História A sequastradora - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camren, Romance, Sequestro, Submissão
Exibições 228
Palavras 1.332
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OOi mais um capitulo na Sexta como dito nos comentarios. Como sou boazinha fiz um hot lacrador no final. Xoxo, amo vcs.

Capítulo 2 - Não provoque Jauregui


Após um banho relaxante na banheira Camila caminhou até onde Lauren a esperava com uma toalha. Lauren a ajudou a se secar e deu uma camiseta larga para que a garota vestisse, junto com uma calcinha azul de renda. Lauren passou pomada por todos os machucados do corpo da garota. 

- O que quer comer Cams? – Lauren perguntou endireitando-se na cama.

- Não estou com fome. – ela respondeu seca.

- Mas você precisa se alimentar, já é meia noite e você não comeu nada desde que chegou.

- Não estou com fome, já disse.

- Você que sabe Camila. – Lauren disse indiferente.

Elas ouviram batidas na porta.

- Lauren! Abre essa porta. – Vero gritou irritada pela demora.

Lauren se levantou e abriu a porta para sua namorada. Vero adentrou o quarto já olhando feio para Camila que estava quieta sentada com as pernas cruzadas olhando para qualquer canto insignificante do quarto.

- Será que já pode largar essa vagabunda de mão e dar atenção para a sua mulher? – Vero perguntou arqueando a sobrancelha.

- Cala a boca loira aguada. Posso até ser vagabunda, mas garanto que se eu tivesse namorada ela não precisaria de outra para satisfazê-la na cama. – Camila falou fazendo Lauren morder os lábios para não rir.

- Lauren acho que essa garota ainda não aprendeu nada com o castigo.

- Deixe a garota Vero. Ela só precisa de um tempo, deve estar exausta.

- Melhor escutar sua mulher Vero, talvez assim ela te recompense fingindo um orgasmo. – Camila disse rindo debochada.

Verônica voou na direção de Camila a jogando contra a parede dura de mármore. Lauren pareceu não acreditar no que viu.

- Verônica, já chega! – Lauren berrou fazendo Verônica se irritar ainda mais e dar um chute no estomago de Camila.

- Vai defender a Vagabunda Lauren? – Verônica perguntou fazendo Lauren revirar os olhos.

- Sabe Lauren, tenho pena por você ter que aguentar olhar para a cara dessa gorda todos os dias. – Camila comentou sobre a loira.

Vero, não se conteve e deu um forte tapa na cara de Camila.

- Agora chega! – Lauren disse arrastando Vero para longe de Camila.

As duas mulheres se retiraram do quarto deixando Camila presa no mesmo. Camila é prostituta. Com seus 17 anos já tinha tido mais mulheres em sua cama do que varias outras mulheres mais velhas que ela. Se tinha uma coisa que ela sabia, e muito bem por sinal era como satisfazer uma mulher. Ela se deitou na cama e começou a pensar em como faria Lauren largar aquela garota estúpida e em como seria bom ver Verônica sendo deixada pela mulher que Camila tanto odiava, quanto desejava. Ela ouviu gritos histéricos da Loira que tanto a irritava.

A manhã estava ensolarada, raios de sol entravam pelas cortinas do quarto fazendo com que Camila abrisse os olhos. Ela levantou da cama e caminhou até o banheiro para tomar banho. Sua barriga roncava de fome. Ela deixou que a calcinha deslizasse pelas suas pernas arfando quando o tecido tocou seus cortes. Aquela vadia iria pagar pelo que fez, ela pensou livrando-se da sua camiseta. Arrastou-se preguiçosamente para dentro do Box, e deixou que a água quente relaxasse seus músculos tensos.

Lauren entrou no quarto seguindo o barulho do chuveiro. Seus olhos verdes pareciam queimar o corpo nu de Camila. A garota viu Lauren e automaticamente seu corpo reagiu à bela morena que a admirava. Seus lábios bem desenhados que pareciam ser tão macios chamavam por Lauren. Camila observou Jauregui vendo como ela estava excitada só por vê-la nua. 

  - Você é linda Camila... Ficaria ainda mais bonita com meus dedos dentro de você. – Lauren disse com a voz rouca pelo desejo.

- Tenho certeza que você adoraria sentir o quanto eu estou molhada. – Camila devolveu a provocação deixando Lauren maluca.

Como ela desejava aquela mulher! Seus olhos percorreram por cada curva do corpo de Camila. Ela estava prestes a agarrá-la quando sentiu os lábios de Vero em seu pescoço.

