História A realidade da minha vida - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Tags Outros Casais, Paulicia
Exibições 266
Palavras 2.775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hello Hello gente !!! Eu sei que vcs querem me matar nesse exato instante por não ter postado ontem , mas tive muita coisa e acabou não dando tempo 😁😁 ..
Desculpinha amores ❤️😂😂
Espero que gostem e boa leitura
Ah e avisinho no próximo vai ter pov's de Ciriquina 😘

Capítulo 15 - Briga de casal..


Pov’s Alicia 
Percebi que logo alguém havia arrombado a porta , e era o Mário , um homem , o Vini , o Paulo , a Majo e a Marce , a mãe de Mário que na hora já se sentiu ameaçada apontou uma arma para o senhor e depois foi passando até chegar no Marce ela ia atirar nela quando alguém entrou na frente e era o pai do Mário.
-NÃOOOOOO!!! - disse a mãe do Mário caindo joelhos ao lado do pai do Mário - Olha o que vc fez garota ! Vc merece morrer ! - ela disse apontando novamente para a Marce, mas dessa vez o Mário consegue tirar a arma dela e foi nesse momento que 4 policiais entraram na cabana e pegaram mãe de Mário que tentou se solta, mas sem sucesso . Enquanto isso Vini correu e começou a me soltar . 
- Vc tá bem amor ? - perguntou , me abraçou e me beijou . 
- Tô ... - disse me afastando dele e quando iria para o Paulo que estava sinceramente em uma situação terrível , ele acabou saindo e batendo a porta . 
Não entendo nada , tentei ir atrás dele , porém um dor começou a latejar em minha cabeça e eu cai com tudo no chão .
- ALICIIIIAAAAA - gritou Mário e isso foi a última coisa que escutei antes de desmaiar. 

Pov’s Paulo 
Eu vi a Alicia com a perna cortada e parecia que a mesma tinha sofrido bastante . 
Logo se iniciou uma confusão , que acabou com o pai do Mário levando um tiro . Nos preocupamos bastante mas depois de um tempo uma ambulância chegou o levando , o que nos trouxe um alívio . 
Ainda estávamos na cabana , o Vini estava desamarrando a Alicia , em seguida o mesmo a abraçou e a chamou de... AMOR??!! QUE ??! E ainda por cima deu um beijo nela !!! Eu quero morrer mano ! Pq isso sempre tem que acontecer comigo?!
Após alguns minutos eles se separaram e ela veio até mim , mas tão bravo que dei as costas para ela e caminho para fora da cabana . 
Encostei em uma árvore e fiquei pensando se eu conseguiria algum dia tirará da minha cabeça ... Eu precisava ! Tá talvez eu esteja me enganando novamente , mas dessa vez não vou ficar com nenhuma menina , vou apenas voltar a ser aquele mesmo Paulo que eu sempre fui . E por mais que mil coisas acontecessem não ia desistir pois estava decidido . Retornei para aonde todos estavam reunidos em volta de algo , não sei o que era realmente , por isso me aproximei e vi Alicia desmaiada , assim que a minha mãe chegou Vini a levou até o carro colocou ela em seu colo e ficou acariciando seus cabelos , queria pular em cima dele , mas precisava me controlar ... Então apenas comecei a apertar o meu braço para que eu não fizesse nada, virei para a janela e observei todo o percurso .
A primeira parada seria no hospital todos saíram e eu fiquei , me chamaram mas eu relatei que eu mesmo estará muito cansado e que precisava descansar . É tudo era verdade eu só não relatei a parte de “eu estou tentando me distanciar um pouco dela “, mas isso é mero detalhe né ?! 
Fui para casa deitei em minha cama, comecei a jogar vídeo game e com o tempo acabei caindo no sono . Sou despertado pelo meu celular tocando era o Mário e como eu sabia que era algo dá Alicia apenas cliquei em recusar e desliguei o meu celular caso houvesse algum arrependimento. 

