História A seleção dos gêmeos - Interativa - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, A Seleção, Emilia Clarke, Kit Harington
Personagens Personagens Originais
Exibições 42
Palavras 2.119
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Acho que as partes dos selecionados estão acabando

Capítulo 11 - Selecionados pt 6


Fanfic / Fanfiction A seleção dos gêmeos - Interativa - Capítulo 11 - Selecionados pt 6

PDV LOGAN

Estavamos eu, meu pai, Sandra e minha irmãzinha no pequeno sofá de casa quando vimos pela tv o anúncio da seleção. Quando o Príncipe disse que a princesa também teria uma, ficamos muito surpresos, meu pai especialmente, ficou muito feliz com essa chance.
A carta chegou pelo correio no outro dia. 
Meu pai me convenceu a me inscrever, eu duvidava que iria ser escolhido, mas se fosse ficaria muito feliz, afinal, Somos da casta 7, então ver minha irmãzinha tendo que passar pela nossa dificuldade me cortava o coração. Entrar para seleção seria uma chance de dar uma condição de vida melhor para minha família. Infelizmente eu sabia que varios outros garotos também teriam esse mesmo pensamento. 
O tempo passou, e numa noite fria em Ottaro, estavamos sentados na frente da tv aguardando o anúncio dos selecionados. Suas fotos começaram a surgir na tela, e o penultimo selecionado foi anunciado. Enfim o último seria revelado, minha irmã fechou os olhos torcendo pra ser eu, enquando papai e eu olhávamos fixamente para tela...
"- Logan Smith - 7, Ottaro." Foi anunciado, e a minha foto surgiu. 
- Você conseguiu! - Sammy correu gritando a meu encontro me abraçando e papai fez o mesmo.
- Você conseguiu! - Papai sussurrou, seus olhos estavam cheios d'gua. 
- Sim eu consegui, Eu entrei para seleção. - Disse em voz alta, tentado fazer a ficha cair.

 

PDV CALEB
Eu tava com tanta sede que fui pegar um copo de água havia acabado de chegar do castelo eu trabalhava como jardineiro . Eu abri a geladeira e peguei uma jarra de água e peguei um copo que estava encima da pia e , despejeia a água no copo e tomei , estava com a boca cheia de água quando minha irmã mais velha entro na sala eufórica . 
__ Você tem que se inscrever na seleção !__ ela grita e eu guspo toda a água surpreso . 
__ O que ? __ pergunto tentando ver se tinha ouvido bem. 
__ Não se fassa de surdo você tem que entrar na seleção __ ela diz e poem a mão na cintura __ Você não acha que já passo na hora de você conquistar o coração da princesa 
__ O que uma princesa iria querer com um simples jardineiro ? __ Pergunto esperando que caia a ficha dela que eu não tenho a mínima chance com a princesa . 
__ Se ela é como você diz significa que ela não vai ligar nem pelo fato de você ser jardineiro e nem pra sua casta __ Ela diz tentando me convencer . 
__ Desculpe Camila mas não tenho a minima chance __ guspo as palavras e , vou em direção a porta da cozinha . 
__ Como assim você não tem a minima chance ? __ Ela pergunta supresa __ Só por que vai haver outros garotos de casta superiores e ricos ? A princesa não vai ligar pra isso a única coisa que ela vai ligar e para o coração de cada um __ ela continua __ Você é o homem mais gentil , inteligente , bondoso e justo que eu já conheci e sim você tem muita chance __ eu me viro para encara lá , ela nunca havia falado tão serio como ela estava falando agora __ Ela merece que você lute por ela . 
__ Mas você nem a conhece __ foi a única coisa que consegui dizer . 
__ Meu irmão jamais iria se apaixonar por qualquer uma __ Ela sorri e me dá a carta da seleção. 
Eu seguro e encaro a carta vários minutos . Minha irmão sempre disse palavras bonitas em todos os momentos mais nada mais bonito do que ela disse hoje para mim , não consegui entender por que não havia casado ainda . Ela estava certa havia anos que estava apaixonado pela princesa Elizabeth mais nunca fiz nada para conquistar ela , mas agora estava segurando a minha chance bem na minhas mãos . 
Suspiro . 
__ Você me convenceu eu vou me inscrever __ digo sorrindo . 
Ela berra de alegria e me abraça . 
( ... ) 
Uma semana depois . 
Estava na Sala com toda minha família reunida assistindo o sorteio de todos os selecionados , já havia passado vários nomes de garotos estava começando a entrar em desespero quando ouvi . 
__ Caleb Collins de Panamá __ Diz o apresentador . 
Minha irmã berra tão alto que meu ouvido doi , meus pais pulam do sofá e se abraçam. 
Minha reação é diferente deles eu fico sentado no sofá serio sem saber o que fazer . 
A única coisa que pensei foi aonde eu tinha me metido .



