dar os parabéns.

-Obrigada pai! - ela disse me abraçando.

Sem mais conseguir-me segurar, lágrimas desceram pelo meu rosto.

-Oras pai! Eu não ia ficar para sempre uma bebe.

-Sim, mas parece que foi ontem que te vi pela primeira vez.

Olhei para a cómoda onde ela tinha colocado os seus presentes: um tablet da Apple junto com um iPhone dourado.

Luanna sorriu e me abraçou envolvendo os seus braços em torno do meu pescoço.

⚜⚜

Os meus pais estavam felizes, finalmente eles iriam viver com a Luanna, enquanto, eu ia para o Canadá, supostamente, em trabalho.

Não queria dizer-lhes a verdade.

A noite caía lá fora e no sofá estava eu, a princesa e os meus pais.

-Luanna. - disse pegando nas mãos pequenas dela -Vais ficar com os avós agora.

-Como assim? - ela pergunta confusa.

-Chegou a hora de ires viver com eles.

-Achei que eu é que escolhia. - ela disse arregalando os olhos.

-Não, acho que a tua avó merece.

-Mas pai, eu não quero. Eu quero ficar contigo! - gritou largando as minhas mãos.

-Não podes. Eu vou trabalhar para o Canadá.

-Mas, eu quero ir! - ela gritava.

-Não posso fazer isso contigo.

-Mas, não me estas a obrigar , eu disse que quero! - lágrimas grossas rolavam pelo rosto angelical dela. Os seus olhos estavam a ficar vermelhos, me levantei e abracei-a .

-Não me toques! Estas a abandonar me, exatamente como ela fez.

-Não, filha ouve me ... Eu - ela me interrompeu.

-Não quero saber. Vai lá embora!

Ela gritava descontroladamente, enquanto, segurava os braços. As suas unhas iam perfurando a sua pele e marcas vermelhas iam aparecendo.

António, se levantou e agarrou furiosamente a neta.

-Afinal, és mesmo uma criança mimada, Luanna. Já chega! Quem vir pensa que nos te tratamos mal.

-Eu quero o meu pai, dá para entender? - ela gritava.

Eu não  conseguia mais olhar para a minha princesa devastada daquela forma, mal ela sabe que tudo isto é para o bem dela.

Saí da sala e a minha filha olhava para mim com ódio. Os seus olhos não eram mais de um azul meia-noite, estavam vermelhos de raiva. As suas bochechas estavam húmidas e os seus braços arranhados, quase a sangrar. Os olhos dela estavam sobre mim naquela noite depois de abandonar a sala.

Eu não podia simplesmente ficar com ela e ver que me estava a tornar um monstro, tocar lhe...abusar dela não era algo com que conseguiria lidar.

Tranquei a porta e comecei a preparar a minha mala. Ela mais tarde, poderia nunca mais querer olhar para a minha cara mas, eu sou pai dela .... Tenho que a proteger e, agora, protege la  significa afastar me.

Peguei numa folha e comecei a escrever para ela....

Princesa,

Agora ,tudo isto te pode parecer um ato de crueldade, mas quem sabe , pode ser  que um dia bastante mais tarde tu entendas porque fui embora.

Eu prometo-e que vou voltar, mas não sei quando. Tenho que ir mesmo.

Quero muito que um dia me perdoes.

Do teu pai,

Lucas

FIM DA PARTE 1

⚜⚜⚜

Me ajude

Eu me quebro em pedaços por dentro

Me ajude

Eu não tenho alma para vender

Me ajude

A única coisa que funciona comigo

Me ajude a ir para longe de mim mesmo



Notas Finais


E é assim que termina a 1 Parte de A Razão Da Minha Loucura (ARDML)

O que acharam da reação de Luanna? Exagerada? Brandinha?

Lucas terá feito a escolha certa, deixar a sua filha para trás?

Deixem as vossas lindas opiniões darlings!!



✏Eu tive uma ideia de uma história, por isso, publiquei o prólogo dela "À Caça Do Predador" narra uma história de um amor conturbado entre uma polícia e um gangster. Corram no meu perfil para ver a sinopse.

Beijoss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...