História A Repórter - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chouji Akimichi, Fugaku Uchiha, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kiba Inuzuka, Konan, Kushina Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikaku Nara, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki, Yahiko
Tags Drama, Hinata, Minakushi, Naruhina, Naruto, Saino, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Toneri
Visualizações 318
Palavras 4.771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Galera um aviso rápido eu estou testando uma coisa nova na fic o Espaço Quarta Parede é uma coisa que eu queria testar a algum tempo e se vocês gostarem eu continuo.

Sem mais delongas aproveitem

Capítulo 6 - Até logo Shino


Hyuuga Hinata – Hospital Geral de Tóquio.

 

Depois do beijo aquela estranha sensação de felicidade me invadiu, como alguém que eu mal conheço que até ontem era um estranho agora tem esse efeito em mim, não consigo em minha mente puxar se algo assim já tinha acontecido comigo nem mesmo no meu primeiro beijo me senti assim, era inexplicável oque aconteceu nesses últimos dias, eu nunca acreditei que algo assim fosse acontecer comigo, pra mim toda essa coisa de amor a primeira vista ou destino era besteira, mas olha só pra mim, toda boba por ter recebido um beijo, como eu disse era estranho, mas estranhamente bom, sentir o loiro me passava energia, era algo quente e terno, por isso fiquei sorrindo sem dizer nada olhando para ele, será que ele está sentindo o mesmo? Eu sei que ele ainda ama a sua falecida esposa, mas será que ele sente alguma coisa a mais que atração por mim, será que eu sou mais doque um consolo para ele? Bom isso eu não sei, mas eu quero viver essa experiência, meu coração me diz para viver isso.

Eu toquei o rosto dele fazendo o loiro sorrir pegando minha mão e depositando um beijo, eu ainda não tinha palavras para proferir quando começamos a ouvir um gemido seguido de um chamado.

-Tou-chan – o chamado feito pela voz fraca da menina fez Naruto desviar totalmente a atenção.

-OI minha princesa – ele acariciava os cabelos da menina.

-Água – Naruto sorriu para Hikari.

-Papai vai buscar – ele deu um beijo na testa dela – olha quem veio te ver – Naruto saiu da frente fazendo a menina me olhar.

-Hinata onee-sama - ela falou com a voz falhando seguido por um largo sorriso.

-Eai pequena como está? – me aproximei dela dando-lhe um beijo na bochecha.

-Bem eu sou forte que nem meu papai – Naruto sorriu orgulhoso com aquilo.

-Já volto com a sua água princesa – Naruto olhou para mim – cuida dela.

-Vou cuidar – sorri para ele.

-Hinata onee-sama – a menina me chamou depois que o pai saiu.

-Fala Hikari-chan – me sentei na poltrona colada à cama.

-Será que eu fiquei doente por causa daquele sorvete que a gente tomou? – a menina perguntou preocupada.

-Claro que não Hikari-chan, já faz muito tempo que agente tomou - ele suspirou em alivio.

-Ainda bem porque a minha Obaa-san me disse que sorvete demais pode fazer mal pra garganta – ri levemente com a inocência dela.

-Ai Hikari-chan pode ficar tranqüila que você ainda vai poder tomar muito sorvete – a menina deu um largo sorriso.

-Da próxima vez vamos juntas de novo – eu não posso dizer não a um pedido tão doce.

-Hai Hikari-chan – outra coisa sobre Hikari ela e o loiro passam alegria pelo sorriso.

-Hikari-Chan a Obaa-san trouxe um presente – uma mulher ruiva entrou no quarto – A oi você é? – a mulher me olhava com estranheza.

-Hyuuga Hinata é um prazer, a senhora deve ser Kushina mãe do Naruto – fiz uma reverencia a mulher.

-A sim Hinata, meu filho fala muito de você – ela me olhou sorrindo.

-Já me falaram sobre isso – falei enquanto a ruiva ia em direção a neta.

-Obaa-san a senhora comprou? – a menina perguntou com os olhinhos brilhando.

-Comprei sim, a ruiva abriu o pacote e deu um enorme urso para menina – Hikari agarrou o urso e deu um abraço.

-Obaa-san arigatou – até mesmo a voz dela estava mais forte.

-Hikari-chan quando você melhorar quer vir comigo e com seu pai e ver como é o trabalho? – se ela pudesse arrancaria o soro e ficaria pulando de alegria.

