História A realidade não é esssa - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Jikook, Yaoi
Exibições 14
Palavras 1.593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Ecchi, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom, aqui esta mais um capitulo.
Espero que gostem
Boa leitura :D

Capítulo 4 - Em meio a uma nova vida


Fanfic / Fanfiction A realidade não é esssa - Capítulo 4 - Em meio a uma nova vida

Jimin P.O. V

Eu voltei para minha casa, ainda perplexo pelo acontecido, arrumei minhas coisas para amanhã afinal é segunda dia de aula. Dormi pensando nele...

Acordei com o maldito despertador, 06h00 da manhã, apalpando a mesinha que fica ao lado da minha cama para encontrar o despertador, o soco ao encontra-lo. Levanto-me e vou para o quarto do meu irmão.

–Vamos lá dorminhoco, tá na hora. –Sacudindo Jihyun eu digo.

–Hummm, okay – Ele se levanta, esfregando os olhos.

Volto para meu quarto, tomo um banho, troco de roupa e vou para a cozinha. Começo a preparar panquecas.

–Hyeong?

–Sim?

–Porque chegou tão tarde ontem? Fiquei solitário. (Biquinho)

–Desculpa maninho, é que encontrei um garoto no meio do caminho.

–Hum... Qual era o nome dele?

–Jeon Jungkook...

–Hum...

–Qual foi? Não teve nada demais rsrsrs

–Blz então...

Terminei de fazer as panquecas, eu e Jihyun comemos tudo e saímos de casa, eu o levei para a escola dele e depois fui para a minha, todas eram pertos de casa. Chegando na escola avisto Tae, que em minha direção vem correndo, ele pula em minhas costas eu o seguro dizendo:

–Ei, o Hoseok vai ficar bravinho.

–Mais eu te amu! – Tae diz no meu ouvido, me fazendo arrepiar eu sinceramente acho que às vezes ele ultrapassa os limites, mais eu também amo ele.

Eu estava levando Tae nas costas até chegar onde todo mundo estava unido, eu o solto cuidadosamente para não o machucar. – Oii­­ – Eu os cumprimento.

–Olá– Namjoon e Jin dizem em uníssono.

–Chegou quem não precisava– Suga diz para mim, sorrindo. –Oxi, começou cedo. – eu digo a ele com uma expressão de quem já está acostumado.

–Tudo bem? – Hoseok me pergunta

–Tudo sim–

Ficamos conversando um pouco, até que o sinal toca, todos nós somos da mesma sala que é algo excelente. Então fomos para nossa sala, chegando lá vejo um novo rosto, era o garoto de ontem Jungkook, ao velo fico espantado, ele não parecia estar espantado por estarmos na mesma sala, como se ele soubesse. O lugar que eu me sento era na carteira atrás dele, me sento e digo em seu ouvido.

–Oi mocinho, que bom te ver!

–Oi tampinha­– Ele diz virando para traz, com um sorriso provocador.

O professor entra, – Todos no lugar. – ele coloca suas coisas na mesa, – Temos um aluno novo, venha se apresente– –Meu nome é Jeon Jungkook, prazer. – Ele se curva, e as garotas ficam olhando para ele com olhares de desejo, e os garotos com olhares de inveja. –sente-se– O professor pega seu material e começa a aula.

As duas aulas continuam até que a terceira não tem, por ausência de professor.

 

Jungkook P.O. V

Eu estava na minha carteira quando do nada ela lota de garotas, eu estava meio sem lugar, as garotas que mais pareciam vadias, me faziam um tanto de perguntas, eu as respondia até que cansei. MEU DEUS QUES MINA CHATA. Elas continuavam a minha volta, e eu nem estava dando bola, apenas fiquei a observar Jimin.

Ele estava uma carteira distante de mim, conversando com seus amigos, quando ele me lança um olhar, que na mesma hora me fez desviar o olhar. Meu deus porque eu fiz isso? Ele começa a me olhar com um sorrisinho no rosto, e eu? Imagino que estivesse vermelho, de vergonha.

Ele começa a andar em minha direção, eu não sabia o que realmente fazer, então voltei a prestar atenção nas garotas, que me olhavam com uma cara de interrogação. Elas deviam se perguntar o porque eu estava vermelho.

Jimin chegar, me puxa pelo braço, – Saiam meninas, espaço de espaço! –

Jimin vai me puxando, as garotas ficaram fuzilando Jimin, e eu dava graças a deus.

–Esses são meus amigos! – Ele fala apontando para 5 garotos, todos muito bonitos. – Namjoon, Jin, Yoongi, Hoseok, Taehyung. –

–Oiii­– Todos disseram juntos, até parece que eles ensaiaram.

–Prazer me chamem de Kook– Eu falei, me curvando.

Ficamos conversando, e eu acabei conhecendo todos que por sinal eram muito legais. Jimin fica me observando, quando eu dou uma batidinha de leve no ombro dele.

–Que é? rsrsrsrs–

–Que foi, não posso te olhar? –

Antes de mim poder responder Taehyung interrompe.

­–Não desse jeito Jimin, parece que ta vendo o mlk sem roupa! –

Jimin corou.

–Nossa Jimin já ta assim, que mlk impuro. – Suga disse sorrindo maliciosamente, eu apenas ri, não sabia que reação ter diante daquele acontecimento.

– Ei Tae! – Jimin disse socando seu braço, os outros estavam só rindo.

