História A sem Coração - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dimitry, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy
Tags Amor Doce, Amor Não Tão Doce
Visualizações 73
Palavras 4.410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ola meus amores desculpa a demora pra postar mais eu tava cheia de coisa pra fazer. E aconteceu uns problemas tbm. Mais pra recompensar eu escrevi bastante esse deve ser o capítulo mais longo q escrevi. Espero que gostem fiz com muito amor.

As imagens a cima a baixo sei lá como ta ai é um seguinte a das roupas do personagem.

1 é a do começo da fic

2 é da segunda roupa é q ela veste no dia

3 investiga

4 roubar

Explicação dada então boa leitura.

Ahhhh e quando vcs verem isso--->* *
São pensamentos pequenos acho que vai dar pra vcs entenderem

Capítulo 26 - Capítulo 25


Fanfic / Fanfiction A sem Coração - Capítulo 26 - Capítulo 25

[Eles passaram praticamente a tarde e a noite toda no carro, até chegarem no Castelo dos pais do Kentin.]

Kentin:
Safira???

(Passei a mão em seus cabelos E dei um beijo nela, pra que ela acordasse.)

Safira:
O que?

(Levantei com tudo, olhando para todos os lados. )

Kentin:
Calma... Nós já chegamos, e você pegou no sono no caminho.

Safira:
Aaaa... sim é que é bem longe né?

Kentin:
Sim.. Então vamos entrar?

Safira:
Sim

(Assim que saímos eu parei enfrente do carro, e olhei para o palácio. Assim teria uma base onde eu estava entrando. )

Kentin:
Safira? Tudo bem?

Safira:
....? Oh sim... Só fiquei impressionada com o lugar.... é muito grande aqui.

Kentin:
kkkk... sim vem vamos.

Safira:
Ok

(Ele pegou em minha mão e me levou para dentro. Onde uma mulher mais velha, estava perto da porta a nossa espera.)

....
Bem vindo senhor Kentin.

Kentin:
Obrigado Joana.

Joana:
Como foi a viagem senhor?

Kentin:
Bem... E meus pais?

Joana:
Já estão em seus aposentos... Mais sua mãe me pediu, pra receber vocês.

Kentin:
Obrigado Joana... Então Joana essa é a minha namo...

???

(Quando olhei para o lado não a vi, então olhei para os lados a procurando. Até que a vi à olhando para um quadro. Então fui até ela e a abracei por trás, e dei um beijo em seu pescoço. )

Safira:
Oh.. desculpa eu vi esse quadro e quis ver de perto.

(Na verdade eu fui até ali para observar, duas portas que estava entre abertas, eu não conseguir ver direito o que tinha lá.)

Kentin:
Não te assustou?

Safira:
Hem?

(Olhei para o quadro onde vi o mesmo garoto de uma foto, a um tempo atrás o de cabelo de tigela de óculos de garrafa. Esse garoto estava entre alguns corpos, e segurava uma cabeça em sua mão, com um jeito de vitorioso.)

Kentin:
Do quadro amor.

Safira:
Sim... por isso fiquei paralisada aqui... que horror esse quadro... Quem é esse garoto?

Kentin:
Ninguém... Venha vou te apresentar a Joana.

(A virei pra mostrar para ela.)

Safira:
Prazer em conhecê-la

(Estendi a mão com um sorriso enorme. Odeio isso.)

Joana:
O prazer e meu senhora.

Kentin:
Não ligue amor todos aqui não comprimenta assim.

(Abaixei a mão dela)

Safira:
Hum... Ok

Kentin:
Essa é a Safira, Joana.

Joana:
Vou levá-los para o seus aposentos.

(Caminhei até as escadas.)

{2 minutos depois}

Joana:
Aqui é seu aposento senhora.

Kentin:
Não ela vai comigo.

Joana:
Só estou comprido com as ordens de seus pais.

Kentin:
Não...

