História A Seleção do Príncipe Dylan O'Brien - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~Mellhood

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, A Seleção, Dylan O'Brien
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Dylan O'Brien, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags 5 Seconds Of Summer, 5sos, Dylan O'brien, Selecao
Exibições 30
Palavras 1.594
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OE! Boa leitura!

Capítulo 9 - Capítulo 9


Fanfic / Fanfiction A Seleção do Príncipe Dylan O'Brien - Capítulo 9 - Capítulo 9

Kelly Melanie

Depois de uma semana do atentado, Rachel finalmente recebeu alta e pode sair do quarto, desde aquele dia eu não falo com ela.  Quando a vi na biblioteca, ela estava triste e deu a entender que não queria conversar. Dylan teve dois encontros, com Kuma e Alena, pelo que Alena falou no salão das mulheres, os dois se deram muito bem e senti meu coração afundar. Toda vez que via Dylan, ele procurava desviar de mim, ele realmente se magoou com o que eu disse a ele. Queria me reconciliar com Rachel, ela realmente era minha amiga de verdade, até que me dou bem com Alena, mas com Rachel era diferente.

- Rachel? – pergunto batendo na porta do quarto dela. Quando eu estava prestes a desistir, ela abre a porta. – Por favor, precisamos conversar.

- Eu sei que sim. – ela disse afastando pra eu entrar. Entrei no quarto dela e fui direto pra sacada, que estava aberta. – O que aconteceu com você Kelly?

- Dylan aconteceu. – disse baixando a cabeça. – Ele me deixa perdida, mas não posso ter me apaixonado por ele tão rápido, mas ele me confunde e saber que ele causa isso em outras me deixou triste.  Eu não devia ter falado aquilo pra você Rachel.

- Você nunca procurou conhecer a gente – ela diz se sentando na minha frente. – Eu jamais teria algo com o Dyl, mas ele é meu melhor amigo e eu estou aqui pra ajudar ele.

- Eu quero conhecer a história de vocês. – digo baixo e a morena sorri.

- Minha mãe era muito amiga da rainha . – ela começa contando sua história. – Elas começaram a trabalhar juntas aqui, minha mãe na cozinha e ela como criada. Então minha mãe conheceu meu pai, ele trabalhava nos estábulos, ele treina os cavalos. A rainha Merida apresentou minha mãe ao rei e eles ficaram amigos, minha mãe se tornou dama de companhia da rainha. Ela não aceitou mais que isso e nem meu pai quis sair dos estábulos. Então a rainha engravidou do Dyl e morreu no parto, minha mãe estava grávida do meu irmão já, ele nasceu um mês depois do Dylan.

- Você tem um irmão? – digo extremamente surpresa.

- Ele se chama Alec. – ela diz sorridente – É sargento no distrito 13.

- O rei continuou tendo muita consideração pelos meus pais, tanto que você já os viu várias vezes em eventos, só não pude te apresentar porque não posso mostrar tanta intimidade na Seleção. Minha mãe pediu pra voltar pra cozinha depois da morte da rainha, mas o rei pediu que ela cuidasse do Dylan. Quando a rainha Sarah chegou ao castelo, o rei pediu a minha mãe fosse a tutora dela, pra ela conhecer nossos costumes e tradições, se tornando amiga da rainha Sarah, então minha pediu novamente para voltar a cozinha, quando a rainha tinha aprendido tudo. – ela continua falando. – Três anos depois do Alec eu nasci. Sou amiga do Dylan desde então. Luke é filho de um conselheiro real, representante do distrito 2. Ele vinha com o pai para as reuniões e se tornou nosso amigo, se alistou aos 18 anos vindo direto do palácio. Nós somos os únicos que não tem origem real aqui. Calum sempre morou aqui já que é filho da princesa, sendo nosso principe, prinicpe Mike veio com a rainha Sarah e Ashton chegou aqui aos dezesseis anos, queria um trabalho e a princesa Thayla deu um jeito de ele se alistar logo, ele foi ser guarda do Dylan e somos todos amigos desde então.

- Nossa Rachel... Vocês estão mesmo aqui desde sempre. Agora sei porque não tem fotos no seu quarto. – digo vendo que o quarto dela não tem muita coisa que é dela.

- Minhas coisas mesmo estão na casa dos meus pais. – ela responde distante.

- Me perdoa? – peço a ela.

- Claro Kel, eu senti muito sua falta. – ela diz e nos abraçamos - Dylan vai perdoar você também, só deixa ele esfriar a cabeça. – ela sussurra no meu ouvido.

Dylan O’Brien

Estava ansioso com a chegada de Alec, ele é meu melhor amigo a mais tempo que todos e hoje ele está voltando, só que eu queria entender o porque, se ele foi com nossa benção pro distrito 13 depois que se tornou sargento. Rachel não sabia que o irmão ia chegar e Ashton estava nervoso ao meu lado.

- Dyl, eu preciso conversar com você antes do Alec chegar. – ele diz com medo e eu estranho o comportamento dele. – Eu e Rachel temos... – ele começa a gaguejar.

- Ash, você pode me contar qualquer coisa. – digo tentando tranquilizar ele.

