História A Secretária - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Hyoyeon, Jessica, Personagens Originais, Seohyun, Sooyoung, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yoona, Yuri
Tags Soosun, Taeny, Yoonhyun, Yulsic
Visualizações 123
Palavras 1.996
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Vamos lá, com mas um capítulo.
.
.
Boa leitura.

Capítulo 8 - Capítulo Sete


Um silêncio se instalou naquele momento, olhei na direção de Sooyoung é ela estava de cabeça baixa. Mas uma vez olhei na direção por onde Seohyun tinha ido. Achei que seria o certo ir atrás dela. Decidida, levantei de onde estava para ir atrás de Seohyun, quando dei o primeiro passo, uma Yuri infurecida passou em minha frente, indo em direção a Sooyoung que ainda estava sentada de cabeça baixa. 

- O que você fez? - Yuri perguntou a Sooyoung, sua expressão era de pura raiva. 

- Eu não fiz nada. - Sooyoung respondeu, de forma calma, ainda com olhar no chão. 

- Não me venha com “Eu não fiz nada”, eu vi o modo como Seohyun entrou na casa da Jessica, então seja rápida, antes de eu te bata e me diga. O. Que. Você. Fez. A. Seohyun? - Mas uma fez Yuri perguntou, cada palavra que saiu foi pausadamente. 

- Eu já disse, eu não fiz nada. - Sooyoung então se levantou, e fitou Yuri. 

Yuri avançou em Sooyoung, e segurou ela pela gola da camisa. Não sei como, mas ela tirou força não sei de onde é conseguiu ergue Sooyoung do chão. 

Meus olhos se abriram em espanto, e já estava pronta pra perdi ajuda há qualquer uma das meninas que estavam ali, quando Jessica chegou. 

- Yuri, o que está acontecendo? - Perguntou aflita. 

Yuri não respondeu, ela é Sooyoung ainda estavam se encarando. 

- Yuri, me responda agora. - Jessica falou de um modo autoritario. 

- Ela fez algo para Seohyun. 

- Já disse que não fiz nada. Eu não tenho culpa se Seohyun, e muito sensível. - Falou Sooyoung rudemente. 

Yuri já se preparava pra dar um soco em Sooyoung, quando Jessica interveio. 

- Yuri não..!! você tá chamando atenção das outras meninas. - Quando Jessica falou aquilo, só então olhei em volta, e vi que a música tinha parado e todas as meninas tinham seus olhares em nossa direção. Cada uma tinha uma expressão de preocupação estampada em seus rostos. 

Vendo que estava chamando atenção demais, Yuri soltou Sooyoung, está  caiu no chão, mas rapidamente se levantou passando a mão em suas roupas que sujaram com a queda. 

Jessica se aproximou de Yuri, logo abraçando a mesma,intuito de acalma mais um pouco. 

- E por isso que odeio quando você bebê demais Sooyoung, porque quando você abre essa sua boca, nada de bom sair dela as vezes. - Acusou Yuri, olhando para Sooyoung, mas ainda nos braços de Jessica. 

Após se limpar, ela ficou em silêncio. Sorriu acenando a cabeça, e saiu caminhando na direção do portão dos  fundos do quintal de Jessica. 

- Pra mim já deu, tô indo embora. - Ainda de costa, ela acenou com a mão e sumiu pelo portão a fora. 

Voltei meu olhar para o casal, e vi que Jessica fazia uma pequena massagem na costa de Yuri, um movimento de cima, pra baixo. 

Só agora lembrei, que minha carona pra casa tinha acabado de ir embora. 

- Oh droga..!! - Resmunguei. 

- O que houve Tiffany? - Jessica me perguntou.

- E que Sooyoung era quem ia me levar de volta pra casa. - Falei sem graça. 

- Oh, não se preocupe, eu te levo. Aproveito descubro logo onde você mora. - Disse ela me dando um leve sorriso. 

- Obrigado. - Agradeci. 

- Amor, vou procurar Seohyun. - Yuri falou baixinho. 

- Melhor não Seobang, você mas do que ninguém sabe que Seohyun quando está assim, ela gosta de ficar só. - Pontuou Jessica. 

- Mas Sica.. - Interrompi Yuri.

- Se quiser eu posso ir. - Me pronunciei. Elas olharam pra mim, parecendo finalmente terem notado minha presença ali. 

Voltaram a se olharem, ficando então em silêncio, pareciam está tendo uma conversa apenas com o olhar. Não vou mentir, fiquei admirada com aquela ligação que as duas tinham.

