História A Seleção - Interativa - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens Personagens Originais
Tags Dylan O'brien, Interativa, Principe, The Selection, Thomas
Exibições 81
Palavras 790
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii!
Só vim avisar que ainda precisamos de fichas antes de começar a seleção!
Por favor mandem 💕

Capítulo 3 - III. Um dia no castelo


Thomas P.O.V

Acordei no dia seguinte cansado, com torcicolo e muita nausea. A minha conversa com Emily na noite anterior não fora das melhores e me causara dor de cabeça.

Alguns raios de sol entravam pelas festas da cortina e eram o suficiente para iluminar meu quarto inteiro. 

Meu quarto era luxuoso, repleto da minha cor favorita: azul. Eu que havia escolhido a decoração com os melhores designers e arquitetos do país. 

Olhei em volta, procurando algo para vestir e acabei por escolher algo simples, mas bonito. Não sou nem um pouco ligado em moda, admito, e não sei se o que eu escolho é bonito ou não até alguem reclamar e, por alguem, leia-se Sarah.

Desci as escadas depressa. Eu havia dispensado meu mordomo na noite anterior e então não contei com ele para me arrumar.  Esse breve atrasado me fez chegar um pouco mais tarde no café da manhã em familia e todos olhavam para mim quando cheguei.

Mesmo sendo o príncipe e o Herdeiro do trono, eu não gosto de ser o centro das atenções. Quando a atenção de todos fica voltada para mim eu sei que um movimento em falso acaba com tudo.

"Quando você erra, ninguem esquece e quando você acerta, ninguem se lembra"

Assim que me sentei na mesa, eu notei que todos estavam em um clima leve e divertido, bem diferente do clima da noite passada. Até Sarah sorria um pouco.

Não quis perguntar o que houve e nem precisei, logo meu irmão Henry esclareceu:

- THOMAS! Você está ansioso? Nós vamos cavalgar! A mamãe prometeu nos levar para cavalgar hoje! EM FAMILIA!

É uma ótima noticia na verdade. Eu sempre gostei de cavalgar e essa era a atividade favorita de Henry. Meu irmão ama cavalos, é o animal favorito dele, e essa era a razão para seu quarto ser todo decorado com pequenos cavalinhos.

Minha mãe completou o que Henry dissera, sem querer me lembrando de algo que eu não queria lembrar:

- Achamos que seria uma excelente oportunidade para relaxarmos em familia antes da sua seleção!

Eu sei que minha mãe me ama e que tudo que ela faz é para meu bem, mas eu não estava com nenhuma vontade de lembrar que, logo, o castelo iria estar cheio de meninas tentando ganhar meu coração. 

Claro, pensando por um outro lado, não era tão ruim assim. Ter a oportunidade de conhecer pessoas diferentes, realmente conversar com uma menina e se apaixonar por ela. Talvez eu até tivesse a chance de ter meu primeiro beijo... Sim, eu nunca havia beijado na vida e para mim isso não era tão mal, eu me considerava apenas romântico.

De qualquer forma, eu ainda tinha muito o que pensar a respeito da seleção.

Depois de um farto desjejum ( Café da manhã ), eu e minha irmã saimos para arrumarmos nossos cavalos.

Ela foi na frente, já vestia seu uniformes de equitação e sua cabeleira negra como a noite balançava em um perfeito rabo de cavalo.  Sua égua cor da neve, a Sugar, esperava enquanto um funcionário colocava nela uma magnifica sela de couro.

O meu cavalo era forte e saudavel, tenho ele desde pequeno e o nome fui eu que escolhi. Seu nome é Thor, algo plausivel para uma criança, e sua pelagem é marrom com algumas manchas brancas nas patas e no focinho. 

Logo, todos os cavalos estavam prontos e começamos a cavalgar calmamente pelos enormes jardins. 

Sarah e eu já estavamos mais acostumados com nossos cavalos e corriamos rapidamente mais na frente que os outros. O único motivo de Henry não estar com a gente é que minha mãe acha que ele é novo demais para correr com o cavalo e que seria perigoso.

Depois de um tempo, Thor e Sugar estavam exaustos e deixamos eles pararem para beber água e descansar. Enquanto isso eu e Sarah conversavamos sobre coisas aleatórias.

- E claro, ele era um babaca. Onde se viu um duque lindo daquele jeito escrever tão errado assim. Ele escrevia maravilhosa sem "h" e... Tem algo errado Thomas?

- Não, nada... Eu só estava pensando na seleção...

- Ah! Não me venha falando disso! Por favor! - ela reclamou - Eu não vou aguentar essas meninas puxando seu saco!

- Acalme-se Sarah! O que você tem contra a seleção?

- O que eu tenho contra? Seria mais fácil listar o que tenho a favor, demoraria menos tempo!

- E o que você tem a favor?

- Nada! - bufou.

Eu não consegui segurar a risada. Tudo bem que eu amo minha irmã, mas ela consegue ser um pouco chatinha quando quer e quando teima com algo nada pode fazê-la mudar de ideia. Na verdade, quase nada.

- Bem, quer apostar uma corrida? - propôs.

- Claro irmãzinha, mas já vou avisando que vou ganhar! - ri e sai correndo com meu cavalo.

- Ei! - ela falou correndo atrás.





Notas Finais


E ai? Gostaram?
Por favor mandem fichas!
Eu estou aumentando o numero de selecionadas para 15.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...