Pov’s Mário 
Quando vi Alicia caindo corri para pegá-la .
- LICIA por favor não faz isso comigo - digo batendo de leve em seu rosto , um sentimento novamente de desespero tomou conta de meu corpo - Alicia por favor acorda ! - lágrimas já eram notáveis em meu rosto , Vini a pegou e a colocou no carro assi que a Mãe do Paulo chegou. 
Eu fiquei na frente Paulo , Marce , Alicia e Vini ficaram atrás . Depois de alguns minutos chegamos ao hospital , todos nós descemos quer dizer com exceção da Lilian e do Paulo , estranhei o fato dele não descer , o mesmo que alguns dias atrás chegava a não dormir noites e noites . Mas depois eu me resolvo com ele o meu foco agora é a Alicia.
Entramos no hospital olhamos para todos os lados .
- ALGUÉM PODE NOS AJUDAR ?! - gritei no meio do hospital .
- O que ela tem ?!a chegou o Dr. Miguel pai de Maria Joaquina que estava de passagem pelo local .
- Não sabemos, ela levou muitos cortes e pensamos que pode ter sido isso .  
-Me acompanhem até a minha sala para que eu possa analisá-la - nós o seguimos até uma grande sala ,já que o mesmo era um dos melhores médicos da cidade . Ele a analisava cuidadosamente e nós ficamos cada vez mais nervosos para o resultado , Alicia ainda estava sendo analisada quando me lembro da mãe dela , ela precisa saber disso . Procuro nos meus contatos e acho o número dela . 
*ligação on* 
- Alô?
- Sra. Gusman ?
- É ela ..
- Oi sou eu o Mário eu queria falar que sua filha teve um desmaio 
- MEU DEUS !
- Não se assuste ... Só venha para o hospital Medici ( acabei inventando mesmo povo kkkk) 
- Ok já estou a caminho ...
- Ok tchau Sra. Gusman 
- Tchau Mário
*ligação off*
Desliguei e me sentei em um dos bancos . Após uns 5 minutosmais ou menos o médico veio em nossa direção.
- E aí ela está bem ?! - pergunto com um tom de preocupação pá eu realmente estava muito preocupado com ela . 
- Fala alguma coisa doutor ! - exclamou Vini . 
- Ela ficou muito tempo sem comer o que levou a ela desmaiar . Mas os cortes também tiveram participação , ela se cortou ?
- Não ela foi sequestrada e essa pessoa a cortou .
- Entendi .. Mas enfim vamos precisar que ela fique aqui por 3 noites para observarmos se ela terá algum outro problema .
- Doutor !! O que minha filha tem?! - disse a mãe da Alicia entrando correndo na sala e ele explicou tudo para ela . 
- A senhora ficará com ela essa noite ? - perguntou ele e eu percebi que ela olhou o seu celular que não parava de apitar . 
- Não ... Não vai dar - ela diz e abaixa a cabeça .
- Eu fico - declaro e vejo Marce dando olhares raivosos mas não liguei . 
- Ah nossa obrigada Mário ! Não sei nem como te agradecer 
- Não precisa disso Sra. Gusman , afinal a Alicia é minha melhor amiga,eu faria qualquer coisa que ela precisasse ou que ela mesma me pedisse - digo sorrindo para sua mãe .
- Vc é um amor de pessoa Mário.. Bem que poderia ser meu noro né ? - diz ela brincando mas acho que a Marce leva a sério pois pega o meu braço e sai me puxando para fora da sala .
- Precisamos conversar Mário Ayala- ela fala. Vish! Ela disse meu nome e sobrenome... Deus ! 
- Diga Marcelina Guerra.. - digo tentando ser engraçado mas não dá certo ela continua então a me encarar , o que fez engolir o seco .
- Vc não vai ficar aqui com a Alicia !- exclama ela .
- Marce por favor ataque de ciúmes agora não 
- Mário eu não vou deixar , vc não vai ficar aqui e ponto final ! 
- Marce.. - digo controlando minha raiva.
- Não Mário ! 
- Marce eu já te escutei !! AGORA VC VAI ME OUVIR ! E a vida da minha amiga em jogo ! 
- Outra pessoa pode..
- Não MARCE !! Eu me ofereci e vou ficar aqui querendo vc ou não !! - gritei com ela , bem eu nunca tinha gritado com ela, mas foi necessário ela não queria me ouvir e eu já estava cansado desses ataques de ciúmes dela ! ... 
- Adeus Mário Ayala - ela diz baixo e dá meia volta para a porta. Ai que raiva ! Ela agora deixou como se eu fosse o culpado sendo que eu não fiz nada !! Mas quer saber ?! Eu vou agora me concentrar no problema maior a  Alicia .
Saí do hospital , pedi para que a mãe da Alicia me levasse para sua casa , assim ela fez .
Comecei a preparar um mini mala com Blusas , shorts , escova de dente . Desci para a sala e lá estava a mãe da Alicia.
- Aqui Mário! Separei algumas roupas para ela - diz ela me entregando uma bolsa .
- Vamos ?
- Vamos - ela entrou no carro de novo , ela na verdade estava indo para o trabalho dela , mas como ela passava na frente do hospital ela decidiu me dar uma carona . 
Chegamos em poucos minutos em frente ao hospital , me despedi dela e corri em direção ao quarto onde Alicia se aposentará e a mesma já se encontrava despertada . Sorri para ela e ela sorriu.
- O que está fazendo aqui Bross? - pergunta ela .

