História A Seleção do Príncipe Adrian-Interativa - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Tags Interativa
Exibições 140
Palavras 3.884
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


ALÔ GALERA DO PIÃO!!!
Tudo bem?
Mais um capítulo pq eu sou um amorzin ❤

Capítulo 8 - Selecionadas part 5


Fanfic / Fanfiction A Seleção do Príncipe Adrian-Interativa - Capítulo 8 - Selecionadas part 5

Aruna Dragomir

Eu abrir a porta lentamente para não fazer barulho e acorda meu pai , quando a porta estava aberta completamente .
_ A barra da limpa _ aviso aos meus irmãos . Sou a primeira a entrar em seguida venho Dylan e atrás dele Adam e Will cada carregando Jordan que estava bêbado , e o ultimo foi Valentim que fecho a porta . Todos nós tentamos fazer o maior silencio para não acorda o papai , começamos a andar lentamente quando Dylan esbarra em uma estante onde estava um vaso verde do papai o vaso começo a rodopiar e estava preste a cair .
_ Droga _ Valentim xinga baixinho .
O vaso cai e Dylan se joga no chão e pega o vaso antes dele cair no chão , eu e meus irmãos suspiramos aliviados . Mais nossa alegria duro pouco quando a luz foi acesa e nosso pai apareceu com a cara amarrada e os braços cruzados , ele estava bravo .
_ Me digam o motivo de Thomas Smith ter me ligado as três da manhã dizendo que todos os meus filho se meteram em uma briga de bar ... alguém tem algo a dizer ?_ Meu pai encara cada um dos seus filhos e seus olhos grudam em Jordan que estava bêbado _ Você é um dos mais devia dar o exemplo _ Ele se diz se referindo pra Jordan e seus olhos se arregalam quando ele vê Dylan _ Não acredito que vocês arrastaram um garoto de treze anos para uma bar _ Meu pai grita com raiva . Meu pai avia tido uma briga feia com Jordan que saiu com raiva , eu como sabia que quando estava com raiva Jordan fazia besteira eu sabia muito bem que quando brigava com papai ele ia pro bar do velho Thomas então decidi ir atrás dele estava saindo de mansinho de carro quando Valentim se jogo na frente do carro e mando eu parar o carro em seguida apareceu Adam , Will e Dylan dizendo que iriam junto comigo , claro que eu concordei . Quando chegamos no bar avistamo Jordan bêbado em um canto jogando baralho com um cara careca , quando eu e meus chegamos na mesa onde Jordan mandamos ele ir embora com a gente mais ele disse que não ia até que Adam o levanto pelo colarinho e os dois começaram a discutir , Will mando os dois pararem e conseguiu convencer Jordan a ir embora , na hora que estávamos indo embora um careca passo a mão na minha bunda e eu dei um soco no nariz dele meus irmãos começaram a discutir com o amigos do cara , até que um dos cara me chamo de vadia e Jordan na gosto e deu um soco na boca do homem que avia me xingado foi nessa hora que a confusão começo , quando todos os homens estavam caídos desmaiado no chão e os únicos em pé , eram eu e meus irmãos fugimos do bar antes que nós arrumassem mais confusão e esse era o motivo da bronca .
_ Então quem o responsável por isso ? _ Meu pai pergunta para ninguém em especial . Eu e meus irmãos levantamos todos as mãos de uma vez só .
Meus pai encara todos nós serio sem saber direito o que fazer , então ele poem a mão na cintura .
_ Todos amanhã 98 abdominais e 100 agachamentos _ Meu pai fala calmamente . Eu e meus irmãos começamos a protestar .
_ Nada de protestos e não me façam aumentar o numere-o de abdominais _ Ele diz ríspido .
_ Eu acho que o Senhor deveria deixar isso passar dessa vez _ quando ouvi aquela voz sinto minha espina arrepiar , aquela voz varias vezes havia cochichado em meu ouvido juras de amor . Trevor sair das sombras e fica ao lado do meu pai .
