História A sereia . - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Personagens Originais
Tags Marichat
Exibições 310
Palavras 512
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Hentai, Magia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem . Tá meio ruim. Boa leitura.

Capítulo 2 - Capítulo dois .


Mari on
Minha primeira reação foi soltar um grito , como aquilo aconteceu ? Minha cauda se dividiu em duas e tá tudo descoberto.

- PIRATA DOS INFERNOS , OLHA O QUE VOCÊ FEZ COMIGO .

Vi ele olhar de baixo do quadrado e rir , rir muito.  Esse... Se acalma , você vai voltar ao normal.

- Você tem lindas pernas . Falou me jogando um pano .

Peguei o mesmo e me enrolei , comecei a me arrastar pra fora do quadrado,  tentei ficar de pé o que resultou em um beijo no chão.

- Droga , me ajuda você que tem duas caldas e sabe o que fazer com elas .

Ele se agachou e estendeu a mão pra mim , segurei  ficando de pé . A outra mão veio na minha cintura ,me guiando para algum lugar.

- Olha eu vou te ajudar a vestir isso , para você se cobrir .

Falou pegando uma peça  de roupa vermelha com preto.
Apenas assenti com a cabeça , eu não ia saber colocar aquilo mesmo.
Ele pegou uma das minhas pernas e colocou dentro de uma coisa , fez o mesmo com a outra e puxou até metade das minhas coxas .

- Você consegue puxar sozinha?

Assenti e puxei a pequena peça , depois ele pegou outra que era um pouco maior , fez o mesmo procedimento , só que eu tive que ficar de pé. Minhas pernas ficaram cobertas .
As outras peças eu sabia colocar , tipo o sutiã , blusa e o casaco.

- Pronto peixinho , agora só falta aprender a ser uma pirata.

Gargalhei histérica , não conseguia ao menos andar , imagina fazer o que eles fazem.

- Primeiro eu tenho nome e acho que já te falei , segundo eu preciso aprender a andar direito antes de sair lutando por aí.

Adrien on

Que coisa , esse bebê é muito grande pra ensinar a andar .
Fiquei pensando até que me lembrei da Alya e do Nino.
Peguei a Mari pela cintura e apoiei o braço dela nos meus ombros , ajudei ela a andar até o convés.

(....)

Depois de Três horas ela aprendeu, Nino jogou a espada pra mim e segurou a outra.
Começamos um pequeno duelo em quanto as meninas assistiam .
E claro que eu ganhei , dei uma espada pro peixinho , e ela sorriu de canto.

- Alya vamos pegar pipoca , você lembra das nossas aulas . Disse Nino segurando o braço de Alya.

Os dois se sentaram , e eu fiz pose de ataque e por incrível que  pareça a Mari também fez. 

- O que foi?  Sereias enfrentam mais guerras do que vocês imaginam.

Parti pro ataque e a mesma me bloqueou , tentei tomar a espada dela mas ela foi mais rápida.
Quando fui da o meu golpe de " morte" , ela fez uma coisa fazendo minha espada ir ao chão.
Apontou a espada para minha garganta , em quanto eu tinha as mãos para cima.

- Cheque mate.

Continua


Notas Finais


Espero que tenham gostado se sim comentem e favoritem . Bjos da tia Lady.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...