-É claro que eu quero Dattebayo – ela usou o tic do pai.

-Eu realmente não queria que meu filho herdasse os meus tic verbais, mas parece que esses genes são tão fortes que até a minha neta tem Tebane – ri de maneira descontraída com a fala cabisbaixa da ruiva.

-Kushina-sama a senhora não tem que ter vergonha eu acho tics verbais sensacionais, como eu já falei pro Naruto eles fazem parecer que a senhora tem um bordão pessoal, dá originalidade – a ruiva me olhou, vi escorrer por seu rosto uma lagrima solitária – Eu falei alguma coisa errada Kushina-sama.

-Não menina é só que – ela enxugou a lagrima – isso que você falou me lembrou do meu falecido marido, ele me falou algo parecido no dia que agente se conheceu, Naruto te contou sobre ele?

-Sim, Naruto parece ter uma imensa gratidão e admiração ao pai – a mulher olhou para a pequena como se lembrasse de algo.

-Sabe os dois eram carne e unha, assim como ele e o pequeno furacãozinho aqui – ela depositou um beijo no topo da cabeça da menina – quando Minato se foi quem mais sentiu fui Naruto.

-Eu também perdi um dos meus pais quando eu era mais nova, mas eu acho que isso a senhora provavelmente já sabia – comecei a pensar que nos cinco contando com Naruto e Karin tínhamos sofrido grandes perdas.

-Obaa-san meu vovó era forte que nem meu papai? – a menina perguntou olhando para a ruiva com os olhinhos cheios de curiosidade.

-É claro, seu pai e seu avô eram quase copias apesar de que seu pai tem o jeito mais parecido comigo – a mulher terminou rindo amarelo.

-Aqui a água filha - Naruto entrou na sala - mãe pensei que a senhora vinha só pela manhã.

-Eu não podia deixar você sozinho aqui, passou o dia inteiro do lado dela, precisa descansar Naruto – a ruiva falou enquanto o loiro dava água à menina.

-Mãe a senhora sabe muito bem que eu simplesmente não consigo sair de perto dela quando ela está doente – a ruiva tocou o ombro dele e então começou a falar.

-E você sabe muito bem senhor Naruto que eu sou a avó dela e eu também não consigo ficar longe dela quando ela está assim, vai pra casa e descansa, amanhã eu não tenho nenhum compromisso e vou ficar paparicando a minha neta o dia inteiro, e alem do mais sua chefe vai ficar uma fera se você faltar no trabalhou outro dia – Kushina-sama terminou de falar olhando para mim.

-Não, não, não Kushina-sama eu não vou ficar brava coisa nenhuma, eu adoro a Hikari-chan – falei um pouco vermelha.

-Que bom que gosta da minha neta – a ruiva sorriu e desviou a tensão para o loiro de maneira maliciosa – ei Naruto ela já gosta da Hikari chama ela pra sair.

-MÃE tenha mais senso – a situação era, Naruto vermelho, eu vermelha, Kushina-sama rindo e Hikari sorrindo.

-Papai é bom levar a Hinata onee-sama em um restaurante chique - as palavras inocentes da menina fizeram eu e Naruto irmos alem do vermelho.

-Bom então, eu vou indo, você vem Hina? – Naruto falou apressado para sair dali.

-Claro eu estou com van quer uma carona? – nesse momento vi que a senhora Kushina tinha um sorriso ainda mais maliciosa na cara.

-Não, digo você viu como a minha casa é longe então acho melhor eu pegar um taxi mesmo, se não você vai chegar muito tarde em casa – Naruto falou já abrindo a porta do quarto – mas pelo menos eu te acompanho até a van.

-Ok, bom foi um prazer Kushina-sama, até breve e até breve Hikari-chan espero que melhore logo para tomarmos um sorvete.

-O prazer foi meu querida – a ruiva veio e me deu um abraço.

-Até Hinata onee-sama – a menina fez uma reverencia com a cabeça.

-Tchau mãe, Tchau filha - Naruto falou se despedindo.

-Tchau – ambas responderam em coro.

Eu e Naruto saímos do quarto e fomos juntos até o estacionamento, nos quase não nos olhamos, toda a vez que cruzávamos o olhar ele ou eu sorria feito um bobo alegre e desviava olhar, parecíamos dois adolescentes de quinze anos na escola, quando chegamos até a van eu fiquei de costas para a mesma e Naruto ficou perto de mim.

-Então? – falei fazendo o loiro me olhar meio rubro.