Eu e meus irmãos ficamos surpresos não sabíamos que Trevor tinha voltado . Ele sorri para todos mais seu sorriso desaparece quando seus olhos cravam em mim . Quando o pai de Trevor morreu meu pai o pegou para criá-lo e foi ai que ele começo a morar com nós , no começo não me dava bem com ele até que ouve um tempo que comecei a me dar super bem com ele , anos foram se passando até que eu descobri que estava apaixonada por ele mas quem se declaro foi ele a parti dai começamos a namorar , tudo estava indo perfeito até que ele recebeu uma carta do seu tio dizendo para ele ir pra França então ele decidido ir pra França e me abandono e um dia antes dele ir nós dois tivemos uma briga feia e agora ele estava bem na minha frente e minha vontade era de voar no pescoço dele .
_ Tudo bem todos estão livre do castigo _ meu pai suspira .
Meus irmãos começam a pular de alegria menos Jordan que não aguentava nem ficar em pé muito menos pular . Enquanto meu irmãos pulavam de alegria eu e Trevor ficamos nós escarrando até que eu desvio o olhar e olho para Dylan que estava me olhando preocupado .
_ Agradeçam a Trevor não a mim _ meu pai diz e me encara alguns segundo .
Meus irmãos começam a abraçar e a cumprimentar Trevor eu como não queria nem olhar pra cara dele , fui em direção as escadas ao passar do lado do meu pai ele segura meu braço .
_ Isso chego de manhã para você _ ele diz e me entrega uma carta com o selo da família real , meu pai solta meu braço e eu subo as escadas e vou até meu quarto ao entrar me jogo na cama eu estava exausta , mas antes de dormi e leio a carta da seleção . Eu conhecia muito bem a seleção , mas eu não era louca para participar daquela palhaçada onde um monte de loucas competem pela mão de um príncipe almofadinha .
Ao acorda de manhã vou tomar café e vou direto para meu treino com meus irmãos , eu estava lutando com Will quando eu eu dei um chute no peito dele que fez ele perde o equilíbrio aproveitei e dei uma restara nele o que fez com que ele caísse no chão , eu o ajudo a levantar .
_ Então não vai se inscrever na seleção ?_ Will pergunta tomando um gole de aguá da garrafa .
_ Você acha que sou louca para participar disso ?! _ Pego a garrafa da mão dele e tomo um gole .
Ele olha pensativo para mim alguns minutos até que aquelas malditas palavras sairão da boca dele :
_ Que tau uma aposta ? _ Todos os outros param seus afazerem e se aproximam de nós _ Se Dylan conseguir acerta aquela lata , limpamos seu quarto o resto do ano _ ele diz apontando para uma lata que estava pendurada em cima de uma arvore .
_ E se ele não acerta ?_ pergunto curiosa para saber o que ele estava tramando.
Todos os meus irmãos encaram Will também curiosos .
_ Você se inscrevera na seleção _ ele diz com um sorriso maligno .
_ Tá de brincadeira ?!_ digo o encaro ele não estava de brincadeira _ tudo bem ... Dylan vai pegar o arco e flecha !
Não demora muito para Dylan voltar com o arco e flecha , ele estava no seu posto concentrado no seu alvo quando ele solto a flecha ... e erro a latina .
_ Droga _ xingo .
_ Você perdeu _ Valentim que estava perto de mim diz , eu dou uma cotovelada no estomago dele que se contorce de dor .
(...)
Meus irmãos haviam me arrastado para a sala para assistir o sorteio da seleção , infelizmente tive que sentar do lado de Trevor .
_ Fico feliz que não está com raiva de mim ainda _ ele diz quando me sentei perto dele .
Me viro e encaro aqueles intensos olhos pretos .
_ Não estou com raiva de você ... estou com ódio _ eu digo a verdade _ Você me abandono .
_ Eu não te abandonei _ ele diz em sua defesa .
Todos na sala estavam encarando nossa cena , quando percebemos isso nos paramos de falar . Nós dois ficamos alguns segundos em silencio .
_ Nunca pensei que você gostava dessas coisas _ ele diz se referindo a seleção .
_ Foi uma aposta ... além do mais é minha vida e eu faço o que quiser _ digo friamente a ele que sorri .
_ Você fica tão linda como está com raiva _ ele provoca _ sentia falta disso .
_ idiota _ xingo .
_ linda _ ele diz sorrindo .
_ Aruna Dragomir de Dispper _ ouço meu nome sair da tv e logo em seguida aparece minha foto .
Trevor congela ao meu lado , meus irmãos gritam e se abraçam como se estivessem assistindo futebol . Eu fico parada encarando minha foto na tv , a unica coisa que consegui pensa foi : Aonde eu avia me metido .

