História A sem Coração - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dimitry, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy
Tags Amor Doce, Amor Não Tão Doce
Exibições 67
Palavras 660
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá meus amore voltei e me desculpem a demora, como eu disse tava doente e tava foda escrever mais vamos para a fic né. Bjs e Boa Leitura.

Capítulo 12 - Capítulo 11


Fanfic / Fanfiction A sem Coração - Capítulo 12 - Capítulo 11

[Bom depois desse momento descontraído, terminaram de comer e cada um foi para seu quarto.]

Safira:
Ai ai ai que...??? O que você ta fazendo aqui?

(Quando me virei, lá estava o Castiel deitado em minha cama, quando eu falei ele se levantou e ficou sentado na cama.)

Castiel:
O que você tem garota?

Safira:
Como assim?

Castiel:
Você tem algo que..

(Quando eu menos esperava ele tava atrás de mim. Em outro momento já teria matado ele ,por está tão perto de mim e ainda por aquelas mão imundas em mim, mais eu tive que me controlar.)

Safira:
??? Como você...

Castiel:
Você tem um cheiro tão bom que...

Safira:
??

(Depois de dizer isso Castiel achou que tinha me apagado, com uma técnica que os vampiros usa pra apagar, suas presas isso a muito tempo atrás, pois nós dias de hoje nem um vampiro pode morde um humano, eu odeio isso e como não sou de obedecer as regras ataco sim, minhas vitimas e ainda as mato adoro ver o sofrimento, nós olhos deles não tem nada melhor. E pelo visto Castiel não se conteve com o cheiro do meu sangue e me mordeu, nesse momento queria matar ele, mais tive que me segurar e deixar ele fazer, Castiel sugou meu sangue por 7 minutos e depois ele me pois na cama, e depois saio do meu quarto.)

Safira:
Maldito😡

(Falei colocando a mão onde ele tinha me mordido)

Safira:
Como eu o odeio😡 argm...

(Assim que falo indo para o janela e pulando, assim que eu já estava no chão corro pra longe dali. Eu tava tão nervosa que queria descontar minha raiva, quando eu chego um no topo de uma montanha eu grito, o mais alto que eu pude e depois eu dei muitos chutes em uma árvore, que eu até derrubei ela.)

Safira:
Queee ódio.

(Assim que eu falo pego um pedaço da árvore e jogo longe)

Safira:
Argm... Aaaaaaaaaa

.....
CALMA SAFIRA...

Safira:
(Quando escuto a voz paro de gritar rapidamente, e me viro pra ver de quem era a mesma.) ???? Quem está ai?

(Quando me virei pra ver de onde vinha a voz, não vi ninguém.)

Safira:
Quem está ai??? Ande saia da i.

(Falei pegando um pedaço bem grosso da árvore, pra bater em quem estava lá.)

....
Você tem que se acalmar Safira, você já conseguiu o coração de todos os rapazes, inclusive o coração do lorde Lysandre.

Safira:
Apareça em fez de ficar escondido. APAREÇA AGORA

.....
Como você preferi.

(Assim que a pessoa fala, vejo uma sombra no meio das árvores a minha frente.)

Safira:
Quem é você? Mostre o seu rosto.

....
Você me conhece Safira, não se lembra mais da minha voz?

Safira:
Apareça Logoooo

(Assim a pessoa coloca um pé pra frente, assim vi que se tratava de uma mulher, e logo depois ela foi vindo em minha direção, antes mesmo de eu poder ver o rosto da vagabunda ela para, fazendo eu não ver seu rosto só seu corpo.)

Safira:
Você quer morrer? Mostre sua cara vaca.

....
Kkkkkk... Você mudou muito

Safira:
Você é louca sua vaca? E de onde você me conhecê?

(Eu não tive paciência e logo fui pra cima dela, mais assim que eu dei uma paulada nela, a madeira passou por ela.)

Safira:
???

....
Você é muito nervosinha né Safira?

Safira:
Como isso é possível?

....
Não adianta me atacar. Isso não funciona com migo

Safira:
Argm.. Ande logo me mostre seu rosto sua vaca

....
Tudo bem Safira

(Assim que ela fala ela sai de onde estávamos, e vai para a beira da montanha onde a luz, da lua iluminava mais enquanto no meio da árvores estava escuro. Quando ela chega lá posso ver seus cabelos longos e pretos.)

Safira:
Vire se AGORA...

...
Foi numa noite assim que nós nos conhecemos, lembra disso estrela verde.

Safira:
?? A única que me chamava assim era a...

Continua...


Notas Finais


Depois colocá rei as imagens


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...