História A Secretária - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cara Delevingne, Justin Bieber
Personagens Cara Delevingne, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi me chamo Vênus, e bem, essa é minha nova fanfic " A Secretária ". Se você já leu algumas das minhas fics vai notar que eu apaguei todas, eu tive vários problemas por esse curto tempo e perdi o encanto por aquelas fanfics.
Espero que se divirtam comigo nessa fanfic ❤

Capítulo 1 - Senhor Bieber...


Fanfic / Fanfiction A Secretária - Capítulo 1 - Senhor Bieber...

- Cara

Alguns anos antes... 

- Para pai - eu implorava enquanto ele me batia cada vez mais forte - o senhor bebeu, por favor pai!! 

- Cala a boca - ele gritou e eu pude sentir seu bafo de cachaça. 

Parecia que quanto mais eu implorava para que ele parasse, ele continuava. Eu não entendia o motivo dele me bater, talvez seja pela minha mãe. 

A culpa da morte dela foi minha, eu nasci! 

Dias atuais... 

- Acorda Cara - Jeremy bateu na mesa rindo - estava longe em! 

- Desculpe - ri - estava pensando em algumas coisas que deixei para fazer em casa. 

- vou treinar meu filho Justin para ficar na empresa, quero sua ajuda no máximo possível - ele disse 

- Não irei falhar senhor -bati continência é ele riu. 

- ele vem às três horas - falou e saiu me deixando sozinha.

   ***              .  

( chegada do Bieber ) 

- Boa tarde senhorita Delevingner, sou o Justin - levantei a cabeça para encara-lo e me deparo com um Deus grego. - Meu pai está ao meu aguardo, pode me mostrar a sala? 

- Po... posso sim - gaguejei, andei pelo corredor até a sala do Senhor Jeremy - Senhor seu filho chegou - Justin passou por mim e entrou na sala - com licença. 

- Cara - ele me chamou - fique!  Você será a secretária do meu filho, quero te passar tudo que ensinará para ele enquanto eu estiver fora - eu sentei na cadeira ao lado do Justin . 

Ficamos discutindo sobre os novos projetos por horas é nem vimos o tempo passar, até quando olhei no relógio e vi que já tinha perdido o ônibus que vai para meu bairro. 

- Droga - chutei minha mesa - Droga, droga, droga. 

- Posso ajudar? - Justin chegou do nada me fazendo dar um pulinho de susto 

- Perdi o único ônibus que vai para meu bairro e esse era o horário final dele - chutei mais uma vez à mesa - Droga. 

- eu posso te levar - ele disse 

- Não, não será necessário - eu peguei minhas coisas encima da mesa e fui andando em direção ao elevador 

- Por favor - ele entrou junto comigo

- Ok  

Ele riu de canto como se tivesse vencido uma guerra. Não sei, mas a presença dele me causa arrepios. 

Chegamos no andar da garagem, Justin pegou o alarme do carro do seu bolso e apertou destravando assim uma Lamborghini Aventador na cor preta. 

***

- Obrigada Justin - abri a porta do carro e logo fui impedida de continuar - o que deseja. 

- Seu número - olhei assustada - sabe eu preciso dele, você é minha secretaria agora. 

- a sim - trocamos nossos números - Obrigada pela carona, não me acostuma mal em - ri 

- Te trago todos os dias se você quiser. 

Desci do carro e fui em direção ao meu prédio, subi as escadas e fui direto para minha casa. Era tão boa a sensação de estar em casa, tirei meus sapatos assim que entrei e fui direto para meu quarto. 

***

- Bom dia senhor Bieber - disse a Justin assim que ele passou por mim. 

- Me acompanhe por favor senhorita Delevingner - e assim eu fiz, entramos na sala dele - quero que passe a agenda de compromisso do meu pai para a minha . 

- Ok 

- O que temos para hoje? 

- Daqui a meia hora o senhor terá uma reunião com a fabrica que nos fornece tecido é a noite, bom... O desfile das roupas outono inverno. 

- Esteja arrumada as nove Cara, você vai comigo. 

- Ok 

Bom eu já fui a alguns desfiles não tem porque ficar nervosa, não é mesmo? Só porque ele é hiper mega gostoso e tem aparência de Deus grego... Meu Deus. 

***

Faz exatamente uma hora que o Justin está em reunião, e eu não faço a mínima ideia do que fazer nesse tédio. 

Escuto um barulho da porta sendo aberta, e depois a voz de Justin chamando meu nome. 

- sim senhor? - disse assim que entrei na sala. 

- Quero sua opinião, sente-se! 

Sentei em uma cadeira distante dele. 

- em que posso ser útil senhor? 

- Eles estão cobrando caro pelos tecidos, dizendo que estão quase falindo e precisam cobrar caro. 

- porque não fabricamos nosso próprio tecido? 

- como assim? 

- Bom pelos meus cálculos, nos economizariamos cerca de 60%, claro teríamos gastos no início com a compra das máquinas mas logo recuperamos, a fábrica não está no vermelho. Seria o momento perfeito para investir. - parei de falar e ppercebi que ele me olhava atento - falei merda não falei?? 

- Não!  Essa ideia e genial. E que eu nunca tinha notado o quanto tem olhos lindos - eu corei - Bom! Pode ir indo para sua casa se arrumar para o desfile, fique linda para mim - deu uma piscadela e eu ri. 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...