Pov’s Valéria 
Semana passada eu tinha me aproximado bastante da Alicia acho que ensinei todos os meus dotes de menina maluquinha para ela . É realmente todo mundo estava errado em relação a ela. 
Ela era uma menina divertida e engraçada . 
E quando a Majo nos contou praticamente morrendo de tanto chorar que ela tinha sido sequestrada , senti um aperto em meu coração imenso , pois já a considerava uma das minhas melhores amigas . 
Nesses dias que se passaram depois do ocorrido , todos estavam em clima de funeral , bem pelo menos uma parte da nossa turma que tinha se aproximado bastante dela . Majo chorava por todos os cantos e Daniel dava-lhe suporte , notei que Cirilo por mais que estivesse com a Jennifer ele ficava encarando umas mil vezes a Majo . 
Mário vinha para as aulas mas nem prestava atenção , ficava apenas olhando para baixo , brisando algumas vezes , Marce tentava animar o mesmo mas nada dava certo .
Margarida , Eu e as outras meninas também não estávamos diferentes, chorávamos , ficávamos quietas , eu até que tinha suportado esses dias por causa do Davi, ele sendo meu namorado , me consolou . 
Mas as outras meninas chegaram até a nem vim para o colégio, pois não suportaram tanta dor .
Na quarta-feira , Majo chegou Teisa feliz no colégio .
- O que aconteceu Majo para vc está tão feliz ? - pergunta Bibi
- Nós a achamos .
- Acharam a .. - Margarida começou a falar .
- Sim! Só que ela está no hospital com o Mário . Pq ela meio que teve um desmaio mas está tudo bem agora .
- Nossa mas desde quando ela está lá?
- Desde ontem à tarde 
- E ele ? 
- Ah ele tá lá também desde ontem 
- Ele dormiu lá ?! - perguntei arregalando os olhos .
- Sim.. Ele se ofereceu , já que a mãe dela não teria como ficar lá ..
- E a Marce não ficou brava ? - dessa vez Laura nos lembrou de um pequeno detalhe .
- Claro que sim ! Tanto que os dois tiveram uma DR que dava para escutar quase tudo lá da sala , pois tanto ela quanto ele gritavam .
- É gente ... Pesado , mas pensando pelo lado do Mário ele tem um pouco de razão - digo .
- Concordo - diz Marga .
Depois disso fomos andando para a sala .
- Gente é eu preciso dá um volta e...pra .. Pra ... Ah eu vou dar uma volta - diz Bibi saindo , a maioria deixaram para lá e continuaram a conversar mas eu como percebi que ela estava escondendo algo , eu a segui . 
Ela olha para os dois lados e fica esperando até um ruivipercas aproximar dela , não consegui ver seu rosto , mas em poucos segundos quando ele virou para trás eu vi que era o KOKI??!!!!!!.
Sentei em uma mesa próxima a eles , peguei um revista e meus ouvidos ficaram atentos a conversa deles . 
- Então KOKI o que vc queria falar comigo de tão urgente ..
- É.. Que - ele estava mais vermelho que tudo - Eu queria saber se vc quer sair comigo ? - perguntou envergonhado .
- É ... Eu aceito sim - diz ela ficando vermelha que bonitinho.
- Legal .. Depois do colégio a gente se vê na saída - diz ele e beija a bochecha dela e saiu .
Pensa Val ! Koki e Bibi ... Biki não .. Kobi ! . Fui em direção a eles antes mesmo dele ir embora realmente .
- KOBIIIIII !!!!!! - eu abracei eles e os mesmos me olharam confusos.
- Enlouqueceu Val? - perguntou Koki.
- Não, ai Amiga ! Pq vc não disse que tinha um peguete - digo é nesse instante os dois coram .- Que fofis !!! Até ficaram vermelhos !!! 
- Ou Val vamos ali rapidinho ?! - ela arregala os olhos como se dissesse “vamos logo” - Tchau Koki - ela dá um beijo na bochecha dele e ele sorri para ela ainda vermelho . 
- Eu vou te matar ! - diz ela assim que nos afastamos . 
- Oxi Pq o que eu fiz ? - digo me fazendo de desentendida . 
- Vc me fez passar o maior mico - disse cobrindo o rosto . 
- Minha culpa se vcs estavam fofinhos! 
- É...
- Não ! Vcs formam um casal tão lindo !!! Já ti shippando KOBI!!!! - grite o nome do shipp.
- Diminui Val todo tá olhando - diz Bibi - E vamos para a sala .. 

