História A Rebelde - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Alzack, Angel, Anna Heartfilia, Aquarius, Aries, Azuma, Bacchus Groh, Bickslow, Bisca Connell, Briar, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Charlie, Chelia Blendy, Coco, Crux (Kurukkusu), Dan Straight, Doranbolt, Droy, Elfman Strauss, Erik (Cobra), Erza Knightwalker, Erza Scarlet, Eve Tearm, Evergreen, Flare Corona, Freed Justine, Frosch, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Grandeeney, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Hibiki Lates, Horologium, Hughes, Ichiya Vandalay Kotobuki, Igneel, Ivan Dreyar, Jackal, Jellal Fernandes, Jenny Realight, Jet, Jude Heartfilia, Jura Neekis, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Karen Lilica, Kinana, Kyouka, Laki Olietta, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Lector, Leon, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Lyra, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mary Hughes, Mavis Vermilion, Meredy, Mest, Metalicana, Metallicana, Michelle Lobster, Mickey Chickentiger, Midnight, Mikuni Shin, Millianna, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Mystogan, Nab Lasaro, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Ophiuchus, Orga Nanagear, Pantherlily, Personagens Originais, Pisces, Ren Akatsuki, Risley Law, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Ruby Strum, Rufus Lore, Sayla, Scorpio, Sherry Blendy, Silver Fullbuster, Skiadrum, Sting Eucliffe, Tauros, Taurus, Ultear Milkovich, Ur, Virgo, Wanaba, Warren (Edolas), Warren Rocko, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Galu, Graylu, Jellu, Lalu, Nalu, Rolu, Stincy
Exibições 198
Palavras 1.531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Josei, Kodomo, Lemon, Lírica, Luta, Magia, Mecha, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Super Power, Super Sentai, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie!

Quero agradecer todos os comentários do capítulo anterior! Muito obrigada mesmo!

Resolvi postar logo! :P

Espero que gostem!

~Boa leitura

~Kya~

Capítulo 2 - Amigos?


Fanfic / Fanfiction A Rebelde - Capítulo 2 - Amigos?

"- Não interessa quem eu sou é dos meus gostos. Fingem que sou uma completa nerd anti-social. Não quero fazer amizades é quero que vocês se fodem! Eu estou pouco me lixando para a opinião de putas e cachorros!"

        Neste capitulo

*******

Todos haviam ficados um pouco surpresos com o vocabular da loira é o jeito em que ela falou. Ninguém ousou pronunciar nada. Laxús-sensei apenas mandou Lucy sentar nas primeiras cadeiras, mas ives disto, havia sentando na última cadeira perto da janela.

Todos congelaram, pensaram que Laxús-sensei iria brigar com Lucy, mas o mesmo não disse absolutamente nada. Apenas mandou Gajeel sentar ao lado da loira é começou a dar sua aula, que justamente era duas.

********

Após as aulas, que foram entediantes. Lucy dormia na mesa, sem se importa com o que estava a sua volta. Sua cabeça estava trombada para trás assim como seu corpo é a cadeira, seus braços cruzados a cima do seios é babava um pouco.

Erza Scarlet, uma das melhores alunas. Representante da sala é também estava a competir como melhor representante dos 2° do ensino médio. A ruiva escarlates com olhos negros viu que a loira dormia calmamente, aquilo era inadmissível.

- SENHORITA LUCY! - Gritou Erza alto, todos congelaram ao ver que a pobre Lucy estava enrascada, menos Gajeel que estava mais preocupado com Erza. - SENHORITA LUCY! ACORDE ANTES QUE SEREI OBRIGADA A TOMAR DECISÃOS PRECÁRIAS! - Nada, Lucy continuava a dormir. O que deixava Erza mais nervosa.

Rapidamente Erza estava preste a dar um soco em Lucy, mas quando iria dar, foi parada com um dedo da loira. Que acabará de acordar.

