História A Real Love - Fanfic BTS (JungKook) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 93
Palavras 1.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um capítulo para os curiosos!
Espero que gostem! Eu estou adorando escrever essa FacFic!

Capítulo 4 - A Briga


Fanfic / Fanfiction A Real Love - Fanfic BTS (JungKook) - Capítulo 4 - A Briga

- JungKook On -

Eu e a Jullie estávamos passando por um beco, nós conversamos e Jullie me devolveu meu casaco, até que eu disse uma coisa que me arrependi.

- Jullie, você sabe o que vai acontecer depois disso né?

- C-Como assim? - Ela falou me olhando.

- Depois dessa noite, vamos esquecer tudo que aconteceu.. vamos esquecer o.. "nós"..

- P-Porque? - Ela disse quase se assustando.

Foi nessa hora, que eu falei a maior besteira da minha vida..

- Porque eu sou Jeon JungKook e você é uma garota normal..

- O quê? - Ela falou se afastando de mim.

- ... - Fiquei em silêncio depois de ter falado aquilo.

- Eu não acredito nisso... você disse que queria ser tratado como uma pessoa normal... e-eu... - Ela logo foi se afastando devagar.

- J-Jullie, você não entende, assim que os Papparazis e fotógrafos descobrirem o que aconteceu hoje, vão estragar tudo..

- Não precisa.. VOCÊ JÁ FEZ ISSO!  EM UM MOMENTO VOCÊ ME ACHA PERFEITA E EM OUTRO SENTE VERGONHA DE ESTAR COMIGO? - Falou ela se afastando aos poucos de mim.

- Julie... - Eu não sabia o que dizer, eu tinha feito a maior besteira de todas - Eu não quero que termine assim...

- Que tal assim? Agente esquece tudo o que aconteceu e finge nunca ter se conhecido, tá bom? - Ela me falou sobre lágrimas - Eu pensei que você era diferente.. - Ela falou e saiu correndo, eu gritei pelo seu nome e corri atrás dela, mas ela já tinha sumido, até que me deparo com o final do tal beco, eu olho pra baixo e coço a minha nuca, arrependido e confuso.

De repente aparecem dois homens muito mais altos que eu, vestidos com roupas pretas, e fizeram cara de raiva.

- Passa tudo, garoto!

- O-Oquê? - Eu falei e os Homens me encurralaram em um muro, eles começaram a gritar.

- DISSEMOS PASSA TUDO!

- E-Eu não tenho nada! - Falei pra eles.

Um dos homens logo reparou.

- Hum.. conheço ele, é o famosinho do grupo de cantores coreanos.

- Vamos dar uma surra nele? - Um falou ao outro.

- Mas é claro.. - Eles deram um sorriso malicioso.

Eu não tinha como fugir, pois os dois homens me cercavam no muro e eu estava preso, eles começaram a me dar socos no rosto, eu também os soquei, mas eles eram resistentes, eu estava com dor em todo o meu corpo, meu nariz estava sangrando, minha cabeça doendo, meu corpo dolorido.

Só avistei eles rirem da minha cara e saírem andando, depois disso, eu fiquei inconsciente.

- Jullie On -

Eu cheguei em casa chorando e corri para o meu quarto, eu estava péssima, minha irmã e minha mãe me perguntaram onde eu fiquei a tarde toda, mas eu não quis responder e subi para o meu quarto. Eu me joguei na cama e fiquei lá chorando por um tempo, depois enxuguei as lágrimas e fui tomar banho,  quando voltei pro meu quarto, arrumei meu material para a aula do dia seguinte e deitei na cama, fiquei pensando no JungKook.. como eu fui iludida.. eu fui uma idiota.. minha mãe e minha irmã fizeram várias perguntas do que tinha acontecido, eu apenas inventei uma desculpa, dizendo que passei mal e fui em um médico. Não sei se elas acreditaram, mas eu disse que queria ficar sozinha, e elas permitiram, quando:

- Jullie, vem jantar! - Minha mãe gritou lá do andar de baixo.

- Não to com fome mãe.. - Gritei pra ela e ela apenas ficou quieta.

Eu liguei a TV, estava passando o Jornal, quando eu ia tirar do canal, aparece uma coisa que me surpreende:

- "O Cantor Coreano JungKook, do grupo BTS, foi encontrado todo espancado em um beco aqui próximo, no momento, ele está sendo encaminhado ao Hospital, para fazer os exames, mais notícias após os comerciais."

Eu desligo a TV na hora.

- O que eu fiz?! EU SOU UMA IDIOTA! - Gritei tão alto que minha mãe, minha irmã e meu pai que tinha acabado de chegar ouviram lá de baixo.

Eu fiquei ali chorando até adormecer.

Eu acordo em um lugar todo preto, no vazio, novamente..

- Ah, que droga, eu to aqui de novo..

Então aparece o JungKook, ele me olha e ele se vira de costas..

- J-JungKook... - Eu falo a ele.

Então um carro aparece na frente do JungKook, mas o estranho é que o carro começa a se mover e ele estava bem perto do JungKook, eu tento empurrar ele, mas ele não saía do lugar, eu não podia fazer nada, eu apenas ouço o barulho do carro batendo e o grito de JungKook ao cair no chão.

- JUNGKOOK! - Acordo e grito, então pude ver que estava no meu quarto, eu pego meu celular e vejo a hora:

"5:30 da manhã"

- Fala sério.. - Eu ponho a mão na minha testa e vejo que estou suando.

Já que não estava mais conseguindo dormir, eu levanto, me visto, vou ao banheiro e vou á cozinha, eu tomo um café com leite e preparo um sanduíche para levar de lanche para a escola. Em seguida saio de casa, já que meus pais não acordaram com o meu grito, que alívio.

- JungKook On -

Eu abro meus olhos com dificuldade, e vejo que estava deitado em uma maca, numa sala  cheia de aparelhos, o hospital. Logo eu vejo que os meninos estavam ali sentados, um em cada sofá, eu tento me mecher, mas eu estava com dor em todo o corpo, e na cabeça.

- Você tá bem, JungKook? - Falou o Taehyung, se levantando e indo perto de onde eu estava.

- Bem.. com dor... mas bem... - Falei meio rouco.

- Ah, que bom.. - Falou o Jimin. - Ficamos preocupados e queríamos saber o que aconteceu com a Jullie.

Minha cabeça começou a doer.

- Q-Que Jullie? - Falei Confuso.

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, em breve postarei mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...