Pov’s Alicia 
Quando acordei percebi que estava no hospital , o doutor vendo que eu estava confusa tratou de me explicar tudo . E poucos minutos depois chegou o Mário com duas malas de mão . Ele sorriu para mim e eu sorri para ele. 
- O que está fazendo aqui Bross ? 
- Vim fazer companhia para vc ué - diz ele soltando as bolsas em um canto e eu não resisti me levantei mesmo tonta e o pulei em seus braços o abraçando forte e ele fez o mesmo . 
- Eu senti tanto a sua falta LICIA ! - diz beijando a minha testa .
- Eu também Bross ... Eu também ..
Ele se sentou no sofá e eu em minha cama e começamos a conversar , contei a ele como tinha sido esses dias naquela cabana , chorei um pouco e ele me abraçou .
Ele me diss como a nossa turma estava mal e contou que até o Paulo chegava a não ir para a escola . 
- Mas então Pq quando eu fui falar com ele me deu as costas ? 
- Não sei .. Mas depois que eu falar com ele eu te digo - ele diz.
Ainda estávamos conversando quando me lembrei de uma coisa muito importante .
- Mário e a Marce aceitou de boas a ideia de vc ficar aqui ?
- Não mesmo ela fez o maior escândalo mais eu não quero falar sobre isso ... 
- Então mudando de assunto ... É quando vcs me trouxeram aqui quem ficou aqui ?
- O Vini , a Majo e eu ...
- E o Paulo ? 
- Foi para casa ... Diz que tava cansado demais .. - eu abaixei a cabeça - Alicia posso te perguntar uma coisa que sempre te pergunto ?
- Sim 
- Vc gosto do Paulo não é ? 
- Eu não sei .. 
- Gosta sim ! Senão , não ficaria tão triste quando ele beijava outras meninas ou não ficaria chateada por ele não ter te socorrido ...  
- Aonde vc quer chegar ?
- O que vc esta fazendo com o Vini? Vc gosta dele ? De verdade ?? Sente frio na barriga quando o vê ?!
- .... 

Continua...


Notas Finais


E ai gostaram ?? Não se esqueçam de comentar e favoritar a história e indiquem ao máximo meus lindos ❤️❤️😘
Gente ! E alguém poderia fazer uma capa para a minha fic é que eu não sou muito boa 😁😁😁❤️❤️
Até o próximo 😍😍😍😍💕💕💕💕
E nada de leitores fantasmas viu ? 👊😘😊😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...