História A Rebelde Apaixonada - Capítulo 78


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Doce, Amor Doce Castiel, Castiel, Ruivo
Exibições 519
Palavras 1.769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oe! Boa leitura.

Capítulo 78 - Filmes.


Fanfic / Fanfiction A Rebelde Apaixonada - Capítulo 78 - Filmes.

Após sair do meu banho, fui diretamente até a mala do Castiel atrás de uma blusa do Castiel, claro. XD

Achei uma blusa branca com o desenho de uma guitarra prata no meio. Vesti minhas roupas íntimas e a grande blusa do Cast, e como esperado, passou da coxa.

Fiz duas marias-chiquinhas, sim! Baixou infância aqui XD. E por último, coloquei minhas meias pretas que vão até o joelho e pronto.

Sai do quarto encontrando a Rosa com o cabelo molhado, suponho ter tomado banho.

- Ué, você não tava fazendo a comida? - Perguntei chamando sua atenção.

- Seu namorado me expulsou da cozinha dizendo que ia ficar no meu lugar ja que eu queimei o arroz. - falou revirando os olhos e eu ri. - E qual é dessas marias-chiquinhas?

- Bem sexy, não acha? - ironizei pegando as marias-chiquinhas. E ela riu. - Hey que tal um filme? - sugeri.

- Ótima ideia, eu não queria jantar mesmo. Prefiro pipoca.

- Partiu então

Começamos a andar até a escada encontrando o Pedro saindo do seu quarto todo arrumado.

- Mal chegou e já vai sair? - Rosa comentou pra ela que sorriu.

- Eu e a Alicy fizemos uma aposta de quem pegava mais enquanto estivesse aqui no Brasil, e eu não vou perder a chances. - explicou enquanto desciamos as escadas. Rosa arregalou os olhos, já eu ri. Já estava acostumada com esse tipo de aposta dos mesmos.

Assim que descemos totalmente as escadas, vimos a Alicy sair de casa toda produzida.

- Ela também não perde uma hein. - comentei rindo pro Pedro.

- Tsc, nem eu. - saiu bufando de casa.

Eu e a Rosa rimos nos jogando no sofá. Começamos a conversar até ouvir alguma coisa caindo.

Nos olhamos e rapidamente corremos até lá encontrado o Lys e o Castiel pegando umas panelas no chão e o Castiel reclamava de alguma coisa. Situação engraçada.

- Mano, tiveram a terceira guerra mundial e não me chamaram? - perguntei cruzando os braços encarando eles que nos olharam sérios.

- Lysandre é um lesado, me lembre de não cozinha mais com ele. - reclamou Castiel.

- Eu sou lesado? Quem deixou as panelas caírem foi você! - protestou o Bicolor.

- Gente. - Rosa chamou a atenção antes que realmente tenha uma terceira guerra mundial. - Que tal um filme?

- Boa ideia. - falou Lys indo até a sala.

Rosa seguiu ele, folgados! Pelo visto a pipoca é por minha conta e da conta do Ruivo aqui.

- Vem vamos fazer a pipoca. - falei indo até o armário. Ele ficou lá parado me olhando. - O que foi? - O encarei.

- Naaada. - ele prendeu o riso.

- Eu to falando sério, vamos fazer a pipoca.

- Não da pra te levar a sério com esses negócios no cabelo. - falou com um sorriso debochado enquanto puxava minha cintura.

- Deixa minhas marias-chiquinhas em paz! - reclamei empurrando seu peitoral. Ele riu e me beijo.

- Vamos logo fazer essas pipocas, chata.

Começamos a fazer as pipocas na panela, por que todo mundo sabe que melhor pipoca é de panela em vez de microondas. É isso mesmo. S2


- Logo que não nos ajudaram como as pipocas, ajuda a levar as coisas aqui cacete. - falei entrando junto com o Castiel na sala com os refris, pipocas e brigadeiro nos braços.

Os mesmo que estavam se beijando no sofá, se levantaram rindo e pegaram as coisas colocando na mesinha do centro.

Pelo visto a timidez deles de ficarem de agarrando acabou.

- Já escolheram o filme? - perguntou o Castiel sentando e me puxando pra sentar perto dele.

-  Sim, escolhemos o : Amor com rosas. - Rosa falou sorrindo.

- Puta que pariu, filminho água com açúcar não dar né gente. - reclamei encarando o casal.

