História A Seleção do Príncipe Adrian-Interativa - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Tags Interativa
Exibições 174
Palavras 1.328
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiii amores,tudo bem?
Bom aqui vai mais algumas selecionadas~lembrando que elas que escreveram o Pov's~
Beijokas e até as notas finais!!!

Capítulo 5 - Selecionada part 2


Fanfic / Fanfiction A Seleção do Príncipe Adrian-Interativa - Capítulo 5 - Selecionada part 2

Bruna White

Bruna estava passeando pela cidade quando recebeu uma mensagem de Ellen

*Mensagem*

Bruna , você foi escolhida pra seleção do príncipe Adrian , venha pra casa agora!

*fim da mensagem*

Ela ficou meio confusa , pois não sabia o que era seleção. Chegando em casa ela , ela procurou Ellen, Mas parece que ela tinha saído, então foi falar com seus pais .

Bruna: Alasca , George , eu não to entendendo nada . Oque é seleção?

Sua mãe explicou tudo , Bruna ficou de boca aberta.

Bruna: COMO ASSIM ? EU NÃO VOU PARTICIPAR DISSO NÃO! NÃO SOU OBRIGADA ! E COMO EU ENTREI NISSO ?!

Alasca: Bruna se acalme , não me faça perder a paciência. Eu soube da seleção e pedi para alguns dos criados colocarem você, isso vai te ajudar . Você pode casar com o príncipe e conhecer novas amigas .

Bruna: Como já disse não sou obrigada

Alasca: Você vai por bem ou por mal

Bruna : EU NÃO QUERO IR

Alasca: VOCÊ VAI SIM

George: ei vocês duas , parem! Filha , você sabe que eu te amo , e você me conhece, eu não te mandaria pra nenhum lugar sem ter certeza que você fosse pro seu bem . Então, faz esse favor pro seu velho .

Bruna : Tá, Mas só porque você pediu !

Ela subiu para seus quarto, pegou seu violão e começou a tocar . Do nada Cassandra entra no quarto e da um abraço em Bruna

Cassandra : AI MIGA , VOCÊ FOI SELECIONADA!!!!!!

Bruna : AI miga, eu sei

Cassandra: tá ansiosa ?

Bruna: sei lá

Cassandra: bora pro shopping?

Bruna: Bora

As duas passaram a tarde inteira no shopping.

  Francesca Beaumont

Eu estava com os pés doloridos,e queria apenas a minha cama
Horas treinando balé,apenas para fazer um Balancé perfeito
Suspirei,caminhando ao ar frio de Fuppers
-Você viu? Adrian virou corno,agora vai fazer uma seleção-falou uma garota para Bianca. Bianca é uma menina falsa,que faz balé. Mas Príncipe Adrian foi traído? Quando?
-Eu vou me inscrever só porque eles vão dar dinheiro para quem perder! O meu negócio é dinheiro- falou Bianca rindo enquanto assinala-va um papel
Eu apenas revirei os olhos,voltando a caminhar. Meu celular começou começou tocar;peguei o mesmo e franzi  a testa quando vi no visor que era uma chamada de minha mãe
-Alô? Mãe?
A respiração do outro lado da linha estava falha
~Ela teve uma recaída,Francesca! Sua irmã está péssima!... Ela precisa de remédios... Venha para cá
Apertei o celular contra a orelha,e senti uma lágrima descer por minha face
-Chego aí,em menos e cinco minutos-falei desligando o celular e correndo até um ponto de Táxi
Peguei o primeiro que apareceu e o mandei me levar para o Hospital
Eu não sei mais o que fazer!
Não posso perder Alice! Eu já perdi meu pai,não irei perder minha irmã
Sai do Táxi,entrei no hospital e encontrei minha mãe sentada em um banco e hospital;ela correu até mim e me abraçou
-Que bom que está aqui,Fran-murmurou Mamãe ainda me abraçando
-Xiii,calma mãe. Como ela está?-perguntei me separando do abraço e encarando os olhos de minha mãe
-Ela está instável. Frágil,pode pegar uma infecção hospitalar. Precisa de remédios! Ah eu não sei mais o que fazer,querida!-falou Mamãe caindo em lágrimas
-Hey Mamãe,daremos um jeito,calma!-falei tentando acalma-la
Mais quem eu estava enganando? Eu estava pior que ela!
-Onde está Joe?-perguntei depois de um tempo
-Está na casa da Sra.Quisyons-murmurou Mamãe pegando um copo de café na recepção
Suspirei me sentando
-Sra. Beaumont?-perguntou um médico aparecendo. Me levantei imediatamente com a mamãe
-Eu,Doutor-falou Mamãe com a voz trêmula
-A Alice está em observação. A pressão caiu muito desta vez. Poder ir vê-la se quiserem-falou o médico apontando para a porta do quarto da minha pequena
Nós consentimos e fomos até o quarto dela. Alice estava cheia de tubos,ligados a vários tipos de máquinas
Meus olhos lacrimejaram
-Eu...-Mamãe começou mais a voz morreu no meio da frase
-Pode ir tomar um ar mamãe,ligue para a Sra.Quisyons,eu fico com ela
Mamãe saiu do quarto me deixando sozinha com minha pequena Branca de neve
-Não vou deixar você morrer-falei entre as lágrimas que agora desciam livremente pelo meu rosto- Eu vou conseguir dinheiro. Pagarei seu tratamento! Eu vou participar da seleção!
Eu preciso! Eu tenho que tentar,entrar para seleção.Pela vida da minha irmã. Pela vida da minha Branca de neve!