- Claro, talvez seja melhor que você vá. Eu ia acabar me alterando de novo. - Yuri deu um sorriso terno pra mim. 

Como já estava tudo resolvido, em passos rápidos, caminhei para dentro da casa de Jessica, passei da cozinha e fui para a sala de visitas, nem sinal dela por aí. 

Olhei em mas em algumas sala, que tinha ali, mas ela não estava em nenhum cômodo. Voltei para a sala, olhei na direção das escada, se ela não estava aqui embaixo, com certeza estaria lá em cima. 

Subi cada degrau devagar, ao chegar no final da escada, vi que ela dava em um corredor, que tinha várias portas. Fui abrindo uma por uma, no segundo como tinha 4 quartos que presumir serem para hospedar parentes ou até mesmo as amigas de Jessica,tinha dois banheiros, ao tinha o quarto dos pais de Jessica, é em frente havia uma porta com um J na madeira de cor branca, com certeza era o quarto de Jessica, ao lado tinha mais  uma porta, e nessa tinha um K, esse era o quarto da irmã. 

Então a única porta que restou foi uma, que ficava no final do corredor. Seohyun não estava em nenhum daqueles quartos de hóspede, nem no banheiro, muito menos nos quarto de Jessica e Krystal. 

Então ela só podia está atrás daquela porta. Já em frente a ela, levei minha mão até a maçaneta, respirei fundo antes abri lá. Quão grande foi o meu espanto, ao perceber que aquilo na se tratava de um outro quarto, e sim de uma enorme sacada, com cadeira e mesas. 

No canto da sacada havia uma daquelas cadeira de balaço, e para minha sorte Seohyun estava sentada nela. Ela tinha a cabeça baixa, e seus lindos cabelos lisos e negros cobriam seu rosto. Lentamente fui em sua direção, e sentei ao seu lado do modo mais delicado possível. 

Ela nem me notou, devagar ergui minha mão, e toquei no seu braço, Seohyun mas pareceu que levou um choque com o meu toque. Tamanha foi o pulo que ela deu, ela levou a mão ao peito, na direção do coração e me olhou espantada. 

- Unnie..!! Nossa você assustou. - Falou ela, tentando inutilmente se acalmar. 

- Me desculpe, não queria te assustar. - Falei olhando de um jeito preocupado pra ela. Seohyun foi se acalmando aos poucos. Vendo que ela já estava respirando normalmente. Decidir perguntar se ela estava bem.

- Seo, você está bem?

- Sim, estou. - Falou ela, sem nem ao menos levantar a cabeça. Isso me preocupou ainda mas.

- Tem certeza Seo? - Insistir. 

- Sim. - murmurou baixinho. Ela olhou pra min e me lançou um sorriso, triste. E isso fez eu sentir uma pequena dor no coração. 

Sem pensar muito, e agindo pelo impulso, acabei abraçando ela, e de olhos bem fechados, pude sentir seu corpo ficar tenso, praguejei à mim mesma por ser tão impulsiva. Já ia solta lá, quando sentir seus braços rodarem minha cintura,ela chegou mas perto de mim, para assim o abraço ficar mas confortável. 

Não  precisou de palavras de conforto, e sim de um bom, é belo abraço. 

 

 

 

                         °°°♠️°°°

 

Estávamos  de volta ao quintal, Seohyun estava me abraçando de lado, olhamos  pelo redor, e vimos  que a festa tinha acabado, as duas garotas  Sunny e Hyoyeon já  não estavam mas ali. 

Fomos caminhando ainda abraçadas, até acharmos a dona da casa, que estava sentada em uma daquelas cadeira de sol, junto com Yuri, e também Yoona. A primeira a nós notar foi Yuri que assim que viu a irmã, levantou e andou rapidamente em nossa direção, tive que solta Seohyun, para Yuri pudesse abraçar lá. Vi Seohyun esconder seu rosto no pescoço da mais velha, decidir dar privacidade as irmãs, e fui para onde as duas estavam sentadas, sentei entre Yoona e Jessica, que viam a cena atentamente com pequenos sorrisos bobos em seus lábios. 

- Acho tão bonito, esse jeito amoroso e protetor, que a Yuri tem com a Seo. - Yoona comentou ao meu lado. Eu apenas concordei vendo  Yuri puxar delicadamente Seo pela mão,para  se sentaram numa cadeiras de sol mais a frente da nossa. 

- Você também é assim com Krystal? - Perguntei com curiosidade para Jessica. 