-Então? – Naruto me olhou nos olhos.

-Vamos fazer isso? Quero dizer você quer fazer isso – falei com um fio de voz.

-Quero – ele tocou meu rosto – eu gosto de você Hina.

-Eu sei eu também gosto de você – ele se aproximou um pouco mais – e como vamos fazer, eu nunca namorei sério antes.

-Devagar e com calma – olhei para ele.

-Naruto eu não quero que pense que talvez eu queira que você esqueça a Shion – Naruto me olhou de maneira terna.

-Eu nunca pensaria isso de você – agora eu me aproximei dele.

-Então oque vem agora? – falei encarando ele.

-Primeiro encontro? – ele perguntou me fazendo sorrir.

-Ótimo – Naruto olhou para as janelas do hospital e falou.

-Bom segundo aquelas duas vai ter que ser em um restaurante de luxo – eu ri com a lembrança.

-Não precisa sou muito mais o Ichiraku e quem sabe um cinema – ele botou a mão no queixo e pensou.

-Domingo agora as sete da noite nos dois vamos estar de folga então a gente podia aproveitar. – ele falou me olhando.

-Perfeito, bom acho que é isso, agente se vê amanha no trabalho? – ele sorriu e pos um mexa do meu cabelo atrás da minha orelha.

-Claro, afinal não quero irritar a minha chefe, boa noite Hina – ele se aproximou do meu rosto.

-Boa noite Naru... – antes que eu terminasse selamos nossos lábios em um beijo calmo, mas apaixonado.

Depois que nos despedimos eu entrei na van e como seu eu tivesse quinze anos senti meu coração díspar e uma sensação estranha de borboletas invadiram a minha barriga, Kami parecia que naquele momento eu só queria beijar mais o loiro, que sensação é essa?

Dirigi até em casa e estacionei a van na minha vaga extra, desci dela e fui em direção ao meu elevador, comecei a rir sozinha em lembrando do beijo. Assim que a porta se abriu estranhei meu apartamento, estava mais colorido e vivo até mesmo a minha sacada aprecia alegre. Sorri com aqueles sentimentos e fui tomar um banho, acho que foi um dos melhores banhos que já tomei na minha vida. Vesti um conjunto lilás e por cima pus uma regata branca, não costumo dormir de shorts ou com algo cobrindo as pernas.

Sai do meu quarto e fui caçar alguma coisa para comer antes de dormir, abri a geladeira e vi uma lasanha de micro ondas, coloquei o tempo necessário e esperei sentada no meu sofá que ficava perto da janela, comecei a encar a lua imaginando se Naruto estava do mesmo jeito que eu, olhei para minhas fotos e sem perceber falei em voz alta.

-Queria que a senhora estivesse aqui para que eu pudesse te falar sobre Naruto.

 Minha mãe não estava ali, mas eu tinha alguém para conversar sobre oque aconteceu hoje, a única pessoa que conhece tudo sobre mim, peguei meu celular e disquei o numero da Hana.

-Quase uma da manhã e a senhorita fica me ligando – Hanabi falou irritada e sonolenta.

-A eu posso ligar para minha irmã de madrugada quando estou em uma emergência.

-EI Onee-sama oque foi? – Hanabi foi de sonolenta a loba em alerta.

-Bom aconteceu uma coisa hoje, eu meio que bom nos meio que, céus porque eu não consigo falar? – perguntei frustrada.

-Falar oque Onee-sama? Desembucha logo – ela falou preocupada.

-Como você sentiu que estava apaixonada pelo Konohamaru?  - perguntei ainda tentando achar o melhor jeito de contar.

-A uma vez ele me ajudou a pegar meus livros e agente acabou tocando as mãos e meu coração disparou, mas oque isso tem haver?

-Hana hoje eu fui visitar a filha do Naruto no hospital e – eu não conseguia terminar.

-E, e , e, e, oque? Fala logo – respirei fundo.

-Eu e Naruto nos beijamos – houve silencio por um curto período.

-AAAAAAAHHHHHHHHHHHHH – Hanabi gritava do outro lado – NÃO ME FALA QUE É MENTIRA.

-É verdade – falei em um fio de voz.

-Parabéns Onee-sama e obrigado – estranhei a ultima parte.

-Obrigado por quê? – Hanabi Riu meu sem jeito.

-Eu apostei com o Konohamaru que vocês dois não demorariam nem dois messe para começarem a se relacionar, e eu ganhei – ela falou comemorando.

