História A Secretária - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Igneel, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel
Tags Nalu, Romance
Exibições 329
Palavras 1.077
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá pessoas,
Como prometido aqui vai mais um capitulo.
Espero que gostem,

Boa leitura!

Capítulo 14 - Preparativos para a festa.


Fanfic / Fanfiction A Secretária - Capítulo 14 - Preparativos para a festa.

Lucy POV

 

O Senhor Igneel me chamou outra vez na sala dele e eu espero que seja pra me transferir de setor o quanto Antes.

 

Lucy: Sim Senhor Igneel, o senhor me chamou? É sobre a minha mudança de setor? Se for não precisa se preocupar com nada, já deixei tudo em ordem.

Igneel: Na verdade ainda não Lucy, hoje é sexta-feira me dê o final de semana para resolver isso e na segunda nós conversamos, pode ser?

Lucy: Claro, pode sim! Mas foi pra me dizer isso que o senhor me chamou?

Igneel: Não, eu te chamei pra fazer um pedido.

Lucy: Que pedido?

Igneel: É que hoje a noite vai haver uma festa de noivado e por causa dele a fusão de duas das nossas concorrentes e nós da Dragneel’s não podemos faltar soaria deselegante, entende?

Lucy: Entendo sim, mas ainda não sei em que posso te ajudar nisso.

Igneel: Eu quero saber se você pode ir a esse evento como acompanhante, eu sei que não faz parte das suas funções, mas seria muito bom se você fosse, é ruim para um homem ir sozinho numa ocasião dessas.

Lucy: Eu adoraria, mas acho que não posso ir.

Igneel: Já tem algum compromisso pra hoje?

Lucy: Não é isso, é que essa vai ser uma festa importante e eu não tenho roupas adequadas para esse tipo de evento, vou fazer o senhor passar vergonha.

Igneel: Isso não é problema. Vou dar o resto do dia de folga pra você e para a Erza, ela vai te ajudar a comprar algo bem bonito e eu pago.

Lucy: Eu não posso aceitar!

Igneel: Claro que pode afinal eu é que estou pedindo pra você ir a essa festa e vou ficar muito feliz se você aceitar.

Lucy: Tudo bem, eu aceito.

Igneel: Ótimo! Esteja pronta às 20:00 hs.

Lucy: Estarei.

 

 

Liguei para a Mira pra avisar que chegaria tarde e como ela é um amor pediu apenas que eu me divertisse muito na festa.

Confesso que foi bom fazer compras com a Erza apesar dela ter me feito entrar em quase todas as lojas do shopping até encontrar o “vestido perfeito”, e não é que ela encontrou? Aliás encontrou não só o vestido como as sapatos e até os acessórios e não satisfeita me arrastou até um salão de beleza, eu não queria ir, mas ela me obrigou, a Erza brava me dá medo! Eu tentei argumentar que estávamos gastando demais, mas ela disse que recebeu ordens para que ela me deixasse perfeita não importa o quanto custasse e assim ela fez.

 

Erza: Conta logo Lucy, o que está acontecendo com você?

Lucy: Comigo? Nada!

Erza: Como assim nada Lucy? Nenhuma mulher no mundo fica triste fazendo compras com um cartão sem limites! Me diz o que está acontecendo.

Lucy: Eu pedi ao Senhor Igneel para me trocar de setor.

Erza: Porque Lucy? O Natsu aprontou mais alguma coisa com você? Porque se aprontou eu~

 

A interrompi antes que ela começasse a jura-lo de morte.

 

Lucy: Não Erza ele não fez nada, o problema sou eu. Não está dando para ficar perto dele.

Erza: Me fale então o que aconteceu.

 

Contei tudo a ela inclusive o que aconteceu mais cedo na sala do Sr Igneel.

 

Erza: Eu sabia que a infeliz da Lisanna estava aprontando algo, ela esteve perguntando sobre você a varias pessoas, até aos seguranças da portaria.

Lucy: Não importa, na verdade ela distorceu os fatos, mas o pior, o que me magoou mesmo é que ele acreditou.

Erza: Lucy, eu não quero defender ele, longe mim fazer algo do tipo, porque eu realmente não ficaria nada feliz por você estar gostando dele, mas como você mesma disse são fatos, distorcidos sim, mas fatos. Ele não teria porque não acreditar, nisso você deveria dar um desconto a ele né?

Lucy: Eu sei, não estou brava com ele, apenas me magoou ele pensar que eu seria capaz de algo assim. Sabe Erza acho que o que eu sinto por ele é mais que apenas gostar, mais que atração física... Tem tudo isso e muito mais.

Erza: Como assim acha que é mais que gostar? Ah minha amiga, você sabe bem como o Natsu é, tem encontrado ele todos os dias com uma mulher diferente e ainda assim quer sofrer se apaixonando por ele?

Lucy: Não é como se eu pudesse controlar Erza, se eu pudesse escolher de quem gostar com certeza não seria dele... Eu também não quero sofrer, por isso pedi para me mudar de setor e se isso não for o suficiente estou decidida a sair da empresa.

Erza: Espero que não seja preciso chegar a tanto, saiba que tanto eu quanto a Levy e a Juvia gostamos muito de você e íamos ficar muito tristes de perder a sua companhia lá na empresa.

Lucy: Eu também gosto muito de vocês.

 

Horas se passaram e no salão eu fiz de tudo tratamento nos cabelos, penteado, maquiagem, unhas tudo o que a comandante Erza ordenou, aposto que a equipe do salão nunca teve tanto trabalho com uma cliente só quanto tiveram comigo eu não dizia nada, mas a Erza sempre achava algum defeito e mandava que refizessem até estar do agrado dela e finalmente conseguimos sair dali.

Fomos ao apartamento da Erza uma vez que já eram 19:00 hs e ir para a minha casa era totalmente inviável além de é claro a própria Erza fez questão de acabar de me arrumar e eu não sou nem louca de discutir.

Quando ela acabou de me arrumar e eu me olhei no espelho quase que não me reconheci, nunca em minha vida eu tinha estado tão bonita...

 

Erza: Como eu prometi ao Senhor Igneel, PERFEITA!

Lucy: Nossa Erza você realmente faz milagres.

Erza: Não foi tanto assim Lucy, você já é linda tudo o que eu fiz foi resaltar ainda mais essa beleza. Que horas você disse que ele viria te buscar?

Lucy: 20:00 hs, nossa Erza mas ele não sabe que eu estou aqui na sua casa.

Erza: Não se preocupe eu mandei uma mensagem para ele avisando e dizendo o meu endereço, logo logo ele chega aqui.

 

Às 20:00 hs em ponto o porteiro interfonou dizendo que o Sr Dragneel já havia chegado, nos despedimos e eu desci, quando me aproximei do carro a porta abriu e quem saiu de lá foi o Natsu lindo como sempre.

  Fiquei em choque o que eu faço agora?

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...