História A Rebelde - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 14
Palavras 472
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Garoto chato da porra


já começa com essa melação toda, mais eu não estava com pena porque estava me mandando para outro lugar só estava triste por ter que deixar meus amigos Samara era a que mais chora eu a abraçava  muito forte Carlos estava me ajudo a começar a chorar

Bom agora esta da hora de eu partir- eu falei com uma voz triste-

Tchau minha diabinha – Fala Samara entre os choros-

Promete ver vocês o mais rápido possível –falei baixo para ele ouvi -

Eu espero- fala Thomas e o Carlos juntos-

Eu pego as minhas mala e vou até o avião começou a me dar um enjoou não meu avião e sim a companheira ao meu lado que usa roupa de unicórnios eca

Horas Depois

Eu Cheguei iria ficar da casa da melhor amiga da minha mãe que saco além de morar aqui não posso ter minha própria casa,

ROBERTA-Ouvi uma voz de uma mulher ela tinha uns 38 anos e estava acompanhada de um menino ele era alto e usava muitas cor eca-Como vc cresceu

Oi-falei meu forcado com sempre-

Oi sou a Carla e esse e meu filho Diego – fala ela muito simpática eca – bom vamos para casa.

Sim- falou com um alivio-

Minutos Depois

 Chegamos, bom o Diego vai apresentar seu quarto-fala  Carla estacionado o carro-

Eu desço do carro pego as minha malas e vou ate a porta com o Diego era grande a casa subimos as escadas que era grande para porra chegamos em uma porta

Abre – fala ele com um sorriso-

Por favor tira esse seu sorriso esta feio- eu falo grossa-

Eu abro a porta do quarto era grande demais a parede era preta e branco havia uma parede sem nada dela então eu vou em uma das mala e pego os meus pôster de rock e vampiros, eu gosto de vampiros pelo fato de que eles gosta de preto e do escuro.

O que vc esta fazendo - fala ele confuso-

Nada que e da sua conta-falei olha o quarto o meu quarto tem aqueles sofá da janela eu me sento dele-

Amanha começa as suas aulas seu matérias esta do lado da mesinha- a minha bolsa e meus cadernos ele de rock e preto-

Em não te perguntei nada – falei prestando atenção do celular-

Ele já esteva me irritado para caralho então eu levanto vou até minha jaqueta e pego um cigarro sim eu fumo eu sento perto da janela e eu abro a janela e acendo o cigarro.

Vc fuma-ele fala com uma cara de bravo-

Sim, virou meu pai agora – eu falei já com raiva-

Seus pais sabem disso-ele falou de braços cruzados-

Sim já me xingaram mais não adianta – falei olhando do mundo dos olhos deles-

Tchau amanha tem aula- ele sai bravo do quarto parece que temos um segundo pai-



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...