História A Seleção do Príncipe Dylan O'Brien - Capítulo 10


Escrita por: ~ e ~Mellhood

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, A Seleção, Dylan O'Brien
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Dylan O'Brien, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5 Seconds Of Summer, 5sos, Dylan O'brien, Selecao
Exibições 32
Palavras 1.603
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OE! Boa leitura!

Capítulo 10 - Capítulo 10


Fanfic / Fanfiction A Seleção do Príncipe Dylan O'Brien - Capítulo 10 - Capítulo 10

Dylan O’Brien

Mais uma semana se passou e eu me ocupei tentando saber o que fazer com Rachel, também tive um encontro muito agradável com a senhorita Mary-Anne, mas não tivemos nenhuma conexão e por isso ela foi elminada da Seleção. Fui no médico com Rachel e ela ia completou um mês de gravidez nessa semana que passou. Ela ficou inconsolável e Alec queria matar Ashton, mas depois entendeu que os dois precisavam de ajuda. Eu ensaiava o que falar para meu pai, sem a ajuda dele eu sei que algo de ruim pode acontecer com os dois. Andava de um lado pro outro no corredor do escritório dele, até que respirei fundo e resolvi entrar.

- Pai? – digo colocando só a cabeça pra dentro.

- Entra filho, entra – ele diz parando de ler algum documento.

- Eu fiz algo muito ruim e eu preciso conversar com o senhor. – digo e ele larga o papel. – Rachel me pediu pra sair da Seleção no dia em que foi sorteada porque amava uma pessoa e eu pedi que ela ficasse.

- Dylan, a Rachel mora aqui, ela sempre te ajudaria. – meu pai disse e eu fiquei triste porque isso era verdade. – Mas o que de tão grave aconteceu?

- Ela está grávida, pai. – digo de uma vez e meu pai me olha de boca aberta. – Do Ashton, a pessoa que ela ama.

- Sabe que se alguém souber dessa gavidez não teremos escolha a não ser matar os dois não é? – ele diz triste, meu pai convive com meus amigos a todo o tempo e considera muito cada um, principalmente Rachel e Alec. – Quem sabe que os dois tem um caso?

- Cal, Luke, Mike e Alec. – digo prontamente.

- Deixe Ash o mais afastado de Rachel, ninguém pode saber que eles tem um caso, entendeu? – meu pai fala claramente.

- Não pai, só pessoas confiaveis sabem do caso dos dois. – digo e ele assente.

- Vamos viajar para Illea depois de amanhã, nós dois, sua mãe, Mike e Calum. – ele diz e eu me animo um pouco – Aniversário de 16 anos da princesa Sophie. Ainda bem que ainda tem tempo pra pensar em sua Seleção, até que a moça era agradável, mas apoio suas escolhas. – ele comenta sobre Nora, que eu também decidi eliminar.

- Ah legal pai e obrigado pelo apoio – respondo aliviado.

- Vou conversar com sua mãe e vai dar tudo certo. – ele diz e eu assinto, saindo da sala. Uma semana de folga, curtindo com meus amigos de Ileia, os principes gêmeos Oliver e James.

Depois de me despedir das selecionadas que estavam saindo, voltei para o meu quarto para escoher alguns ternos, meu mordomo me ajudava com a combinação de cores. Mike e Calum já estavamse arrumando também. Eu continuei pensando em Kelly, em como eu a evito e sei que isso não é legal, mas são muitas cobranças em mim e eu queria mesmo não ter que estar no meio dessa confusão chamada Seleção.

A festa de Sophiefoi muito linda, fotografada para todo mundo, vários príncipes e princesas estavam lá, fiquei conversando muito com David Luis, o príncipe do Brasil e Cristiano Ronaldo, o principe de Portugal. Mike passou seu tempo com Dominique, a princesa francesa e Calum ficou falando com os príncipes Oliver e James, além do principe Carlos Peña, príncipe da América Central. Sophie namorava o principe da Nova Ásia e isso trouxe muita harmonia entre os dois países. Devo admitir que essa semana de folga, só conversando com principes e princesas de todos os lugares me deu um tempo da seleção. Até que no último dia os principes Oliver e James foram conversar comigo.

- E como vai essa Seleção? –Oliver pergunta.

- Um saco – digo entediado. – Mas uma menina me chama muita atenção.

- Sabe, há muito tempo atrás, uma menina rebelde veio parar em nosso castelo. – James começa a história. – Ela era ruiva como nós.

- Seu nome era America e ela deu muito trabalho ao prícipe Maxon na época, mas eles acabaram juntos e foram um casal extremamente feliz. – Oliver completa a fala do irmão.

- Se essa meninas te chama tanta atenção só fique com ela. – James toma a palavra de novo. – Não deixe essa chance escapar.

Kelly Brooke

Depois de alguns exames que Rachel fez, ela acabou ficando mais livre e passamos todo nosso tempo juntas. Nesta manhã Dylan eliminou Mary-Anne e Nora da seleção e depois teve que ir para o aeroporto, ele iria viajar para Ilea para comemorar o aniversário da princesa. Sei que Illea é nosso principal exportador e exportamos quase todos os nossos produtos pra eles, depois deles vem a Inglaterra e a França. Mike e Calum viajaram com ele, já que são príncipes e amigos da família de lá. Dylan continua sem falar comigo e isso tem me deixado desanimada, se ele não me quer, me elemina logo!

