História A Seleção {Interativa} - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens Personagens Originais
Tags A Coroa, A Elite, A Escolha, A Herdeira, A Seleção
Visualizações 15
Palavras 1.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Chapter Three.


        Dois Dias Depois    

Elizabeth andava de um lado a outro apreensiva do rumo que sua vida tomaria daquele dia em diante, ela olhou para os lados e a imensidão do seu quarto era maior naquele estante do que qualquer outro dia, ela havia dispensando as criadas pós queria pensa se estava certa em fazer aquele anúncio, que para outros era uma coisa normal ja para ela seria assustador. 

- Posso entrar? - Elizabeth nem perceberá que seu irmão estava a porta a alguns segundos. 

- Claro. - Diz ela. 

- Esta nervosa? - Perguntou Nick como se a resposta não fosse óbvia o suficiente. 

- Nenhum pouco.  - O som da mentira saiu perfeitamente com suas palavras. - Fui treinada a minha vida toda pra fazer coisas deste tipo. 

- Anunciar a procura de um marido? 

- Não é bem assim. - Diz Elizabeth.  - Eu decidi que faria isso e é o que vou fazer. 

- Você ainda pode desistir.  - Diz Nick se aproximando da irmã. - Você não precisa fazer isso. 

- Eu sou a futura rainha da Dinamarca, não posso me deixar abalar por coisas tão pequenas como essas. - Endaga Elizabeth. 

- O.k.! Futura rainha. - Nick faz uma breve reverência. - Vamos?

- Claro! - Exclama ela.

Eles sairam do quarto e desceram ate a subsolo do castelo aonde era gravado o jornal Official, na bancada já estavam os dois apresentadores o casal Rebekah e Patrício Sullivan. Ela era loira de olhos claros e pele um pouco rosada e ele era de pele um pouco bronzeada, olhos castanhos e cabelos levemente penteados para trás.

- Você ainda poderá desistir. - Diz a rainha vindo em direção da jovem.

- Não vou desistir. - Diz Elizabeth.

- Esse é minha herdeira. - Disse o rei. - Você consegue... - Ele a encara profundamente. - Você é forte e destemida. Sei o quanto esse anúncio ou essa idéia pode ser assustadora, mas depois tudo sera visto de uma forma positiva.

- Eu sei. - Diz ela com um sorriso.

- Cinco minutos pessoal! - Gritou o diretor

- Nós vamos estar bem aqui pro que precisar. - A rainha da um leve beijo na testa da filha e sai.

- Espero que você gagueje. - Nick repete o mesmo gesto da mãe.

- Também te amo. - Sussura Elizabeth.

- Deseja algo, Alteza? - Pergunta a maquiadora.

- Não parecer nervosa. - Respondeu Elizabeth.

- Como queria. - A moça levou Elizabeth ate a cadeira.

O jornal começa e os apresentadores começam a falar coisas aleatórias sobre assuntos que seriam abordados no jornal daquela noite, Elizabeth observava tudo com cautela, aquele estúdio que ela só via pelo televisor agora estava nele.

Os apresentadores falaram sobre coisas do reino, sobre a educação e o desenvolvimento do país, sobre a hipótese de acontecer outra guerra e os estragos ainda evidente da guerra passada e cautelas e precauções que seriam feitas, ate que chegou a hora do grande momento daquela noite.

- Antes de encerramos essa edição do jornal a nossa princesa e futura rainha, Elizabeth Marković. Tem um anúncio muito importante para fazer. - Diz Patrício.

- Tão importante que nenhum de nós poderíamos fazer, então ela mesma se disponibilizou para fazê-lo. - Completou Rebekah puxando palmas para Elizabeth. - Seja bem vinda, Alteza.

- Muito obrigada. - Agradeceu Elizabeth que naquele momento agradeceu por estar de vestido ou todos veriam suas pernas bandas.

Elizabeth reapirou fundo e olhou para todos naquele estúdio, seus pais e seu irmão ali atrás das câmeras, os conselheiros e auxiliares cochichavam entre si. A jovem olhou para baixo e procurou um ponto de foco e achou, o saldado que sempre esteve ao seu lado, ela o olhou e sorriu e logo ele correspondeu o sorriso.

- Boa noite povo amado da Dinamarca. - Elizabeth começou a falar. - Meu anúncio desta noite é breve porem de extrema importância, como todos sabem serei a próxima rainha e isso ainda é questionado por muito pelo simples fato que a herdeira é uma mulher! Isso não me atinge de modo algo apenas me entristece por saber que pessoas ainda pensam assim, entretanto, como serei rainha assim que meu pai, o rei Richard não estiver mais presente e espero que isso não aconteça tão cedo. - Elizabeth leva o olhar ate seu pai. - Algumas precauções precisam ser tomadas, como já estou na minha maior idade e daqui a alguns meses completarei dezenove anos, preciso agilizar alguns processos da minha vida e o principal dela é o matrimônio. - Elizabeth ouviu sussurrou no estúdio. - Preciso de um marido ao meu lado, pra ser mais exata um príncipe consorte. Por isso decidi fazer uma seleção, assim rapazes de todas as províncias da Dinamarca teriam uma chance de vim ao palácio e tentar ser esse príncipe me conquistando. - A jovem recupera o fôlego e continua. - Então se você é um rapaz na faixa de dezessete a vinte e dois anos, faz parte do reino da Dinamarca e tem interesse em ser esse príncipe consorte. Amanhã vá ate os pontos de ajuda reais que há em suas províncias e eles vós informaram os detalhes, apenas quinze rapazes serão escolhidos para vim ao palácio e passar uma temporada. Irei eliminar de um por um e o último sera meu futuro marido.

- Tudo será filmado? - Perguntou Rebekah.

- Claro. - Respondeu Elizabeth com um sorriso no rosto. - Sabemos que todos ficaram curiosos para sabem o que está acontecendo aqui dentro, e assim torcer por alguns dele, porém os selecionados só serão revelados quando estiverem aqui.

- Imagino que o reino não conseguirá dormir essa noite. - Diz Patrício e logo o jornal e encerrado e as câmeras desligadas.

- Você se saiu muito bem. - Diz a rainha. - Eu sabia que você conseguiria.

- Esse é minha filha. - O rei a abraça.

- Agora não tem volta. - Diz Nick.

- É... eu sei. - Diz Elizabeth ao final. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...