Alina Styles Tomlinson

Eu estava tirando fotos, aliás é isso que eu amo e faço, tiro fotos.
Meus pensamentos estavam longe, tentava lebrar de minha vida quando menor mas não conseguia, meu tio nunca fala de quando eu era apenas uma criança, nunca fala de minha infância e de meus pais... Pensei em confrontar ele, mas eu só tenho oque agradecer ao mesmo.
Desde que meu pai e minha mãe se foi ele foi tudo para mim, é muito além de um tio é meu porto seguro e eu o amo por isso, mas me culpo pelo fato de não me lembrar deles, de não saber como era minja vida antes disso tudo... eu nem ao menos tenho uma foto dos meus pais, em meio a todos os meus pensamentos veio " A Seleção" em minha mente, e se eu passar? e se eu for para lá? Oque seria da minha da minha vida?... todos meus pensamentos foram totalmente interrompidos com um barulho insano atras de mim, espera era pessoas me chamando-
Desculpa- balançei minhas cabeça para de alguma forma me livrar de tudo aquilo-
VEM LOGO ALINA, PARA DE ENROLAR PORRA- Gabriela e Marcelly, minhas melhores amigas vieram igual doidas me chamar-
Vem para aonde?-Guardei minha câmera e comecei a andar com elas-
É hoje baby-Gabi abriu a porta que dava para a confeitaria aonde meu tio era dono-
Hey tio vamos- Mar chamou meu tio, porque ele é legal com todo mundo? Porqueas outras pessoas tem que chamar ele de tio? Ele é MEU...MEU tio, eu sei que isso pode parecer meio egoísta mas eu não gosto do fato de tê-lo que "divir-
Boa Tarde princesas- Misha (meu tio) sorriu para nós três- Vão arrumando tudo, eu só vou fechar a loja, pegar uns doces e me juntar a vocês

(...)

-Já estávamos espalhadas pela a sala...
Não sei porque, mas eu sentia borboletas no estômago sentia algo se formando dentro de mim, espero que seja fome... eu NÃO PODIA estar anciosa para "A Seleção", não podia querer ver oque iria acontecer se entrasse lá, aliás, eu não entraria nessa concurso idiota, só podia estar delirando, olhava para o nada e novamente lembrava somente parte da minha vida
mas adivinha, meus pensamentos foram novamente interrompidos, só que dessa vez era ele entrando pela sala-
Oi queridas, trouxe guloseimas- disse ela tirando uma caixa enorme de trás de suas costas- Vocês italianos são demais - Gabriela disse e Marcelly concordou-
Nós sabemos- eu e o melhor tio do mundo dissemos em coro e caímos na risada, não sei se já disse... mas a única coisa que sei do resto da minha família é que somos 100% italianos-
Trouxe seu doce preferido querida-
ele se referiu a mim e logo depois ele sentou ao meu lado-
Eu estou sem fome- encostei minha cabeça em seu peito-
PARECE QUE ALGUÉM ESTÁ ANIMADA PARA A SELEÇÃO NÉ RUIVINHA MAIS LINDA DESSE MUNDO- Gabriela praticamente gritou guspindo doce para todo o lado, isso arrancou muitas risadas-
Okay- sentei com uma ótima postura no sofá-
Se eu passar prometo de dedinho- mostrei meu mindinho a todos- que se eu passar eu com todo o meu corpinho lindo e maravilhoso ensino ao princípe a nossa dancinha(pensa numa dança vergonhosa...pensou? É ela)- Todos riem-
Sério lina?- Marcelly se pronuncia- Aquela dança é muito escrota
Se eu fosse você não faria isso - Meu tio me puxou para seu peito acariciando meus cabelos-
Vai tio... irá ser engraçado isso aparecendo no jornal oficial -todos começaram a rir loucamente-
SOU SUA FÃ NÚMERO UM-Gabriela jogou pipoca em nós-
Beijo para meus fãs - começamos a rir- Eu vou adorar ensinar isso para ele- sorri por dentro-
OPA... não disse que ela estava animada???- Gabriela pegou um Tiramisú-
Não estou, só prometi aquilo pois sei que não irei passar- olhei no relógio do Misha, faltava pouco para o jornal se iniciar e eu estava realmente anciosa, acho que era coisa da minha cabeça-

(...)

-Okay sem desespero, o jornal oficial estava para começar e por mais incrível que pareça essas martracas estavam caladas, e as últimas palavras que ouvi foi as do meu tio dizendo "saiba que acima de tudo, eu estou orgulhoso de você, você é especial e tem um grande potencial... eu te amo e sei que sua mãe também"... ele nunca me disse sobre meu pai, a única coisa que eu sei sobre o mesmo é seu primeiro nome-

(...)