Raven Jones

Eu acordei com a minha prima me chamando.

- RAAAAVEEEEEN! VOCÊ TÁ ATRASADA, TEMOS QUE CHEGAR NA FESTA AS DEZ!

Me virei na cama, olhando o relógio. Era nove horas da manhã. Depois de raciocinar o que aquilo significava, eu levantei correndo e fui tomar banho.

Enquanto me despia, ouvi a minha irmã abrindo a porta do meu quarto, provavelmente indo separar minha roupa.
Mesmo sendo final de semana, meu trabalho nunca para, sou dançarina e cantora. Geralmente pessoas de castas mais baixas contratam a gente para ir entreter a festa.
Me sequei rapidamente, passei minha maquiagem especial para apresentações e coloquei minha roupa, arrumando meu cabelo para ficar com os cachos por mais tempo.

Fui até a cozinha, um par de ovos fritos com torradas estava à minha espera.

- Você é a melhor prima do mundo, Oli (apelido carinhoso para Olivia).

- Eu sei, agora trate de comer alguma coisa Rave, se não vai desmaiar no palco que nem aquela vez.

- Não vale, aquela vez não tínhamos como comer nada!

Oliva sorriu, achando graça da minha colocação.
Terminamos de nos arrumar, quando estávamos saindo de casa, vi o carteiro indo em nossa direção.

- Olá! - ele disse.

- Oi Tony - disse Olivia, simpática.

- Tem uma carta para a Raven! - ele disse.

- Para mim? - eu perguntei.

- Sim, aqui está - ele me entrega a carta.

- Eu queria que minha filha tivesse idade para participar, mas ela só tem 12 anos. Vou torcer por você com todas as minhas forças Raven. Vai se inscrever, né?

- Muito obrigada Tony, mas me inscrever para que?

- Não estão sabendo? Anunciaram no Jornal Oficial.

- Nossa televisão está com defeito, não temos dinheiro para concertar - falou Olivia - Não conte a ninguém, ok?

- Ok, o príncipe Adrian vai fazer uma Seleção! A carta é a ficha de inscrição.

Olho pasma para a carta. A seleção, a chance conhecer o príncipe.... Eu sabia que muito possivelmente, não seria sorteada. Mas, com tudo o que passei, não duvido que isso possa a vir acontecer.

Quando liberei minha mente de minha epifania, Tony não estava mais lá e já estávamos à caminho da festa.

- Você quer se inscrever?

- Eu..... Acho que é uma chance em um milhão.

- Mesmo assim, é a chance que você tem para melhorar sua vida Rave. Afinal, vão te transformar, quem sabe não te deixam mais amigável?

- Eu quero que o príncipe goste de mim pelo o que sou Oli! Eu não vou forçar minha mudança! Mas eu sou sociável demais, só teimosa! - falo, piscando para ela.

Pego no meu pingente de corvo de latão. "O que eu faço pai?"

Ele iria querer que eu fosse feliz, isso não vale. Eu gosto da minha vida.... Mas..... Quem sabe o que me espera fora daqui?

- Rave - chama calmamente Olivia - Se inscreve, vai? Você já teve paixonite pelo príncipe.

Corei, como ela lembrava disso? Era uma época da minha vida que eu queria esquecer.

- Eu.... Quase todas garotas AINDA estão nessa fase. Além do mais Oli, eu não sei... Com a situação do país, talvez ele case com alguém da casta dois ou três. Quase impossível uma cinco.

- Não fala isso! A América, uma cinco, casou com Maxon. Você tem chance.

Eu olhei para a minha prima. O máximo que podia acontecer, era ser humilhada publicamente pelas selecionadas. Por que não me inscrever?

Guardei a carta na minha bolsa, agora só falta preencher.

   


Notas Finais


Bom gente essas foram mais algumas selecionadas!
ME MANDEM SEUS POV'S!!!!!
Bjs e bay


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...