- Dylan, eu e Rachel namoramos. – ele diz e eu não fico tão surpreso assim. – Só que começamos a namorar depois de ela ser sorteada pra sua Seleção.

- Ah Ash... – eu digo entendo o nervosismo. – Eu sempre soube que vocês gostavam mesmo um do outro, mas e se alguém tivesse visto?

- Sei que fomos irresponsáveis, mas a gente se ama de verdade Dylan e traímos você. – ele diz começando a chorar.

- Não vou matar vocês por se amarem. Ela está livre da minha Seleção. – digo sorrindo, mas o garoto continua chorando, nervoso.

- Dyl? Ash? – escuto a voz do Alec e Ashton tenta se recompor. – Não precisa chorar de emoção, estou de volta. – o garota fala sorrindo e nos abraça.

- Vamos logo! Rachel não sabe que você voltou! – Michael que foi pegar ele no aeroporto disse animado.

Perguntamos de algumas criadas onde ela estava e Rachel estava na biblioteca com Kelly. Entramos no local e só as duas estavam lá, quando a morena nos viu quase não acreditou. Já Kelly quando me viu abaixou a cabeça, desviando o olhar. Eu queria ter falado com ela antes, mas não dá, ela foi a única seleionada que eu beijei e se eu tiver me confudido? Ela me desnorteia e ela também não quis entender que meu sentimentos estão em jogo nessa Seleção.

- Alec?! Ah meu Deus! Alec! – ela veio como um jato pros braços do irmão – Ah que saudades de você meu irmão.

- Eu também senti tanto sua falta minha rosa. – ele diz abraçado com a menina.

- Ah Alec! Essa minha melhor amiga Kelly! – ele apresenta os dois e Kelly se aproxima tímida e aperta a mão de Alec.

Ela dá a ele um lindo sorriso e ele retribue, Calum e Luke chegam correndo a biblioteca e vejo a ruiva sair de fininho, não sem antes falar com Rachel. Alec volta a abraçar sua irmã e ela não o solta, como se ele fosse sumir.

- Rachel, vamos para o seu quarto. – digo chamando a atenção de todos. – Quero conversar com todos.

Vejo a morena ficar tensa e Ashton a olhar preocupado. Eu tento sorrir pros dois pra mostrar a eles que está tudo bem, mas é obvio que tem algo muito errado acontecendo. Alec continua abraçado com ela e vamos ao quarto dela, chegando lá peço para as criadas se retirarem e que elas providenciem um jeito de não sermos incomodados. Assim elas saem nos deixando sozinhos. Mike e Calum se jogam na cama da menina, Ashton puxa algumas cadeiras pra gente da varanda.

- Alec, eu estou muito feliz que você está de volta. – digo sorrindo – Você faz muita falta amigo.

- Eu também senti falta de todos, mas o distrito 13 é ótimo, recomendo que a gente visite um dia.  – ele diz se jogando na cama da irmã. - O que você quer conversar?

- Já que estão todos sentados, Ashton me contou a verdade e Rachel... – digo e vejo a face da menina perder a cor – Você está livre da minha seleção, pode voltar a biblioteca. - Ashton volta a chorar silenciosamente e Rachel fica cada vez mais pálida. – Gente, eu to deixando vocês livres! O que vocês tem?

Todos ficam mais eretos e tensos, Alec olha firme para irmã e ela se encolhe com isso. Ashton segura a mão dela e ela começa a chorar.

- Eu não te contei toda a verdade, Dylan. – Ashton fala com pesar.

- Eu posso estar grávida, Dyl... – Rachel fala e todos no quarto ficam de queixo caído, menos Luke e Calum que baixam a cabeça tristes.

-Ashton! – Alec fala com raiva, mas Mike se põe no meio deles. – A quanto tempo?

- Tem umas duas semanas que tenho sentido alguns sintomas.  – ela diz com medo – Ah Dylan, eu sei que não merecemos seu perdão, mas mesmo assim... Tenha misericordia se eu estiver mesmo grávida.

- Eu não vou matar vocês. – falo atordoado com a notícia, mas longe de sentir raiva deles, a Rachel pediu pra sair da Seleção e eu pedi pra ela ficar, posso ter destruído a vida deles. – Fique mais um tempo na minha Seleção, você vai fazer todos os exames. Se estiver grávida mesmo vou providenciar tudo pra te proteger.

- Está falando sério? – ela pergunta incrédula.

- Sim, você foi sincera comigo e eu te prendi aqui, não aceito perder meus dois melhores amigos assim, vou ajudar vocês e como só nós sabemos, vai dar tudo certo. – digo e os dois vem me abraçar. – Alec, não fique assim, você vai ganhar um sobrinho.

- Irresponsáveis! – ele diz com raiva – São dois irresponsáveis! Mas eu amo vocês e ainda bem que eu voltei.

Ele puxa Rachel pra um abraço e olho para Calum e Michael, precisamos pensar em como esconder a gravidez de Rachel, se descobrirem que ela está grávida irão saber que foi traição e eles serão condenados a morte.


Notas Finais


Como a capa bem diz, esse é o Alec, irmão mais velho da Rachel.
Até o próximo cap! Bjs das gemas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...