PDV MALINA
Havia acabado de fazer o trajeto da escola até a minha casa ao entrar em casa fui em direção a cozinha para pegar um pouco de aguá , ao chegar na porta da cozinha vê meu pai sobre a mesa somando as dividas que ele tinha que pagar pela cara de abatido dele não era nada bom . Meu pai tinha cabelos castanhos claros e olhos azuis claros ele era alto e magro , muitas mulheres o desejavam mais depois da morte da minha mãe ele nunca mais teve outra mulher , o que deixa um pouco triste vê que meu pai não deu a volta por cima ainda . 
Ele percebe minha presença e me dá um leve sorriso , vou em direção a geladeira e pego uma garrafa de aguá e bebo inteira encho a garrafa na pia e a coloco de volta na geladeira . Fico um tempão encarando meu pai fazendo as contas com a calculadora . Eu tinha discutido com meu pai uma vez sobre eu arranjar mais um emprego para ajudar a pagar as despesas da casa mais ele se nego dizendo que eu tinha que me concentrar na escola e que já tinha um emprego de jardineira na casa de um dois e que eu não podia deixar meus treino . Eu comecei a treinar quando uma vez meu patrão tentou me estrupas por sorte um oficial tinha ido visitar um amigo na casa do meu patrão , o oficial ouviu os meus berros entro no quarto e tiro meu patrão de cima de mim e deu soco no meu pratão , eu naquela mesma hora pedi demissão , o oficial se chamava Abel ele me acompanho até a minha casa eu durante todo o trajeto até minha casa queria que se algum dia acontecesse isso comigo eu pudesse me defender então pedi pra Abel me treinar claro que no começo ele se nego mais como comecei a encher o saco dele , até que ele aceito ser meu treinador mais antes pediu pros meus pais que claro que concordaram , foram dias e horas de treinos para eu aprender a lutar , usar arco e flecha e espadas não demoro muito para eu aprimora isso tudo . 
Eu pai bufo e coloco a mão sobre a cabeça , me partia ver ele daquele jeito .
_ Se você pelo menos me deixa-se arrumar mais um emprego pelo menos ajudava um pouco _ exclamo . 
Ele olha pra mim serio . 
_ Quando você vai deixar de ser teimosa , eu já disse que não _ ele diz . 
_ Quando você vai deixar de ser orgulhoso _ retruco . 
_ Você tem que se focar nos seus estudos _ ele levanta uma sobrancelha. 
_ mais se eu achasse mais um emprego não ia atrapalhar nos meus estudos _ tento convencer ele de todas as maneiras _ Pai deixar eu te ajudar _ suplico . 
Ele olha serio alguns segundos para mim serio sem falar nada . 
_ Não e nem adianta chorar _ ele diz _ Sua mãe não iria querer isso pra você . 
Ele estava certo minha mãe não iria querer isso pra mim mais minha mãe não estava mais entre nós , ao pensar nisso meu coração aperta eu não ia chorar na frente do meu pai isso ia o deixar muito mais chateado . Fui em direção a porta da cozinha . 
_ Aonde você vai _ Meu pai pergunta e , eu me viro para encará-lo . 
_ Na casa de Abel _ respondo . 
_ Chegou isso pra você hoje de manhã _ ele tira do bolso uma carta e me entrega , eu pego a carta e guardo dentro da minha mochila . 
_ Não demoro _ aviso . 
_ Eu sei _ meu pai me da um beijo na minha testa _ Saiba que só quero o seu bem . 
Sorrio . 
_ Eu sei _ e o abraço forte ao terminar o abraço e vou em direção a porta da cozinha. 