- É man, põe um terror aí. - Castiel também encarou eles.

- Mais nois sempre assiste terror! - protestou Lys.

- Ei. - me levantei. - Fizemos as pipocas e brigadeiros, temos todo direito de escolha de filme. - peguei o controle que estava nas mãos da Rosa e me sentei de volta perto do Ruivo.

Os dois bufaram, mais se renderam deixando nois escolher o filme.

- Qual filme? - perguntei olhando pro Castiel.

-  Que tal… O mal mora debaixo da cama? - perguntou. Porra, até o nome deu medo. (Autora: tranquei o cu aki)

- Nunca assisti.

- Nem eu, por isso vamos assistir.

Ele colocou o filme e eu me embrulhei com o edredom que tinha no sofá e logo fui abraçada pelo Ruivo do meu lado. Ele faz assim como se eu tivesse medo ._.

(....)

Mano… tô com medo ;-;

Pela primeira vez na vida, eu gritei de susto em um filme de terror. Castiel levava alguns sustos também, mas não mais do que eu, ele mais ria de minhas relações do que levava susto. A Rosa nem se fala. Ficou agarrada com o Lysandre o filme inteiro, já o mesmo dormiu na metade.

- Lys..  acorda. - vi ela mexer nele.

- Hã…? O filme já acabou?

- Faz tempo. - comentei agarrada ao Castiel já que na última parte apareceu um bixo feio, esse bixo me lembrou a Ambre, não sei por que. XD.

- Vamos dormir? - Rosa perguntou o encarando.

- Tá legal. - eles se levantaram e foram em direção a escada, logo subindo-a e sumindo de nossas vistas.

- Vamos dormir também? - perguntei o soltando.

-  Que tal mais um filme de terror? - perguntou sorrindo olhando a tabela de filmes.

- Mais um filme de terror?! Eu já tou com o cu na mão e você quer ver mais um? - questionei o encarando.

Ele riu. - Deixa de ser medrosa. - ele colocou um filme, acho que é “A morte ouve” ou algo do tipo. Me puxou novamente fazendo eu deitar no seu peitoral e me abraçar assim que o filme começou.

Eu não acredito que mesmo eu aqui morrendo de medo ele põe outro.

Hehe, mas vocês me conhecem.. conversei durante o filme todo só pra encher o saco dele.

- Mano ela tá subindo a escada onde o assassino tá mano! Não sobe vadia! Você vai morrer! Não acredito, você tá subindo mesmo assim?! Porra, não sobe! Vai morrer! Ala morreu, pronto, tá morta! - segurei o riso ao ouvir ele suspirar, observei a tela e comecei a falar novamente. - Lá vai o outro subir a escada também, esse povo de filme é tudo burro! Você acha eles burros Cast? Eu acho. Parece que querem morr-

- Chega Bea! - gritou se levantando. - Você não para de falar.

- E a culpa lá é minha se eles são tudo trouxas? - cruzei os braços segurando a risada.

- Ok! Chega de filme de terror. - tirou do filme e eu sorri vitoriosa.

- Vamos dormir agora? - sorri.

- Vai lá você, eu vou assistir um de ação. - Eu não tô acreditando nisso..

- Você prefere assistir um filme de ação do que ir dormir comigo? - me levantei alternada.

- Por hora… sim. - sorriu se sentando e eu bufei.

- me lembrarei disso mais tarde. - saí dali com passos pesados e subi as escadas.

Idiota, besta, canalha. Ele prefere um filme de ação do que a mim?! Mais beleza…

Entrei no quarto ainda brava e me joguei na cama.

- Tsc, aquele trouxa. - me virei fechando os olhos pronto pra dormir.

Mais rapidamente abri quando ouvi gemidos, e vinha do quarto do Lysandre.

Mereço…

Me sentei na cama irritada, não posso dormir com esses barulhos deles dois.

Tenho uma ideia melhorzinha. Se você tá pensando que eu vou ficar sexy e ir até o Castiel seduzindo ele e o convencendo de vir dormir comigo, você acertou por que é isso que eu vou fazer.

Tirei as marias-chiquinhas fazendo meu cabelo longo sair e ficar em um jeito bagunçados mais muito bonito na minha opinião.

Tirei a blusa do Castiel pegando uma minha xadrez vermelha e preta com botões. Essa vinha mais acima que a metade da coxa. Como era de botão, deixei os três primeiros abertos.

