História A Salamandra e o mago Celestial. - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Aries, Bisca Connell, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Coco, Doranbolt, Elfman Strauss, Erik (Cobra), Erza Scarlet, Evergreen, Flare Corona, Freed Justine, Frosch, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Grandeeney, Gray Fullbuster, Happy, Hibiki Lates, Horologium, Igneel, Ivan Dreyar, Jellal Fernandes, Jenny Realight, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kinana, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Lector, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Loki, Lyon Vastia, Lyra, Macao Conbolt, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Metallicana, Michelle Lobster, Minerva Orland, Nikora "Plue", Pantherlily, Pisces, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Scorpio, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Taurus, Ultear Milkovich, Ur, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Genderbend, Lucky Heartfilia, Magia, Nalu, Natsumi Dragneel, Romance
Visualizações 38
Palavras 1.539
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Harem, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá meus caros leitores, hoje estou muito animada pelos comentarios, por isso la vaí outro magnifico capitulo. Espero que gostem.
Boa leitura!!!♡

Capítulo 6 - O cruzamento entre o presente e o passado, parte final!


                  Lucky Heartfilia, on:

Depois do relaxante banho, fiquei com a cabeça mas calma, por isso resolvi sair para passear um pouco, só pra estravasar.

- Lucky, esta de saida é?- perguntou a sindica do apartamento.

- Sim, eu estou. Preciso esfriar a cabeça.- falo saindo de la. Olho ao redor procurando algo interessante para começar minha caminhada, mas não vejo nada demais.

Começo a caminhar calmamente pelas calçadas da rua, atraindo olhares e suspiros apaixonados. Ahr, essa pessoas não tem o que fazer não?

- Hum... uma loja de vestidos..?- sussurro vagarosamente, olhando ao redor da loja, parando meu olhar em um vestido rosa simples, com uma parte detalhada em renda e um laço atras. Automaticamente travo onde eu estava e quase que por impulso vou andando meio perdido em pensamentos até a loja.

- Que rapaz jovem e belo, eu tenho aqui. Venho atras de um vestido para sua namorada?- perguntou a atendente que aparentava ter uns 40 anos.

- Namorada, é... hum...?- sussurro pensando em todas as garotas com quem ja estive, mas que nenhuma delas conseguiu me despertar tal interesse para comprar algo tão belo quanto esse vestido para qualquer uma delas...

- Natsumi...- sussurro involuntariamente o nome daquela que foi a unica a conseguir atrair o meu olhar. - Acho que ficaria bom nela.- falo para a atendente que me lança um sorriso amigavel.

- Esta apaixonado, meu rapaz?-ela me perguntou cautelosa e por alguns segundos eu pude jurar que isso lembrou-me de minha mãe.

- Eu de verdade não sei, mas com certeza adoraria dar esse vestido para ela. Acho que combinaria com a profundeza onix dos olhos dela e com os seus cabelos rosa.- falo baixando meu olhar e virando-me para ir embora.

- Você é bem poetico e parece ter um bom senso de moda e estilo. Esta procurando emprego?- ela perguntou me olhando com carinho.

- Sim, eu estou.- falo simples, vendo  ela sorrir gentilmente.

- Então o que acha de vir trabalhar aqui?- falou com paz na voz transmitindo-me sossego.

- Sério?- pergunto e vejo ela assentir.- Obrigado, não vai se arrepender.- falo feliz.

- Otimo, você  pode começar agora se quiser.- disse simples vendo eu assentir. Ela logo me dirigiu para o fundo da longe, onde se apresentou e me disse o que eu deveria fazer.

               Natsumi Dragneel, on: 

Depois que fechei a janela me deitei na cama e fiquei fitando o teto do quarto,  entre abrindo meus olhos vendo, pequenos flashs de luz vir a minha mente tentando clarear as ideias, quando de repente o dono daqueles belos fios dourados me vem a mente.

-  Por que será que eu sinto que nossos caminhos iram se cruzar novamente?- sussurro ao vento, pronta para esquece-lo como qualquer outra coisa que ja esqueci.

              Mirajane Strauss,  on: 

Estou agora na sala do diretor, para conversa com ele sobre uma missão que o incomoda.

- O que houve,  Mestre ?- pergunto calmamente firme, vendo-o me olhar preocupado.

- Veja isso, Mira!- ele disse mostrando-me um cartaz com a foto de um menino loiro e olhos castanhos claro, com no maximo 17 anos eu diria, e pelo cartaz seu nome é: Lucky Heartfilia!- Ele fugiu de casa e o pai o quer de volta. O garoto é um mago, e eu tenho uma teoria de o por que dele ter fugido.- o Mestre disse com o olhar baixo.- Não iremos aceitar essa missão, Mira.- assim que ele termina de falar eu balanço a cabeça positivamente.

- Agora irei me retirar para o trabalho.- falo fazendo uma reverencia minima enquanto o Mestre apenas suspirava e dava-me a ordem para sair.

Saio da sala indo em direção a guilda que esta agitada como sempre. Francamente, eles realmente não tomam jeito.

- Mira-nee, cadê a Natsumi-nee?- perguntou Romeo aparentemente preocupado. Que fofo! Desde que ele viu Natsumi pela primeira vez, ficou grudado nela como chiclete. Eles são como irmãos, haha.

- Desculpa, Romeo. Mas eu não a vi vindo para a guilda. Talvez esteja cansada ou deve estar comendo por ai, afinal dependendo dela, nunca se sabe não é?- falo piscando para ele que solta um breve riso.