Safira:
Amor para não tem problema e é melhor assim.

Kentin:
Mais quero você comigo.

Safira:
Amanhã nós se ver cedinho... temos o tempo do mundo pra ficarmos juntos amanhã.

Kentin:
Tudo bem.

(A beijei ficamos assim por 5 minutos até que Joana nos interrompeu.)

Joana:
Senhor.

Kentin:
Você ainda ta ai?

Safira:
Kentin... Boa noite.

Kentin:
Boa noite.

(Fui pra da mais um beijo nela mais ela se virou e entrou no quarto e me olhou.)

Safira:
Melhor você ir amor.

Kentin:
Ok

Joana:
Eu o acompanho

Kentin:
Eu sei o caminho Joana.

(Fui sem demora para o quarto.)

Safira:
Boa noite... licença.

(Falei e fechei a porta. Depois de me trocar eu peguei minha mala, e em um compartimento secreto, peguei o livro de magia, o abri e procurei um feitiço para ter o mapa do palácio. Assim que achei o conjurei fazendo aparecer, o mapa do palácio a cima do livro, e eu comecei a analisar ele com muito cuidado.)

Safira:
Ótimo já sei por onde começar. Mais tenho que ver o movimento dessa casa.

(Procuro um feitiço para não ter cheiro. Pois vampiros mesmo não sendo de sangue puro, sente cheiro de humanos e outros vampiros. Fecho o livro e o coloco no mesmo lugar, então eu pego minha roupa preta e uma mascara, para assim ir vasculhar e ver o movimento. Assim que visto abro a janela e a pulo, e vou investiga o lugar sem que eles perceba.)

{4 horas depois}

Safira:
(Ótimo na parte de cima não tem guardas, só os servos deles que vão cedo para os quartos. Já onde quero entrar tem 10 guardas e pelo que eu entendi tenho que passa por 5 obstáculos, por onde esse babacas fica guardando. Para assim eu pegar os documentos. Então depois de descobrir isso vou para meu quarto, tiro a roupa e a guardo juntamente com o livro, Pego o livro e coloco de novo o feitiço para eu ter cheiro de humano. Depois eu vou dormir.)

[Safira sabe desse obstáculos por ver os guardas se revezando, para ir ao banheiro ou comer algo. Ela passou o tempo todo observado eles e quantas portas tinha, como eles desarmava os obstáculos e os colocavam de volta.]

{No dia seguinte}

Safira:
(Acordei cedo fiz minhas higienes me vestir e deci. Não podia perder tempo além de rouba os documentos, tenho que passa uma imagem boa pros vermes, mais como vou começar?)

Kentin:
Amor

(Quando eu tava descendo as escadas vi ela de costas para porta não sei o que ela estava fazendo mais a chamei ela se virou para mim Nossa como ela estava gata como sempre.)

Safira:
Oh... Bom dia amor.

(Assim que ele se aproximou eu o beijei, entrelaçando meus braços no seu pescoço.)

Kentin:
Dormiu bem?

Safira:
S...

....
KENTINHOOOOOO...

Safira:
(Quando escutei os gritos e fui olhar, fui empurrada Nem deu tempo de eu ver quando eu encostei na parede olhei para onde Kentin estava. Ele foi cercado por 6 garotas que o alisava o beijava. )

...
Kentinho que saudades

....
Porque não foi me ver?

...
Vamos para o quarto?


Safira:
(Olha só o babaca tem subordinadas. Fiquei olhando intrigada, quando ele abriu um espaço para me olhar, eu rapidamente olhei ele com um olhar meio que triste e com raiva, então sai dali correndo)

Kentin:
(As garotas não deixar o meu olhar não consegui ver a Safira então eu abro espaço para poder ver lá quando faço isso vejo ela chorando então ela saí correndo Portal fora.) Safira...

...
Quem?

(Todas pararam e falaram juntas)

Kentin:
Olha o que vocês fizeram.