-Ei não fique apostando com a minha vida amorosa – falei em um misto de irritação e constrangimento.

-Onee-sama me conta tudo?

Comecei a contar tudo oque aconteceu desde a minha ida à casa do loiro, eu e Hana parecíamos duas colegiais doidas no telefone.

-A, mas eu vou esfregar tudo isso na cara do Konohamaru - ela flou me fazendo ficar curiosa.

-Porque ele apostou contra mim? – Hana suspirou do outro lado.

-Ele me disse que achava que vocês iam demorar mais, por dois motivos, um por você ser a cara da falecida esposa dele e segundo ele me disse que Naruto passou quase um ano inteiro em depressão depois da morte dela – isso me atingiu feito uma flecha no peito.

-Você sabe doque ela morreu? – Hana ficou em silencio por um tempo.

-Mana não me leve a mal, mas Konohamaru me pediu para deixar que Naruto te contasse – deve ter sido algo pesado.

-Só me fala uma coisa, foi muito ruim? – eu perguntei meio receosa.

-Onee-sama se metade doque o Konohamaru me disse for verdade Naruto-san passou por tempos realmente sombrios.

-Eu entendo bom boa noite Hana.

-Boa noite Onee-sama.

Me despedi de Hana e fui comer, descobrir que Naruto passou por uma depressão me tocou, eu já vi esse mal de perto com uma prima minha Hyuuga Natsu ela perdeu o avô paterno dela e acabou ficando tão mau que chegou a tentar suicídio meu pai custeou todo o tratamento dela, mas foram longos quatro anos com ela lutando contra a depressão então  eu realmente me sinto triste por saber que isso aconteceu com o loiro.

Apesar do papo pesado com a Hana hoje de madrugada acordei bem disposta e feliz, me levantei e fui fazer a minha higiene e tomar um banho rápido, vesti um conjunto social preto, quando estava tomando café Naruto me enviou uma mensagem.

>Bom dia Hina, Hikari voltou para casa ontem de madrugada com a minha mãe.

>Graças a Kami, fala pra ela que mandei um beijo, agente se vê no meu camarim, temos que discutir algumas ações de investigação.

>Ok.

Peguei a van e fui e, direção a emissora, durante o caminho eu estava ouvindo uma musica country americana quando do nada um rap com partes em inglês e japonês, era Killer Bee, parecia que ele estava de volta ao Japão e iria tirar férias, sempre tentam me empurrar entrevistas com caras assim eu odeio rap e ainda mais odeio esses rapers que acham a ultima bolacha do pacote.

Depois de meia hora eu estava chegando à emissora e topei com Kiba na recepção, ele sorriu e veio em minha direção.

-Bom dia Hina – ele fez uma reverencia.

-Bom dia Kiba – respondi a reverencia.

-Tenten me falou que você estava mal ontem, melhorou? – dei um sorriso.

-Sim obrigado por perguntar – Kiba me olhou como se fosse pedir algo.

-Hina, as eliminatórias do campeonato nacional de atletismo começam hoje e eu ainda não tenho ninguém para fazer a transmissão ao vivo – comecei a coçar a testa.

-Olha Kiba, eu sou repórter investigativa, as transmissões ao vivo que eu faço são de historias que eu investiguei ou de acontecimentos de ultima hora, eu nunca cobri atletismo, chama a Ino.

-A Ino está ocupada hoje e agente sabe que ela não é a melhor para entradas ao vivo, vai me da essa força, fico te devendo qualquer coisa – isso me seu uma idéia.

-Qualquer coisa? – olhei para ele arqueando a sobrancelha.

-É só pedir – ele abriu os braços.

-Hoje é o ultimo dia do Shino então se no final da transmissão no seu programa nos fizermos uma mini homenagem a ele eu faço a cobertura só hoje – ele colocou a mão no queixo pensando.

-Beleza combinado – ele me olhou sorrindo.

-Bom então eu só vou esperar o meu técnico e vou para o estádio – falei indo para o elevador.

-Hina tenho que te falar mais uma coisa – ele parecia encabulado.

-Fala – olhei para ele cruzando os braços.

-Eu queria me desculpar por ter agido feito um idiota naquela noite no restaurante - comecei a coçar a cabeça e falei.

-Olha Kiba fica tranqüilo passado é passado – tentei voltar a meu caminho, mas ele continuou.

