História A saga da leoa branca. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rei Leão
Personagens Personagens Originais
Tags Branca, Grupo, Humanos, Leoa, Liderança, Mara, Reinado, Rejeitada, Reserva, Saga
Exibições 13
Palavras 364
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Luta, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


É agora que a história começa, boa leitura peoples!

Capítulo 1 - 1 Abandonada.


P.O.V Luanda.

Eu estava longe de meu bando, longe de todos.

Mas eu tinha um motivo, eu estava grávida.

Meu bando é o maior da região, tendo 7 leoas, 2 machos, 3 adolescentes e 9 filhotes.

Eu havia deixado o grupo sob os cuidados de Livia, minha irmã e vice líder do grupo.

...

...

...

   As dores começaram, minha cria queria vir ao mundo.

Eu me esforçava para não chamar atenção, mas estava difícil.

De repente, senti algo saír de dentro de mim.

Eu olhei meu filhote, era uma fêmea mas... branca?

   Era isso, Minha filha era branca.

Como, não sei, só sei que ela era branca.

Leões brancos são considerados aberrações por parte dos outros animais, geralmente quando uma cria é branca ela é abandonada.

Mas é pelo fato de que, sendo branco o leão não tem como camuflar-se na mata, dificultando ou até mesmo arruinando a caçada.

E era isso que eu iria fazer.

Eu iria abandonar minha filha, aonde já se viu eu ter uma filha branca?

E foi isso que eu fiz.

A levei em um lugar afastado e lá a deixei.

Deixei para não mais voltar para pegá-la.

...

...

...

   --Você fez o que! Imalaia falou vindo em minha direção.

--Você não é assim Luanda! Aonde já se viu abandonar um filho!

Você é um monstro, uma assassina!

Eu já ouvira o bastante, e aquilo fora longe demais!

Aonde já se viu uma adolescente falar assim com a líder de seu grupo?

--Cale-se! Eu sou a líder do grupo, e você, sua pirralha, não tem o direito de falar assim comigo!

Minha filha era branca...

--Ela era um leão como outro qualquer! No que você se tornou Luanda?

--Você... Está certa, eu falei abaixando a cabeça.

--Eu não devia ter feito...

--Agora não adianta, Imalaia falou. –Livia e Talia irão mostrar a mim e aos outros adolescentes algumas táticas de caça, e eu vou também.

   Assim que Imalaia saiu, eu comecei a pensar.

--Eu realmente, era um monstro! Eu havia me arrependido de abandonar minha filha, mas agora o mau já estava feito.

   Agora era conviver com o arrependimento, quem sabe dali a algum tempo isso passe.


Notas Finais


Tchau e espero que tenham gostado do primeiro cap, peoples!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...