A ruiva ficou com os olhos arregalados, mesmo evitando o soco com um dedo, parecia que o mesmo estava imóvel. Todos ficaram surpresos com isso, é Gajeel apenas suspirou pois a loira não havia feito nada, por enquanto.

- Por que não pediu educadamente em vez de tentar da um soco? - Perguntou a loira debochada. - Não tem educação, ou não recebeu? - Aquilo pegou todos te surpresa. Erza estava fervendo de raiva.

- Você sabe quem eu sou? - Perguntou a ruiva tentando ao menos mostrar autoridade, mas apenas ouviu um suspiro seguido de um bocejo.

- Por que? Eu deveria? - Aquilo pegou novamente todos de surpresa. A ruiva já estava preste a dar um 'lição' em Lucy. - Está tentando se achar a forte ou o que? Pois pelo que vi, te imobilizei com um dedo! - Riu Lucy debochada, surpreendeu novamente todos. Gajeel acompanhou a risada, é Erza não ficou nada feliz.

A ruiva andou até o RedFox, para tirar algumas satisfaçãos. Ergueu o braço, pronto para dar um soco certeiro em seu rosto. Mas fora impedida por Lucy que apenas entrou no meio de Gajeel é segurou o braço de Erza, que novamente arregalou os olhos.

- Você é idiota não é? - Perguntou Lucy séria. - Por que não bata em mim? Por que vai tentar bater numa pessoa que não tem nada a ver com nossa conversa? - Novamente, aquilo pegou todos de surpresa. - Seja lá quem você for, é fraca. Sério, pensei que poderíamos bater um papo civilizado, mas você quer apelar para a briga, você terá! - Aquilo assustou todos, não pelo fato de Lucy mexer com Erza, é sim o tom que ela usou.

- Está me desafiando? - Perguntou Erza, no seu tom de voz demonstrava raiva. Puríssima raiva. Todos ficaram com medo da ruiva fazer uma briga ali mesmo, mas a maioria já estava preocupado com a ruiva.

- O que você acha? Que eu quero brincar com você de Frozen? Fala sério! - Exclamou a loira soltando o braço de Erza, que já começara a ficar vermelho. - Eu não fiz nada, é seu braço já está vermelho. - Riu a loira com deboche.

A Scarlet não aguentou, partiu para cima da loira. Que estava de costas. Quando a ruiva iria apenas dar um soco na cabeça, foi impedida pela mão esquerda da loira, Erza novamente arregalou os olhos, mas logo recebeu uma ajoelhada da loira no estômago.

O golpe foi fatal, Erza não se levantava do chão. Sangue saia do canto inferior da boca. Muitos estavam perplexos, ninguém nunca havia vencido Erza numa competição, é com um único ataque, a loira venceu!

- C-Como?... - Perguntou uma baixinha de cabelos azuis tentando reformular uma frase completa. Mas seu medo fora muito maior do que sua curiosidade.

- Como consegui vencer ela? - Perguntou a loira que tinha ouvidos apuradissimos. - Fácil; nunca fica falando para os quatro ventos que vai vencer. Pois seu orgulho ego pode ser maior do que sua vontade de ganhar! - Exclamou a loira, alguns ficaram surpresos com tais palavras.

Logo a porta é aberta fortemente revelando uma mulher, de um corpo estruturado é longos cabelos azuis é olhos negros. Tinha uma carranca inconfundível no rosto. E quando viu Erza Scarlet no chão, junto com uma loira que acabará dormindo na mesa dos professores com a cabeça na mesa várias pessoas ao redor gritou:

- VOCÊ JÁ PARA DIRETORIA! - Lucy apenas não falou nada, estava dormindo. Mas quando ouviu um grito agudo resolveu acordar é ir logo para a diretoria. Mesmo não sabendo o caminho.

*********

- Merda... - Sussurrou a loira enquanto andava de cima para baixo do colégio distraída. Não iria para a diretoria nem se a pagassem. Apenas tentou achar um lugar para ficar um tempo, até dar o intervalo.