-Eu queria me redimir, eu consegui entradas para o basquete – não gosto do rumo dessa conversa, então antes que ele terminasse puxei meu celular fingindo receber uma ligação.

-Só um momento Kiba... OI, não já estou aqui te esperando, hihihihihihi também já estou com saudade de ontem, até daqui a pouco... Pode falar Kiba.

-Eu só queria saber se você acha se a menina nova do Rh irira gostar de ir ao basquete comigo – ele falou rindo de maneira forçada.

-Claro vai fundo, bom eu vou indo pro meu camarim assim que meu técnico chegar eu vou.

-Boa sorte - ele falou saindo cabisbaixo.

Que Naruto me perdoe por isso, mas de chiclete já basta Toneri esse que alias eu tenho que lidar logo para ele não atormentar o loiro. Cheguei ao meu camarim e fiquei esperando Naruto, por volta das nove e quarenta ele chegou.

-Bom dia Hina – ele falou abrindo a porta.

-Bom dia fecha a porta – ele me atendeu e fechou a porta atrás de si.

-Então que tipo de investigação vamos fazer hoje? – ele falou esfregando as palmas.

-Quem me dera se fossemos fazer isso hoje, agente já vai ter que sair para cobrir a abertura das eliminatórias do atletismo – falei pegando a minha bolsa.

-A entendi, vai ser no estádio Anbu? – ele perguntou casualmente.

-Sim.

-Eu conheço o preparador físico da equipe de corredores da universidade Fundação Senju, ele foi meu professor de educação física se você quiser posso tentar arrumar uma entrevista com alguém da equipe – isso me impressionou.

-Kami me enviou você só pode – ele riu vermelho coçando a nuca.

-Vamos indo então – ele já ia se virando, mas eu chamei sua atenção.

-Ei espera – ele se virou novamente para mim.

-Oque foi?

-Esqueci disso – rapidamente puxei a nuca dele um pouco e dei-lhe um beijo rápido – agora podemos ir.

-Hina – ele falou meio bobo me olhando.

Assim que saímos liguei para Shino nos encontrar lá no estádio, ele mal sabia da surpresa, hoje seria seu ultimo dia então será memorável, avisei o loiro sobre o que íamos fazer. Durante o caminho Naruto foi me contando algumas coisas sobre a filha, ele me disse que anjinho é só para as pessoas de fora, porque ele me disse que corta um dobrado com ela em casa por causa da energia da menina, era visível o amor de Naruto pela filha, se dependesse dele ele fechava a menina em uma caixa e guardava para sempre, isso me fez pensar que talvez ele tenha saído da depressão por causa da Hikari, do jeito que ele estava desesperado ontem significa que essa menina é tudo para ele, basicamente a vida dele então a mínima chance de perde-la é insuportável, pode não parecer, mas eu já considero Hikari alguém muito importante para mim também então eu quero ajudar o loiro nessa.

Chegamos até o estádio por volta das dez e dez, descemos e Naruto começou a levar o equipamento para dentro para a transmissão, pouco depois Shino chegou eu o cumprimentei e levei ele até Naruto, na van combinei com o loiro de deixalo para ver o áudio com a desculpa de não entender um novo microfone assim Shino ficaria perto de nos na hora da surpresa, era por volta de meio dia quando as equipes começaram a chegar para as provas que começariam as duas, vi Naruto chamar um homem de estatura mediana e cabelos castanhos.

-Oi Yamato-sensei – o homem veio na nossa direção.

-Quem é vivo sempre aparece – o homem veio e deu um abraço no loiro.

-Yamato-sensei deixa eu apresentar meus amigos – por alguma razão esse amigos me incomodou – essa é Hyuuga Hinata minha chefe e esse é meu colega de trabalho Aburame Shino.

-Muito prazer – eu e Shino fizemos uma reverencia.

-Yamato-sensei, se as meninas da sua equipe ficarem entre as primeiras o senhor consegue uma exclusiva aqui com agente, pelos velhos tempos – o homem riu.

-Se eu fosse puxar pelos velhos tempos eu não fazia nada, você e o Uchiha eram a dor de cabeça na escola – o loiro riu amarelo – mas por alguma razão inexplicável eu gosto de você garoto, fica tranqüilo tenho certeza que a Nii e a Fuu vão estar entre as primeiras.

-Arigatou Yamato-sensei.

A transmissão ao vivo começaria lá pela uma da tarde e iria até o termino das provas às cinco da tarde.