(Eu as empurro e vou atrás dela.)

....
KENTINHO NÓS ESPERE...

(Todas falaram indo atrás dele)

{Em algum lugar do Jardim com a Safira}

Safira:
Ótimo tenho um tempo pra pensar, como vou impressionar os vermes dos pais dele.

(Enquanto eu pensava em algo, vi um brilho vindo de fora do jardim, fui até onde o brilho. Lá tinha um caminho para dentro da floresta,então seguir até chegar em um outro jardim, com flores diferentes e horríveis.)

Safira:
Nossa quem fez isso tem um mau gosto tremendo.

(De repente eu ouço alguém vindo então me escondo rapidamente. Depois de uns minutos vejo uma mulher, quando olho melhor vejo que a mulher é bem parecida, com o garoto do quadro. Então é ela que fez isso aqui aff.)

...
Saía daí garota.

Safira:
(Esqueci que tou com cheiro, então saio de onde eu tava. )

...
Quem é você?

Safira:
Desculpa eu não queria ter entrado aqui, eu me perdi e acabei parando aqui, desculpa.

(Me curvei em pedido de desculpas)

....
Me responda.

Safira:
Oh... desculpa eu sou Safira... Namorada do Kentin.

(Fui até ela e estendi a mão para cumprimentar ela.)

...
Hum...

Safira:
(Ela me deixou no vaco. E começou a me olhar de cima a baixo. Eu recolhi minha mão.)

....
E porque não está com ele?

Safira:
Ah...

(olhei para o chão com uma expressão de tristeza.)

Safira:
É que umas garotas me empurrou quando estávamos juntos, e ficaram o alisando e beijando, e...eu fiquei com tanta raiva e triste com aquilo, que acabei saindo correndo de lá, sem ver para onde eu ia.

(Coloquei as mãos no rosto fingindo chorar. )

...
Oh querida.

(A abracei)

...
Eu sou Manon Norteres a mãe do Kentin.

Safira:
Mãe???

Monon:
Sim porque?

Safira:
Mais a senhora é tão jovem... a senhora podia ser a irmã dele.

(Aff que bosta tou fazendo)

Manon:
Kkkk obrigada... Venha vamos tomar chá e conversa.

Safira:
Sim senhora Norteres

Manon:
Me chame de Manon

Safira:
Não... Eu não....

Manon:
Eu insisto.

Safira:
Ok.. como a senhora preferir

[Então as duas foram para o palácio conversado e se conhecendo.]

Manon:
Narvras...

Narvras:
Sim senhora?

Manon:
Por favor traga o chá pra mim e para minha convidada.

Narvras:
Agora mesmo senhora.

{Depois de 3 minutos o Narvras volta com o chá e elas começa a conversa}

Manon:
Então Safira não ligue para as subordinadas do Kentin.

Safira:
O que é subordinadas?

Manon:
Bem... todos os vampiros de sangue puro tem suas subordinadas. Elas são como... como posso dizer?... Não tem outra palavra a não ser putas.

Safira:
Que...?

Manon:
Não se assuste isso é normal para nós vampiros.

Safira:
E como ele as conheceu?

Manon:
Bom.. subordinadas não se conhece as cria.

Safira:
Como assim ?

Manon:
É que elas era humanas antes dele as transformar em vampiras.

Safira:
Que.... Então se eu quiser virar uma vampira para ficar com ele pra sempre eu vou ser assim?

Manon:
Kkkk... Não querida.. Pra ser como elas o vampiro não pode ter interesse, em você se ele tiver você será a mesma, mais se não a ver interesse se tornarar subordinada.

Safira:
Hum.. entendi.

(Do nada alguém abre a porta com tudo e nós olhamos na hora)

Manon:
Que isso filho.

Kentin:
Você estava aqui?

(Fui até ela me senrei ao seu lado e a abraçei ela forte e a beijei .)