Não demoro muito para eu chegar na casa de Abel toquei a campainha demora dois minutos para eu da de cara com um homem cabelos loiros e olhos azuis claros , Abel está serio isso não era novidade ele sempre estava serio. 
_ Entre _ ele diz com a cara seria . 
Paço pela porta e entro , a casa de Abel era enorme vamos dizer que ele não era rico mais também não era pobre .Abel antes de vim para Illéia trabalhava como oficial na França após sua mulher e sua filha que se tivesse viva teria minha idade morrerem na queda de um avião ele decidiu vim para Illéia para começar do zero e começo a trabalhar como oficial no castelo de Illéia . 
_ Posso saber o motivo dessa cara de brava _ ele pergunta após fechar a porta . 
_ O orgulhoso do meu pai não quer deixar eu arranjar mais um emprego _ explico . 
_ Ele está certo você tem que se focar nos seus estudos _ ele responde sentando num sofá vermelho . 
_ Isso é uma conspiração contra mim _ digo . 
_ Eu e seu pai só queremos seu bem _ ele diz em sua defesa . 
Eu me jogo no sofá ao lado dele e bufo . 
_ eu sei mais eu tenho as melhores notas da escola _ explico _ preciso ajudar meu pai de algum jeito as coisas a cada dia ficam piores . 
_ Eu ofereci dinheiro pra seu pai mas ele se recuso _ ele diz me encarando . 
_ Eu sei ... por que ele tem que ser tão orgulhoso _ reclamo . 
_ Do mesmo jeito que você é teimosa , pavio curto , orgulhosa _ ele diz serio . 
_ Isso joga tudo na minha cara _ fico triste pelo fato de tudo aquilo ser verdade . 
_ Gentil , inteligente , justa , corajosa _ ele termina sorrindo . 
_ Essa é a primeira vez em anos que você me elogia _ eu não tava mentindo ele nunca avia me elogiado . 
Ele sorri envergonhado com o meu comentário . Lembro da carta que meu pai mando e abro minha mochila e pego a carta . Não demoro muito pra eu ver que era a carta da seleção que as meninas da minha escola não paravam de falar . Vê Abel me observando . 
_ O que você sabe sobre a seleção além de um monte de garotas disputando pelo príncipe ?_ pergunto curiosa . 
_ Que toda as selecionadas ganham uma mesada bem gorda que vai para suas famílias_ Ele explica . 
Avia achado o único jeito de ajudar meu pai não que eu tivesse algum interesse em me tornar rainha só precisava do dinheiro para ajudar meu pai sem ele reclamar . 
_ Vou me inscrever na seleção _ aviso . 
( ... ) 
Uma semana depois . 
Estava acabado de terminar meu treinamento e estava todo dolorida e suada . Me sentei no sofá e liguei a tv e coloquei no jornal oficial estava passando o sorteio das selecionadas 
_ Malina Wood de Dakota _ diz apresentador e aparece uma foto minha . 
Havia até me esquecido que tinha me inscrito na seleção . Levando do sofá e dou um grito de alegria . 
Abel chega correndo até a sala assustado acho que ele pensava que eu estava sofrendo um ataque . 
_ O que ? _ ele pergunta confuso com que estava acontecendo . 
Sorrio pra ele . 
_ Eu entrai na seleção _ digo e corro em sua direção e o abraço . 
Quando tiro meus braços em volta de Abel toco o meu colocar que eu tinha desde que me conheço por gente , eu quase nunca o havia tirado e , nunca soube quem me deu só sei que eu não me sentia bem quando estava sem ele.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...