- Rachel, por que o Dylan não me elimina logo? – pergunto pensativa.

- Porque ele gosta de você, só precisa de um tempo. – ela diz sem tirar os olhos do livro.

Amely tinha passado um seminário sobre economia em duplas e tinhamos que elaborar um plano economico alternativo. Então desde o fim das aulas a gente estava lá estudando.

- Acho que vou procurar ele quando ele voltar de viagem. – digo pensando em como pedir desculpas dele – Sabe, até porque eu que explodi com ele.

- É muito bom se mostrar sábia em algumas decisões como essa – ela levanta os olhos e me encara séria – Pedir desculpas é um ato de coragem e você se mostra bem sábia quanto isso, sabe essa é uma ótima caracteristica pra uma rainha.

- Não sabe se eu serei rainha. – digo a olhando rindo de lado.

- Conheço Dylan... – ela dá de ombros e se concentra em sua leitura.

Ficamos lá e fizemos algumas anotações sobre um possível plano econômico voltado a ajudar as pessoas em piores condições e fomos chamadas para a aula de etiqueta. Amely era muito rígida em relação as nossas aulas, principalmente as de etiqueta, já que muitas de nós eram bem desajeitadas.

- Meninas, a partir de amanhã, vocês terão aula de dança de salão e valsa. – ela diz antes de iniciar a aula – O baile de inverno será em duas semanas e o príncipe irá dançar com todas as meninas.

- E quem já sabe dançar? – Rebeca pergunta com um sorriso orgulhoso.

- Irá frequentar mesmo assim, não disse que era opcional. – Amely responde e a menina fica sem graça com o corte. – O baile de inverno é onde recebemos representantes dos outros países e todas serão embaixadoras da Austrália nesse dia, não iremos passar vergonha por mau comportamento ou deselegancia.

- Sim senhorita Amely – todas nós respondemos em coro.

****

Eu estava sentada no jardim do palácio, Rachel estava no quarto pois estava se sentindo indisposta hoje. Sentada num banco de concreto em frente ao pé de rosas que Dylan costuma mandar pra mim todos os dias, pelo tempo que ele tinha ido já estava pra voltar. Ele viajou sem se despedir o que ainda me deixa cabisbaixa e pensativa sobre o quanto eu o magoei com minhas palavras. Ouvi Rebeca me chamar com sua voz irritante, mas em um tom que não tinha escutado antes e me levantei as pressas, quando estava terminando de  subir as escadas eu escutei vindo sua voz vir do andar debaixo e olhei.

- Kelly, cuidado! – Rebeca disse apavorada e senti meu corpo ser empurrado e tudo escurecer.

Uma forte dor me atingiu , vozes desesperadas por ajuda ecoavam em minha mente e barulho de lâminas eram constantes, ouvia gritos e correria, então eu me vi presa dentro da minha própria mente.

- Senhorita por favor olhe pra mim. – eu conhecia aquela voz, mas não sabia dizer de quem era

Dylan O’Brien

Estava entrando no salão principal quando vi Kelly caída no chão, meu coração estava caindo aos pedaços ao ver todo aquele sangue e toda aquele desespero no castelo. Sentia meu corpo ser tomado por um frio desconhecido por mim. Dois guardas corriam para salvar Rebeca que estava presa por uma pessoa vestida de guarda perto do chão e Ashton corria para chamar socorro da ala hospitalar.

- Meu amor acorde! – sim, meu amor. ninguém se importava por eu chamar uma candidata assim.

Sua pele estava branca e eu a comparava como um fantasma, o sangue estava se espalhando depressa e eu sentia como se sangrasse também, minhas mãos tremiam, meus olhos estavam cheios de lagrimas, segurei sua cabeça pra cima e ela pendia para os lados.

- Eu não posso chorar – sussurrei pra mim mesmo.

Os médicos levaram ela e Rebeca, que tinha um corte no braço. Eu permaneci no chão sentindo meu coração se partir. Cheguei em meu quarto e minhas mãos estavam sujas de sangue, aguente firme, meu amor. Por favor!  Vi tudo tremer como se estivesse em um terremoto e em um susto eu acordei. Meu coração disparado e estávamos a caminho de casa. Um dos criados me olharam.

- O senhor estar bem alteza? – perguntaram.

- Estou, obrigado por perguntar  - respondi e fiquei pensando naquele sonho que parecia ser tão real. – Pode me ligar com o palácio por favor?

- Imediatamente. –o criado responde e volta com uma cara nada boa. – Senhor o castelo foi atacado.

Meu coração parou e meus pais se levantaram de súbito no jatinho. Calum tentou falar com sua mãe e Michael correu para meu lado, ele sibilou o nome de Rachel, Alec, Luke e Ash. Como assim um ataque aconteceu no lugar mais protegido da Austrália?


Notas Finais


Até o próximo cap! Bjs das gemas!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...