Safira:
(O afastei rapidamente)

Kentin:
Desculpa por aquelas piranhas eu...

Safira:
Kentin..

Kentin:
Oi?

Safira:
Cadê a educação?

Kentin:
Como?

Safira:
Você não vai falar com sua mãe?

Kentin:
Hem?

(Quando olhei pro lado vejo minha mãe, com um ar de que merda é essa?)

Kentin:
Oh... desculpa mãe tudo bem com você?

(Vou até ela e abraço e a beijo.)

Manon:
Sim meu filho melhor agora

Kentin:
E você por onde você andou? Eu tava preocupado com você.

(Sai de perto da minha mãe e me sentei ao lado dela pegando em sua mão e a olhando nos olhos. )

Safira:
Eu me perdi...

(A idiota fez sinal de silêncio para mim, pra eu não falar sobre o jardim dela.)

Kentin:
Se perdeu a onde?

Safira:
Eu não sei... Mais o melhor que eu conheci a Manon

(Abri um sorriso. Aff que saco.)

Kentin:
Manon? Estão se tratando pelo primeiro nome?

Monon:
Sim... Gostei muito da Safira ela seria a filha que eu queria ter.

Kentin:
Que bom que vocês se deram bem.

Safira:
Sim... E aliás porque você não me falou que o garoto no quadro de entrada é você?

Kentin:
Ah é... que é uma fase que não gosto, e já falei muitas vezes pra minha mãe o tirar.

Manon:
Mais você está lindo no quadro .

Kentin:
Para mãe não é verdade... Mães nunca vai falar que o filho é feio.

Safira:
Mais você está lindo no quadro

Kentin:
Que....?

Safira:
(Ele me olhou espantado depois do que eu falei.) É verdade.

Kentin:
Fala a verdade... Eu sei que se eu fosse daquele jeito, você nunca iria me olhar.

Safira:
Eu me apaixonei pelo seu modo de ser não por sua aparência.

Kentin:
(A beijei depois que ela falou.)

Safira:
Kentin.

Kentin:
Que?

Safira:
Os modos (falei em tridentes. Pois ele tava querendo se aprofundar no beijo.)

Kentin:
Hehehe. Desculpa mãe

(Parei e a olhei. Com a mão na nuca muito sem graça.)

.....
KENTINHOOOOO

*As subordinadas entra nos gritos*

Manon:
Eeeei... menos

....
Desculpa

*todas falaram*

Kentin:
Fiquem longe de mim.

(Falei me levantando e as parando antes de chegar a mim)

....
Porque Kentinho?

....
O que fizemos?

....
Não seja mau...

(Fazendo bico)

....
Tou com saudades Kentinho... faz tanto tempo que você não vem pra cá.

....
Vamos nós divertir?

*falaram as 5 garotas *

Kentin:
N...

Safira:
Ele não vai pois ele não precisa mais de vocês.

(Me levantei ficando ao lado dele)

....
E quem é você pra falar isso?

Safira:
Sou a namorada e futura esposa dele.

(O abracei e dei um beijão nele.)

. .....
NÃO....

*Todas falaram *

...
Isso é verdade Kentinho?

Kentin:
Sim... E quero que a respeite tudo que ela falar é ordem. Entendido?

....
Sim Kentinho.

*Todas falaram com um bico na boca e um olhar triste *

Safira:
E nada de Kentinho... O chame por Kentin... melhor senhor Kentin.

....
Mas....

*Elas falaram *

Kentin:
Eu já disse o que ela falar é uma ordem.

...
Sim.. Kentinh... Senhor Kentin.

*Todas falaram *

Safira:
Agora vão.

...
Sim..

*Elas se retiraram *

Manon:
Uau... você soube as colocar no lugar parabéns.

(Me levantei indo até ela e a abracei.)

Safira:
Kkkk... obrigada também..