Já estava no terraço, onde dava acesso a um lugar até bonito. Tinha uma porta que supostamente levaria para algum lugar, e com a curiosidade de sempre, abriu a porta é se deparou com algo lindo.

Tinha um flor de cerejeira bem no meio. Um banco é a grama fresquinha, apesar de ser um colégio tinha um mini-lago. A loira se encantou com a paisagem, é mal perceberá que havia deixado a porta aberta.

Se sentou em baixo da árvore de sakura. Ficou olhando a linda paisagem que estava ao seu redor. Respirou fundo e pegou uma pequena que estava no bolso da saia.

"Cigarro". Acendeu um e logo deu uma tragada, se sentiu aliviada. Riu quando pensou na ruiva que estava caída no meio da sala de aula. Mal sabia o nome daquela garota.

Tentou ao menos se lembrar do seu passado, mas como sempre era apenas vultos. É logo uma dor existente de cabeça veio. Novamente deu uma tragada no cigarro, fazendo a dor se esvaziar.

Ouviu o sinal bateu, mas apenas deu os ombros. Não iria voltar para a sala-de-aula para não arranjar encrenca. Estava tão avoada em pensamentos que nem ouviu a porta bater fortemente com força.

- Você sabia que esse lugar tem dono? - Perguntou uma voz masculina.

******** 

- Nunca pensei que alguém iria te derrotar Erza! - Exclamou uma voz masculina ao lado da ruiva que estava deitada numa cama, se recuperando dos 'ferimentos'.

- Cala a boca Natsu! - Gritou Erza, enquanto olhava furiosamente para o garoto de cabelos rosas sakuras. Que simplesmente era seu primo. - Isso ainda vai ter volta! A se vai!

- Tem certeza Er-chan? - Perguntou a mesma baixinha de cabelos azuis. - Ela parece que é bastante forte! Tome cuidado! - Falou a baixinha alertando a ruiva que apenas revirou os olhos.

- Juvia tem que concordar com Le-chan! - Falou outra azulada só que mais alta é de seios fartos. - Juvia está já com medo! - Exclamou a mesma em terceira pessoa, em terceira pessoa.

- É, ela parece ser forte! Um dia irei lutar com ela! - Exclamou o Dragneel entusiasmado com esse dia importante. "Finalmente alguém do meu nível".

********

- Você sabia que esse lugar tem dono? - Perguntou uma voz masculina atrás da loira, que apenas suspirou frustrada.

- Você já falou isso uma vez, vai falar de novo? - Perguntou a loira ainda olhando para frente. - E pelo que saiba, seu nome não está em lugar nenhum! - Exclamou com deboche.

- Pois bem, deixa eu me apresentar! - Falou o homem se sentando ao lado da loira que bufou com o ato. - Meu nome é Gray Fullbuster, é você é a Lucy certo? - Perguntou um pouco com dúvida.

- Como sabe meu nome? - Perguntou a loira já ficando nervosa com tal aproximação vindo do tal Gray Fullbuster.

- Você é da minha sala, é o Laxús-sensei falou seu nome antes de você entrar! - O garoto sorriu. Já a loira apenas fechou a cara é deu uma tragada novamente no cigarro.

- Vai ficar me olhando assim, ou quer logo uma foto? - Perguntou a loira. Percebendo que o moreno a olhava estranho.

- Pois bem, prefiro os dois! - Exclamou o moreno fazendo a loira ficar um pouco rubra. - Mas então, que tal sermos amigos? - Perguntou o Fullbuster, que de algum modo se interessou pela loira.

- Amigos! Nem vem! Mal de conheço, idiota! - Falou a loira se levantando é caminhando diretamente para fora do lugar 'secreto'.
"Até parece que serei amigo de um idiota completa que se chama Gray Fullbuster, fala sério!"


Notas Finais


Espero que tenham gostado!

~Xauu!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...