Aí ja tá bom, saí do quarto passando nas pontas dos pelo quarto do Lys onde os gemidos ficavam mais fortes.

Sendo rápida, eu desci as escadas na ponta dos pés vendo Castiel ainda assistindo o filme.

Bufei em silêncio, não admito ser trocada por esse filme sem graça.

Cheguei por trás do sofá tocando de leve seus ombros e descendo pelo seu peitoral.

Ele nem pareceu se importa com meu toquei. Coloquei minhas mãos nos seus olhos tapando a visão da TV.

- Adivinha quem é..? - sussurrei no seu ouvido.

- Eu sei que é você, Love. Senti seu cheiro. Agora tira suas mãos do meu rosto que eu to tentando ver o filme - tirou minhas mãos de seus olhos. - Valew.

Bufei intrigada.

- Ruivinho, vamos pra cama… - novamente sussurrei no seu ouvido dando um leve beijo no seu pescoço.

O mesmo não tirou os olhos do - Funcking - filme.

- Depois do filme, eu vou com todo prazer. - foi às únicas palavras que ele disse. Bufei de raiva o soltando e sentando ao seu lado, mais um pouco longe dele

Pra mim já deu. Tô me sentindo uma puta tentando seduzir um cara que tem namorada, que no caso, seria a merda desse filme.

Emburrada, eu encarava aquele filme procurando a graça. E adivinha? NÃO ACHEI.

Olhei pra ele que ainda mantém seus olhos naquela TV, ele estava bem embrulhado e comia o resto da pipoca.

Olhei novamente pro filme e sentia que ele era uma puta do mau tentando roubar o Castiel de mim. E eu não vou perder ele pra ela.

Eu com certeza tou doida de comparar a TV com uma puta. Mais Foda-se é o que tá parecendo.

Fui me engatinhando até o Castiel sentando no seu colo, ele colocou suas mãos na minha cintura me puxando e abraçando-me contra ele.

Grrr..

Virei seu rosto na minha direção o beijando com desejo, abri os olhos durante o beijo vendo que ele mantia os seus abertos e na TV.

- Ah vai pra puta que pariu. - resmunguei saindo do seu colo.

Ele não se pronunciou, bufei. Cansei, agora cansei de verdade.

Subi aquela escadas brava que só um senhor caralho.

Foda-se os gemidos, eu durmo de fone.

Mais não se preocupe Castiel, vai ter volta. E eu vou devolver dez vezes pior...
   


Notas Finais


Oi Gostosos e gostosas! Oi lindos e lindas! Oi tchucos e tchucas! Oi jumentos e jume.. aí não né gente, aí já é ofensa.

Tudo bom cm vcs?

Vim aki pra esclarecer uns baguis cm vcs.

Vai ter continuidade de Um amor diferente sim! ÊÊÊ.

E eu decidi que vou criar uma fic pra isso, deixa eu explicar pra vcs cmo vai ser. Eu irei escrever vários capítulos relacionados a esse único capítulo que foi o especial. Não entendeu porra nenhuma né? Eu explico novamente. Irei reescrever esse único capítulo em vários outros mais detalhados. Entenderam Agr? Não?! Ah, vão pra put- mentira. Se não entenderam mandem perguntas por msgs e eu tentarei explicar civilizadamente. Tentarei.

O fato deu reescrever é por que imagina a confusão que os leitores novos iam ficar ao ler a segunda parte/temporada direto? Eles não iam entender nada.

Por isso terei que escrever novamente, pra eles não se confundirem. Mais não demorará pra eu chegar na segunda parte, ake vcs pedem.

Aliás eu já postei dois capítulos mais detalhados de uma amor diferente

Lembra do hentaizinho deles? Eu não detalhei, na outra Fic eu irei detalhar bem direitinho a dor e o prazer da protagonista ( Bea ) quando ela dormiu com a Dlç do nosso vampiro Cast. Eu sei que vcs queriam detalhes da noite deles. 🌚🌚.

Bom é isso, ESPERO que vcs tenham entendido. Mais não se preocupem se não entenderam, nem eu entenderiam a merda de explicação q eu dei Agr.

Um Amor Diferente :

https://spiritfanfics.com/historia/um-amor-diferente-6904960

Vejo vcs lá!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...