(Me afastei do abraço e a olhei.)

Kentin:
Agora você só tem que conhece meu... Pai

Safira:
(Ele falou com desânimo.)

Manon:
Fique tranquilo amor... Eu não vou deixar seu pai fazer nada de errado.

Kentin:
Obrigado mãe.

Safira:
Hum..?

Kentin:
Não se preocupe você vai entender quando o conhecer.

Safira:
Hum...

Manon:
Então é melhor os dois irem se aprontar para o jantar.

Safira:
Ok.

(Então eu e Kentin saímos da sala, e cada um foi para seu quarto se arrumar. Eu tomei banho e me vestir, logo depois fui pesquisar sobre o pai do Kentin, como o impressionar ele. Peguei meu notebook no compartimento secreto de minha mala e comecei a pesquisar, não tinha muita coisa.)

Safira:
Hum... interessante... O pai de Kentin é um cara Grosso ele é o chefe dos militares eleque planeja os ataques etc...

(Então eu fechei o notebook e o guardei no lugar. E logo alguém bate na porta, fui abrir lá )

Kentin:
Você já está... Uuuuuauuuu.

(Quando ela abriu porta e a olhei quase tenho um treco, ela tava super gata com aquela roupa. )

Safira:
Para você ta me deixando sem graça

(Dei um tapa em seu ombro)

Kentin:
Você está lindíssima.

Safira:
Obrigada... vamos?

Kentin:
Sim... Mais antes...

(A beijei e a levei pra dentro do quarto trancando a mesma depois.)

Safira:
Não Kentin aqui não...

(Falei tentando o parar.)

Kentin:
Tou com saudades...

(Continuei a beijando.)

Safira:
Agora não mais tarde ta.

(Me afastei dele indo para a porta e a abrindo.)

Safira:
Vamos..

(O chamei para ele vir. Ele veio logo atrás com um olhar triste. Aff eu mereço)

Safira:
Fique assim não amor p...

Manon:
Você está linda Safira

Safira:
Obrigada.. a senhora também.

Manon:
Obrigada vamos..

(Eu os peguei e os levei para a sala de jantar. )

Kentin:
E o pai?

(Puxei uma cadeira para Safira e logo para minha mãe. )

Safira:
Obrigada

Manon:
Obrigada filho... ele não vai demorar.

....
Boa noite.

*Com uma voz grossa e de poucos amigos nos ouvimos falar entrando na sala de jantar*

Manon:
Boa noite querido.

(Me levantei e fui até ele o dando um beijo.)

Manon:
Seja educado com a moça .

(Falei em seu ouvido)

....
Ok.

Kentin:
Como vai senhor?

(Bati continência para ele)

....
Bem soldado... Pode relaxar

Kentin:
Pai essa é minha namorada Safira.

Safira:
(Me levantei e estendi a mão para cumprimentar) É um enorme prazer conhecer o senhor.

....
O prazer é meu.

(Apertei a mão dela.)

....
Sou Gil Norteres...

(Me sentei na cadeira na ponta da mesa.E eles fizeram o mesmo.)

Gil:
Então nosso filho falou o que somos? E o que pode acontecer com você se você contar algo?

Manon:
Gil....

(O cutuquei.)

Safira:
Sim senhor... E aliás não vou falar pra ninguém. Eu amo seu filho de verdade, e quero estar com ele pra sempre.

(Olhei para o Kentin. É até que assistir aquelas merdas de filmes da pra ajudar em alguma coisa. Mais é um cu assistir esses filmes de romance Aff.)

Gil:
E como sabe se amanhã não vai mais querer ele?

Manon:
Gil....

Safira:
A mesma razão do senhor está com a Manon. Eu amo seu filho de verdadeiramente.

(Segurei na mão do Kentin enquanto falava.)

Manon:
Ohh...

Gil:
Hum.... E o que você vai falar para seus pais?