O sinal toca indicando intervalo, vou para minha carteira e pego dinheiro pra comprar lanche.

–Ei Jimin me leva no refeitório, não sei onde? – pergunto de aproximando de Jimin. –Espera um momento que eu vou pegar dinheiro. –

Jimin começa a revirar seu material procurando dinheiro.

–Nossa eu sou uma mula, esqueci meu dinheiro. – Ele diz esfregando sua cabeça.

–Vamos dividir o lanche, ué. – Eu falo para ele que vai para perto dos amigos dele dizendo não sei que lá, ele volta e me pega pela mão e começa a me levar.

–Ei Jimin. –

–Sim? –

–O povo não estranharia dois caras andando de mãos dadas pelo corredor da escola? – pergunto a ele, com a intenção de provocar.

– D-Desculpa. – Jimin solta a minha mão corando, aquela cena era tão fofa que eu quase caí no chão de tanta fofura.

–Mais se eu te contar que não ligo para que os outros pensem? – Eu seguro sua mão, ele me olha e para.

– Ahhh, não aguento mais! Assim não dá! – Jimin me aperta contra a parede. Começa a me beijar, ele pede passagem com a língua, que é concedida no mesmo momento. O beijo era quente, passando minha mão envolta de sua nuca intensificando o beijo, que durou mais uns segundos, até ficarmos sem ar. Ficamos apenas olhando um no olho do outro.

Preocupado eu olho em volta, e por sorte não tem ninguém.

–Ei Jimin vamos? – Nos afastamos, arrumamos nossos cabelos que estavam um pouco desarrumados e seguimos, não estávamos mais de mãos dadas.

 

Jimin P.O. V

 

Meu coração palpitava, oq tinha acontecido? Bom, eu beijei o Kook, estou feliz, mais não sei se isso é certo. Olhei para Kook que estava com um sorrisinho.

Chegamos ao refeitório, Jungkook foi lá e comprou coisa de sobra para nós dois.

–Vamos para onde agora? – Jungkook me pergunta, se aproximando de mim, ele se aproxima muito de mim, me deixando louco.

–Bem, vamos lá pra fora, os garotos estão lá. – Eu respondo dele me afastando.

Chegamos e vimos os garotos, todos pararam e começaram a nos olhar, um olhar malicioso? Sim, e muito.

–Gente que demora só pra comprar comida. – Jin disse.

–Sim, estava com uma fila enorme. – Eu respondi piscando para Kook, que na mesma hora soltou um risinho

–Que suspeito– disse Nam rindo maliciosamente.

Sentamos e começamos a comer, o papo estava fluindo até que Tae pergunta:

–Vocês se conhecem de onde? – Tae parecia um pouco enciumado, talvez porque ele é meu melhor amigo, e agora estou ficando mais com Kook do que com ele?

...

–Não é que nos conhecemos de longa data, historia comprida. – Kook fala, um tanto pensativo.

 

Jungkook P.O. V

 

Na verdade nos conhecemos de longa data sim, desde os 12, e hoje a gente tem 18. Naquela hora eu queria poder falar tudo, mais não posso, não ainda.

–Bem, nos conhecemos ontem, satisfeitos? – Jimin olha pra mim e depois para eles.

Ficou um pequeno silêncio no ar, que logo foi cortado.

–Gente, hoje quem topa ir lá as 21:00 em casa assistir uns filmes, é bom que também aproveitamos para conhecer o Kook, certo? – Hoseok pergunta.

–Perfeito, podemos nos conhecer melhor. – Diz Tae

–Eu topo! – Jin, Nam, e Suga confirmaram.

Eu e Jimin estávamos pensando.

–Eu não sei acho que terei compromisso. – Jimin fala pensando.

–Eu com certeza irei! – Eu falei animado. Olhei para Jimin, que estava pensativo. –Pufavorzinho. – Eu falei implorando a ele, fazendo biquinho. ( Atacando Jimin com força total da fofura)

–Pensando melhor, posso sim rsrsrsrs. – Jimin responde, eu estava com um sorriso de vitória.

O sinal tocou, voltamos para a sala onde tivemos os resto das aulas até 12:05. Logo fomos embora, nos despedimos Jin e Nam iam para o mesmo caminho, Suga, Tae e Hoseok iam para outro mais também juntos. Eu olhei para Jimin que disse:

–Vamos? – Eu e ele a partir de agora vamos pelo mesmo caminho.

Nossas casas são perto uma da outra, assim fomos, chegamos na casa de Jimin, e quem estava lá na porta? Park Jihyun, ele olhou para mim e abriu um sorriso, inesperado.

–Você é o tal Jeon Jungkook? – Ele me pergunta, nós temos que fazer de conta com que não nos conhecemos afinal, Jimin não pode saber ainda, ta muito cedo pra ele.

–Sim, prazer. E seu nome é ? – eu respondo a ele.

–Sou Park Jihyun. Prazer–.

–Okay, eu tenho que ir tchau Jimin, até mais tarde. –

–Bye, eu vou te buscar tá? –

–Okay, vou te esperar.

Assim segui para minha casa, que não era muito longe. Chegando em casa, vou para meu quarto e me desabo na cama.

Ei Jimin, não faça isso com meu coração, você é muito mal Jimin... Como assim me beija, e agora faz de conta de que nem aconteceu?


Notas Finais


Irei publicar amanhã
desculpe pelos erros, e tentarei sempre estar melhorando.
bye até a proxima :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...