 

Esporte Inuzuka – 13:00 da tarde

 

-Boa tarde a todos estamos começando mais um esporte Inuzuka o programa de esportes numero um em todo o território Nacional, eu sou seu anfitrião Kiba e hoje nessa edição especial vamos acompanhar a eliminatória nacional de atletismo, hoje comigo estão o senhor Kimimaro campeão nacional dos cem metros rasos e medalha de prata em Pequim, também, está aqui lendário Senju Tobirama medalha de ouro nos cem metros rasos e nos quinhentos metros com barreiras nas olimpíadas de Seul em 88, sejam muito bem vindos.

-É um prazer estar aqui Kiba – o homem mais jovem de cabelos pretos falava.

-Obrigado por nos receber Kiba-san – um homem mais velho de cabelos brancos falava.

-Daqui à uma hora as provas eliminatórias começam Kimimaro pra você que já esteve lá como é essa primeira fase na cabeça de um iniciante?

-Kiba é pressão em cima de pressão, mas essa molecada tem que estar compenetrado e das tudo de si para conseguir ir adiante.

-Tobirama-sama quais são as suas expectativas para o torneio visto que a instituição da sua família tem os atletas favoritos.

-Bom Kiba-san é claro que eu tenho uma enorme confiança nos nossos atletas, mas temos outras grandes instituições na briga então o torneio vai ser acirrado.

-Maravilha, agora vamos ao estádio com Hyuuga Hinata, Hina é com você – o homem falou olhando para câmera.

-Muito abrigado Kiba e boa tarde a todos em casa, hoje teremos o futuro do nosso atletismo competindo por vagas não só nos pódios como nas equipes nacionais...

 

Hyuuga Hinata – Estádio Anbu.

 

As horas foram passando e logo chegaria a hora da surpresa, estávamos entrevistando duas garotas que tinham se classificado para as etapas finais.

-Kiba estamos aqui com as duas ultimas classificadas Nii Yugito e Fuu, mas de ultimas elas não tem nada elas dividem o topo com os dois melhores tempos da eliminatória, meninas me falem qual é a sensação de estar indo para as finais?

-É indescritível, é tudo fruto do nosso trabalho duro e esforço, mas a sensação de ver seu nome lá encima é fenomenal – uma mulher de cabelos esverdeados falava.

-Bom como a Fuu falou é uma emoção muito grande, mas agora é focar nas finais e ter o pódio como meta – a loira falava um pouco ofegante.

-Muito obrigado meninas e boa sorte - elas saíram – Kiba antes de encerar a transmissão eu gostaria de homenagear um amigo que está comigo há muito tempo, mas agora está pra deixar a equipe e ir seguir o sonho dele - Naruto filmou Shino – Shino desde Washington você tem sido meu braço direito, meu amigo, meu irmão nesses quatro anos que trabalhei com você cresci muito na minha careira e como profissional e tudo eu devo a você, e é com muito pesar que me despeço de você lhe desejo toda sorte do mundo, Aqui é Hyuuga Hinata de volta para o Studio – Naruto cortou a transmissão.

-Meu deus Hina você é impossível – Shino veio e me abraçou.

-A meu amigo você merece muito mais que isso – apertei o abraço – vou sentir a sua falta.

-É claro que não vai sentir você tem o Naruto – Shino se separou de mim e olhou para o loiro – é melhor cuidar bem da Hina.

-Deixa comigo Dattebayo – Shino sorriu e perguntou.

-Eu chamaria vocês para beber, mas eu sei que você tem sua filha e a Hina gosta de tomar sorvete com ela – dei um cascudo nele – ai.

-Não vai ter problema, vamos beber a minha filha está com a minha mãe então hoje eu posso beber com vocês.

Saimos dali e só passamos na emissora para deixar a van e sair direto para o Suna, começamos a beber o desafio dos shots, era uma seqüência de dez copos de dose com bebidas diferentes, ganhava quem bebia mais rápido, Shino ganhou essa. Estávamos bebendo uns coquetéis quando Shino começou a olhar de maneira estranha para mim e para Naruto.

-Tá me falem a real, faz quanto tempo que vocês dois estão juntos? – eu e o loiro ficamos surpresos por ele desconfiar, mas negamos a principio.

-Shino eu e o Naruto nem temos nada – falei constrangida.

-É Shino não temos nada – Naruto falou fazendo Shino rir.

-Tem certeza Hina? – ele me olhou de lado.