Safira:
Sou órfã

Manon:
O que horror querida

Kentin:
Mais ela foi criada por um tio.

Gil:
E ele o que vai achar?

Safira:
Não me interprete mau senhor mais, eu não ligo pro que ele pensa, pois ele só me deu um teto pra eu não ter que ficar na rua, mais ele não cuidava de mim , eu que cuidava de mim mesma. Então não tenho nada com ele.

Gil:
Hum...

{Um tempo depois do jantar}

Kentin:
Já vamos Boa noite.

(Me levantei)

Safira:
Boa noite.

(Fui com o Kentin)

Manon:
Boa noite amores

Gil:
Boa noite... Gostei dela.

(Falei depois que eles saíram. )

Manon:
Eu sabia que você iria gostar.

Gil:
Ela é forte é uma guerreira...

Manon:
Como sabe disso?

Gil:
Da pra ver em sua postura e jeito de falar.

Manon:
Hum... entendi então vamos amor nos deitar.

{Com Kentin e Safira}

Kentin:
Vamos pro meu quarto.

(Peguei na mão dela e fui para meu quarto.)

Safira:
Calma...

(Ele correu quase na velocidade dos vampiros, mais ai para ele não ir rápido e me denunciar, eu fingir tropeçar assim que ele ia aumentar a velocidade.)

Safira:
Ken...

Kentin:
(Quando fui olhar para ela, vi que ela ia cair então a peguei rapidamente antes dela cair no chão. ) Desculpa eu me anime... E esqueci que você não é vampira e fui rápido de mais.

Safira:
Sem problemas amor. É... melhor me endireitar.

(Falei pois eu tava próxima ao chão enquanto ele me segurava, quase deitada com uma mão na minha nuca e a outra em minha cintura.)

Kentin:
Oh.. sim mais não vou te largar.

(A peguei no colo e fui rapidamente para meu quarto trancando a mesma, e a colocando na cama e já começo e beijar ela.)

Safira:
Você é rápido.

(Falei sem parar de beija-lo)

Kentin:
Você não viu nada.

Safira:
Hum...

(Me levantei)

Kentin:
(Ela não falou mais nada, apenas começou a tirar a blusa lentamente, enquanto me olhava fixamente nos olhos, com um sorriso sedutor. Em seguida ela virou de costas pra mim. Entendi o recado e abri o fecho de seu sutiã. Ela movimentou os braços e o sutiã caiu aos seus pés. Ainda de costas pra mim a Safira começou a rebolar os quadris, enquanto abria e tirava sua calça, bem devagar, que logo apareceu sua bunda deliciosa, com a calcinha totalmente enfiada na racha. Deus do céu! Nessa hora meu sangue ferveu. Que tesão da porra!)

Safira:
Deixei minha calcinha pra você tirar!

Kentin:
(ela se virou e ficou me olhando, com um sorriso irresistível. Me abaixei na frente dela e fui descendo sua calcinha bem devagar, vendo sua bucetinha aparecer pouco a pouco. Quando a rachinha apareceu eu fiquei louco. Que coisinha mais linda! Dei um beijo na testa da intimidade dela, com os pelos começando a aparecer.Mal terminei de tirar sua calcinha e ela me deu um empurrão, me fazendo cair sentado na cama.)

Safira:
E você?... não vai me mostrar o que você está guardando aí não?

Kentin:
(ela falou e já veio pra cima de mim, abrindo e baixando minha calça.Minha pica saltou pra fora, dura como ferro. A Safira fez uma carinha de susto.)

Safira:
Nosssaaaaaaa!!!... que pau mais delicioso, Kentin... deixa eu brincar com ele... deixa?

*ela me falou, com a carinha mais safada do mundo.*

Kentin:
É todinho seu, gatinha... chupa ele com essa boquinha linda... chupa!!