-Falavam se vários nomes de várias garotas, elas eram realmente muito bonitas, eu estava ficando irritada... pra que tanta demora jesus?...
Eu realmente estava facinada pela telinha e do nada meu rosto e meu nome foram falados... não sei qual foi minhaexpressão mas os três começaram a rir desesperadamente-
EU CONSEGUI... PEGUEI A CARA DELA- Gabriela gritou-
E EU A DO PRÍNCIPE- Macelly juntou as duas fotos e mostrou para nós-
Vocês não prestam meninas- Misha ria desesperadamente-
Ai para gente- peguei as fotos (é daquelas máquinas que a foto já sai em baixo) e guardei nos bolsos do msu pijama- Cadê os elogios e os parabéns? - sorri e abri os braços- Sejam normais pelo menos uma vez na vida -eles vieram me abraçar rindo-
Parabéns bebê- Gabriela lambeu meu rosto... ela é nojenta e faz isso as vezes- Ai sua porca -ri e abracei Marcelly que disse palavras bonitas e confortantes mas logo depois me lembrou da jura que fiz-
Gente, eu não sei como vou ensinar isso ao princípe- me levantei- tipo -joguei meu cabelo para o lado- Oi gato - fiz pose- Vem, vou te ensinar a dança mais glamorosa do mundo -comecei a dançar e logo todos estavam me acompanhando-
Não sei se vou conseguir ficar longe de vocês- abracei os três de uma vez- Vocês são tudo para mim-

(...)

-Eu estava deitada em minha cama olhando para o teto e novamente pensando em tudo, mas dessa vez tinha a certeza que minha vida mudaria, e que eu realmente seria "reconhecida por todos os lugares-
A mamãe se você estivesse aqui- uma lágrima solitária percorreu o meu rosto, fui legar meu celular para ligar para uma das meninas, elas de certa forma me acalmava... Mas quando fui pegar o mesmo as fotos sairam de minha mão, e minha cara não era das melhores... ri sozinha e fui olhar a do príncipe, realmente não consegui identificar apenas contornei o seu rosto-
Eu acho que vou gostar de te ensinar a "dançar"
-escondi a foto quando ouvi as batidas na porta de meu quarto-
Entra- me sentei na cama-
Eu gostaria de falar com você amor -titio sorriu para mim- tem problema?- ele fez uma caringa de cachorro sem dono-
Claro que não -ri nasaladamente- Senta aqui- bati na cama-
Então- ele sentou e eu deitei em seu colo-
Eu sei que essas conversas não são legais mas são necessárias, se elas não existissem você não estaria são e salva aqui -Ele sorriu para mim-
Eu sei que você sabe que sua vida mudará drasticamente de uma hora para a outra e que você estará sobre pressão, mas eu acredito em você, acredito no seu potencial e no que você é capaz.
Nunca deixe de você mesma e sempre mostre a garota fantástica que é, a garota que me ajuda na confeitaria, que perdeu os pais e que mesmo assim continua aqui sorrindo e tirando fotos maravilhosas, sempre siga seus sonhos e seja você mesma...minha pequena Alina eu sei que você não se lebra de muita coisa mas eu quero te dar algo- ele tirou uma foto do seu largo bolo- Essa foi sua primeira foto, eu sei que não é nada demais mas faz parte da sua história... você tirou com seis anos e eu quero que isso fique com você -meus olhos se encherão de lágrimas e eu olhei profundamente para a foto, ela era de um jardim e por conta do foco estar desajustado não conseguia ver as duas pessoas que estavam atrás, a única coisa qie dava para saber é aque existia uma criança e provavelmente um adulto, eu realmente gostaria de saber que lugar era esse- Obrigado tio, você não faz noção de como isso é importante para mim e para minha história -eu o abracei fortemente- Te amo -lágrimas descontroladas vieram-
Eu também te amo minha princesa
-Nós dois ficamos abraçados por um bom tempo, mas eu precisava dormir, como ele mesmo disse, "princesas não podem parecer zumbis", a única coisa que vinha em minha mente naquela noite era como era minha vida, quem era aqueka criança? Mil coisas passavam en minha cabeça mas nenhuma se concretizava-