- Tem razão. Acho que vou na casa dela verificar!- ele disse e saiu correndo em direção a casa dela. Hum... talvez eu vá lá mais tarde tambem.

                Romeo  Conbolt, on: 

Saio correndo em direção a casa da Natsumi-neechan. Desde que papai me deixou participar da Fairy Tail,  eu admiro ela. Ja a vi lutar e vencer seus inimigos como ninguem, sem falar de sua beleza que atrai muitos para perto...por exemplo o seu sorriso que alem de espantar o medo, parece nos encorajar a continuar seguindo em frente. 

Aperto mais o passo ao ver a casa dela. Bato na porta e ouço um " ta aberta ", e entro procurando por ela. Encontro ela no quarto deitada de bruços, com os olhos meio avermelhados... parece que chorou.

- Aconteceu alguma coisa Natsumi-nee?- pergunto a olhando com muita preocupação,  vendo-a logo em seguida abrir um de seus tipicos sorrisos contagiantes.

- Não foi nada, eu estou bem Romeo, mas obrigada por se preocupar.- ela fala acariciando meus cabelos.- Você deve estar com fome, ne. Vem, vou te dar algo para comer.- falou levantando-se da cama sem muita disposição, indo para a cozinha junto de mim.

                     Autora-chan, on:

O dia ja estava quase no fim, deixando um loiro cansado em cima de sua cama, onde acabou por dormir, enquanto na casa de Natsumi, Romeo ja dava tchau para ir embora.

- Poxa, no final ela nem me disse nada.- sussurrava Romeo, enquanto andava de cabeça baixa.

- Vejo que algo aconteceu la que te deixou pra baixo, Romeo-kun.- disse Mirajane ao se aproximar cautelosamente do menino que andava distraido.

- Ah, Mira. É que a Natsumi-nee estava estranha... ela parecia triste. Você vai la agora?- perguntou Romeo com suas palpebras pesadas de preocupação.

- Hahaha, vou sim. Por isso não se preocupe, amanhã ela estara com toda aquela animação ao qual estamos acustumados. Tchau!- disse Mirajane vendo o menino se iluminar.

                  Mirajane Strauss, on: 

Assim que chego na casa de Natsumi sinto uma forte rajada de vento que acaba por levantar boa parte da barra de meu vestido, deixando tambem meus cabelos meio bagunçados. Olho ao redor e vejo que a porta esta aberta.

- Essa Natsumi. Despreocupada como sempre. Ahr, fazer o que ne.- falo entrando na casa e parando em frente a porta do quarto dela que estava entre aberta, dando-me a simples visão de: Natsumi em cima da cama segurando o violão que minha irmã mais nova havia dado para ela em seu aniversario de 7 anos.

- Natsumi-san... não acredito... o violão...- sussurro começando a deixar algumas goticulas de lagrimas cairem por meu belo rosto albino.

Quando menos espero, vejo ela começar a tocar uma bela e lenta melodia, trazendo consigo sua bela voz, que devo admitir: durante esses anos que se passaram, a voz dela ficou magnifica enquanto canta,  ja que ela não desafina mais.

- " Lembranças vem e vão, e eu confesso aqui sozinha, que perco as respostas... para a solidão.

Sozinha eu continuo, sempre andando sem rumo.

Perdida. Tão perdida estou, que preferia não só mas ficar, acreditando que um dia, você voltara.

Papai, não me faça mas chorar. Lissana, com saudade estou. Mamãe, será que um dia vou... me lembrar de você, ou simpleamente vou te esquecer. "

 

Ouço ela parar de cantar e corro escancarando a porta para abraça-la. Ao me aproximar dela vejo sua expressão de surpresa e  tristeza, e acabo por me ajoelhar ao seu lado abraçando-a sem parar.

- Mira-nee, por que meu peito doi tanto?- ela disse em meio ao choro, e como eu estava chorando tambem,não consegui responde-la, apenas consegui abraça-la mais forte.

- Vai... ficar tudo... bem, ... Natsumi. Porque nós da Fairy Tail estamos aqui com você, seja nos seus momentos de tristeza ou alegria.- falei afroxando um pouco o abraço, olhando-a cara a cara com um sorriso minimo em meu rosto tentando lhe passar segurança.

                 Lycky Heartfilia, on:  

Depois do trabalho, acabei caindo morto no sofá..., ou seja eu cochilei. Agora estou tomando banho para ir dormir.

- Ah, o banho tava maravilhoso.-  falo enquanto seco os meus fios de cabelo. Quando termino, jogo a toalha em cima do sofá e deito em minha cama, olhando ao redor, paro meu olhar em uma foto minha de quando era pequeno junto de meus pais.

- Eu ja me decidi mãe. Eu vou mudar! Vou enfrentar esse nosso passado doloroso e vou seguír em frente por todos nós.- falo fechando meus olhos pondo-me a dormir.- Boa noite mãe.

                 Natsumi Dragneel, on: 

O abraço da Mira é tão confortavel,  tão quentinho e... acolhedor. Eu não quero que isso acabe nunca. Eu ja decidi!

- Mira, não importa o que aconteça, eu vou seguir em frente junto da Fairy Tail!- falo determinada, vendo-a sorrir acolhedoramente.

- Hum, vamos nos esforçar então,  Natsumi.- ela disse voltando a me abraçar forte.

                  Autora-chan,  on: 

Dois corações decididos a seguir em frente e superar todas as suas dores...

Uma aventura esta prestes a começar e junto dela virá muitas encrencas, trapalhadas, diversão, confusão e quem sabe o amor.

 

                CONTINUA?...


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Obrigada por lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...