(falei e ela não perdeu tempo. Senti suas mãos delicadas segurando e alisando meu pau, e depois ela começou a dar beijinhos na cabeça da rola, punhetando lentamente.)

Kentin:
Ohhhhhhhhhhhhhh... que delícia de boca, Safira... chupa, minha delícia... pode chupar bem gostoso...!!!

(gemi quando ela abriu os lábios e engoliu a cabeça do meu pau. Ela ficava sorrindo e me olhando bem nos olhos, me provocando, como se estivesse em um parque de diversões.Deixei ela chupar durante vários minutos. Ela lambia, beijava, dava batidinhas com o meu pau no seu rostinho, massageava as minhas bolas, e ria muito, e depois tentava enfiar tudo na boca, engasgando várias vezes. Eu ficava só olhando e, acariciando o rostinho dela de vez em quando. Eu já estava quase gozando na boca da Safira. Puxei ela pra mim e a beijei, chupando sua língua. Em seguida fiz ela se deitar de costas e comecei a chupar seus seios, dando beijinhos e mordidas nos biquinhos já durinhos. Ela gemia e se contorcia.Fui descendo a boca por sua barriga e cheguei ao seu umbigo, onde brinquei com a minha língua em seu piercing. Desci mais e dei outro beijo na testa de sua intimidade. E caí de boca no grelo dela. Separei os lábios da intimidade dela com os dedos e enfiei a língua com vontade mesmo.)

Safira:
Meu deussssssss... que delíciaaaaaa... chupa... chupaaa... ohhhhhhhh... que gostosooooooo...!!

Kentin:
(ela gemia baixo e levantava o quadril, puxando meus cabelos para que minha boca não saísse da intimidade dela em momento algum.A intimidade da Safira estava muito molhadinha e gostosa. Enquanto eu chupava seu clitóris eu enfiei dois dedos na grutinha dela, e comecei a fazer um movimento de vai-e-vem bem rápido. Ela perdeu o controle e segurou minha cabeça com todas as suas forças.)

Safira:
Deussssssss do ceú... vou gozarrrrrr... vou gozarrrrrrrr... uhhhhhhhhhhh...!!

Kentin:
(ela falou desesperada e começou a se contorcer toda, tremendo. Dei uma chupada bem forte e soltei ela. Eu nunca tinha visto nada igual. A Safira cruzou as pernas e rolou na cama, gozando como louca. É pelo jeito eu me superei essa noite.Fiquei punhetando meu pau e olhando pra ela. Finalmente ela abriu os olhos e sorriu pra mim.)

Safira:
Vem... me come... come minha xoxota agora...!

Kentin:
(ela falou com a voz suave, de quem tinha tido um delicioso orgasmo.Me ajeitei entre as pernas dela e fui enfiando bem devagar. O corpinho dela dava uns tremidinhas a cada centímetro que entrava.)

Safira:
Ohhhhhhh... Kentin ... eu estava com tanta vontade de você ... meu deussss...

*ela gemeu e falou.*

Kentin:
(Continuei enfiando lentamente, tirando um pouco e colocando novamente, até que meu saco encostou na bundinha dela. Nessa hora ela soltou um gritinho e me agarrou, colocando os braços ao redor do meu pescoço e as pernas ao redor da minha cintura.)

Safira:
( Quando eu o afastei um pouco e o olhei, vi o Lysandre. Mais o que? esfreguei as mãos nos meus olhos.)

Kentin:
Tudo bem?

Safira:
(Assim que pareie o olhei vi que era o Kentin. Mais o que ta acontecendo comigo?.)

Kentin:
Safira?

Safira:
Estou bem só caiu algo no meu olho mais agora Mete, gostoso... mete até eu gozarrrr... vem... ohhhhhh... come... me come sem dó, tá?...

(ela me trouxe para perto dela e sussurrou no meu ouvido. Meu tesão nessa hora foi à mil. Dei várias mordidas na orelha dela, beijei seu pescoço, e logo nossas bocas se encontraram novamente.)