- Sim, sou muito protetora com minha irmã, desde quando ela era um bebê, sempre fomos muito unidas. - Jessica falou de um modo bastante carinhoso em relação a irmã mais nova. 

- Queria que meus irmãos mais velhos tivessem sido assim comigo. - Comentei, Yoona e Jessica passaram a me escutar. - Não que eles fossem ruins, eles sempre me trataram bem. Mas, no fundo eu sabia que eles sentiam ciumes de mim, e do modo como os nossos pais me tratavam. Quando mamãe morreu, papai passou a dar o dobro de atenção pra mim, se esquecendo que ele tinha mais dois filhos. 

- Eu amo muito a minha Soojung. - Jessica continha um pequeno sorriso. 

- Soojung? - perguntei curiosa. 

- E o nome coreano da Krystal. Apenas nossos pais, eu e a namorada dela há chamamos assim. - Disse. - O meu é Sooyeon, Jung Sooyeon. -Sorriu pra mim. 

- Sua irmã tem namorada? Me diz, alguma de vocês é hetero? - Não tô acreditando que as amigas de Jessica gostem  todas de meninas. 

Jessica apenas riu, encarei seu silêncio como um sim. E apenas ri mas uma vez. 

- Então, qual seu nome coreano Tiffany ?- E meu sorriso morreu. 

- Eu não tenho. - Tentei desconversar,levantei e olhei pra todos os cantos do quintal de Jessica, de repente ele me pareceu mas interessante do que aquela conversa. “Oh, ela tem uma fonte”. 

- Oh, nem tente me enrolar Tiffany Hwang. - Jessica insistente como sempre. - Anda logo, qual é o seu nome coreano?

Do jeito que ela era, não iria adianta ficar enrrorenrolando, perdi mas uma fez para Jessica Jung. 

- Miyong. - Falei baixinho, cruzando meus braços. 

- Como..? Oh desculpe acho que não escutei direito. - Jessica também era bastante sínica. 

- É Miyong. - Falei um pouco mais alto. - Satisfeita? - Perguntei de um jeito rude. 

- Sim. Miyong. - Yoona apenas ria ao lado de Jessica. 

- Quem é Miyong? - Perguntou Seo, ela é Yuri tinham voltado. 

- E a Tiffany. Miyong e o nome coreano dela. - Respondeu Jessica para Seohyun. 

Pareceu que Jessica tinha contado a maior piada do século, porque todas começaram a dar pequenos risinhos. 

- Aish.. Eu mereço. - Falei bufando e rolando os olhos. 

- Você se acostuma. - Yoona disse. 

Com aquele sorriso que a Jessica estava me dando, acho que não. 

 

                         °°°♠️°°°

Como prometido, Jessica depois  de deixar Yuri, Seohyun e Yoona em suas devidas casas. Ela estacionou em frente a minha, soltei  o cinto de segurança, e me voltei para ela, vi que ela olhava atentamente minha casa, ri com isso. 

- Não é nenhuma mansão, mas é aconchegante. - comentei divertida. 

- Então é aqui que você mora. E uma bela casa. - Falou. 

- Sim é, obrigado pelo convite. Você me salvou de um sábado tedioso. - É era verdade, se não fosse telefonema de Sooyoung comentado sobre o convite de Jessica, eu teria passado o sábado todo em casa. Em falar em Sooyoung. - Jessica, sobre a briga entre Yuri e Sooyoung, como fica? - Perguntei preocupada. 

- Não se preocupe, aquelas duas logo vão está de bem. - Fez uma pausa. - E sobre o convite, não precisa agradecer, ainda vai vim muitos outros. - Terminou me lançando um de seus sorrisos. 

Decidi que já estava na hora de sair do carro, abri a porta e fechei com cuidado. Eu ia acenar em forma de despedida. Quando Jessica me sai com essa. 

 

- TCHAU .. MIYONG.. ATÉ SEGUNDA. - Ela fez questão de da ênfase no Miyong. Arrancou com o carro, e saiu buzinando pela rua, até sumir ao  dobrar na esquina. 

 

Ri em descrença, Jessica aprontava cada uma. 

Ainda olhando por onde ela tinha ido. Disse

 

 

 

- Até, Sooyeon. - E assim, entrei em casa. 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Tadinha da Seo, bem pra quem tava querendo interação TaeNy se preparem pq no próximo capítulo vai ser, o começo daí em diante só vai ter TaeNy.. Tá bom pra vcs..?? Kkkkk
Esse capítulo foi escrito ao só de One Last Time, e Summer Storm, tem melhor trilha sonora que essa..??

Até a próxima..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...