-Tenho apenas amigos – Shino voltou a rir só que dessa vez mais forte.

-Amigos não ficam irritados quando o outro te chama de amigo como uma certa morena ficou, ou não ficam com ciúmes quando a amiga é abraçada, não é Naruto? – Naruto desviou o olhar.

-Eu sei doque você ta falando – Naruto falou vermelho.

-A e amigos não sentam colados um no outro – eu e Naruto nem tínhamos visto que estávamos colados – amigos não ficam trocando olhares e cochichos, se vocês estão tentando esconder, meus amigos vocês são péssimos nisso.

-Isso foi o álcool que fez agente ficar assim sem perceber – Naruto falou.

-Então estão mesmo juntos?

-Vai adiantar negar Shino – falei fazendo ele negar com a cabeça – estamos.

-Booom ganhei aposta que fiz com a Tenten – Shino falou comemorando.

-Ei todo mundo decidiu apostar sobre mim e Naruto.

-Eu acho que sim, sabe até quem não conhece vocês acha que vocês dois combinam – Shino respondeu ainda rindo.

Ficamos bebendo e agüentando as provocações do Shino até mais ou menos sete da noite, depois disso fomos para casa. No Dia seguinte eu, Naruto e Tenten estávamos nos despedindo de Shino no aeroporto.

-Shino boa sorte – Tenten falou abraçando Shino.

-Obrigado Tenten e sobre a aposta transfere pra minha conta.

-Cara eu só tenho que te agradecer por esse curto período juntos – Naruto deu um abraço nele.

-Cara eu que tenho que agradecer vou ficar tranqüilo sabendo que a Hina está em suas mãos lirteralemente – Naruto ficou vermelho.

-Eu vou chorar – falei dando um abraço no meu amigo.

-Ei não chora não que cobra a maquiagem – ele falou me olhando – vou sentir sua falta Hina.

-Eu também vou senhor dos insetos – ele riu.

-Acho que isso é um adeus – ele falou pegando as malas.

-Nunca é um adeus Shino é um até logo – falei limpando as lagrimas mais teimosas.

-A antes que eu me esqueça tenho que pedir uma coisa para vocês dois – ele falou apontando para mim e Naruto - Quero ser padrinho do casamento de vocês.

-Idiota – falei constrangida.

-Até logo Hina.

-Até logo Shino

 

 

Espaço Quarta Parede

 

-Fala leitoras e leitores dessa fic maravilhosa, aqui é a Hinata – a morena abria os braços.

-E aqui é Naruto – o loiro falava sorrindo.

-E esse é o Espaço quarta parede – ambos falaram juntos.

-Esse novo quadro aqui da fic é um oferecimento dos pensamentos do maravilhoso, mais belo e mais inteligente autor de fics do mundo – Naruto falou.

-Que é um narcisista maluco que faz agente falar um monte de elogios sem sentidos só para alimentar seu ego inflado – a morena falou me deixando irritado.

-Você quer perder o protagonismo da Fic – eu falei para Hinata.

-Não, não, por favor, não – Hinata me pediu de joelhos – de joelhos já não é um pouco demais – ta bom Hinata me pediu gentilmente.

-Se não quer perder o cargo continue explicando oque é o espaço quarta parede – falei me retirando dessa conversa doida.

-Pessoal o espaço quarta parede vai trazer eu e o Naruto comentando sobre os acontecimentos da fic, talvez tenhamos entrevistas com outros personagens e coisas aleatórias que vocês e o autor quiserem.

-É isso ai, e como agente ta no começo pedimos sugestões para vocês, quem deve ser o primeiro entrevistados? Quem você acha que vai ser Hina?

-Se deixar na mão do autor vai ser o Darth Vader.

-Isso é verdade, mas só vamos descobrir no próximo capitulo.

-Porque só no próximo? – Hinata perguntou

-A é porque o autor ta com preguiça de escrever mais.

-Bom já que é assim esse foi o primeiro Espaço Quarta Parede, espero que o primeiro de muitos, tudo depende do autor preguiçoso.

-Tchau pessoal até a próxima – o loiro começou a acenar para vocês, acenem para ele.

-Tchau pessoal – acenem para Hina também..


Notas Finais


Fala galera gostaram? Pessoal o Espaço quarta parede é um brincadeira minha para interagir mais com vocês, então mandem sugestões e criticas para melhorarmos a nossa interação com os personagens.

Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...