Droga! Droga, mil vezes droga. Ela não queria os Lábios tão conhecidos por ela. Ela queria os lábios entreabertos que tanto a chamavam, queria Camila.

- Vem amor. Vamos para o quarto. – Vero pediu enlaçando sua cintura.

Camila deslizou seus dedos para o meio de suas coxas, lançando um olhar provocativo para Lauren. Camila deslizou dois dedos para dentro de seu sexo, sem quebrar o contato visual com Lauren. Verônica começou a tagarelar nos ouvidos de Lauren, mas a mesma a ignorou completamente. Camila estava sentindo-se vitoriosa por ter os olhos de Lauren focados somente nela.

- Lauren! –Verônica gritou chamando a atenção de Lauren.

- O que é agora Vero? – Lauren perguntou sem olhá-la.

Camila sorriu largo fazendo Verônica se segurar para não pular em seu pescoço.

- Não esta vendo que eu estou falando com você Lauren? – Verônica perguntou irritada por Lauren não a escutar.

Lauren suspirou indignada por Verônica atrapalhar seus planos.

- Falo logo Vero, o que você quer?

- Quero você.

- Hum, depois não agora... – Lauren disse fazendo com que Verônica saísse batendo pé.

Camila riu da cena. Mordeu os lábios provocativos.

- Não faz isso. – Lauren disse dando alguns passos em sua direção.

- E isso? – Camila perguntou estocando seus dedos com força em sua entrada.

Lauren agarrou os cabelos de Camila possessivamente e a beijou. As mãos da de olhos verdes apertavam cada curva do corpo da de olhos castanhos. Seus lábios exigentes distribuíam chupadas e lambidas pelos ombros e pescoço de Camila que afundava os dedos nos fios rebeldes de Lauren. Camila sentiu suas costas chocar-se contra a parede e logo depois Lauren beijou seu pescoço deixando ali um marca. Jauregui desceu os beijos para o busto de Camila, dando fortes chupadas, sua língua circulou o bico do seio de Camila, enquanto seus olhos verdes viam nos olhos de Camila toda sua excitação. Lauren se livrou de suas vestes com ajuda de Camila. A garota puxou Lauren para si, fazendo com que seus corpos nus se chocassem deixando ambas loucas. Lauren espalmou as mãos nas nádegas da garota que mordeu os lábios em resposta.

- Não faça isso, só eu posso morder essa boquinha. – Lauren disse rouca.

- Só você Jauregui. – ela ronronou.

Jauregui se ajoelhou.

- Isso Lauren, me chupa.

Jauregui obedeceu, sua língua provocou o clitóris de Camila que soltou um gemido urgente. Em seguida Lauren deu chupadas fortes que deixaram Cams entorpecida. Lauren ouvia os gemidos de Camila e a chupada cada vez com mais veracidade tentando fazer com que ela chegasse ao seu limite. Sua língua tocou um ponto de Camila e no mesmo instante ela gemeu seu nome se entregando a um orgasmo devastador. Lauren provou do gosto doce de Camila e em seguida a beijou para que ela pudesse provar de seu próprio gosto. O beijo foi calmo e rápido ao mesmo tempo era tão intenso que não sabia-se ao certo. As mãos de ambas passeavam pelo corpo uma da outra querendo abusar de todo o prazer possível. Lauren soltou um gemido rouco quando Camila introduziu dois dedos em sua entrada. Os dedos de Camila eram ágeis e habilidosos e conseguiram levar Lauren a loucura. Lauren sentia uma corrente elétrica que ia do busto até o meio de suas coxas.

- Isso Cams assim, ooh, Camila. - Lauren gemia rebolando nos dedos de Camila.

Quando Karla sentiu que Lauren iria gozar ela se abaixou e a penetrou com a língua sentindo seu gosto, logo o corpo de Lauren tremeu e ficou fraco e Camila pode provar de seu liquido.  Ela retirou os dedos e os chupou dando um olhar sensual para Lauren.

- Você é tão gostosa Laur.

Lauren deu um ultimo beijo em Camila e deixou em baixo do chuveiro saindo dali.

- Não me provoque mais Camila. – Lauren disse numa ronquidão sexy.

- Não posso evitar Lauren...

- Me provoque novamente e eu te pego de quatro até você ficar rouca de tanto gritar. – Lauren ameaçou fechando a porta atrás de si.


Notas Finais


O que acharam do capitulo?? Xoxo.
Até a próxima sexta :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...