História A saga das fics perdidas - Capítulo 13


Escrita por: ~ e ~SrtaNamtae

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Monsta X, Naruto, SHINee
Personagens Hyung Won, I'M, Jackson, JB, J-hope, Jonghyun Kim, Joo Heon, Ki Hyun, KiBum "Key" Kim, Min Hyuk, Minho Choi, Personagens Originais, Show Nu, Taemin Lee, V, Won Ho
Tags Abo, Amizade, Comedia, Sátira, Sobrevivencia, Sonhos, Viajens
Visualizações 16
Palavras 957
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!

Capítulo 13 - Imagines e loucura


Fanfic / Fanfiction A saga das fics perdidas - Capítulo 13 - Imagines e loucura

Tha on. 

Enquanto riamos descompassadamente da situação anterior que enfrentamos, começarmos a caminhar pela estrada, talvez tenhamos nos perdido em meio a conversas e risadas, que esquecemos de olhar os troncos de arvores e suas tags, ficamos apenas andando na estrada planejando como se livrar desse mundo de fanfic, como se livrar da mestre dos magos mirins vulgo Lolita, viajamos tanto nas ideias que não percebemos que nossa caminhada havia nos levado longe de mais. 

-Tha...Que merda a gente ta fazendo? -Ga olhava em volta – A meu deus, cada as arvores? 

 Olhei a minha volta e notei que estávamos em um campo vazio sem arvores, apenas um grande verde, eu podia ver as arvores, mas elas estavam tão distantes que pareciam pequenas formigas em minha visão 

-Acho que a gente se empolgou na conversa -Olhei para Ga com uma expressão de quem estava ferrada – me da as insígnias que esta com você!  

 Gau me deu as duas insígnias dela, eu tinha apenas uma, as coloquei no chão e juntei seus pedaços visando saber quantas ainda faltavam. 

-falta 1 –disse animada – Sendo assim não estamos tão longe de sair desse inferno! 

-Então bora voltar para aonde tem arvore! - Ga já voltava a caminhar 

-Espera!...Por que não vemos o que tem além daquelas arvores, quem sabe achamos um jeito mais fácil de sair daqui! 

-Ou de ficar aqui para sempre 

-Caramba Ga...Não apela porra! - Sorri mostrando todos os dentes – Poderíamos tentar, talvez essa seja uma parte aonde Lolita não tenha controle. 

-Sinto que a gente vai se ferrar...mas vamos nessa! 

  Continuamos caminhando pela estrada, eu já estava ficando preocupada se ela teria mesmo um fim, mas para minha sorte, ela tinha...um fim um tanto estranho, já que demos de cara a um grande muro cheio de portas brancas no mesmo, em cada porta tinha vários nomes de idols e cantores. 

-O que será que tem atrás dessas portas? - Ga perguntava 

-Sei la, mas se formos entrar ai, vamos em uma que tenha ao menos nossos bias. 

 Nos olhamos com um sorriso no rosto, e começamos a procurar pelos nomes dos bias, até acharmos os nomes dos membros do monsta-x e eu e Gau entramos em uma pequena DR, pois ela queria entrar na porta do Changkyun, e eu na porta do Kihyun, e depois de muito debater decidimos entrar na porta do Hyungwon, assim ninguém brigava depois. 

 Abrimos a porta lentamente, encontrando uma grande sala branca e vários papeis grudados na parede, Ga foi até um deles. 

-Olha isso aqui Tha – Ela apontava para um dos papeis – Imagine primeiro beijo! 

 Quando Ga disse isso, a sala começou a se quebrar, nos abraçamos assustadas, e um parque florido começou a se formar, enquanto eu olhava em volta percebi que Ga se soltava de mim, quando olhei notei ela sendo segurada pelos ombros por Hyungwon. 

-Tha...que que ta acontecendo aqui? 

 Hyungwon sorria para ela, se aproximando lentamente, enquanto Ga se encolhia tentando evitar o que estaria por vir, eu até tentei impedir, mas antes que eu pudesse fazer alguma coisa, os lábios de Hyungwon já estavam colados no de Ga, borboletas começaram a voar próximo aos dois, eu é que não ia atrapalhar aquela cena! 

-Tha pelo amor de Deus me ajuda  - Ga tentava afastar Hyungwon que parecia não me ver – SOCORRO EU NÃO ESTAVA PREPARADA! 

Comecei a rir, logo Hyungwon sumia junto com a imagem do parque nos deixando de volta ao quarto branco, olhei para Ga que sorria boba com as pontas dos dedos na boca. 

-Senhor me perdoa pelo o que eu vou dizer, mas isso estava bom demais!  

-È por isso que não leio imagines! -Exclamei - Só para deixar a pessoa mais iludida do que já é. 

-Olha..podemos ir para a porta do Kihyun se quiser – Ga tinha um sorriso malicioso no rosto. 

-Não fofa, por que se aquela boca cheia de dentes chegar perto da minha, eu não saio daqui nunca mais, nem ligo mais para o mundo...Vamos sair daqui logo  

 Peguei o relógio para ver quanto tempo tínhamos, notando que aqueles míseros minutos que passamos ali haviam nos tirado 3 dias. 

-Puta que o pariu fodeu Ga! -Mostrei o relógio para Ga que quase chorou comigo. 

-Vamos sair daqui logo, antes que percamos todo o tempo restante. 

 Abri a porta para sair daquele mundinho de imagine, saímos e decidimos voltar o mais rápido possivel para as arvores, enquanto caminhávamos eu comecei a ouvir um rosnado abafado. 

-Ga é a sua barriga? 

-Minha barriga o que ? 

-Que esta rosnando desse jeito? 

 O rosnado ficou mais alto e mais próximo, olhei para Ga que olhava para todos os lados tentando saber da onde aquele som assustador saia, olhei para tras de mim, pois parecia que o barulho via daquele lado, e comecei a ver um vulto preto, tirei os óculos do rosto e limpei, pois eu so podia estar vendo coisa, quando coloquei os óculos novamente vi uma grande cabeça de Pitbull bem na minha cara, o susto foi tanto que cai de bunda no chão, Ga ficou me olhando sem entender nada. 

-Você não viu? -Gritei – O tamanho do cachorro... cadê ele? - Olhava para os lados – Cadê esse filhote de demônio? 

 

''Reza a lenda que quanto mais você entra no mundo das fanfics mais difícil é de sair, o vício se torna tanto que você começa a ficar louca, a ver coisas, mas mesmo assim, anseia para ter mais desse mundo'' 

Olhei para Ga que estava espantada com a voz que ecoava no lugar, aquela voz não era de Lolita, aquela voz parecia com a minha, mas Ga já dizia que parecia com a dela, em fim...estávamos nós ficando loucas, ou Lolita estava pregando mais uma de suas peças? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...