Safira:
Meu deusssssss... vou gozarrrrrrrr... mete... rápidooooooo... mais rápidoooooooo... estou gozandooooooooooo... estou goz...!!

Kentin:
(ela gritou no meu ouvido e rebolou o quadril embaixo de mim, quase jogando a xoxota contra o meu pau. A Safira estava gozando como louca. )

Safira:
Nossaaaaaaaaa!!!... eu vou morrer... não quero mais não!!

(Ele não era tudo isso mais tenho que fazer de conta que é. )


*Ela falou e deu uma risada. Olhei pra carinha dela, toda vermelha e descabelada.*

Kentin:
Então deixa eu gozar te comendo de ladinho!

(falei e ela concordou, se virando na cama e ficando de lado, de costas pra mim.Abracei ela com muito carinho, beijei sua nuca, cheirei seus cabelos, e finalmente encaixei a pica no meio de sua bundinha e forcei. Meu pau entrou deslizando em sua xoxota toda molhada e escorregadia.Ela empinou mais um pouco e ficamos ali, com ela quietinha, quase dormindo, e eu metendo em sua bucetinha, por trás, bem devagar. Durante vários minutos eu fiquei comendo ela de ladinho, olhando seu corpinho, dando beijinhos em nuca, até que gozei, apertando ela nos meus braços.
Nessa brincadeira toda foram quase duas horas. Então dormimos de conchinha.)

{2 horas depois}

Safira:
(Quando vi que ele tava dormindo mesmo me levantei peguei minha roupa, e me vestir e sair do quarto dele e fui para o meu, chegando lá eu fui para o banheiro tomar um banho, pois eu tava com um nojo de mim, que poderia tirar minha pele toda. Depois do banho me troquei para eu ir comprir minha missão, não posso esperar muito só tenho hoje pois amanhã vamos embora. Então peguei tudo que precisava e pulei a janela e fui fazer a minha missão. )

[Safira então fez o feitiço para eu ter cheiro, e foi até as portas protegidas. Ela observou por alguns minutos, esperando cada guarda sair como ela tinha visto no outro dia, quando o primeiro saiu ela entrou na primeira, porta sem que o guarda a vise quando ela estava lá dentro, tava tudo escuro ela não via nada,então ela colocou seus óculos para ver no escuro, assim ela pode ver que a milímetros dela tinha, laser que ela não sabia o que fazia. Com dois espelhos ela desviava os leser, indo até a próxima porta, quando ela já estáva na porta ela começa a se abri, então com meu cinto que tem um aparelho que ela lança, no teto e a puxa para cima.]

Fofa-chan:
Galera eu não sou muito boa pra criar essas partes então vou pular essa parte. Mais na próxima vou tentar elaborar algo bem legal. Aviso dado então bora voltar a fic.

[Depois de muito esforço Safira conseguiu entrar. ]

Safira:
Aqui é uma sala...

(Falei olhando em volta. Logo eu paro e vou a procura dos documentos e os acho no cofre que estava atrás de um quadro, eu sou muito boa para abri cofres. Os peguei e comecei a ler. Quando leu vejo que eles são de estratégias de batalhas etc..)

Safira:
Pra que você precisa disso?

(Logo depois que falei fiz um feitiço para em uns papéis em branco para por lá como fosse os documentos que peguei e coloquei no cofre e logo em seguida fiz o mesmo processo para sair. Quando eu já estáva em meu quarto coloco tudo no compartimento secreto, e me troco e vou dormir um pouco pois não faltava muito para amanhecer o dia. Me deitei e dormir.

Continua....


Notas Finais


Eu sei que a parte do roubo ta um lixo, mais vou melhorar ok. Assim com eu escrevo hentai que eu acho que ficou bom vou fazer o msm para os roubos eu juro que vou tentar.
Bom espero que tenham gostado. Bjs até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...