Amélie Collins

Eu estava na cozinha fazendo café quando todos os meus irmãos começam a reclamar não demora muito para eu saber o por que deles estarem reclamando .
_ Droga Sophia de novo _ exclamo .
_ Eu disse para você para de dar papinha de feijão pra ela ._ Malina reclama .
_ Fala isso como se cagasse cheiroso _ provoco meus irmãos começam a rir .
_ Quer que eu troque ela ?_ Lilian pergunta se oferecendo .
_ Sim você estaria fazendo um grande favor para mim _ digo .
Lilian pega Sophia no colo e vai até a porta da cozinha ao chegar lá meu tio aparece e dá um beijo na testa da Sophia e em seguida Lilian desaparece com Sophia .
_ Bom dia criançada _ meu tio diz sorridente .
_ Bom dia _ repito .
_ O que temos hoje ovos mexidos ... sabe que são meus favoritos _ ele se senta na cadeira .
_ Vou pegar a corresponderia _ aviso e vou em direção a porta .
_ Amy _ meu tio diz e eu paro e me viro para encará-lo .
_ Você tem que parar de da feijão para sua filha _ ele sorri .
_ Serio até você ?!_ digo e volto a fazer meu trajeto . Abro a correspondei e conta , conta , conta , conta , carta da seleção ... espera carta da seleção . Abro a carta e começo a ler eu sempre soube o que era a seleção , o que sabia e que eu precisava era que a selecionada ganhava uma mesada que ia para a família da selecionada . A pouco tempo vê meu tio sobre a mesa preocupado com um monte de conta e uma calculadora me doía ver aquilo , o pior era que a gente havia recebido a ordem de despejo ou a gente pagava a conta em um més ou a gente ia embora , a carta da seleção avia chegado no momento certo , mais se eu me inscrevesse e fosse sorteada quem iria cuidar da Sophia a minha filha . Peguei a carta e foi para a cozinha lá estavam todos e Lilian estava segurando a Sophia , todos me encararam .
_ Acabei de receber a carta da seleção ... acho que é a solução pros nossos problemas mas... se eu for selecionada não sei com que deixar a Sophia _ suspiro .
_ Hora essa eu cuido dela _ diz Lilian segurando a Sophia _ Além do mais fui eu que ajudei você a limpar a bunda de Malina e de Miranda e Henrique !
_ Serio ... você é a melhor irmã do mundo _ eu a abraço mais não muito forte para não machucar a Sophia .
_ Então você vai se inscrever ?_ Pergunta Miranda confusa .
_ Se ela disse é provável que sim ... tecnicamente ela tem 15% de chance de ser sorteada _ diz Henrique com seu jeito nerd de falar .
_ Esse papo de nerd seu Henrique já está me deixando com raiva ... não dá pra acredita que somos gêmeos _ Miranda coloca a mão na cintura e encara Henrique serio .
Quando estava decidido que eu ia me inscrever meus irmãos foram para a escola e em casa ficou eu , meu tio e Sophia . Estava na sala e Sophia estava dormindo no meu colo, hoje era o dia de folga do meu tio , ele se sento perto de mim e ficamos assistindo televisão .
_ Sabe que você ira encontrar Aron lá _ Ele toca no assunto do pai da Sophia .
_ Você sabe que eu não gosto de falar sobre isso _ exclamo .
_ Imagino como deve ter sido horrível o fato dele ter te estuprado ... mas um dia você vai ter que enfrentar seu pesadelo _ ele suspira _ Ele precisa saber que a Sophia é filha dele ... ele precisa saber que você teve uma filha dele .
_ Se depender de mim ele nunca vai saber que a Sophia existe _ digo com raiva .
_ Ele é o pai dela ... você não acha que quando ela crescer ela vai querer saber quem é o pai dela _ ele diz serio _ E o que vai dizer a ela ?
_ Que o pai dela está morto _ gusto as palavras com nojo .
Meu tio me encara em silencio .
_ Você vai estar enganando ela _ ele quebra o silencio com aquelas palavras .
_ E o que você quer que eu diga a ela ... que ela é filha de um estuprador que ela surgiu de um estrupo _ digo com raiva por causa dele não entender o meu lado _ Eu não vou está enganado ela , eu vou estar a protegendo .
_ Amy olha para Sophia ela é a cara do pai dela _ ele faz com que eu encare Sophia . Aquilo era verdade Sophia é muito parecida com o pai o que as vezes me assombrava _ Mesmo que você não queira um dia a verdade sempre vem a tona , pode ser da melhor forma ou da pior _ Meu tio se levanta e sobe as escadas , eu fico encarando Sophia .


Notas Finais


ESPERO QUE GOSTEM DESSE CAPÍTULO LACRADOR!!!
BJS E ATÉ MAIS PESSOAS!!
❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...